Se você está ávido por produzir fotos e vídeos em 3D já pode comemorar. Acaba de chegar ao Brasil a primeira câmera portátil e voltada ao público doméstico que produz registros em três dimensões.

A i2 3D, da empresa taiwanesa Aiptek, apresenta, visualmente, uma diferença em relação às outras câmeras. Ela possui duas lentes, que captam as imagens correspondentes a cada um dos olhos. As imagens se fundem, dando a sensação de profundidade.

Ela possui entrada para cartão SD, saída HDMI (o que facilita a conexão com TV’s Full HD) e a conexão com o PC pode ser feita através da porta USB. O visor deste gadget tem 2,4 polegadas e já exibe as imagens com o efeito 3D, não sendo necessário o uso de óculos especiais. A resolução das fotos produzidas por ela é de 5 megapixels e os vídeos podem ser de até 720 pixels.

Os interessados no novo produto podem acessar o site do fabricante e preparar o bolso. Ela custa a partir de R$ 1.500.

Por André Gonçalves


Parece que o mercado 3D vai finalmente levantar voo.  Depois do boom de produções em três dimensões no cinema e chegada em peso de TVs 3D, agora é a vez das câmeras fotográficas digitais entrarem na onda. A Sony, uma das maiores fabricantes, vai disponibilizar no Brasil em outubro alguns modelos da linha Cyber-shot equipados com a tecnologia 3D.

Os modelos DSC-TX9 e DSC-WX5 são os primeiros a chegar ao Brasil. Porém, nenhum deles conta com duas lentes. Para dar o efeito de tridimensionalidade, é preciso usar uma funcionalidade especial chamada 3D Sweep Panorama, que na verdade é a mesma coisa que o formato panorama, mas que ao invés de unir as fotos, irá sobrepô-las e dar o efeito 3D. Sempre há um jeitinho.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: Info Abril





CONTINUE NAVEGANDO: