Conheça as funcionalidades das TVs inteligentes



Você já ouviu falar sobre televisão inteligente? Diferente do que muitos pensam ela não é simplesmente uma televisão conectada à internet. Porém, há alguns itens a serem esclarecidos em relação às suas funcionalidades.

De início, é possível informar que uma TV inteligente não possui a mesma liberdade que um computador oferece, mesmo quando conectada à internet. Afinal, ela foi desenvolvida visando entretenimento, não qualquer atividade produtiva. A inteligência deve ser vista como uma funcionalidade. É possível utilizar apenas os aplicativos que já vieram com ela ou foram comprados na “loja” do fabricante. A quantidade e o tipo dos apps dependem da marca e modelo da televisão.



Apps como Skype, Picasa e Youtube são praticamente obrigatórios. Boa parte das TVS oferece acesso ao conhecido serviço Netflix, que disponibiliza uma série de documentários, filmes e séries (há um custo mensal para o serviço). Um número limitado de jogos também está disponível, e redes sociais como Twitter e Facebook também estão entre as opções de acesso. Sites de notícias também são comuns entre as opções disponíveis.

Há modelos que dispõem de um programa navegador que facilita muito a possibilidade de conectar também outros sítios da rede. Porém, a parte negativa diz respeito ao teclado, quem pretende utilizar a televisão inteligente para fazer comentários em redes sociais, checar e responder e-mails pode encontrar dificuldades, afinal, a TV oferece apenas a possibilidade de digitar através da combinação contida no controle remoto e teclado virtual. No entanto, caso o usuário necessite da TV para isso, a melhor opção é adquirir o produto que tenha possibilidade de conectar teclado e mouse sem fio.  

Crescimento da televisão inteligente:



Um relatório elaborado pela empresa de consultoria Gartner, em dezembro de 2012, terá um gigante avanço até 2016. Enquanto em 2012 eram produzidos 69 milhões de aparelhos ao ano, em 2016 será  198 milhões. Cada fabricante terá que oferecer recursos que chamem ainda mais atenção do consumidor, pois a oferta de venda será significativamente maior.   

Por Rafaela Fusieger

TV inteligente

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *