O sistema brasileiro de TV Digital começou a ser disponibilizado para o grande público em 2008. Anunciado como uma verdadeira revolução para a forma de assistir TV, até o momento não vimos muitas novidades, a não ser na melhora da qualidade das imagens. Já os tão falados recursos de interatividade ainda são muito pouco explorados, até mesmo por que os primeiros receptores digitais não eram compatíveis com a tecnologia. Com a chegada de novos receptores, a tendência é que a situação mude.

Seguindo a linha de outras emissoras, a Bandeirantes vai lançar um aplicativo interativo para o “Jornal da Band”, através do qual será possível, inicialmente, visualizar as notícias das principais editorias do programa, como as das áreas de política, esportes, nacionais e internacionais. Além disso, os telespectadores poderão acessar os perfis dos apresentadores Ricardo Boechat, Joelmir Beting e Ticiana Villas Boas. Futuramente, a Bandeirantes quer adicionar novas funções ao aplicativo, dentre as quais a participação em enquetes do programa e a avaliação em tempo real de uma determinada reportagem.

Para ter acesso ao aplicativo, que será apresentado no NAB Show 2011, em Las Vegas, o televisor ou o receptor digital deve ser compatível com o software de interatividade Ginga.

Por André Gonçalves


Um recurso muito interessante presente nas novas TVs lançadas este ano é a possibilidade de acessar conteúdo da internet direto na tela do aparelho, dispensando o uso de um computador. Os primeiros televisores do Brasil a possuir o recurso foram os da Samsung.  Através de um acordo com o portal Terra, o usuário tem acesso à notícias e vídeos, precisando apenas de uma conexão à internet de banda larga.

A Samsung não é a única empresa a oferecer essa possibilidade. A LG é outra empresa a dispor de tecnologia semelhante. Assim como a Sony, que seguiu o caminho da Samsung, firmando parceria com outro grande portal brasileiro, o iG, para oferecer conteúdo de vídeo na sala de estar.

A tendência é que todas as grande marcas de TV sigam esse caminho, e cada uma ofereça uma opção diferente. O certo é que a internet via televisão é um recurso que veio para ficar.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: iG





CONTINUE NAVEGANDO: