Modelo tem tecnologia chamada Acoustic Surface, capaz de acionar vibrações no próprio display, no sentido de gerar sons na própria tela.

Uma das maiores companhias em termos de equipamentos eletrônicos, no mundo, está com nova estreia no mercado internacional, e agora aterrissa em solo brasileiro. A nova SmartTV da companhia Sony, a A8F, iniciou oficialmente sua comercialização no Brasil.

Trata-se de um aparelho revolucionário no mundo digital, o qual está munido da incrível capacidade de gerar o som por meio da própria tela, dita OLED, que integra a sua linha XBR, Top da fabricante. Outra novidade atrelada à chegada da A8F, ao nosso país, é a X905F, que está equipada com um painel de tipo LED. Ambos os aparelhos estão configurados em dispositivo Android TV e possuem display tipo 4K HDR, entre outras especificações de grande avanço tecnológico.

Com relação ao modelo X905F, o mesmo está disponível pelo valor de lançamento de 7 mil reais, em relação à sua versão de 55 polegadas, embora possa estar disponível por um valor a partir de 5.965 reais, conforme se pode verificar no site especializado, TechTudo. Entretanto, ela chega a custar até 33 mil reais, sendo esse o valor cobrado pelo dispositivo de 85". No que toca ao modelo A8F, o mesmo conta somente com uma versão única configurada em 65 polegadas, que está sendo comercializada pelo valor de 17.500 reais, podendo, no entanto, ser adquirida no comparador do mesmo site por um valor a partir de 15.749 reais.

É muito importante destacar o fato de que estes valores promocionais estão disponíveis apenas para consumidores que realizarem pagamentos por meio de boleto. Junto aos dois aparelhos em lançamento, a linha XBR conta com mais uma série, intitulada X835F, a qual ainda não tem um valor definido e divulgado em seu lançamento.

O site especializado TechTudo possui um link que permite ao consumidor descontos na compra de TV, o Compare TechTudo.

Ainda assim, entre estes dois aparelhos em lançamento, a TV Smart XBR-A8F se destaca entre os demais pela presença da tecnologia chamada: Acoustic Surface, capaz de acionar vibrações no próprio display, no sentido de gerar sons na própria tela. Uma revolução tecnológica impressionante, algo que era presente apenas em ficção científica.

De acordo com o que foi divulgado pela empresa, este tipo de áudio varia em conformidade com as imagens emitidas através da tela, proporcionando uma experiência ímpar, muito mais intensa e imersiva para o consumidor. Este top de linha suporta dois padrões, ou seja, o HDR10 e o HLG, além de estar equipada com um processador em 14 bits de tipo X1 Extreme, o qual possui até 16 vezes mais núcleos em relação ao padrão de HDR comum.

Entre outras especificações, esta TV possui uma série de recursos que permitem melhoramento das imagens envolvidas, por meio de um aperfeiçoamento operado sobre a densidade e a nitidez, nas cores e no contraste. Em seu conjunto integral, estas duas séries de aparelhos operam com as mesmas tecnologias desenvolvidas, diferenciando-se somente no caso do Realçador de movimentos.

A Smart TV A8F está munida do chamado Motionflow XR, e a TV X905F está equipada com o chamado X-Motion Clarity. A companhia Sony não estabelece uma comparação precisa entre os dois modelos, garantindo, entretanto, apenas transições bem mais suaves entre ambas as TVs.

Outro ponto importante está na grande diferença existente, e que pode ser muito bem observada, em relação à potência de áudio, a qual chega ao cômputo de 50 Watts RMS presente no modelo mais avançado e ao cômputo de 20 Watts RMS presente na série que dispõe de painel de luz LED.

Os atributos compartilhados, ou seja, em comum, entre os dois modelos, abrange dispositivo de Wi-Fi 802.11 ac; de Bluetooth 4.1; de armazenamento interno em 16 GB; de Chromecast integrado; de espelhamento na tela em Miracast e em compatibilidade com o App SideView; ambas disponíveis para o dispositivo Android e o iPhone (iOS).

Por Paulo Henrique dos Santos

Sony SmartTV

Sony SmartTV


Confira dicas de como transformar uma TV de tubo em uma TV inteligente.

A tecnologia não evoluiu somente termos de aparelhos ou demais estruturas funcionais. A tecnologia está permitindo adaptações fantásticas na vida cotidiana.

Há gente talentosa que estuda sobre TVs que possuem entrada HDMI, entrada USB e um sistema operacional, com Wi-Fi, as quais muitas vezes têm sacadas geniais do tipo: Como instalar esses dispositivos em uma TV de tubo? Este artigo aborda exatamente essa possível transformação de uma TV de tubo em uma TV inteligente, de modo barato e fácil.

Existe um tipo de segredo chamado "adaptador AV/HDMI", que consiste, basicamente, em um dispositivo adaptador para saída AV de uma televisão mais velha, ou seja, aquela que utiliza cabo triplo, de cor vermelha, cor branca e cor amarela, em uma saída de tipo HDMI. Deste modo, juntando a isso mais alguns componentes básicos e fáceis de encontrar, o consumidor poderá estabelecer conexão entre dispositivos como o Chromecasts e o set-top boxes a uma velha TV.

O procedimento de conexão de um Chromecast a uma TV de tubo é o seguinte:

Dispor de um dispositivo Chromecast; de uma TV de tubo; de um carregador de celular tipo Android, junto a um cabo micro-USB; de um adaptador tipo AV/HDMI, e de um cabo AV.

O método começa assim: localizar, na velha TV de tubo, a entrada AV, e ligar o cabo AV nesta mesma TV. São três entradas de conexão: uma branca, uma vermelha e uma amarela. Será necessário conectar cada cabo em sua cor correspondente; já na outra extremidade do mesmo cabo, será necessário encaixar o adaptador tipo AV/HDMI.

O passo seguinte é: ligar o dispositivo Chromecast na porta de tipo HDMI do adaptador. Este dispositivo estará pronto para enviar o sinal preciso à TV, entretanto, outro detalhe será necessário: a energia. É neste ponto que entra o dispositivo do carregador de celular micro-USB. Será preciso conectá-lo a uma tomada mais próxima, conectando a outra extremidade à parte traseira do Chromecast.

Muitos adaptadores tipo AV/HDMI necessitam, também, de energia. Neste caso, será de grande utilidade dispor de um carregador de celular que possa ser conectado na parede, portando, em sua estrutura, duas saídas de USB. Com dois cabos, será possível ligar o Chromecast e o adaptador em uma mesma tomada.

Assim que todo o aparato estiver ligado, será necessário utilizar o controle da TV velha para ser possível selecionar a entrada AV. Quando esse procedimento for realizado, a imagem do Chromecast aparecerá na seleção. Deste modo, será possível utilizar o celular para transmitir alguns vídeos do Youtube; da Netflix ou mesmo de outros aplicativos de mesma natureza.

Outra alternativa é a seguinte:

Conexão de set top box a uma TV AV. Será necessário uma TV de tubo; um set top box; um Adaptador AV/HDMI; um cabo AV; um cabo HDMI; um carregador de celular micro-tipo USB.

Será necessário conectar um cabo AV na própria entrada AV da velha TV de tubo. Muito cuidado ao encaixar os cabos nas suas conexões correspondentes, respeitando as cores. O passo seguinte será encaixar os cabos na outra extremidade do adaptador. Assim que esse passo for realizado, será necessário conectar o cabo HDMI, ou seja, conectar uma extremidade dele ao adaptador e a outra diretamente à set top box.

O passo seguinte será ligar a set top box diretamente a uma tomada, para que a mesma funcione. Em caso de o adaptador precisar de energia, será preciso garantir que haja espaço na tomada para ele. Se for necessário, poderá ser utilizada uma régua ou um Benjamin. Deste modo, será possível conectar ainda mais aparelhos ao mesmo set top box, exatamente como em um console de videogame, o que pode dar ainda mais recursos à velha Tv de tubo.

Por Paulo Henrique dos Santos

Transformar TV tubo em SmartTV


Samsung disponibilizou no mercado brasileiro seus novos modelos de TVs 4k com preços a partir de R$ 2.799.

Ter uma TV 4K está cada vez mais em conta, por exemplo, a Samsung começa a disponibilizar no mercado brasileiro seus novos modelos a partir de R$ 2.799, bem mais em conta do que era há alguns anos. No último dia 31 de julho, a Samsung realizou um evento em São Paulo para mostrar os quatro modelos que serão disponibilizados por aqui. A empresa coreana espera assim, atender a todos os perfis de clientes, já que oferece também as QLEDs.

As novas TVs 4K da Samsung oferecem configurações variadas e o consumidor precisa analisar bem antes de fazer sua escolha, por exemplo, tem a premium NU8000 que é o modelo mais avançado e consequentemente custa mais caro, assim como tem a versão de entrada, a NU7100 que tem o preço menor. Tem até uma opção curva, a NU7300, que não deve fazer tanto sucesso entre os brasileiros, já que esse tipo de TV não agradou muito o mercado nacional.

Os quatro modelos contam com tecnologia de painéis LED, além de áudio de ótima qualidade e o sistema operacional é o mesmo que se encontra nos modelos lançados em 2017. Mas as TVs trazem algumas novidades, principalmente no que diz respeito ao visual do dispositivo. Outra boa notícia é que a gestão dos cabos melhorou bastante, assim não fica aquela bagunça atrás do aparelho. Esses novos modelos da Samsung oferecem conexão ao SmartThings, a plataforma da empresa para casas conectadas.

No caso do modelo NU7100 como também a NU7300, ambos têm a configuração praticamente iguais, pois o painel é de LED 4K, com suporte a HDR premium e o sistema operacional é da Samsung. O que difere uma da outra é que a NU7100 é tela plana e está disponível tanto no modelo de 40 como também 75 polegadas. No caso da NU7300 a tela é curva e ela está disponível apenas na versão de 49 polegadas.

A NU7400 é um modelo mais conectado e com configuração melhor, estando disponível nas dimensões de 50, 55 e 60 polegadas. O modelo ainda integra a TV com a plataforma SmartThings da empresa coreana, assim é possível utilizar o comando de voz para diversas funções, assim como ter controle dos dispositivos inteligentes que encontram-se na casa, por exemplo, a máquina de lavar roupa, o ar-condicionado, entre outros aparelhos conectados. Essa tecnologia pode ser utilizada até mesmo para alguns produtos de outras marcas, mas essa lista ainda é restrita.

Esse modelo ainda conta com controle remoto diferenciado, que além de ser usado para a TV, também serve para conversores, vídeo games e vários outros dispositivos. Outro diferencial da NU7400 ainda oferece uma solução inteligente para gerenciar os cabos, de forma que a fiação fica toda escondida, já que eles saem da traseira da televisão através de uma canaleta. Esse recurso pode parecer apenas um detalhe bobo para alguns, mas para outros faz uma diferença enorme. Quem investe em uma sala planejada, por exemplo, sabe que a TV acaba por complementar o ambiente, interagindo com a decoração, só que a exposição dos cabos atrapalha tudo.

Todos esses recursos estão presentes também na NU8000, que é a versão UHD Premium, disponibilizada com 75 e 82 polegadas. Tirando as QLED, a NU8000 é a única em LED 4K que oferece suporte a HDR1000, que fica acima do HDR Premium quando são mostradas as imagens com mais brilho e contraste.

De acordo com a Samsung, ainda nesse mês de agosto, suas novas smartTVs já estarão disponíveis no mercado nacional e quem se contentar com um modelo mais básico certamente verá que o preço é bem em conta, mas quem optar por uma versão mais completa terá que desembolsar mais de R$ 13 mil, confira os preços:

  • A TV UDH NU7100 poderá ser encontrada no valor de R$ 2.799 a R$ 13.999 de acordo com a especificação, que pode ser de 40, 43, 49, 50, 55, 58, 65 e 75 polegadas.
  • A TV UHD, que é o modelo de tela curva, NU7300 custa R$ 3.899 e está disponível apenas em tamanho de 49 polegadas.
  • A TV UHD NU7400 será disponibilizada com 50, 55 e 65 polegadas e os preços serão de R$ 4.099, R$ 5.199 e R$ 8.999.
  • E a TV Premium UHD de 75 e 82 polegadas, custará R$ 16.999 e R$ 25.999.

Por Russel

TV 4k Samsung


Veja aqui mais detalhes sobre a agenda da Seleção Brasileira nesta Copa do Mundo 2018.

Faltando poucos dias para o início do maior evento de futebol mundial, o coração brasileiro está cada vez mais ansioso para o início da competição. Já temos o elenco todo preparado e também o grupo definido. Teoricamente essa primeira fase será fácil para a seleção brasileira.

Porém, as outras seleções mesmo sendo inferiores entrarão para ganhar do Brasil, então é importante todos jogadores entrarem concentrados para as partidas.

O primeiro confronto do Brasil será no dia 17 de junho contra a Suíça, o adversário teoricamente é fraco. Porém é um time que joga na retranca então o Brasil terá dificuldades para penetrar no forte sistema defensivo Suíço. A partida terá início às 16 horas no horário de Brasília.

O segundo jogo será contra a Costa Rica no dia 22 de junho, no retrospecto entre as duas equipes o Brasil só perdeu para a Costa Rica uma vez e foi no ano de 2011, pelos jogos Pan-americanos. Portanto, a expectativa é que seja um jogo fácil para a seleção brasileira.

Já o terceiro jogo teoricamente será o mais difícil para nossa seleção que enfrentará a Sérvia. A Sérvia classificou como primeira classificada em seu grupo nas eliminatórias da Copa, e em confrontos contra o Brasil ela só jogou uma vez perdendo pelo placar de 1×0 em 2014.

Essa é a primeira fase que nossa seleção terá que enfrentar. Para a segunda etapa da competição teremos as seguintes possíveis datas:

Se ele terminar em primeiro colocado do grupo terá jogos nos dias, 02 de julho as oitavas de finais às 18 horas na Arena Samara, situada na cidade de Samara. Caso passe para as quartas de final o jogo será realizado no dia 06 de julho, na cidade de Kazan, às 21horas. Já as semifinais caso o Brasil classifique será no dia 10 de julho na cidade de São Petersburgo, às 21 horas. E a grande final será realizada no dia 15 de julho, na cidade de Moscou às 18 horas. Isso se o Brasil for o primeiro do seu grupo.

Trabalhando a hipótese que a seleção brasileira termine na segunda colocação, a primeira fase ela terá o seguinte trajeto. Oitavas de final no dia 03 de Julho. na cidade de São Petersburgo, às 17 horas. As quartas de finais no dia 07 de julho na cidade de Samara às 18 horas. Já as semifinais ficariam para o dia 11 de julho na cidade de Moscou, às 21 horas. E a grande final na mesma cidade, no dia 15 de julho, às 18 horas.

Anote em algum lugar que não vá esquecer, para poder conferir cada detalhe dessa grande competição, ao qual o Brasil tem grandes chances de levantar a taça nessa edição.

O time fez uma ótima campanha nas Eliminatórias, portanto, o elenco segue confiante, com poucas alterações o time segue fechado e bem determinado em apagar de uma vez por todas o vexame causado na edição anterior disputada aqui no Brasil, ao qual perdeu a final para a Alemanha pelo placar de 7×1.

Muitos estabelecimentos acabam fechando no horário dos jogos, por isso é muito importante ficar atento aos horários e se preparar para poder comprar tudo que for necessário antes desse período de fechamento desses estabelecimentos.

A cultura de nosso país é que a maioria dos cidadãos organizem churrasco durante os jogos, então já se preparem para comprar os carvões e as carnes antes, geralmente alguns depósitos de bebidas ficam abertos durante o jogo, mas para não correr o risco de ficar sem aquela cervejinha gelada ou ter que sair no meio da partida, já faça um estoque que suprirá todo o jogo ou até o churrasco do dia.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Os aparelhos Premium da Samsung 2018 virão com a resolução 4K e diversos recursos atrativos como assistente pessoal em inglês, modo de ambiente para a integração à sala e a conexão única e invisível, que busca diminuir a quantidade de fios.

Na última terça-feira, dia 29 de maio, foi anunciado pela marca Samsung a nova linha da Smart TV QLED para o Brasil. Os aparelhos Premium para 2018 virão com a resolução 4K e diversos recursos atrativos como assistente pessoal em inglês, modo de ambiente para a integração à sala e, não menos importante, a conexão única e invisível, que busca diminuir a quantidade de fios.

Apesar de não ter tido revelado o preço de cada um dos modelos, a expectativa para a sua chegada já é grande, podendo ocorrer no mês de julho. A faixa divulgada é de R$ 5 mil até R$ 80 mil.

Quatro produtos na linha

No total, foram quatro os produtos anunciados na linha Smart TV QLED, sendo que cada modelo apresenta uma tela diferente no tamanho. São eles: Q6F, de 65, 55 e 49 polegadas; Q7F, de 75, 65 e 55 polegadas; Q8C, de 65 polegadas; e Q9F, de 88 e 75 polegadas.

Desse quarteto, o mais avançado é o Q9F, que entrega a melhor qualidade na imagem, possui um HDR mais avançado e um preto muito mais realístico. Ainda, o Q8C é o dispositivo que traz um design em curva, prometendo uma maior imersão do usuário. Vale lembrar que esse é o único modelo da linha com esse design e, uma vez ligada ao console de um videogame, a TV entra automaticamente no modo de jogo após o início de um jogo.

Já os modelos Q6F e Q7F são aqueles voltados para segmentos de entrada e intermediários. Porém, uma diferença significativa é que esse último possui melhores imagens e alguns dos recursos daqueles modelos mais completos, como o design 360, compatibilidade em suporte No Gap (diminui espaço entre a parede e a TV) e conexão única. Na contrapartida, a linha Q6F apenas traz o controle remoto único e o modo ambiente.

É importante ressaltar que cada uma delas possui o suporte à tecnologia de pontos quânticos, 100% em volume de cor e HDR. Além disso, a companhia oferta uma garantia de 10 anos para o efeito Burn-in, que nada mais são do que as manchas na tela que são deixadas pelas imagens estáticas.

Recursos das Smart TVs

A promessa da sul coreana é a de se integrar cada vez mais à sala do usuário, de forma a oferecer uma maior inteligência artificial e, ainda, oportunizar a conversa entre os demais aparelhos da casa. Sendo assim, a linha conta com recursos importantes e que merecem destaque.

O primeiro deles é o modo ambiente, sendo a função que permite o disfarce da televisão no local em que está instalada. Para que isso aconteça, os aparelhos apresentam diversas molduras e texturas que simulam uma janela ou um quadro, exibindo informações úteis e as fotos preferidas. Se não for encontrado um padrão para a combinação com o ambiente, o usuário ainda poderá fotografar a sua parede para a réplica da TV.

Além disso, os modelos da QLED são todos compatíveis com a Bixby, uma assistente pessoal e dotada de inteligência artificial. Porém, a limitação para a sua utilização é a de que o televisor precisa ser configurado para o inglês.

Se isso não for feito, o usuário somente poderá usar os comandos tradicionais de voz, o S Voice. Todavia, a previsão é de que a Bixby já funcione na língua portuguesa a partir do ano que vem.

Os outros diferenciais das Smart TVs QLED são: conexão invisível única, que evita a tradicional bagunça entre os fios da televisão, oferecendo um cabo transparente e único que leve a energia necessária e se conecte à central do aparelho (não é compatível com o modelo Q6F); e SmartThings, que possibilita a conexão com os eletrodomésticos inteligentes e os dispositivos de internet por meio da utilização do controle.

Nessa última é possível, por exemplo, ligar a máquina de lavar roupas, ativar ou desativar o ar condicionado, e muito mais. Isso é possível, desde que os itens sejam da marca Samsung.

Porém, para se conectar aos itens de outras fabricantes, se faz necessário um hub. Esse é uma peça central e específica que garantirá o seu funcionamento.

Soundbars

Além da nova linha das Smart TVs, a empresa Samsung ainda apresentou duas novas soundbars. Com previsão de chegada por aqui em agosto, o primeiro modelo é o NW700, com um design bem fino e voltado para os gamers que não buscam extrema potência em jogos.

Já o modelo N650 promete ser a maior atração para esse público, dando uma experiência muito mais realística, com som panorâmico e em sintonia com as imagens da televisão e potência única. Em ambas há a conexão por Bluetooth.

Assim como as Smart TVs, não foram anunciados os preços oficiais das caixas de sons. Portanto, resta ficar ligado e esperar até que todas essas novidades cheguem às lojas.

Por Kellen Kunz

Smart TV QLED da Samsung


A TV da Samsung tem características avançadas no que se refere à imagem e ao som.

A QLED TV 4K UHD da Samsung, conta com tela de pontos quânticos, HDR1500, conexão invisível, entre muitas outras vantagens, o que a torna hoje uma das melhores opções no mercado para quem é exigente em relação à imagem e ao som. Seja para acompanhar a Copa do Mundo na Rússia, ver novela, telejornais, ou qualquer outro programa, com esta televisão a experiência será completamente nova.

A tecnologia de Pontos Quânticos evoluiu ainda mais, oferecendo as mais perfeitas cores e muito mais brilho, além de um contraste que garante imagem muito mais realista. As cores são exibidas como na vida real, com a reprodução de 1 bilhão de cores, em cenas que mostram todos os detalhes. Outro diferencial está no HDR 1500, uma grande vantagem principalmente para quem gosta de assistir filmes em casa, pois terá muito mais intensidade e visualizar detalhes que antes não eram exibidos, inclusive em imagens mais escuras.

O contraste é tão perfeito que garante melhor imagem independente do ambiente. Não é preciso ficar testando onde a TV oferece melhor qualidade, pois independente de onde o aparelho ficar, o resultado será impressionante. As imagens oferecem maior sensação de profundidade. E com traços modernos e design de linhas finas, a QLED TV 4K UHD da Samsung passa a integrar a decoração, pois tem um visual moderno.

Mas nenhum detalhe chama tanto a atenção como a conexão invisível, onde todos os dispositivos ficam escondidos. O cabo óptico de 5 metros é o grande segredo desta 'mágica'. A sala fica com o visual clean, podendo dar adeus àqueles muitos fios que antes eram necessários. Você coloca esta TV na parede e ela fica parecida com um quadro e quando é ligada, a profundidade das imagens é de tirar o fôlego. O suporte No-Gap permite que o serviço seja feito em 15 minutos e depois é só alinhar a TV na parede, para ficar perfeita.

E a QLED da Samsung foi pensada em todos os detalhes, o planejamento deste modelo foi pensado para as imagens serem reproduzidas com perfeição em todos os ângulos. Graças à borda fina e a traseira sem nenhum fio, a TV garante integração nos mais variados ambientes. E é possível personalizar sua QLED TV, escolhendo a base que melhor combina com seu estilo. Com a base Gravity é possível movimentar a tela em um ângulo de até 35° para qualquer um dos lados, assim todos os lugares da sala são beneficiados. Optando pela base Studio, a TV fica como se fosse uma obra de arte.

O controle remoto único permite que vários aparelhos obedeçam ao comando facilmente, sem confusão. Usando apenas um controle remoto é possível colocar um ponto final na necessidade de ter vários controles na sala. É importante conferir a lista de dispositivos compatíveis com esta tecnologia. E a organização também é feita na tela, pois basta um clique no controle para ter acesso a todos os conteúdos, podendo mudar o que quiser nas configurações e ainda acessar vários dispositivos e os canais de TV.

A tecnologia Smart View é para o usuário conectar o celular na TV QLED e aproveitar todos os conteúdos do smartphone em uma super tela. O aplicativo ainda transforma o celular em um controle remoto. Para quem gosta de games, tem o exclusivo SteamLink, para aproveitar milhares de games sem aquela antiga necessidade de ligar vários cabos. É diversão garantida e nada de delay.

Com a QLED TV 4K UHD da Samsung é possível ter um aparelho gigante na sala, mas sem aquela sensação de que perdeu espaço, pelo contrário, o usuário verá a televisão fazendo parte do ambiente e contribuindo para a beleza do local.

Por Russel

TV Samsung


Esse modelo tem um dos mais modernos painéis OLED 4K Ultra HD, contando ainda com HDR Master e THX.

A TV Ultra HD 4K OLED da Panasonic chegou para revolucionar o mercado de televisão, oferecendo uma experiência nova para quem gosta de filmes, novelas, ou qualquer outro conteúdo, garantindo imagem e som de última geração. Esse modelo tem um dos mais modernos painéis OLED 4K Ultra HD, contando ainda com HDR Master e THX. A Panasonic investiu pesado para conseguir oferecer o que há de mais avançado nessa tecnologia, conseguindo fazer com que cada pixel se auto ilumine, o que deixa o contraste praticamente perfeito, oferecendo mais realidade inclusive para o preto e tornando as demais cores bem mais intensas.

A compatibilidade incrível com HDR é o que proporciona uma imagem leal à gravação original e o painel da Panasonic recebeu o certificado do Laboratório THX de cinema, localizado em Hollywood, que fez testes rigorosos e mesmo assim aprovou o equipamento inovador, capaz de reproduzir imagens como as de cinema.

Outro diferencial deste modelo da Panasonic está na maneira simples e rápida de navegar na internet, pois a nova plataforma traz aplicativos que trabalham com armazenagem 'nas nuvens', sendo assim, nada fica armazenado na televisão e, por isso, as atualizações são muito mais rápidas, assim como a inicialização do aparelho. O usuário tem acesso a filmes no YouTube, Netflix, jogos, músicas e muitos outros conteúdos. A facilidade também é percebida na hora de se conectar à TV, seja com um videogame ou qualquer outro dispositivo, pois tudo é feito de forma prática e ágil, graças ao poderoso processador Quadcore Pro.

Mas as novidades não estão restritas apenas à imagem, a Panasonic inovou também no som, com o Wi-Fi de 80w com Wireless Media, assim é possível aproveitar ao máximo seu programa favorito, com um som puro e ao mesmo tempo potente. E é possível dar ainda mais ênfase ao som, bastando conectar a televisão a um aparelho de som da Panasonic, assim a experiência se tornará muito mais empolgante.

E a empresa desenvolveu uma tecnologia exclusiva, a Hexa Chroma Drive PRO e com ela foi possível contar com mais 3 cores, a Ciano, Magenta e Amarelo, incorporando-as ao já conhecido RGB e o resultado é realmente impressionante. As imagens ficaram muito mais nítidas, cada tom ficou mais vivo e fiel ao original, inclusive quando as cenas contam com pouca luminosidade. É possível ter mais precisão no controle do brilho e também das cores, seja na hora da novela, futebol, filme ou programas infantis.

Tem ainda o novo Web Browser 4K, uma novidade que promete agradar todos aqueles que gostam de navegar na internet pela televisão, pois ficou muito mais fácil acessar os sites favoritos e ainda contar com suporte a flash e conteúdo 4K. E quem tem vídeos e músicas no smartphone, poderá compartilhar tudo através do moderno sistema de espelhamento Swipe & Share. É possível reproduzir a tela do celular ou tablet na TV Ultra HD 4K OLED da Panasonic, pela mesma rede Wi-Fi. Pelo pendrive ou até mesmo um HDD externo é possível acessar vídeos 4K, com uma reprodução incrível de imagens e sons.

A Panasonic é uma empresa conhecida no mundo todo por sempre ter oferecido os aparelhos com as melhores imagens e agora e empresa mostra o resultado de muitas pesquisas feitas e de um investimento altíssimo no que existe de mais moderno. O Hexa Chroma Drive tem uma paleta de cores muito mais completa e a avaliação de um colorista de Hollywood mostra o tamanho do comprometimento da empresa com a satisfação de seus clientes.

Essa TV também se destaca por seus traços finos, misturando-se ao ambiente e complementando o espaço onde fica disponível. É um modelo que certamente agradará até os mais exigentes.

Por Russel

TV Panasonic


A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV vem equipada com sistema Android. Esse recurso permitirá que o usuário tenha experiências semelhantes às de aparelhos Smartphones e tablets.

A televisão evoluiu muito desde a primeira transmissão televisiva de 1928. Os televisores modernos não têm praticamente nada em comum aos primeiros modelos lançados. Há diferenças no design, no número de funções e no tamanho, mas a maior diferença é, sem dúvidas, a qualidade de imagem.

A imagem transmitida por um televisor moderno é praticamente idêntica àquela que vemos pela janela de nossas residências. Esse é o produto de anos de estudos e esforço de centenas de profissionais.

O surgimento de diversas fabricantes de TV aumentou muito a competitividade no mercado consumidor. Para trazer aos consumidores o que há de mais moderno no segmento, essas fabricantes investem em pesquisa constantemente.

E por falar em moderno, a Sony lançou a TV OLED 4K no Brasil. Confira agora as principais características da nova TV da fabricante japonesa.

Tecnologia Acoustic Surface

Os dois atuadores localizados na parte traseira da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV fazem a tela vibrar enquanto o som é propagado, fazendo com que sons e imagens sejam reproduzidos harmonicamente.

Processador 4K HDR X1

O processador 4K HDR X1 maximizam a qualidade e a realidade de imagem transmitida. Ele é capaz de processar imagens com 40% mais eficiência que o 4K X1, processador presente em modelos anteriores.

Android TV

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV vem equipada com sistema Android. Esse recurso permitirá que o usuário tenha experiências semelhantes às de aparelhos Smartphones e tablets.

4K X- Reality PRO

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV possui um banco de dados de imagens, e o processador analisa e combina esses dados aos objetos presentes nas cenas, tornando a imagem mais próxima à realidade.

Pesquisa por voz

Este recurso facilita e aumenta a interatividade entre a OLED 4K HDR Ultra HD Android TV e o usuário, além de ser a forma mais prática de buscar por programas e aplicativos rapidamente.

Google Play

Agora você pode acessar o Google play em sua OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. Desfrute de jogos e aplicativos em uma tela gigante, de alta resolução.

IR Blaster

Você pode controlar outros dispositivos com o controle remoto da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. Com este recurso, você não precisará colecionar dezenas de controles dos aparelhos de sua casa.

Chromecast incorporado

Este recurso permite a transmissão de imagens do celular diretamente na tela da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. O usuário poderá se conectar ao Youtube e assistir aos vídeos na OLED 4K HDR Ultra HD Android TV.

Tela TRILUMINOS

Promete a inserção de mais cores, trazendo maior realismo e adicionando mais emoção às cenas. A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV transmite cores mais vivas e realça as cores sutis.

DSEE

Este recurso permite a restauração dos elementos de frequência de som, perdidos quando os arquivos de áudio são compactados. Dessa forma, o som é transmitido de forma mais original e mais natural.

Super Bit Mapping 4K HDR

Com o Super Bit Mapping 4K HDR, as imagens tornam-se mais naturais e são suavizadas, graças ao sinal de 14 Bits do processador da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony.

Aprovada pela Netflix

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony é recomendada pela Netflix por conta de seu excelente desempenho e de sua alta performance de imagem, som e conexão a aplicativos.

Preços

O preço da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony de 65 polegadas pode variar entre R$ 20.699,10 e R$ 22.999,00. Este é o valor encontrado no site oficial da Sony e pode ser alterado sem aviso prévio.

Por Nanny Cunha

TV Android da Sony


Modelo garante ótima qualidade de imagem e som. Confira as demais características desta incrível TV.

Quem busca a melhor imagem para acompanhar os jogos da Copa do Mundo, ou mesmo assistir a um filme, novela, ou seu programa preferido em casa, irá se surpreender com a qualidade da TV LG Ultra HD 4K. A vantagem deste modelo é que ele está disponível no mercado com telas de 43", 49", 55", 58", 60", 65", 70", 75", 79", 86" e até 105". O consumidor só precisa verificar o espaço onde o aparelho ficará disponível e assim poderá escolher o modelo que melhor lhe atenda.

Essa TV é superior àquelas que utilizam simplesmente uma película para proporcionar um aumento de cores, a LG conta com a tecnologia Nano Cell™, presente no painel para que de fato a imagem possa oferecer maior número de cores e com um melhor ângulo de visão. A tecnologia Nano Cell™ garante maior fidelidade às cores, reproduzindo a imagem como realmente ela é, sem distorções.

Esse modelo também conta com suporte a HDR e Dolby Vision™, que é a tecnologia mais usada pelos produtores de cinema. Essa TV da LG também oferece compatibilidade com alguns outros formatos de HDR, entre eles o HLG e o HDR10. Cada quadro conta com processamento metatados dinâmicos, sendo que a HDR10 e HLG são renderizados pelo próprio processamento LG. O efeito HDR da marca conta com tecnologia responsável pelo processamento das imagens, sendo que qualquer conteúdo pode ser transformado em uma nova experiência, com mais contraste e melhor visualização.

Outro diferencial está na Ultra Luminância, onde o contraste e brilho são otimizados, transferindo carga elétrica das regiões mais escuras para aquelas que estão mais claras e este processo permite que os objetos possam ser mais realçados. O Upscaling 4K da LG também tem a função de aprimoramento, oferecendo uma qualidade de imagem que se assemelha aos mais avançados processados da atualidade. Com toda esta evolução, o consumidor terá muito mais diversão, independente do programa que for assistir.

A LG ainda conseguiu outra grande vantagem, que é oferecer imagem perfeita independente do local onde a TV foi disponibilizada. Seja em um local mais claro, ou com pouca luminosidade, a imagem não tem perda de qualidade e as cores são leais à realidade, graças à tecnologia UHD 4K TV. Essa tecnologia é que garante um ângulo mais amplo, de forma que a visão não tem nenhuma distorção. Mesmo em um ângulo de 60º é possível conferir uma imagem de ótima qualidade e cores reproduzidas com alta qualidade. Independente se na sala a pessoa sentou no meio, à direita, ou esquerda, ela terá uma ótima visão.

A qualidade está também no som, graças ao moderno sistema de alta fidelidade que foi desenvolvido pela harman/kardon. Os graves impactantes logo serão percebidos e o som puro, em conjunto com a imagem de alta resolução, tornará os programas muito mais atraentes. O sistema de som surround da LG conta com sete canais virtuais, um diferencial que faz grande diferença principalmente na hora dos filmes.

Quem comprar esta TV da LG pensando já na Copa do Mundo na Rússia, irá aproveitar muito mais os jogos ao selecionar o Modo Futebol, que garante áudio e vídeo aperfeiçoados para oferecer aquela sensação de ter ido ao estádio. Torcer para a seleção brasileira será muito mais emocionante.

E com esta TV será mais fácil também, explorar o vasto material em HDR 4K já disponível na Netflix, tem opções para todos os gostos e estilos. Confira outras características deste modelo da LG:

Conectividade:

– Mobile Connection, WiFi, HDMI, DTV, USB, WiFi e Bluetooth.

Conexão:

– 4 HDMI, entrada AV/Vídeo Componente, 2 USB, entrada de áudio e vídeo (RCA), LAN, RF para quem tem TV por assinatura e saída digital ótica.

Por Russel

TV LG Ultra HD 4k


Empresas chegam a oferecer até segunda teve por R$ 1,00.

Lembra das famosas promoções de TV para a Copa do Mundo?

Justamente, elas já estão de volta. A loja Magazine Luiza começou neste sábado (14) aceitando suas TVs antigas como parte de entrada comprando uma nova. As Casas Bahia, por sua vez, está oferecendo uma TV de brinde por apenas R$ 1 na compra de um aparelho com mais de 60 polegadas.

A promoção do Magazine Luiza serve para qualquer marca e modelo de tv, até mesmo aqueles antigos, sendo até de tubo. As Tvs precisam ao menos estarem em funcionamento, a tela precisa estar íntegra, o cabo de energia e também seu controle remoto.

Os descontos variam entre R$ 50 e R$ 1.500, levando em consideração a idade, o tamanho e também a tecnologia de cada aparelho de TV como entrada. O cálculo é realizado por um software Trocafone, uma empresa parceira do Magazine Luiza em outras ações do mesmo tipo, porém, voltadas para a troca de tablets e celulares.

Os aparelhos trocados irão pertencer à Trocafone e serão revendidos, outros desmontados para o uso de algumas peças ou até mesmo descartados.

Outra jogada de marketing é a “TV 'zicada'”

O slogan da campanha será embasado na frase: "Você vai mesmo ter coragem de assistir o Brasil na mesma TV que assistiu o 7×1?".

"A brincadeira consiste em enfatizar que as TVs estão zicadas", conta a diretora de marketing do Magazine Luiza.

A ação começou a ser pensada em 2017 com os fornecedores e os estoques foram bem reforçados para conseguir dar conta de toda demanda. A expectativa é que a venda supere o dobro de TVs vendidas no mesmo período do ano passado.

"Nós sabemos que o Brasil para na Copa do Mundo e isso acarreta um peso enorme para a nossas vendas. E este é o ano da super tela grande e do ultra 4k", diz diretora de Marketing do Magazine Luiza.

Lembra da Famosa TV por R$ 1?

As Casas Bahia, por sua vez, não ficaram para trás e também preparou sua promoção para a Copa. Seus clientes que comprarem um aparelho de tv do tamanho de 60 polegadas ou maior e que seu preço seja maior de R$ 4.999 poderão se desejar levar uma segunda, no tamanho de 32 polegas, pelo valor de R$ 1. O aparelho dado praticamente "de brinde" custa na faixa de R$ 1.199.

Aqueles que comprarem mais de R$ 500 em suas lojas e também no site, terão a oportunidade de participarem do "bolão" virtual que terá uma premiação de R$ 2 milhões para quem acertar em cheio as seleções que levarão os três primeiros lugares.

O Ponto Frio, por sua vez, pertencente à Via Varejo, como sua parceira Casas Bahia irá sortear um prêmio de 100 mil reais por mês durante o ano entre aqueles clientes que fizerem uma compra acima de R$ 500. Sua promoção irá até o dia 31 de julho e seu sorteio será realizado através da Loteria Federal no dia 18 de agosto.

Por isso não perca a oportunidade de trocar seu televisor, essa é a melhor época e momento para isso, já que as empresas entram nessa disputa para poderem vender mais, pesquise olhe e aproveite a chance de assistir à Copa do Mundo 2018 no conforto de sua sala em uma Tv bem maior que a atual.

Hoje estamos vivendo um momento político e econômico bem difícil em nosso país e aproveitar o melhor momento para realizar uma compra é essencial para não comprometer seu orçamento, então se você tem a possibilidade e já estava com vontade de experimentar as novas tecnologias em relação a aparelho de Tv, não perca essa chance única, aliás, outra dessas só daqui a 4 anos.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Nova TV da Samsung será a mais acessível da linha QLED para os consumidores.

A Samsung proporciona, todos os anos, grande conforto e qualidade para os seus consumidores. Recentemente, foi lançada no mercado a nova TV Q6F (TV 4K QLED). Este novo aparelho televisivo estreou pela companhia da Coreia do Sul numa quinta-feira, dia primeiro de março. Um dos responsáveis pela gerência do setor de produtos e de TVs da empresa Samsung, na unidade localizada no Brasil, conversou com a equipe do site da TechTudo a respeito do lançamento, das especificações tecnológicas do novo aparelho e demais temas associados.

Este novo modelo de TV possui as seguintes especificações: munida de 55 polegadas ela chegará às prateleiras com o certificado de UHD; começará a ser comercializada no Brasil a partir do mês de abril ou de maio, com a promessa de atingir a 100% do volume de cores. Embora ainda não haja um valor preciso divulgado, a gerência explicou que esta TV 4K será a mais acessível da linha QLED, para os consumidores.

Entre outros atributos e novidades, esta nova TV está equipada com o aplicativo chamado SporTV 4K da Rússia, que consiste em uma nova parceria exclusivamente estabelecida entre a Samsung e a grande emissora esportiva, destinada a transmitir a Copa do Mundo, que se avizinha. Portanto, os consumidores terão chance de assistir a todos os jogos, podendo visualizar os melhores lances e acessar as estatísticas do próximo mundial por meio deste APP, o qual estará embutido nos aparelhos de 4K da companhia.

Em termos de alta tecnologia e de design mais moderno, a série de produção da QLED na Samsung elabora dispositivos levando em conta a meta principal de tornar mais potentes três detalhes das imagens transmitidas, quais sejam: o brilho, a cor e a nitidez cada vez mais intensos. Esta linha dispõe de quatro modelos perfeitos: o modelo Q9F, com 88 polegadas; o modelo Q8F, que dispõe das opções em 75 pol. e 65 pol.; o modelo Q7F, portando as opções de 65 pol. ou 55 pol. e o já citado inicialmente Q6F, com 55 polegadas.

O modelo Q6F tem por finalidade fazer gerar mais cores, tornando-as muito mais próximas da realidade concreta, operando por meio de uma alta tecnologia de Pontos Quânticos. Deste modo, os detalhes de imagens escuras ganham muito mais profundidade em tons de preto, sendo que os demais detalhes claros se mantêm totalmente perceptíveis. Trata-se de um tipo de TV que dispõe do recurso de HDR 1000, o High Dynamic Range, que consiste em uma tecnologia que já marca presença nas grandes produções de Hollywood, no sentido de engrandecer a potência e a nitidez das imagens transmitidas, atingindo o escore de 1000 Nits na definição.

Entre outras especificações esta TV possui bordas mais estreitas, portando um design de 360º e função One Connect, operando com uma caixa em separado, além das entradas que a TV já possui. A Q6F possui capacidade de conexão junto ao dispositivo chamado Hub, a qual se dá pelo cabo fibroso óptico bem mais grosso e mais perceptível.

A já citada parceria da Samsung, por meio do app intitulado SporTV 4K pela Rússia, visa comungar a qualidade das imagens dos novos televisores com a transmissão dos jogos no novo mundial. O truque de marketing está em oferecer ao publico a nova TV 4K em promoção, direcionada para o grande evento esportivo por vir.

A estimativa de valores poderá ser confirmada a entre abril e maio, assim que a TV começar a ser comercializada em solo nacional. Dado que a companhia pretende fazer coincidir as vendas com o início da World Cup, certamente a nova Q6F estará à venda por preços bem mais acessíveis. Na Inglaterra, onde este mesmo modelo está sendo comercializado, o valor está em 999 libras, correspondendo, pelo câmbio, a 4.500 reais, sem contar as taxas.

Por Paulo Henrique dos Santos

Samsung TV Q6F


Saiba aqui se é necessário usar antivírus em sua Smart TV.

Será que a Smart TV também precisa instalar um Antivírus? Semelhante aos computadores e smartphones? Está surpreso com esta pergunta? Pois bem, muitas pessoas não percebem que ao conectar qualquer aparelho na internet o risco de receber vírus e infectar seus equipamentos é alto.

Você comprou uma Smart TV, está feliz com sua nova aquisição, vai conseguir assistir Netflix, jogar pela internet, assistir vídeos no Youtube, ou seja, transformar sua imensa TV em um Computador de sala.

Porém, não se esqueça que a sua TV é semelhante ao computador. Isso mesmo! Ela possui interfaces com ícones, navegadores de internet, você pode baixar conteúdos, ter acesso a rede Wi-Fi e inclusive instalar programas.

Empresa de Segurança Digital alerta!

O alerta foi feito para redobrar a atenção em relação à segurança da sua TV, além disso, pesquisar qual antivírus é compatível com seu equipamento. Essa preocupação com a proteção das Smart TV´s foi levantada na feira MWC em Barcelona pela empresa de segurança Digital ESET.

Conforme orientações da ESET, as TV´s que possuem o sistema Android TV possuem várias formas para receber esta proteção. A primeira forma é o antivírus propriamente dito, a segunda opção é o anti-ramsomwere que protege sua tv contra bloqueios de tela externos, existe também o escaneamento de dispositivos como por exemplo a conexão de pendrives por USB.

A última forma de se proteger de possíveis ataques de hackers é com o anti-phishing, que são feitos para roubar dados pessoais e informações de contas mais sensíveis. No caso do anti-phishing é oferecido o recurso na forma paga, que deve estar custando por volta de 10 euros, no entanto, as demais podem ser adquiridas gratuitamente.

Demonstração de Ataques

A ESET na feira MWC fez algumas demonstrações onde foi possível visualizar o escaneamento de pendrives infectados que foi conectado em uma das portas USB do aparelho de TV.

Além desta demonstração, foi possível visualizar a instalação de aplicativos mal intencionados que foram instalados de forma indevida, onde o antivírus faz seu papel de bloquear estas instalações.

Smart TV no radar dos criminosos

Antigamente algumas proteções básicas eram tomadas como excluir alguns emails estranhos, não clicar em links desconhecidos, escolher senhas mais fortes para evitar acesso a contas pessoais, ou seja, essas ações eram tomadas exclusivamente para acessos ao computador.

Com a chegada e popularização das TV´s que podem se conectar na internet, as Smart Tv´s, os criminosos já estão começando a direcionar a sua atenção para estes aparelhos, já que eles possuem dados gravados de contas de acesso para email, programas de filmes, entre outros.

Os invasores podem controlar sua TV remotamente, trocar de canal, ver todo o histórico de navegação, como já dissemos, verificar dados pessoais e acessar dados em pendrives como pastas por exemplo.

Quais vulnerabilidades a Smart TV pode apresentar?

Além dessas que apresentamos, algumas marcas podem enviar anúncios publicitários de acordo com o seu perfil de usuário. Para identificar isso é preciso comparar seu histórico de navegação com os possíveis anúncios publicitários que podem aparecer em sua TV.

Em 2012, a LG em algumas TV´s foi detectado esta vulnerabilidade com o envio de anúncios personalizados sem a permissão dos usuários e com isso foi acusada de violar a integridade e privacidade dos seus usuários. A empresa confirmou o erro e liberou uma atualização do software reparando este problema.

Como se proteger e aumentar a segurança da sua TV?

A primeira ação a ser tomada é evitar colocar pendrives sem fazer um escaneamento no computador em busca de vírus. A sua conexão Wi-Fi deve estar configurada com segurança WPA2, por ser mais segura e com menos disposição a ataques.

Evite fazer compras pela sua Smart TV, neste momento, não confunda sua TV com seu PC. os computadores possuem softwares de proteção mais avançados que auxiliam neste momento e algumas instituições de banco enviam aplicativos de proteção compatíveis com o sistema de computador.

E para finalizar aquela velha dica que já mostramos aqui, não clique em qualquer link, procure prestar muita atenção aos endereços camuflados nestes links suspeitos.

Marcio Ferraz


Há várias medidas que podem ser tomadas para evitar possíveis danos aos aparelhos eletrônicos feitos por descargas elétricos, como os raios.

Quem já passou pelo problema de ter um aparelho eletrônico queimado ou danificado em razão de uma forte descarga elétrica, devido a um raio, sabe o quanto isso pode trazer aborrecimentos e principalmente prejuízos que podem ser bem grandes dependendo da quantidade e dos equipamentos comprometidos nessa ocasião.

As pesquisas apontam que o Brasil é líder nas ocorrências envolvendo raios. Um raio é o mesmo que uma descarga elétrica de maior intensidade que acontece na atmosfera de regiões que são mais carregadas eletricamente. Além dos prejuízos em razão da danificação e equipamentos elétricos, eles podem ser muito perigosos para as pessoas também.

Alguns aparelhos eletrônicos são mais sensíveis às descargas elétricas, entre eles estão as TVs, lâmpadas e fontes de alimentação usadas em computadores. Se o raio atinge a rede elétrica, passa por toda fiação e descarrega no solo e se isso acontece em regiões com residências, devido à sua intensidade atinge a residência e sua fiação, prejudicando os equipamentos que estejam ligados na eletricidade.

Desse modo, para não correr o risco de ter nenhum prejuízo em decorrências de raios é muito importante que seja realizado o aterramento da fiação elétrica. O que no Brasil já é uma obrigação. Contudo, muitas casas não têm isso realizado, por serem mais antigas e estão sujeitas aos raios e suas complicações.

Outro recurso bastante utilizado, principalmente em prédios e casas maiores, é a instalação dos chamados para-raios, mas eles não oferecem garantia em relação à proteção de equipamentos e aparelhos eletrodomésticos.

Uma medida preventiva é a instalação de varistores, que são uma espécie de pastilhas feitas em óxido de zinco que de forma simples são instaladas no quadro de distribuição. Essa é uma medida muito útil e recomendada.

Instalar um DPS também protege as residências contra os raios e também contra variações de tensão.

Contudo, essas medidas citadas são para profissionais da área de eletricidade e que muitas pessoas nem têm conhecimento se suas casas ou apartamentos contam com essas proteções.

Dessa forma, se você está em casa e percebe que uma tempestade está se formando, com trovadas e os chamados relâmpagos a principal medida preventiva que se pode adotar nesse momento é o desligamento dos aparelhos de casa da rede elétrica. Desse modo você estará garantindo que, em caso de haver uma descarga elétrica na sua fiação, nenhum equipamento seja prejudicado.

Muita gente assim que a tempestade se manifesta desliga os seus aparelhos das tomadas, mas acabam se esquecendo de um aparelho que geralmente é muito atingido por essas descargas. Estamos falando do modem das linhas telefônicas, que quase nunca são desligados e são os primeiros a queimar, uma vez que as descargas elétricas também atingem a rede de telefone, colocando em risco o aparelho e o usuário, caso alguém esteja ao telefone no momento da descarga.

Muita gente acredita que os no-breaks e estabilizadores oferecem uma boa proteção contra as descargas elétricas, mas não é bem por aí. Estes aparelhos são realmente úteis quando ocorrem pequenas variações na corrente elétrica, mas não suportam uma descarga elétrica, não conseguindo nem se proteger, quanto mais aparelhos conectados a eles. Então, também desligue esses aparelhos.

Muitas pessoas ficam bastante resistentes em desligar seus aparelhos durante uma tempestade com raios, pois muitas vezes estão assistindo TV, ou jogando no computador, ou simplesmente não querem que o que está na geladeira derreta, nem perder uma ligação importante, mas é importante lembrar que essas tempestades passam rapidamente e logo esses equipamentos poderão ser religados sem nenhum problema e o melhor, sem nenhum prejuízo e principalmente sem nenhum risco à vida, que não há dinheiro que pague.

Proteja seus aparelhos e principalmente proteja a sua vida.

Por Sirlene Montes

Tomada


Confira aqui algumas dicas e cuidados que você deve tomar ao comprar uma TV Usada.

Em geral as pessoas buscam adquirir bens do modo mais econômico e prático, porém, existe uma expressão popular muito importante sobre a realidade de situações econômicas precárias: O barato sai caro. O investimento em produtos de segunda mão pode ser um bom negócio, entretanto, o consumidor precisa ser cuidadoso, estar muito atento aos anúncios publicados em qualquer mídia, para não ser logrado com produtos danificados ou de má qualidade. Sobretudo quando se busca comprar uma televisão.

Atualmente os aparelhos de TV não são simples produtos que captam sinais de satélite. O sinal digital transformou os aparelhos smarts em verdadeiros propulsores de diversos tipos de resolução em alta definição, que exigem mais atenção dos consumidores. Uma grande parte do mundo dos utensílios domésticos tornou-se quase descartável, devido à rápida evolução tecnológica.

Abaixo seguem algumas orientações sobre a aquisição de aparelhos de TV usados:

O valor de um modelo Smart TV de 55 polegadas pode estar em torno de 5.000 reais. Se um consumidor desejar um tipo de TV nesses parâmetros, certamente tenderá a buscar o mesmo modelo pela metade desse preço, porém, de segunda mão. Talvez seja melhor adquirir um aparelho menor, mas novo, retirado de uma loja, com garantia. Se o usado pifar, serão 2.500 perdidos. É essencial realizar intensa pesquisa de preços sobre o mesmo tipo de aparelho de TV. Na internet, hoje, tudo é possível, portanto, ter mais paciência, se for preciso buscar adquirir uma boa TV de grandes proporções a crediário, ou, colocar todas as contas na ponta do lápis e juntar dinheiro por mais um mês, por exemplo.

Durante os anos de 2016 a 2018, o sinal de TV Digital será estabelecido oficialmente em todos os municípios, de forma padrão, no Brasil. Portanto, é importante que o consumidor esteja atento ao tipo de aparelho televisor que irá adquirir, o qual deverá ser compatível com o sistema de TV digital, sem que precise gastar em dispositivo de conversão. Em geral, aparelhos usados são vendidos sem nenhum critério e, o que é um perigo, muitas vezes os aparelhos vendidos por terceiros se tratam de mercadorias roubadas.

Produtos usados podem ter data de fabricação bem mais antiga, o que representa prejuízo tanto na qualidade quanto na instalação. De acordo com informações do site oficial de TV Digital Brasileira, modelos fabricados antes de 2010 podem não ter mais compatibilidade com o padrão a ser estabelecido. Um detalhe a ser bem observado pelos consumidores que optarem por um modelo de TV mais velho, é a verificação das entradas RCA do mesmo, que são constituídas de três orifícios em três cores distintas, branco, amarelo e azul. Testar os cabos nessas entradas para certificar-se de que estão funcionando. Estas três entradas são essências para a instalação do conversor digital.

Um termo a ser compreendido com certa urgência é: obsolescência. As companhias fabricantes, em geral, suspendem a produção de peças avulsas de aparelhos já ultrapassados. Assim, TVs usadas oferecem mais esse risco, que é a inadequação ao novo padrão. Se ela sofrer danos ou for adquirida com problemas, é possível que ela não tenha conserto. Portanto, o melhor conselho é evitar aparelhos com mais de três anos de fabricação.

Se o consumidor deseja adquirir uma TV usada, é importante distinguir bem o se procura, ou seja, uma TV comum ou uma Smart TV. Aparelhos mais atualizados são muito mais vantajosos pelo fato de possuírem aplicativos como Netflix, Spotify e mesmo para acesso ao YouTube. Modelos fabricados a menos de três anos já possuem esses recursos. Portanto, nesse caso, é melhor realizar a compra de aparelhos de TV novos, mesmo que, a princípio, custem mais. Desse modo o consumidor pode usufruir de garantia, em caso de problemas técnicos, o que não será possível se o mesmo adquirir uma TV com os mesmos recursos, mas usada. Em caso de interesse em televisor comum, vale mais a pena, também, investir em um aparelho novo, com entrada de HDMI, que exigirá apenas a aquisição de dispositivos acessórios que transformam o aparelho de TV comum em Smart TV. Os dispositivos acessórios são o Chromecast 2 e o Amazon Fire TV Stick, cujo valor está em torno de 250. Portanto, é sempre mais vantajoso a aquisição de aparelhos zerados, novos em folha e, por conseguinte, atualizados.

Mas, se o consumidor ainda estiver firme na decisão de adquirir uma TV usada, vale a dica de perscrutar os motivos de venda da TV em exposição, sem medo de parecer chato. É importante ser exigente com terceiros que vendem produtos de origem duvidosa. Em se tratando de Smart TVs, é muito importante que o consumidor verifique o estado do sistema operacional, já que o mesmo tende a ficar obsoleto com o tempo de uso, mais pesado e mais lento, ou mesmo pare de funcionar. Estar antenado sobre as fabricantes, buscando informar-se sobre as atualizações que as mesmas proporcionam nos modelos mais antigos, ou se é viável restaurar configurações da fábrica, no sentido de excluir alterações indevidas realizadas pelo anterior proprietário do aparelho.

Enfim, é muito importante estar atento aos aparelhos de segunda mão. A melhor opção é pelo novo.

Paulo Henrique dos Santos


O conversor digital deve ser usado em TV´s de LED, LCD ou Plasma, sem conversor digital que foram fabricadas antes de 2010. As mesmas TV´s que foram importadas ou televisores de tubo.

Aos poucos o sinal analógico está chegando ao fim de sua jornada. Desde 2007, quando a transmissão do sinal de TV digital começou aqui no Brasil, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) vem anunciando o fim e desligamento do sinal analógico.

A data limite está chegando, em algumas cidades grandes como São Paulo e Rio de Janeiro, o desligamento já foi concretizado. O Ministério das Comunicações vem informando sobre como proceder e quando será desligado e o prazo se estende entre 2017 e final de 2018.

Se você ainda possui uma TV que recebe a transmissão por sinal Analógico e ainda faz parte das cidades que não sofreu o desligamento, é importante se apressar e entender o que precisa ser feito para converter o sinal de Transmissão Analógico para o Digital.

Neste artigo vamos falar sobre o Conversor para a TV Digital e dar algumas dicas sobre as principais preocupações que as pessoas têm sobre, além de dicas sobre modelos de conversor.

Continue lendo este texto até o final e entenda como proceder para receber o sinal digital em sua TV.

Preocupações com o desligamento do sinal

Uma das maiores dúvidas e também preocupação das pessoas é entender o porquê o sinal será desligado e se sua cidade está na lista do desligamento, além disso, quais modelos de aparelhos devem ser adquiridos para essa situação.

A razão para o desligamento do sinal analógico é que a frequência que é utilizada será utilizada por operadoras de telefonia para aumentar a oferta do sinal 4G dentro da faixa de 700 MHZ. Atualmente as operadoras usam apenas uma única faixa de 2,5 GHZ.

Quais são os ganhos com as mudanças de sinal

Uma das vantagens é a qualidade da imagem, a transmissão é feita em alta definição. Será visualizado o dobro de definição e brilho na sua TV. O sinal analógico a definição estava em torno de 704 x 480 pixels, já o padrão digital chega em torno de 1920 x 1080 pixels.

O que é um conversor digital?

O nome já diz tudo! É um equipamento que converte o sinal analógico em digital. Simples assim. Em algumas lojas é conhecido também como set-top box.

Como funciona?

Existe uma transformação de sinais dentro deste conversor. Ele recebe o sinal analógico que é enviado das antenas de transmissão e divide em três categorias: áudio, vídeo e dados, sendo chamados de pacote de dados.

Cada um desses pacotes de dados é convertido em um código binário, no qual o sinal digital é transmitido, após esta conversão o sinal de dados é enviado para as saídas de áudio e de vídeo da sua TV.

Onde usar o conversor digital?

O conversor digital deve ser usado em TV´s de LED, LCD ou Plasma, sem conversor digital que foram fabricadas antes de 2010. As mesmas TV´s que foram importadas ou televisores de tubo.

Quais são os modelos de conversores existentes no mercado?

Para adquirir um conversor digital é preciso estar atento a algumas informações importantes. Você já deve ter pesquisado e até recebido algumas indicações de amigos ou antenistas, mas não sabe qual realmente vale a pena. A seguir vamos demonstrar alguns modelos que estão no mercado.

Aquario DTV-8000

Este conversor digital possui a opção de bloqueios de canal possui resolução de vídeo em 720 pixels e é o número 1 na avaliação dos compradores com sinal 100% digital. O preço pode variar entre R$ 179,99 e R$219,90.

Intelbrás CD 636

Este conversor é um modelo da Intelbrás e conforme recomendações dos consumidores é um ótimo custo benefício e fácil manuseio. O preço está para modelos novos a partir de R$ 96,16.

Aquario DTV-5000

Outro modelo da DTV é muito bem avaliado pelos consumidores. Atendendo as especificações na conversão do sinal digital. O preço para este modelo está variando nas lojas entre R$105,90 e R$112,00.

Estes são os três modelos mais comprados segundo o site Buscapé que contam com avaliação positiva entre 71% e 84% dos consumidores deste tipo de produto, atendendo as necessidades de cada consumidor.

Aos poucos o sinal analógico está chegando ao fim de sua jornada.

Por Marcio Ferraz

Conversor digital


Amazon lançou no Brasil o Amazon Fire TV Stick, uma alternativa para transmissão de conteúdo em televisores que não possuem funções de Smart TV.

Desembarca no Brasil mais um produto da linha Amazon. Por 289 reais, os brasileiros podem adquirir o Amazon Fire TV Stick, uma alternativa para transmissão de conteúdo em televisores que não possuem funções de Smart TV. A novidade deve agradar um público bastante variado, que busca transformar o televisor em algo mais moderno e menos básico, além de consumir conteúdos de forma mais confortável e aconchegante.

O periférico pode ser encontrado à venda já nesta semana e é uma resposta ao Chromecast, solução da Google para consumo de mídia e entretenimento em televisões. O produto da Amazon chega em um formato bastante familiar, similar a um pendrive, porém, se encaixa a uma saída HDMI, sendo compatível com qualquer televisor ou monitor com esta tecnologia, da mesma maneira que o Chromecast é utilizado.

A diferença entre os dois aparelhos é sua arquitetura interna. Enquanto o Chromecast trabalha muito bem com o Android, o Amazon Fire TV Stick possui em suas entranhas uma versão do Fire OS, adaptada especialmente para o aparelho, que é baseado no Android. Como ele possui um espaço interno de 8 GB, bem como 1 GB de RAM e um processador quad-core, é possível não só consumir conteúdo de serviços como Netflix e Youtube, mas rodar aplicativos que até então poderiam ser rodados apenas no celular, se tornando independente e não necessitando de um smartphone ou tablet para ser operado.

O consumidor que adquirir também deve encontrar na caixa um controle remoto, para o manuseio na interface e nos recursos do Amazon Fire TV Stick. Esta característica está presente também na APPLE TV, porém, custando bem menos. Vale lembrar que ele já foi lançado há algum tempo nos Estados Unidos, e chega ao Brasil sendo uma alternativa mais barata que seus concorrentes diretos.

Amazon amplia operações no Brasil

Além do desembarque do Amazon Fire TV Stick, a Amazon vem aos poucos trazendo boas novidades em seu site. A empresa que só vendia livros e o seu tradicional leitor de e-books, o Kindle, trouxe o Kindle Unlimited, uma espécie de netflix dos livros e os seus novos aparelhos Kindle, lançados há pouco tempo em alguns mercados.

A partir de agora, as lojas podem utilizar a plataforma da Amazon para a comercialização de seus produtos. A estratégia é similar ao Mercado Livre, que oferece uma solução completa para lojistas e pessoas físicas comercializarem produtos novos e usados, usufruindo de sua plataforma de pagamentos online. A modalidade é diferente dos Estados Unidos, onde, por lá, a Amazon é uma loja online de fato, mas também oferece a possibilidade da venda de artigos usados por pessoas que não possuem uma loja.

Além dos eletrônicos e outros produtos, artigos de casa e cozinha começaram a ser comercializados pelo site da Amazon aqui no Brasil.

A expansão da Amazon aqui no Brasil também é a sinalização de uma atenção mais personalizada ao mercado nacional. A chegada de alguns, poucos, mas produtos interessantes apresenta uma chance de um catálogo mais amplo de produtos da fabricante Americana.

Além dos leitores de livros digitais e do Amazon Fire TV Stick, a Amazon comercializa no mercado americano o tablet Fire HD, de baixo custo, equipado com o Fire OS, que é baseado no Android e que dá acesso aos serviços da empresa, além do ecossistema do mundo Android. Nos EUA ainda está presente a assistente virtual Alexa, que ainda não desembarcou ao Brasil, mas está presente no Amazon Fire TV Stick. Vale lembrar que por lá, o Stick custa cerca de 49 dólares e 99 centavos.

Além dos Estados Unidos e do Brasil, a Amazon também possui lojas em países da Europa como a França e a Alemanha e na América do Norte como o Canadá e o México.

Por Leandrinho de Souza

Amazon Fire TV Stick


A TV 8K da Sharp possui 16 vezes a resolução da imagem de uma TV HD. Ela está sendo desenvolvida pela marca e já começou a ser comercializada no Japão.

Você está feliz da vida com a sua televisão HD, então imagine só uma tecnologia que aumente nada mais nada menos que 16 vezes a resolução da imagem! Estamos falando da televisão 8K! A primeira especulação de preço da TV ficava acima de R$ 500 mil, mas houve novas divulgações de preços até R$ 28 mil.

Em setembro, a marca Sharp anunciou o início das vendas dessa tremenda tecnologia! A resolução 8K conta com 7.680 x 4.320 pixels. No fim do mês passado (outubro), o modelo chamado LV-85001 começou a ser comercializado no Japão. O preço, em ienes (a moeda do Japão), é de 16 milhões. Isso em dólares equivale a 133 mil, enquanto em reais, o valor fica cerca de R$ 509 mil.

Sabe os cinemas com aquela tela gigante IMAX? A tecnologia das televisões 8K tem quase a mesma definição, contando com 4320p. Sucessora da tecnologia 4K, a 8K tem 16 vezes a resolução do que as famosas televisões de alta tecnologia atuais, que apresentam 1920 x 1080 pixels. A tecnologia 4K que já é famosa e não muito acessível tanto em preço quanto em disponibilidade de estoques nas lojas no Brasil, atende resolução de 3.840 x 2160.

Vamos falar da tela da TV 4K da Sharp: 104 pixels para cada uma das 85 polegadas que possui. A empresa já havia lançado televisores 8K voltadas para o mercado corporativo em 2015, o que demonstra o quão avançado o grupo é em tecnologia.

A Linha AQUOS anunciada pela marca, será lançada na China e no Japão ainda neste ano, enquanto em 2018, espera-se a chegada das 8K também em Taiwan e no continente europeu. Acerca dessa linha, ainda não há divulgação oficial de preços, mas há uma fonte jornalística que afirma que no Japão, ela será lançada por 1 milhão de ienes, o que no Brasil simboliza cerca de 28 mil reais.

Em outros mercados de negociação, esse valor fica inferior ao da linha da LG, OLED. Essas custam até 30 mil reais. Portanto, é provável que se essa linha especificamente chegar ao Brasil, que os preços sejam mais elevados. Enquanto esse modelo exibido na IFA ficou sem preços definidos, o monitor vendido anteriormente – em 2015 – é de 85” e custou um pouco mais de 400 mil levando em consideração a cotação atual.

Apesar da Sharp vir trabalhando modelos 8K desde 2015, o gargalo para comercialização do produto era justamente o custo, pois estavam saindo por aproximadamente 130 mil dólares, como citamos. Enquanto isso, a escassez de conteúdos produzidos para essa tecnologia também é um desafio já que a 4K ainda nem se tornou de fato uma realidade para o consumidor final.

Embora haja a resolução disponível para reproduzir os conteúdos, ainda não existem muitas produtoras que trabalhem em 8K, ou seja, de nada adianta você ter uma super televisão se os programas não entregarem toda a resolução que ela pode reproduzir. Contudo, a Sharp está trabalhando na tecnologia, a fim de desenvolver um super ecossistema de 8Ks.

Para quem acha isso improvável, é importante pensar que há alguns anos atrás, pensar em tecnologia 4K era insano e agora, ela vem se inserindo cada vez mais em nosso cotidiano, tanto na venda de TVs quanto na produção de conteúdos para tal qualidade. Em países mais avançados tecnologicamente como é o Japão, programações com qualidade 8K já estão sendo previstas para o próximo ano. Agora é esperar para ver como e por quanto essas belezinhas vão chegar ao Brasil.

Por David Ferreira

Sharp TV 8K


A The Frame TV, da Samsung, imita obras de arte quando está desligada, podendo ser usada como decoração.

Não é de hoje que a empresas investem pesado em tecnologia e inovação para os eletrônicos. A TV é um exemplo disso, a cada dia que passa, são atribuídas mais funções a ela, mas dessa vez a Samsung realmente foi longe no quesito inovação e surpreendeu a todos.

TVs com funções só enquanto estão ligadas é coisa do passado, agora além de assistir os filmes, série e os programas favoritos, a TV que imita obra de arte também pode ser usada como acessório de decoração enquanto estiver desligada. Essa é a proposta do mais novo lançamento da Samsung, a The Frame TV. Um novo conceito de televisão que a marca está disponibilizando no mercado brasileiro.

Quando o aparelho está desligado, são apresentados na tela, obras de artes e fotografias de artistas e fotógrafos do mundo todo. É possível também personalizar o aparelho para exibir fotos pessoais. A TV vem com uma coleção já instalada pela própria Samsung, com um total de 100 obras de arte. Essas 100 obras estão divididas em 10 categorias, por exemplo, paisagem, arquitetura, vida selvagem, ação, desenho, entre outras.

O aparelho também conta com uma loja virtual, a The Frame Store, onde é possível o usuário adquirir mais obras e fotografias, reconhecidas mundialmente, desde as clássicas até as contemporâneas. Existem duas formas de adquirir os produtos na loja virtual, pode-se fazer uma assinatura mensal no valor de R$16,00 ou tem a opção de comprar uma única obra por vez, nesse caso, cada obra sai por R$66,00.

Além da loja virtual e das obras que já são disponibilizadas pela Samsung no aparelho, o usuário tem a opção de exibir suas fotos pessoais, que ficam salvas em “Minhas Coleção”, podendo ser, inclusive, customizadas através de um aplicativo chamado App smart View, que pode ser baixando no smartphone. Com o aplicativo, o usuário tem disponível, seis opções de layouts e dez opções de cores para usar como molduras das fotos que ele quiser exibir na tela.

A The Frame TV é uma TV 4K UHD com HDR premium, vem com dois sensores, um de iluminação e um de movimento. O sensor de iluminação atua detectando a luz do ambiente e ajustando automaticamente as configurações de brilho e de cor, fazendo com que as obras de arte que são exibidas na tela, realmente se pareçam com um quadro. O sensor de movimento é responsável por ligar o aparelho automaticamente quando há movimentação de pessoas e de desligar automaticamente quando não há movimentação de pessoas.

A Samsung disponibilizou também acessórios para compor a TV e deixar ainda mais com o aspecto de quadro quando o “modo arte” estiver ativado. Estão disponíveis no mercado molduras em três cores: madeira, madeira clara e branco para encaixar no aparelho; um cabo óptico e um suporte de parede que faz com que o aparelho fique muito mais rente a parede e com um aspecto ainda maior de obra de arte.

Outra novidade será o fotógrafo Araquém Alcântara, primeiro brasileiro a apresentar suas obras na tela da The Frame TV para todo o mundo. Araquém Alcântara foi o primeiro fotógrafo a documentar todos os parques brasileiros.

O aparelho tem 55 polegadas e o preço é de R$8.999,00. A televisão pode ser encontrada na Fast Shop. Os acessórios conforme já citado acima, são vendidos separadamente, a moldura custa R$899,00, o cabo óptico opcional de 15 metros custa R$899,00 e a base (suporte de parede) sai por R$2.749,00 e também podem ser encontrados na Fast Shop.

Segue abaixo os links para a Fast Shop:

Link para os acessórios www.fastshop.com.br/loja/the-frame e o link para a The Frame TV www.fastshop.com.br/loja/a/the-frame.

Por Lorena Ruiz

Samsung The Frame TV


Descubra aqui quem tem a melhor smart TV, Sony ou LG.

Entre as melhores empresas fabricantes de Televisão na atualidade, no Brasil, estão a LG e a Sony, responsáveis pela alta qualidade das Smart TVs comercializadas no país. As duas companhias oferecem aos consumidores aparelhos com tecnologia de ponta, portando, um grande painel de resolução em 4K, além da tecnologia HDR, cujas características têm atraído cada vez mais a atenção dos consumidores.

Assim, no sentido de tornar mais fácil a tarefa das pessoas que estão em busca de uma nova Smart TV, os seus diversos atributos serão observados, levando em consideração o grau de qualidade das imagens, os preços, a disponibilidade, a precisão da assistência técnica, entre outras características das TVs e das fabricantes, proporcionando uma boa orientação aos consumidores.

No patamar dos produtos está o da série LG: a relação de aparelhos da LG reúne uma seleção com mais de 70 Smart TVs. Esta série engloba os aparelhos das mais variadas dimensões físicas, entre 32 e 105 polegadas, apresentando excelentes resoluções em HD, em Full HD e em 4K, como também os demais recursos, porém, tudo isso tem como consequência diversas faixas de valor.

Em relação a Sony a situação é diferente, já que a mesma possui um catálogo de apenas 11 televisores modelo Smart à disposição no site oficial desta empresa. Dessa série, oito TVs são em resolução 4K, sendo que os outros três televisores estão na categoria em Full HD. Portanto, já que na Sony o número de opções é menor, os seus clientes acabam consumindo mais, na medida em que compram uma determinada TV inteligente fabricada pela Sony.

A companhia da LG utiliza o chamado webOS na produção de suas Smart TVs. A Sony, por sua vez, adotou o sistema Android TV. Entretanto, esses dois tipos de sistemas operacionais utilizados por ambas as empresas têm sido muito satisfatórios para os consumidores, devido aos elogios dos mesmos, porém, de acordo com o que foi desenvolvido por meio do Google, a tendência benéfica maior está muito mais a favor da empresa Sony.

De acordo com as informações, existe uma grande vantagem conferida pelo sistema Android TV, que é justamente o fato de ser Android, pois essa situação pressupõe, a princípio, uma natural integração ou interatividade entre grande parte dos smartphones e dos tablets comercializados. Existe, por conseguinte, outras ligações acidentais excelentes e práticas, ou seja, a participação da Play Store, que permite o acesso a uma maior quantidade de aplicativos em relação às Smart TVs concorrentes. Esta situação leva em conta a inclusão de jogos, já que cada fase e o progresso do game passam a ser salvos via Google Play Games, sendo um recurso inovador que permite que os participantes prossigam nas partidas por meio de outros dispositivos do Android.

Outras companhias utilizam a mesma plataforma do Google, tal como a própria Sony, que passou a instalar o microfone no próprio controle remoto de seus aparelhos televisores. Deste modo, é oferecida aos usuários a comodidade de realizar busca de voz por meio do Google Now, constituindo uma particularidade de grande interesse dentro das opções nas televisões, já que existe certa dificuldade geral para digitar sem haver um teclado próprio para tal.

Esta nova plataforma participa do Google Home, chamado anteriormente de Google Cast, o qual se constitui em um aplicativo que compartilha e transmite vídeos e fotos de um celular diretamente para a tela de uma TV. Este tipo de aplicativo funciona não só por meio de telefones Android, pois ele atua, também, pelos devices iOS, pelo MacBook, pelo Windows e pelo Chrome OS.

Por fim, embora tão importante quanto os outros atributos, sãos as Android TVs que são as únicas no cerne do atual mercado que garantem um razoável armazenamento interno de qualidade. A quase totalidade dos modelos está munida de 16 GB em memória, não significando muito, porém, já constitui algum espaço, sendo melhor do que nenhum espaço, tal como no caso das Smarts da LG.

No que tange à qualidade da imagem e do som, a tensão entre as duas empresas quase empata, pois a marca LG e a Sony possuem detalhes funcionais muito interessantes nos aparelhos que produzem, os quais estão munidos de características próximas entre si. Esta situação influi muito nos valores dos aparelhos, sendo que entre as Smart TVs de menor preço da Sony está a Full HD KDL-48R555C, detentora de 48 polegadas, cujo valor está em torno de 2.400 reais. No caso da LG, a versão da série mais em conta é a LG 32LH560B, munida de 32 polegadas, no valor de aproximadamente 1.100 reais.

Tanto a marca LG quanto a Sony possuem garantia de até 12 meses em relação a toda a série de televisores, além de contar com uma assistência técnica autorizada de alta competência em todas as regiões do país. Embora a Sony não possua certas vantagens contidas nos serviços prestados pela LG.

Paulo Henrique dos Santos


Saiba aqui quando o sinal da TV Analógica será desligado em Salvador (BA).

A TV Analógica está prevista para ser desligada em Salvador-BA a partir do dia 27 de setembro de 2017, outras 19 cidades da Região Metropolitana também perderão o sinal. Porém, para que essa previsão seja cumprida, é preciso que o índice de famílias que tenham acesso a essa teconologia digital seja maior do 93% da população. Hoje, já são 86% das casas na Capital Baiana que possuem acesso ao sinal digital, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicaçãoes (Anatel).

O presidente da Anatel esteve em Salvador no dia 30 de agosto e deu uma entrevista coletiva para esclarecer o assunto. Segundo ele, seria ideial que fosse 100 % das residências com acesso ao sinal digital. Mas para que o sinal analógico seja retirado, é preciso que 93% das casas tenham condicões de receber o sinal digital. A determinação é ministerial e um cronograma foi elaborado e suas metas devem ser cumpridas. As emissoras de TV já sabiam da transição e já estão se preparando e investindo em novas tecnologias para mudança há um tempo. Muitos lugares no Brasil ainda não tem o sinal digital, a mundança em todo o país segue um conograma.

Os aparelhos antigos de TV precisam de uma nova adapção para que continuem funcionando e veiculando as programações locais, é preciso a instalação de um conversor digital, o conversor precisa estar ligado em uma antena e na TV. A Anatel tem feito a distribuição de kits para que o sinal digital chegue a todos e facilite o acesso, a distribuição é feita de forma gratuita. Para ter acesso a esse kit, é preciso que a família participe de algum programa social do governo federal, como os programas minha casa minha vida e o bolsa família.

Outra instituição que está apoiando esse projeto de transição é a instituição Seja Digital, sem fins lucrativos, ela foi criada para assessorar as comunidades e dar apoio à população durante o período de transição. Antônio Martelleto, presidente da Seja Digital, explicou que na região metropolitana e na capital Salvador, já foram alcançados 80% das famílias que tinham direitos aos kits gratuitos. Segundo ele, mais de 400 mil famílias já receberam os kits para a digitalização nas últimas semanas, é uma situação otimista. A instituição trabalha com os 20% restantes que faltam para o dia 27 de setembro. A Seja Digital está trabalhando dia e noite para que a meta seja alcançada.

Outro ponto reforçado pelo presidente foi que é importante que as famílías coloquem os equipamentos que já captam o sinal digital para funcionar. Só assim, as pesquisas de levantamento das residências conseguirá alcançar o índice de 93% e assim poderá ser realizada a transição no dia 27.

Várias outras cidades perto da capital também terão o sinal analógico fora do ar previsto para o dia 27. Entre elas estão: Terra nova, Madre de deus, Salinas de Margarida,Dias D’Avila, Aratuípe, Camaçari, Cairu, Candeias, Jaguaripe, Lauro de Freitas, São Sebastião do Passaé, Vera Cruz, Santo Amaro, São Franscisco do Conde, Saubara e Simões Filho.

Calcula-se que 1,45 milhão de residências na região metropolitana baiana das cidades citadas, façam a transição para o sinal digital. Outras capitais do nordeste como Fortaleza, também tem previsão para fazer a mudança para o sinal digital na mesma data. A previsão é que até Novembro de 2018, todas as capitais do país tenham feito a mudança do sinal analógico para o digital. Os restantes dos municípios brasileiros que estão mais afastados das capitais, tem previsão para mudança de sinal apenas em 2023. O sinal digital possui uma melhor qualidade de imagem e som , e oferece um serviço melhor as famílias. Todas as famílias brasileiras que são cadastradas nos programas sociais do governo terão direito aos equipamentos de forma gratuita.

Samuel Perpétuo


Saiba aqui as diferenças e como escolher o cabo HDMI ideal para você.

O HDMI é o cabo mais usado hoje em dia em transmissões de aparelhos digitais para grandes tvs. A sigla HDMI significa High Definition Multimedia Interface, ou seja, uma interface multimídia que roda em alta resolução. Esse padrão tem sido o mais usado para transmitir telas, sendo que, por sua qualidade digital, não é compatível com reprodutores analógicos ou de qualidade inferior.

Playstation 4, Xbox, Blu-rays e até Chromecasts usam-se desse padrão para transmitir a imagem e o som de jogos, filmes, séries e mídias em geral para as telas designadas. Contudo, existe a possibilidade de que você seja pego num atrito de gerações acerca desses cabos, sendo assim, qual é a melhor opção para você, de forma a não te levar à compra de um HDMI independente? Veja agora algumas considerações sobre as versões da entrada.

O que muda?

A entrada HDMI existe faz 15 anos, ou seja, desde 2002 esse padrão vem sofrendo modificações graças ao avanço das tecnologias, o que gerou uma numeração após a sigla. Sendo assim, o HDMi de 2002 é chamado 1.0, seguido do 1.1, 1.2 e assim por diante, até chegar na versão mais atual, o HDMI 2.0.

Como o número crescente indica, quanto maior a numeração indicada, maior é a tecnologia empregada, ou seja, o 2.0 é mais moderno que o 1.4, que por sua vez é mais moderno que o 1.3 e assim por diante. Quanto mais avançada a versão, melhor acontece a transmissão de dados e multimídia. Fora essa explicação (óbvia), existem outros fatores que indicam diferenças entre as versões do padrão, como itens técnicos, por exemplo.

HDMI 1.0

A primeira versão HDMI, 1.0, tem a capacidade de transmitir até 4,9 gigabits a cada segundo. Quanto à resolução, o 1.0 suporta 1080 polegadas, em largura de banda equivalente a 60 hertz, transmitindo áudio através de até 8 canais, marcando 192 kilohertz. Esse aparato de configuração garante uma transmissão de DVDs de alta resolução.

HDMI 1.2

Enquanto o HDMI 1.1 trouxe apenas suporte a DVD áudio, a versão 1.2, inaugurada em 2005, trouxe suporte para telas independentes, como TVs e monitores, por exemplo, além de permitir o uso de computadores, portáteis ou não.

HDMI 1.4 e HDMI 2.0

Lançado em 2009, o HDMI 1.4 está presente em aparelhos comprados até uns 4 anos atrás, entretanto, não encontramos mais a produção de aparelhos com esse padrão. O 1.4 suporta resolução 4K (4.096 x 2.160p), mas em 2013, chega o 2.0, mais usado atualmente, que suporta resolução de 60 quadros por segundo. Esse avanço caracteriza a mais alta usabilidade em transmissões de esportes e jogos ultra modernos.

Acerca da taxa de transferência, o 2.0. conta com 18 Gbps, enquanto o 1.4 conta com 10,2 Gbps. Já o quesito áudio deu um grande salto, já que havia ficado estacionado. Na última versão, há suporte para 32 canais de 1536 hertz.

Ainda em 2017, esperamos o lançamento do HDMI 2.1, que promete a tão esperada resolução em 8K, com taxas de quadros marcando 120 kHz.

Escolhendo o seu cabo

Seja coerente. Se o seu aparelho não possui a capacidade 4K, por exemplo, de nada servirá um cabo 2.0 ou 1.4. Se a sua televisão é FULL HD, por exemplo, você deve optar pela tecnologia compatível ou estará apenas desperdiçando seu dinheiro.

Considere o seu dispositivo e, de acordo com a tecnologia encontrada nele, escolha seu cabo. Um 1.3 pode ser muito mais vantajoso do que um 2.0, nesses casos.

Do mesmo modo, de nada adianta se empolgar com uma tela ultra moderna se o seu conteúdo não entrega toda a qualidade cujo dispositivo é capaz de entregar.

Outro ponto a considerar é o material o cabo. Ainda que não influenciem na qualidade, sem dúvida vão influenciar na durabilidade e resistência do cabo. Portanto, considere o material cujo cabo é feito também, na hora de realizar a compra.

Carolina B.


Confira aqui como funciona e como instalar o Aptoide em sua TV Android.

Para os usuários de aparelhos móveis que usam o sistema operacional Android, nada mais justo que um local exclusivo para baixa vários Apps e atualizações para o mesmo.

Esta é a proposta do Aptoide, que surge no mercado de Apps como uma loja virtual onde os usuários podem baixar vários APKS de atualização tanto para smartphones quanto para qualquer outro tipo de dispositivo móvel que utiliza o Android como sistema principal.

Ele surge então como uma opção ao famoso Google Play Store e segundo os especialistas, a nova opção pode ser considerada muito além de apenas uma segunda opção para quem quer baixar algum programa interessante ou algum atualização para ao seu celular.

O Aptoide surge como uma alternativa para quem quer atualizar o seu atual sistema operacional, além de reconhecer e memorizar quais foram os APKS baixados a partir de seu principal concorrente, o Google Play. O programa sabe distinguir quais foram e é capaz de atualizá-los também.

Muito mais que baixar novas atualizações, o sistema pode controlar as versões instaladas e de programar e iniciar as atualizações por downloads sempre o usuário estiver em uma área de conexão com a rede ativada.

O controle das versões instaladas pode ser consultado através do APK do recurso instalado a partir do próprio aparelho do usuário. Para acessá-lo, basta abrir o recurso e na opção Restaurar, você vai encontrar as versões já instaladas. Basta clicar no botão Rebaixar e o aparelho vai ser redirecionado para versão imediatamente inferior a que foi instalada antes da atual.

Para programar o download automático de Apps, basta acessar a opção de qualquer APK instalado e acessar o item Downloads agendados. O usuário pode ficar então à vontade para fazer a programação ou então, terá a opção de agendar todos as atualizações disponíveis quando o aparelho entra num área de internet disponível.

Algumas vezes, o usuário pode rejeitar alguma atualização. Para isto, basta acessar a opção Atualizações e então selecionar e pressionar a opção escolhida e ela será enviada automaticamente para a lista de Atualizações excluídas. Este recurso é importante, caso o usuário queira reverter a operação. Para isto, basta ir nesta última lista e desfazer o processo.

Confira agora no vídeo abaixo como instalar o Aptoid TV em sua TV Android:

Emmanoel Gomes


Os espectadores poderão escolher os caminhos que o Gato irá seguir.

Você já assistiu a um filme ou a uma série e quis fazer parte das decisões que levam o personagem a fazer ou não determinada ação? Pois o que parecia até agora um sonho, começa a se tornar realidade nas mãos da Netflix.

Sempre inovando em suas produções, o serviço de streaming lançou em primeira mão, na última terça-feira, dia 20, a sua nova série focada no personagem “O Gato de Botas”. Sob o nome “Preso num Conto Épico”, o curta trará um dos mais famosos personagens da franquia Shrek, produzida pela DreamWorks.

Na história, o gato irá tentar fugir de um livro que relata um conto de fadas. Para que isso aconteça, ele irá enfrentar diversos desafios, sempre com a ajuda interativa dos seus espectadores que poderão optar pelos caminhos a seguir.

Focada para o público infantil, cada decisão escolhida irá afetar o enredo da história. Porém, atenção. Quem quer participar dessa aventura, poderá fazê-lo somente por um dispositivo com o sistema iOS ou controlando a sua própria SmartTV.

Além disso, há uma mudança de tempo que dependem das escolhas feitas. Sendo assim, a narrativa total poderá durar de 18 até 39 minutos, sendo que foram produzidos dois finais diferentes para surpreender os telespectadores. As configurações permitem que as pessoas assistam o vídeo em legendado e em dublado em português.

E não para por aí. Além de “O Gato de Botas”, a Netflix ainda está preparando mais duas outras animações interativas para os seus usuários. A primeira já tem estreia no dia 14 de julho, sob o nome “Buddy Thunderstruck”, que conta a história de um cachorro muito aventureiro e que disputa diversas corridas de caminhão.

Já a segunda somente tem previsão para acontecer no próximo ano, em 2018. Porém, sabe-se que o nome é “Stretch Armstrong”.

Vem mais novidade aí

Os primeiros vídeos da plataforma, como se pode ver, são voltados para o público infantil. Todavia, a empresa, que constantemente inova naquilo que apresenta ao público, já está com planos de abranger e ampliar essa ferramenta também para os adultos.

Além disso, outros dispositivos também receberão a inovação. É só aguardar que a novidade já estará chegando na Apple TV, Android e Chromecast.

Gostou dessa interação toda com a Netflix? Pois saiba que o formato interativo de que estamos falando será disponível para todos os assinantes, independente do plano que possui. E ainda, quem não tiver um dispositivo que é compatível, poderá assistir os episódios em formato linear, sem que possa tomar decisões.

Por Kellen Kunz

Gato de Botas


Netflix sofrerá reajuste de preços no Brasil a partir de julho.

Os preços de dois dos três planos da Netflix sofrerão aumentos a partir do mês de julho. Desde 2015 a operadora de streaming não fazia reajustes nos preços das mensalidades no Brasil.

O único plano que permanece com seu preço inalterado é o Básico, que não dá direito à reprodução em alta definição (HD) e só dá acesso a uma tela simultânea, ou seja, apenas uma pessoa pode assistir ao conteúdo do site logada na conta.

Já o preço do plano Padrão, que dá direito de assistir em HD e em duas telas simultâneas, sofrerá um reajuste de 22%. A mensalidade passará dos atuais R$ 22,90 cobrados todo mês para R$ 29,90 ao mês.

O plano que sofrerá o maior reajuste é o plano Premium, que dá direito a assistir ao conteúdo da Netflix em UltraHD e em quatro telas simultaneamente. O reajuste cobrado aos usuários do Premium será de 27%. As mensalidades, que antes eram de R$29,90 passarão a custar R$ 37,90 ao mês.

A última vez que a empresa havia feito um reajuste foi em 2015. Naquela época, houve uma equalização dos preços. Usuários mais antigos pagavam preços menores que usuários mais novos. Quem estava há mais tempo na Netflix pagava R$ 16,90 no plano Básico e passaram a pagar o preço promocional de R$ 19,90 durante um ano, subindo para os atuais R$ 22,90. Quem havia assinado o serviço já com o preço de R$ 19,90 também continuou com essa mensalidade por um ano, subindo para os mesmos R$ 22,90 depois. Novos usuários pagam R$ 22,90 desde 2015. O preço do plano Premium também havia aumentado de R$ 26,90 para R$ 29,90.

No final de maio, a Netflix lançou a quinta temporada de House of Cards, série de ficção produzida pela própria empresa e que narra os bastidores da política norte-americana. Em junho, foi a vez de ser lançada a quinta temporada da série Orange Is The New Black, série de ficção também exclusiva da Netflix, que conta a história de um presídio feminino norte-americano. Neste mês ainda foram lançados o longa metragem Jackie, que ganhou o prêmio de melhor roteiro no festival de Veneza e o filme Okja, primeiro da empresa de streaming a concorre à Palma de Ouro, no festival de Cannes.

Por Renato Senna Maia

Netflix


TV Sony Bravia é o novo lançamento da marca e seu destaque fica pelo fato de emitir o áudio através da própria tela.

A Sony está retomando sua atenção para o painel OLED em TV’s. O retorno da empresa japonesa é recheado de expectativa, haja vista o lançamento da TV que foi batizada de Bravia e tem como principal destaque o fato de emitir seu áudio através de sua própria tela. Com preço variando entre R$ 23 mil e R$ 25 mil, trata-se de uma aposta top de linha da Sony.

O anúncio da Sony em relação à Bravia A1E foi feito na CES 2017, que foi realizada em janeiro. O principal objetivo é competir diretamente com a LG, haja vista o grupo sul-coreano dominar praticamente todo o mercado de TV’s. Com um design ainda mais interessante e quase sem bordas, a Bravia deve estar chegando ao mercado brasileiro em poucos meses.

A tecnologia que permite com que a própria tela da TV emita o som é chamada de Acoustic Surface. Essa tecnologia é capaz de produzir som por meio de vibrações no painel. Dessa forma, o som não ficará mais concentrado em alto-falantes embutidos pelo corpo da TV, o mesmo será emitido na tela da TV e trará uma sensação ainda mais apurada da origem do mesmo e, consequentemente, uma maior interação o usuário e aquilo que esta sendo transmitido.

Outro grande destaque deste lançamento é justamente o seu design minimalista. Esse conceito também foi expandido para a traseira da Bravia A1E. Sendo assim, a mesma não conta com o tradicional superior regular que permite o encaixe na parte inferior. Esse suporte deu lugar a uma armação que realiza a tarefa de apoio para a tela. A parte traseira abriga o subwoofer além de todas as portas que ainda dispõe de um sistema de gerenciamento de cabos. A Bravia A1E possui nada menos que quatro entradas HDMI.

A Bravia é equipada com um processador de vídeo X1 Extreme, sendo que o mesmo é capaz de fazer upscaling de conteúdo para 4K. Além disso, a mesma ainda consegue trabalhar com diferentes padrões de HDR, dentre os quais podemos destacar: HDR10, Dolby Vision e HLG. Com suporte para rodar o Android TV, a Bravia permite rodar nada menos que 800 apps da Play Store como, por exemplo, YouTube, Netflix, Globo Play e jogos em geral. Outra funcionalidade bem interessante permite com que o usuário possa conectar fones de ouvido Bluetooth à TV.

Com previsão de chegada para outubro, a Bravia A1E deve custar entre R$ 23 mil e R$ 25 mil, como destacado no início desta matéria. Nos EUA o preço sugerido é de US$ 6,5 mil.

Por Bruno Henrique

TV Sony Bravia

TV Sony Bravia


Modelo deverá chegar ao Brasil em outubro de 2017.

Os aparelhos de televisão a tempos deixarem de vir equipados com os famosos tubos que lhes davam o tamanho avantajado. Aos poucos eles foram substituídos pelos novos televisores de LED que já estão presentes na maioria dos lares brasileiros, principalmente com a suspensão do sinal analógico, substituído pelo sinal digital, o que coloca um fim na era dos televisores com tubo.

Nesse sentido, os televisores de LED, que possuem uma imagem com mais qualidade, já são realidade na vida dos brasileiros. Contudo, as empresas não param de investir novas tecnologias em novos aparelhos. Estes, pelo menos por um bom tempo, não serão acessíveis para a maior parte da população. Como é o caso dos televisores OLED que oferecem imagens com ainda mais qualidade, cores mais definidas e efeitos mais reais.

Mas não para por aí, a Sony criou uma OLED que alia essa tecnologia de ponta a um sistema de som que faz com que o aparelho televisor vibre de acordo com o que é exibido.

Trata-se da XBR A1E da marca Sony, que é a primeira OLED da marca. A nova TV da Sony possui 4K de resolução e inicialmente será produzida somente em 65 polegadas. A novidade da Sony está prevista para chegar ao Brasil no mês de outubro deste ano de 2017.

O novo aparelho já está sendo comercializado no exterior. Em palavras mais simples, a questão da vibração da TV está no fato dela não possuir alto falantes embutidos como as demais do mercado. Na realidade estes alto-falantes estão integrados à tela e a cada emissão de som, a tela vibra, especialmente no local da imagem que representa o som.

Os testes da nova TV apresentam que ainda não existe 100% de qualidade no que se refere à vibração da imagem que emite o som. Contudo, com este lançamento a Sony sai á frente de televisores de outras marcas.

Apesar de já existir uma estimativa para o seu lançamento no Brasil, o valor ainda não foi oficialmente divulgado pela fabricante. Contudo, alguns executivos da Sony presente no Brasil apontam que o preço deve partir de 23 mil, chegando a 25 mil, porém, não há nada confirmado, são apenas suposições.

Resta agora aguardar o seu lançamento oficial no Brasil e ver qual a impressão que a TV treme treme vai causar.

Sirlene Montes


Claro TV é um serviço de TV por assinatura que oferece diversos pacotes e preços aos usuários.

Vivendo na era tecnológica, ter acesso à boa imagem, é essencial. Atualmente, não basta apenas possuir o sinal de televisão, é importante também possuir altíssima qualidade de imagem e som, bem como acesso a todas as mídias possíveis.

Neste quesito, a TV por assinatura tornou-se a queridinha de muitos brasileiros, fornecendo imagem e som de qualidade, além da diversidade de canais à escolha do usuário.

É comum que prestadores de serviços de TV por assinatura ofereçam pacotes HDTV e serviços de interatividade, bem como recursos de gravação, som com configuração de cinema, entre tantos outros aparatos tecnológicos, com preço acessível.

Com o desligamento da televisão analógica em diversos pontos do país, a TV por assinatura acaba tornando-se uma excelente opção para continuar acessando os serviços dos canais de televisão, ou mesmo uma necessidade, para quem por praticidade prefere contratar um plano e ter todos os equipamentos necessários para ver a boa e velha televisão instalados, do que correr atrás de antenas, conversores, trocar de televisão e etc.

A vantagem da TV por assinatura, nesta questão, é também a capacidade de prover o sinal digital para televisores que não possuam o conversor incluso.

A Claro não ficou por baixo em relação a todos esses avanços e oferece aos seus clientes pacotes de programação entre outros serviços a preços razoáveis. Confira.

PACOTES MIX DIGITAL

O combo mais em conta, com mais de 65 canais, juntamente com o serviço de telefonia, custa R$99 por mês e fora do combo sai por R$109,90/mês. Dentro do Mix Digital, existem planos de mais de 70 canais + Telecine ou HBO, por R$139,90/mês fora do combo ou ainda mais de 80 canais com Telecine e HBO, por R$159,90 fora do combo.

PACOTES MIX HD

Combos com tecnologia HD, a partir de R$129,90 (fora do combo), contando com mais de 110 canais, passando por R$159,90 com 125 canais + HBO ou Telecine, até a opção com os dois itens, por R$179,90 (preços fora do combo, ressaltando que ao adquirir o serviço de telefonia móvel junto, sai mais barato).

Para consultar outros pacotes ou contratar um dos pacotes acima, acesse http://clarotv.claro.com.br/TV/CompreAgora.

Por Carolina B.

Claro TV


Conheça aqui um pouco mais do modelo de TV que vem com botão exclusivo para Globo Play.

A fabricante TCL lançou uma nova TV, a P2 Ultra HD, que é a geração nova de Smart TV com resolução 4K. A linha, no Brasil, é o primeiro lançamento da empresa e foi produzida com um botão exclusivo para que os usuários acessem o Globo Play, além de modo futebol e suporte a tecnologia HDR. Tais recursos garantem facilitar a utilização do televisor ao navegar e também oferecer melhores imagens com bons níveis de sons e contrastes realçados.

Os aparelhos Smart TVs da fabricante desembarcam no mercado nacional neste mês abril com um valor que inicia em R$ 3.299. Os modelos possuem telas de 49, 55 e 65 polegadas, junto com suporte slim prateado. De acordo com informações da TCL, no controle remoto terá um botão Globo Play que irá funcionar como um atalho do próprio aparelho para acesso a séries, novelas, reality shows e também a programas jornalísticos da emissora Globo diretamente no aplicativo nativo do dispositivo.

Com relação a sua qualidade de imagem, além de possuir resolução Ultra HD – 4K, também suporta a tecnologia HDR, que irá oferecer ao telespectador cores mais vivas nos vídeos e melhor qualidade no nível de contraste. Tal tecnologia também irá poder auxiliar ao fazer a utilização do modo futebol, o qual configura o aparelho Smart TV para que seja realçada a sua imagem e também o seu som para que seja simulada uma sensação, durante a partida, de estar no interior de um estádio de futebol.

Além dessas funções, a linha P2 Ultra HD possui também um recurso chamado 'Go Live', que conta com diversos conteúdos internacionais de entretenimento, função conhecida como Smart PVR que irá permitir a gravação de programas da televisão aberta e a função 'nScreen', na qual é possível utilizar um tablet ou um celular como controle remoto. Sem contar que também acessa os apps YouTube e Netflix.

A Smart TV 4K funciona com o sistema operativo Linux e possui entradas para USB v3.0, HDMI 2.0 e USB 2.0, permitindo assim fazer a conexão com um pendrive, computador ou media center para acessar outros conteúdos.

FILIPE R SILVA


Saiba aqui o que fazer para continuar assistindo TV após o desligamento do Sinal Analógico em SP.

À meia-noite de quarta-feira (29 de março) para quinta-feira (30 de março), o sinal analógico da TV aberta será desligado em toda a região metropolitana de São Paulo. Até o momento, o local é considerado o maior mercado desse tipo de mídia no país. Para isso, a organização Seja Digital, responsável por implementar a mudança, oferecerá à população um pacote gratuito de 44 canais.

O que é a Seja Digital?

A Seja Digital é uma entidade do setor de digitalização de canais de TV, que realizará a migração do sinal analógico para o digital em todo o Brasil. Foi criada em parceria com a Anatel e operadoras de telefonia móvel, como a Algar, Vivo, Tim e Claro. Para isso, tem feito diversas campanhas informativas sobre o tema em diversas mídias.

O que acontecerá quando o sinal analógico for interrompido?

Quando chegar o horário programado para o corte de sinal (à meia-noite), aparecerá na tela de da TV uma mensagem informando que isso ocorreu. Também haverá um aviso de que toda a programação antes acessada poderá ser conferida por meio de sinal digital.

Como receber sinal digital na TV?

Para receber o sinal digital é necessário ter uma TV de tela plana com conversor digital integrado e utilizar uma antena específica (interna ou externa). Caso sua TV não o tenha, é possível adquirir o aparelho de forma separada. Televisores de formato em tubo também podem receber o sinal por meio desse equipamento, que tem preço médio de R$100 e pode encontrado em lojas virtuais ou em lojas de eletrônicos, supermercados e outros.

Como saber se a minha TV tem conversos digital?

Se a sua TV foi comparada depois de 2010, há grandes chances de já possuir o conversor digital. Para conferir se o aparelho receberá sinal digital, basta verificar se ele tem o selo “DTV”. No site da Seja Digital há uma lista completa de televisores que tem essa funcionalidade, que pode ser vista aqui.

É possível adquirir o conversor digital de graça?

Pessoas de baixa renda e que são beneficiárias de programas sociais, como o Bolsa Família, podem adquirir um kit para recepção do sinal digital de forma gratuita. Para isso, basta agendar a retirada dos equipamentos no site da Seja Digital, neste link.

Essas mudanças e o acesso a serviços de streaming como a Netflix têm feito as assinaturas de TV a cabo/via satélite caírem de maneira considerável. Afinal, essas opções são mais acessíveis e flexíveis para a maioria dos telespectadores.

Camilla Silva


Emissoras se unem e ameaçam encerrar transmissão de seus canais na TV a Cabo.

Todo brasileiro que gosta e assiste televisão já sabe que aos poucos o sinal analógico de transmissão está sendo desligado em todo o território brasileiro. Alguns estados já possuem apenas o sinal digital e outros como São Paulo, já possuem data marcada para o desligamento.

Nesse sentido, está previsto para o próximo dia 29 do mês de março, quarta-feira próxima, o desligamento do sinal analógico do estado de São Paulo. Dessa forma, quem possui aparelhos televisores que operam com o sinal analógico devem comprar um aparelho conversor que realizará a conversão do sinal a partir de então digital para analógico. Só dessa forma esses televisores poderão funcionar na chamada televisão aberta.

Com os televisores que funcionam com o sinal digital tudo estaria certo, se não fosse um acordo realizado entre algumas emissoras que não vão mais fazer parte dos canais da TV fechada.

As emissoras Rede Record, RedeTV e SBT, desde a última segunda-feira, vêm anunciando em pronunciamento oficial que estarão fora da listagem de canais da TV paga. Tal fato ocorre pelo motivo de que as empresas Embratel, Net, Vivo, Claro e Sky se negam a fornecer o sinal digital a essas emissoras.

Nesse sentido, diante da falta de um acordo entre essas empresas e as emissoras de TV, em conjunto essas emissoras fizeram o comunicado de que a partir da data do dia 29 de março, os assinantes de TV paga não poderão mais contar com suas programações.

Contudo, como todos sabem, essas 3 emissoras são muito populares e estão na TV aberta há muitos anos e possuem uma grande audiência. Desde a segunda-feira isso vem sido informado aos telespectadores e até o momento não houve nenhum tipo de acordo no que se refere à negociação de direitos de transmissão desses 3 canais, sendo que com outras emissoras nacionais e até mesmo internacionais acordos forma realizados.

Os usuários que pagam pelos serviços dessas empresas de transmissão até o momento ainda possuem o sinal dessas três emissoras, contudo, a partir do dia 29 não poderão mais assistir suas programações.

Apesar de que as TVs por assinatura possuem muitos canais com programações diversificadas para todos os públicos, a RedeTV, Rede Record e SBT são muito populares, o que deve criar uma certa polêmica entre os assinantes.

Sirlene Montes


Confira aqui as diferenças e vantagens que o Android Box tem em cima do Chromecast.

O Android Box é um aparelho que está cada vez mais popular no Brasil, sendo uma alternativa para os que não possuem Smart TV. Ao contrário do Chromecast, que é fabricado pelo Google, o mini PC Android ou Box é produzido por diferentes marcas, contando com mais funcionalidades.

Conheça as principais vantagens que o Android Box oferece e as diferenças diante do Chromecast e qual o valor do aparelho no Brasil. Veja se o investimento realmente compensa.

Os recursos

De forma contrária ao Chromecast, o aparelho Android Box possui nativamente sistema Android e possui quase todas as funções que um tablet possui, ou seja, ele consegue fazer o download e instalar qualquer tipo de aplicativo da Play Store, ainda jogos e redes sociais. Você pode, por exemplo, instalar games e utilizar como gamepad, o celular.

É possível também baixar séries e filmes diretamente na sua memória e ainda reproduzir na televisão e utilizando como controle remoto, o smartphone. Caso seu Box possua um grande armazenamento interno, ou cartão microSD, o aparelho tem a possibilidade de ser uma poderosa central de mídia.

Sendo um dispositivo de streaming, o Chromecast não oferece tal tipo de vantagem pois não possui acesso a Play Store e nem uma memória interna. Veja o Android Box sendo um tablet multimídia acoplado a TV.

Por ser produzido por diferentes marcas, o Box tem diversas especificações técnicas. De modo geral, recomenda-se buscar por um processador que seja no mínimo quad-core e tenha 1 GB de memória RAM, sendo essas configurações as necessárias para aplicativos como YouTube, Netflix e outros.

A maior diferença do Android Box para um smartphone Android é exigir uma ficha técnica menos potente. É difícil fazer uso de diversos aplicativos na TV ao mesmo tempo, então não se preocupa muito com a fluidez e o desempenho. Entretanto, deve-se atentar ao seu armazenamento interno, tenha preferência para aparelhos que possuam no mínimo 8 GB e também tenha entrada para cartão microSD.

Se você procura um dispositivo para games, é necessário investir um pouco mais. Sendo assim, deve-se ter no mínimo RAM de 2 GB e uma GPU no nível do Adreno 405, utilizado no Moto G 4 Plus.

Pode-se encontrar o dispositivos em sites a partir de R$ 150,00.

FILIPE R SILVA


TV top de linha da Sony terá sua pré-venda iniciada no dia 31 de março no Brasil com o preço de R$ 349.999,99.

Foi anunciado recentemente pela fabricante de eletrônicos Sony que iniciará as vendas de um modelo com 100 polegadas. Será um aparelho top de linha da marca, uma TV 4K Ultra HD do segmento XBR-Z9D. Ano passado já tinha sido apresentada a versão de 75 polegadas.

A televisão possui como sistema operativo AndroidTV, o qual está em funcionamento em diversas SmartTVs da marca. Além disso, conta com um processador X1 Extreme, que realiza um processamento cerca de 40% maior que o processador anterior.

Esta novidade também possui Backlight Master Drive, que oferece uma melhor qualidade para as televisões da mesma fabricante. Esta tecnologia é um painel novo com brilho altíssimo, dividindo a tela em várias microzonas e assim fazendo com que a luz chegue em todas estas áreas. Tal função da a garantia de um melhor controle na iluminação, trazendo um brilho maior sem que os tons mais escuros sejam distorcidos.

Além de trazer toda essa facilidade, o modelo traz também outra tecnologia, conhecida como “Triluminos”, a qual possui a capacidade de entregar uma quantidade maior de cores, realçando as mesmas, para que fiquem ainda mais vivas. A Sony, através destas tecnologias, garante uma experiência melhor ao assistir os conteúdos em 4K HDR.

Com relação aos números, a TV possui altura de 1,72 m, e na largura, soma assustadores 2,26 metros, maior que o homem mais alto do país. Toda a superfície da televisão possui o tamanho de uma cama do modelo king size, ou seja, é muito grande.

O aparelho ainda possui a certificação conhecida como Netflix Recommended TV, a qual avalia diversas SmartTvs em cerca de 5 a 7 critérios, como por exemplo botão especifico para abertura do Netflix através do controle remoto, versão atualizada do aplicativo e inicialização rápida.

O televisor Sony XBR-Z9D com 100 polegadas está com data prevista para iniciar sua pré-venda iniciada na data de 31 de março por meio das principais revendedoras especializadas do Brasil e também na internet pela Sony Store. O valor é muito salgado, batendo os R$ 349.999,99. É uma boa opção para quem tem essa grana sobrando.

Por Filipe Silva

TV da Sony


Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre as Android TV.

O que são as Android TV e o que elas oferecem de novo?

A Android TV foi criada por uma parceria entre o Google e a Sony e foi lançada no Brasil em julho do ano passado. Muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre o que essa TV possui de novidade e qual a sua diferença em relação a outros aparelhos de TV inteligentes. Para saber mais sobre as funções e possibilidades que a Android TV oferece, acompanhe o texto!

Android TV é um televisor que possui a plataforma do Google como sistema operacional. O modo de funcionamento é bem similar ao de celulares e tablets, que também possuem o sistema Android. Porém, a diferença da Android TV é justamente o tamanho. Em seu lançamento os engenheiros afirmaram que a intenção não foi criar um novo sistema, mas sim, algo mais adequado para as grandes telas e suas mídias específicas.

Uma dúvida muito comum é a diferença entre as Android TV’s e as Smart TV’s. Apesar de a Smart TV já oferecer uma série de vantagens e possibilidades em relação à TV comum, principalmente quando há acesso à internet, ela não possuía um sistema operacional próprio, como no caso da Android TV.

A nova Android TV possui uma série de aplicativos especialmente desenvolvidos para ela. Dentre eles, Netflix, Spotify, VEVO, ESPN e muitos outros, somando o total de 120 disponíveis.
Esses aplicativos podem sem encontrados na loja da Google Play, pelo seguinte link: https://play.google.com/store/apps/collection/promotion_3000e26_androidtv_apps_all?hl=pt_BR .

Além disso, a Android TV possui comando de voz e nela é possível jogar jogos de smartphone e tablet (inclusive no modo multiplayer, que permite que várias pessoas joguem juntas). Outra inovação é a transmissão de aparelhos móveis diretamente para a TV através do aplicativo e sem a necessidade de um aparelho de intermediação, como um chromecast .

As Android TV’S já estão disponíveis no mercado e geralmente custam a faixa de 5 mil a 17 mil reais, variando de acordo com o tamanho. A resolução é de 4K. A Sony também prevê o lançamento de Android TV’s com qualidade Full HD, nos tamanho de 50, 55 e 75 polegadas. Entretanto, os preços ainda não foram divulgados.

Carolina Costa Moreira


Saiba aqui o que fazer quando o áudio do cabo HDMI não sai na TV.

A função do cabo HDMI é transmitir os dados em alta resolução para aparelhos como televisores e computadores, garantindo assim imagem e sons com ótima qualidade.

Existem diversos modelos de cabo HDMI, cada um com um objetivo, seja na velocidade ou na qualidade da transmissão. Os conectores banhados a ouro são considerados com maior qualidade, pois sua composição é mais resistente tendo maior emissão de sinais. Os modelos de HDMI são compostos por dezenoves pinos de encaixes, para que o cabo HDMI funcione corretamente é necessário que os dezenoves pinos fiquem bem encaixados se for mal encaixado pode danificar o cabo e em alguns casos danificar o aparelho.

Para ter imagem e áudio de qualidade o consumidor deve ficar atento à resolução das imagens transmitidas, existem alguns modelos de resolução, que podem ser os seguintes: “480 p ” a letras após a numeração é referente ao mapeamento realizado pelo aparelho, no caso do p significada mapeamento progressivo (progressive scan). Já para a resolução “720 i”, a letra i simboliza mapeamento entrelaçado (interlaced). Nesse caso, a resolução “480 p” refere-se a mapeamento progressivo de 640 x 480 pixels e a “720 i” refere-se ao mapeamento entrelaçado 1282 x 720 i, outra resolução bastante comum é a 1920 x 1080 (Full HD).

Ao conectar o cabo HDMI da TV no computador, se torna comum haver problemas na configuração do áudio. Para resolver essa situação é necessário ficar atento em alguns detalhes.

Primeiramente é necessário conectar o cabo HDMI nos aparelhos e esperar a conexão ser conhecida. Em seguida caso haja o problema no áudio é necessário ir na configuração de “SOM” no “Painel de Controle” do computador. Na configuração de SOM abrirá uma janela contendo as seguintes opções REPRODUÇÃO , GRAVAÇÃO, SONS, COMUNICAÇÕES , clique na opção “REPRODUÇÃO”, nela será exibido o ícone com a marca da televisão, essa opção indica o áudio da TV, clique nesse ícone e selecione a opção “Definir como padrão” em seguida clique em “Aplicar” e para finalizar clique em “OK”. Pronto, a partir desse momento a opção TV está selecionada e o áudio sairá na TV.

Para ajustar o som clique no ícone Alto-Falantes localizado na barra de tarefas no canto direito do computador, após clique no áudio da TV e ajuste conforme necessário.

Gisele Alves de Brito


Saiba aqui as características e confira uma análise sobre os prós e contras dos modelos de TV da Philco.

Quando o assunto são Smart TVs, a Philco não é uma marca muito procurada. Ainda assim é interessante observarmos que seus produtos costumam estar entre os mais baratos no mercado nacional e, em alguns casos, pode até servir como alternativas interessantes para os concorrentes mais tradicionais e mais caros como a Samsung ou a Sony.

A fabricante oferece aos consumidores um ano de garantia. Isso dá certa segurança para lidar com possíveis surpresas negativas. Os aparelhos variam entre 32 e 51 polegadas, trazem conexão a internet, contam com o sistema operacional Android e, na maior parte dos casos, não apresenta problemas para acessos a apps famosos como o Netflix, YouTube e Globo Play.

Então, as TVs com Android (ou outros sistemas ) da Philco são boas? Bom, veja alguns detalhes sobre algumas opções e tire sua conclusão.

1. PH32U20DSGW – 32 Polegadas

Esse é o modelo mais simples da marca vendido aqui. Traz um pacote básico de funções. É indicada para quem precisa de recursos e não quer ou não precisa de uma imagem grande. A opção com 32 polegadas conta com três entradas HDMI, conversor digital integrado e porta USB. O ponto fraco vai para a imagem em HD 720p.

Apesar de ter sofrido um leve aumento nos últimos tempos, graças ao dólar, ainda é possível achar esse modelo por cerca de R$ 1.000,00.

2. PH39U21DSGW – 39 Polegadas

Essa opção conta com o sistema operacional Opera TV. Vale destacar que o modelo de 39 polegadas traz a mesma conectividade que a versão anterior. Também traz imagens em HD e recurso que possibilita a gravação da programação. É bem provável que sejam esses pontos que a deixam um pouco mais barata mesmo contando com um display maior. Ainda é possível achá-la por R$ 1.399,00 no boleto.

3. PH40R86DSGW – 40 Polegadas

Aqui de fato temos mais espaço na tela, mas não há nenhum investimento pesado em termos de recursos adicionais. Ficando na casa dos R$ 1.500, essa smart TV não grava a programação ao vivo para assistir depois. Mas em contrapartida dá um salto para Full HD 1080p. O ponto negativo é que há somente duas entradas HDMI.

4. PH48B40DSGW – 48 Polegadas

Em alguns comparativos esse modelo fica melhor posicionado quando o que se leva em consideração é o custo-benefício. Custa pouca coisa a mais do que a versão de 32 polegadas. Traz imagem Full HD. É uma boa opção para quem quer um aparelho de grandes dimensões, mas não quer gastar muito. Custa cerca de R$1.800 e apresenta o mesmo pacote de conectividade do resto da família de smart TVs da marca.

5. PH40B28DSGW – 40 Polegadas

Assim como os demais modelos, essa opção também é de LED, mas um pouco mais moderna. São três entradas HDMI, o que permite que se possa conectar a TV a Cabo, consoles e players de vídeo game.

O principal destaque aqui é mesmo a tela. Além de ser Full HD ainda traz o formato widescreen, em 19:9.

O preço por outro lado pode ficar mais caro até mesmo do que de outras TVs maiores da Philco. No mercado e-commerce brasileiro não custa menos de R$ 2.300.

Quer saber mais? No vídeo abaixo você pode conferir algumas análises sobre a TV Philco PH40E20DSGWA com o Android. Confira:

Por Denisson Soares


O conteúdo apenas pode ser salvo em cartão MicroSD em aparelhos que contenham o sistema Android,

Desde o final de 2016 já é possível baixar filmes do Netflix para dispositivos móveis, mas a plataforma norte-americana surpreendeu ao anunciar outra facilidade: permitir que os usuários baixem esse conteúdo para ser salvo em cartão MicroSD. Mas para baixar filmes e séries para smartphone, é preciso, obviamente, que o usuário acesse o Netflix versão mobile (pelo navegador no próprio celular ou através do app, que é a forma mais prática e rápida). O uso do cartão é útil para quem dispõe de pouca memória interna no aparelho.

Outra questão a considerar, o conteúdo apenas pode ser salvo em cartão MicroSD em aparelhos que contenham o sistema Android, pois iPhones – de fato – não possuem esse tipo de cartão. Então, esse novo recurso não é possível para a plataforma da Apple. Mas quem possui iPhone também pode acessar Netflix off-line, é possível salvar o conteúdo que deseja no armazenamento geral do aparelho. O que não pode ser feito é salvá-lo no cartão MicroSD, como citado antes.

A estudante de engenharia civil Juliane Silva, 22, afirma que mantém em casa dois aparelhos de celular – no caso – um com iOS (iPhone), além de um modelo fabricado pela marca Samsung, que é utilizado para acessar apps ou serviços disponíveis só para a plataforma Android. “Eu já quero salvar algumas produções no cartão de memória e desejo assisti-las no trajeto de casa para a faculdade. Bom, será muito útil para mim”, afirma.

Contudo, um adendo, a própria Netflix admite que em alguns aparelhos Android não será possível salvar as produções no MicroSD devido a limitações tecnológicas de alguns aparelhos. “Bom, até o momento ainda não salvei episódios de minha série preferida, mas creio que o aparelho suportará, pois não é tão antigo e, de certa forma, posso dizer que é moderno”, declara.

Armazenamento off-line:

Para se ter uma ideia quanto ao armazenamento de produções diretamente no celular ou tablet, uma série de TV, com uns 20 minutos de duração – por exemplo – pode comprometer 100 MB da memória interna do aparelho, segundo informações de reportagem do site “Gizmodo”. Ainda de acordo com o texto, uma produção mais extensa, como um filme, pode significar 600 MB a menos em relação ao espaço de armazenamento.

Por Letícia Veloso

Netflix no smartphone


Sony e LG anunciam que devem parar de fabricar televisores com a tecnologia ainda este ano.

A tecnologia 3D em TVs encantou muitos telespectadores em 2009 com o filme "Avatar", de James Cameron. E a experiência de ver uma "realidade virtual" na própria casa levantou o otimismo de muitas empresas, que se agitaram e enviaram uma quantidade enorme de aparelhos para as lojas. Além disso, as salas de cinemas com os filmes em 3D geralmente tinham um público maior.

Três anos depois, em 2012, algumas emissoras deixaram de lado este tipo de exibição. A DirecTV e a ESPN abandonaram o público alvo desta tecnologia.

A LG e a Sony são as duas últimas grandes fabricantes destes aparelhos e elas afirmaram que nesta temporada a produção se encerra. Para aqueles que acompanham as notícias do mundo das TVs, isso não é novidade. A Samsung, a Sharp, a Hisense e a TCL cancelaram o suporte ao 3D no ano passado. O motivo aponta para a falta de filmes e programas, mas o desenvolvimento desta tecnologia, que não foi das melhores, teve a sua parcela de culpa.

Em alguns sites, o termo "tecnologia morta" foi atribuído para essas televisões, porque desde 2012 as vendas destes aparelhos só vem caindo e no ano passado, em 2016, representou apenas 8% (oito por cento) do total vendido. O Blu-ray com 3D nativo é outro exemplo de aparelho com esta tecnologia que não está tendo sucesso nas vendas.

Tudo isso mostra que o público não se interessou muito por este tipo de entretenimento, algo que o NPD Group demonstrou em números, como foi o caso mencionado acima.

Tim Alessi, que é Diretor de Desenvolvimento de Produtos da LG, mencionou em entrevista ao CNet que o público nunca foi tão fã assim das TVs com 3D. Ele mencionou que o mercado tem outras prioridades na escolha de televisores.

Em entrevista relatada no site "Tecmundo", o Diretor Executivo do NPD Group, Ben Arnold, menciona que a tecnologia 4K/UHD, a HDR e as "TVs Inteligentes" são as exigências dos consumidores atuais.

A tecnologia tridimensional até pode, um dia, oferecer uma realidade quando se assiste alguma coisa, mas com a chegada da realidade virtual e aumentada, este caminho se tornou muito mais delicado e obsoleto.

Por Fernando Dias


Confira aqui quais são as diferenças e qual é a melhor tecnologia para TV.

Várias novidades têm acenado para o futuro das TVs. Algumas delas já estão inclusive para venda no mercado norte-americano. Dessa forma, as grandes marcas do momento são a LG OLED Signature W e a Samsung QLED. Apesar de terem nomes semelhantes, a tecnologia aplicada em cada uma é um pouco diferente. Então qual a seria a diferença entre as duas?

LG Signature OLED W

A LG Signature OLED W é extremamente fina: sua espessura é de somente 2,67mm. Por isso, a TV pode ser “colada” na parede. Ela tem uma espécie de material orgânico autoiluminado (diodos orgânicos), que dispensa assim o uso de suporte. Seu design também salta aos olhos: é discreta e minimalista, passa de modo quase “despercebido” em uma sala, por exemplo.

O contraste de cores que a LG Signature OLED W tem é outro atributo importante, além de seu som com Dolby Atmos, que lhe confere qualidade de cinema. Está disponível em duas versões: 65’’ e 77’’, custando respectivamente US$7.999,99 e US$19.999,99. Já deu para notar que por aqui o preço será bem salgado. No site da LG nos EUA é possível ver os detalhes da TV, com imagem 360°.

Samsung QLED

A Samsung QLED é baseada em pontos quânticos, que prometem trazer a melhor resolução de imagens, cores e brilho possível. Isso, com certeza, é o seu maior diferencial em relação à sua concorrente.

Essa tecnologia inclusive já vinha sendo aplicada pela fabricante em outros aparelhos. Estarão disponíveis para venda uma versão plana de 88’’ (Q9) e outra de tela curva de 65’’ (Q8). Até o momento, a empresa não disponibilizou nenhuma delas para venda, mas isso deve acontecer ainda neste ano. De qualquer forma, provavelmente não serão nem um pouco baratas.

Justamente por a Samsung QLED ainda não estar no mercado é um pouco complicado comparar as duas marcas tanto por configurações quanto por preço.

Outras tecnologias

Por outro lado, a Panasonic caminha firme com seu protótipo de OLED com tela totalmente transparente. Vídeos demonstrando a TV circularam pela internet e causaram espanto, devido à aparência totalmente inovadora do aparelho. Ele passa completamente despercebido justamente por sua transparência. Seria o vidro outro material tecnológico do futuro?

Apesar dos avanços, esses modelos ainda são bastante inacessíveis. Assim, para se tornarem populares levará algum tempo.

Camilla Silva


Saiba aqui os planos e como funciona o Netflix.

Se você faz parte do time daqueles que já ouviram falar sobre a Netflix, mas tem dúvidas sobre como funciona o site que proporciona o melhor em filmes e em séries no mundo todo, nós te esclarecemos algumas questões importantes.

O que é a Netflix?

Criada em 1997 e com mais de 50 milhões de assinantes em todo o mundo, a Netflix é um site que transmite, via streaming, os vídeos de filmes, séries e programas de TV mais famosos. Sendo assim, os arquivos são transmitidos em tempo real, de maneira que o usuário não precisa fazer o download do arquivo ou carregá-lo antes. Dessa forma, é só dar o play que o site abre instantaneamente os mesmos.

Como acessar?

Basta acessar a Netflix no www.netflix.com e criar uma conta com seus dados. Para isso, é obrigatório o uso de um cartão de crédito. Após validado esse, o acesso já está disponível.

Para novos clientes, o serviço disponibiliza um mês grátis, como forma de experimento do site. Dessa forma, caso o contratante não aprove a utilização do mesmo, é possível cancelar após esse período e não pagar nada por isso.

Já para aqueles que quiserem continuar usando a Netflix, não precisam fazer nada, uma vez que a assinatura é válida pelo tempo que o usuário quiser, não havendo prazo de fidelidade. Ou seja, somente quando ele não quiser mais utilizar o aplicativo é preciso entrar em contato com a empresa e fazer o cancelamento do mesmo.

Como funciona?

Após feito o acesso na página por um usuário e senha, há uma lista de filmes, séries e programas disponíveis online. Sendo assim, basta escolher aquilo que você quer ver e clicar no play.

É importante ressaltar que você pode assistir aos vídeos de onde estiver, desde que tenha acesso à internet. Portanto, o aplicativo é válido para celulares, computadores, tablets e até mesmo em alguns videogames.

Outro ponto importante a ser destacado é que outras pessoas da sua família também podem utilizar a mesma conta. Sendo assim, é importante criar um perfil para cada usuário novo, de forma que a Netflix ofereça uma lista de dicas que seja baseada no gosto particular de cada pessoa.

Sobre a cobrança

Logo após o mês de experimento da Netflix, é cobrado automaticamente e uma vez por mês, a taxa referente ao serviço de streaming. Essa cobrança é sempre feita no mesmo dia em que foi feita a inscrição.

O número de aparelhos que podem assistir ao catálogo, ao mesmo tempo, depende do plano que a pessoa escolheu no ato da assinatura. Atualmente os três tipos de planos disponibilizados são: para uma tela, R$ 19,90 por mês; para duas telas + HD, mensalidade de R$ 22,90 por mês; e versão completa de quatro telas + Ultra HD por R$ 29,90 por mês.

Escolha a sua versão e tenha o melhor em filmes e séries na sua casa. E se você já utiliza o serviço, nos conte a sua experiência.

Kellen Kunz


Aparelho está disponível em três tamanhos e custa entre R$ 7 mil e R$ 19 mil.

A tecnologia 4k está ocupando o espaço e as fabricantes de TV buscam nesta tecnologia proporcionar aos seus clientes uma experiência fantástica com imagens perfeitas.

A gigante Sony está indo além do que é esperado. Para quem gosta de Tecnologia, a Smart TV da linha XBR X855D está com a resolução 4K e disponibiliza 3 tamanhos: 55, 65 e 75 polegadas, um cinema em casa.

A inovação ganha força com o sistema Android, compatível com mais de 700 aplicativos.

Qualidade em triplo

Além da resolução 4K e o sistema Android, 3 recursos prometem boa qualidade: o Triluminos, o Motion Flow e o HDR.

  • Triluminos: A finalidade deste recurso é manter fiel as cores da imagem.
  • Motion Flow: Tem o objetivo de eliminar rastros nas transições de imagens, este recurso vai evitar que esse problema aconteça.
  • HDR: A promessa de qualidade é a melhora do brilho e a definição de contraste da tela.

Aumento de escala

Upscalling é mais uma tecnologia que está inclusa nesta TV. Utiliza as imagens em Full HD e simula uma resolução mais alta, bem próximo a 4K.

Processador Potente

Mais um fator de qualidade para a Smart X855D é o processador X1 4K. Quem estiver assistindo, seja o que for, desde filmes até jogos, a imagem é surpreendente.

As fontes são analisadas individualmente com inteligência e recebe aprimoramento próximo da resolução 4K. Pode ser por uma transmissão de TV Digital, DVD, Blu-ray ou até mesmo vídeos da internet.

A nitidez é tão boa, que segundo a fabricante, chega ser sensacional. As cores promovem melhor a realidade e o contraste é vibrante.

Recomendação Netflix

Ser escolhida pela Netflix, não é para qualquer marca. A recomendação é devido a alta performance, as funções inteligentes e por seus aplicativos de fácil manuseio.

Cabos escondidos

Os fios não poderão ser vistos. Atrás da TV existe uma canalização até o suporte, onde os fios podem ser inseridos, proporcionando um visual de organização.

Preço

A Sony tem seus preços sugeridos definidos em R$ 6.999,00 na tv de 55 polegadas, R$ 11.999 na de 65 polegadas e por fim R$ 18.999 na Smart de 75 polegadas.

Todas estão disponíveis no site oficial da fabricante para compra, podendo analisar todos os detalhes de cada uma.

Marcio Ferraz


Saiba aqui qual marca tem a melhor Smart TV, Samsung ou LG.

Atualmente muitas pessoas têm em casa aparelhos de televisões de diversas marcas que trazem soluções em entretenimento para suas rotinas diárias. Como no caso da Smart TV Samsung e da Smart TV LG, onde a primeira traz aparelhos que possuem conexão à internet e acesso à web via Wi-Fi (para obter este último é necessário que um roteador exista no local). Enquanto que a LG possui o Wi-Fi integrado, onde a pessoa poderá navegar e assistir programas de TV simultaneamente, interagindo também com as redes sociais.

Esses aparelhos de televisão hoje localizados no mercado de trabalho estão bastante desenvolvidos e conseguem atender as mais variadas necessidades que o cliente possui. Para quem já está acostumado a acessar sempre o computador e tablet, alguns desses aparelhos podem não ser úteis, porque em um computador inúmeras opções já existem, o mesmo acontece com quem utiliza muito o tablet. Mas o que poderá mudar nessa opção será o tamanho da tela e sua qualidade, sendo que nesses aparelhos a tela tem melhor resolução e muitos vem no modelo Led.

O acesso nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e outras redes sociais já podem ser utilizados através desses aparelhos. Como hoje o número de usuários está cada vez maior, não somente a qualidade, mas também os preços desses aparelhos de televisão influenciarão na busca e escolha dos mesmos. Tanto a Smart TV Samsung quanto a Smart TV LG oferecem aos usuários seus melhores aparelhos no mercado. A busca por eles é grande, tendo o número certo de consumidores divididos entre essas duas marcas, pois para alguns deles o importante é que atendem o que desejam nesses aparelhos não importando a marca. Já para outros a marca é uma das principais demandas na escolha deles.

Na hora de escolher esses aparelhos, muitas pessoas que entendem de ferramentas e funções buscam saber qual dessas marcas é a melhor que fornece os itens necessários para as necessidades delas. Ambas as marcas atendem os consumidores, dependendo do que demandam no seu aparelho de televisão, por isso nem sempre a marca influenciará na escolha desses aparelhos. Por tanto, dependerá sempre do que o consumidor precisará, dentro da sua rotina diária.

Jaqueline Wanessa Freitas Melo


Analisando os dois dispositivos, é possível decidir qual é o melhor para determinado tipo de comprador.

Hoje em dia, a conexão com a internet rede está presente em nossos celulares, computadores, impressoras e, até mesmo, nas televisões, o que facilita muito a vida de quem gosta de assistir filmes em serviços de streaming como o Netflix, jogar, ouvir música ou assistir a vídeos no YouTube. Porém, para quem não possui ou não tem interesse em um desses aparelhos, existem dispositivos que prometem deixar a televisão mais “inteligente”. Atualmente, dois dos mais famosos são o Google Chromecast e a Apple TV.

Do lado da gigante das buscas, temos o Chromecast, um pequeno dongle que promete transformar a televisão de qualquer sala em uma smart tv. O acessório, que mais parece um pen drive, transfere o conteúdo de aplicativos como YouTube e Netflix para a tela grande através da conexão WiFi. O acessório da Apple, por outro lado, possui mais recursos e um preço menos em conta.

Analisando os dois dispositivos, é possível decidir qual é o melhor para determinado tipo de comprador.

Tamanho e design:

Nesse quesito, a Google fez bem feito. Apesar de a Apple TV ser bastante ergonômica, bonita e não ocupar muito espaço, o Chromecast parece um pendrive levemente maior, o que o torna mais leve (pesando apenas 34 g) e muito mais discreto, podendo, inclusive, ficar atrás da televisão sem que seja percebida a presença do dispositivo.

Desempenho:

Quando o assunto é desempenho, no entanto, a empresa da maçã sai na frente. A poderosa caixinha que é a Apple TV, em sua última geração, é equipada com um processador A5, 512 MB de RAM e memória de 8 GB. O Chromecast, por outro lado, conta com 2 GB de memória flash, o que é a única diferença nesse quesito, pois ambos suportam a reprodução de vídeos em Full HD.

Aplicativos:

Aplicativos famosos como HBO GO, YouTube, Crackle e Netflix estão presentes na Apple TV e no Chromecast e apresentam desempenho igualmente excelente nos dois dispositivos. A Apple TV, no entanto, possui o iTunes e sua vasta biblioteca de filmes, música e séries, o que pode fazer diferença para alguns usuários.

Sistema operacional:

Essa é uma questão difícil de ser discutida, pois depende muito do ponto de vista de cada um. O Chromecast vem equipado com uma versão simplificada do Chrome OS, sistema operacional do Google que é totalmente baseado na nuvem e dependente da internet. Já a Apple TV conta com um sistema próprio adaptado do iOS, com atualizações e melhorias cada vez mais frequentes.

Preço:

Comparando os preços de lançamento dos dispositivos, percebe-se que o Chromecast sai ganhando. O Google lançou o aparelho no Brasil por um valor de R$ 199,00, enquanto a Apple TV pode ser encontrada por algo na faixa dos R$ 400,00.

Qual o melhor?

Cabe ao usuário decidir o que se adapta melhor as suas necessidades. Se o objetivo é assistir filmes do Netflix e vídeos no YouTube com um dispositivo simples, bom e barato, o Chromecast é uma opção incrível. Por outro lado, se o usuário quer um sistema que não é totalmente baseado na nuvem, uma biblioteca de filmes e não se importa em pagar um pouco mais, talvez seja uma boa investir em uma Apple TV.

Por Marco Fagundes

Apple TV e Chromecast


Televisores custarão a partir de US$ 650 e terão 43, 49, 55 e 65 polegadas.

A Philips está apostando em “Chromecast Integrado” em suas novas Smart TVs. Esse recurso consiste em um ecossistema unificado do Google, que permite o controle da TV por celulares, computadores ou tablets. Tornando possível a transmissão de games e jogos, inclusive do Twitch direto para a TV. Os novos aparelhos televisores irão chegar ao mercado com a resolução 4K e sistema de som em 3D. Com isso a Philips espera alavancar as vendas das novas TVs, pois ainda esta em nível a baixo das suas concorrentes e lideres de mercado Samsung, LG e Sony.

O Chromecast é um adaptador que cria um streaming de mídia digital, desenvolvido pelo Google, que reproduz conteúdos de áudio e vídeo em TVs de altas definições por streaming via conexão Wi-Fi. O streaming é uma forma de transmissão de som, áudio e vídeo, através de uma rede de computador sem precisar fazer downloads, pois a máquina recebe as informações no mesmo tempo em que está reproduzindo. A Philips ira trazer esse recurso de Chromecast integrado em seus aparelhos televisores. Ainda de acordo com o Google, o sistema é de fácil configuração.

Essa nova série 6000 da Philips traz ainda TVs grandes para suportar a resolução 4K. Essa resolução refere-se a densidade total de pixels da ordem de 4x, 8,3 megapixels, 3840×2160 pixels. Essa resolução é a limite para um televisor doméstico. E existem em TV digital e cinema digital. Quanto a essa nova série da Philips, a menor TV terá 43 polegadas. As entradas HDMI e USB estão garantidas também.

A Philips é uma empresa Holandesa que atua no Brasil há 83 anos. Além do mercado de eletroeletrônicos, eletrodomésticos portáteis, produtos de cuidados pessoais e iluminação, atuam também nos setores de telecomunicações, informática e equipamentos médico-hospitalares. A marca também se apresenta como Walita, que é divisão da Philips para produtos eletroportáteis (batedeiras, espremedores de frutas liquidificadores, etc.). Em 1990 a Philips fez alterações significativas. A empresa passou por um importante programa de reestruturação, com o objetivo de entrar com força no mercado.

Esse lançamento com “Chromecast Integrado” vem com o objetivo de mais uma vez inovar e sair na frente da concorrência. No Estados Unidos esse modelo está saindo por US$ 650, que sai em torno de R$ 2,2 mil no Brasil. E os outros modelos anunciados medem 49, 55, e 65 polegadas. Os aparelhos estão marcados para serem lançados no segundo semestre, porém a Philips não anunciou quando será a chegada ao Brasil, como esse preço são correspondentes a conversões diretas, ainda não sabemos qual valor será cobrado aqui no Brasil. Agora é só aguardar!

Dany Bueno


Além de Brasília, Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Novo Gama, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Luziânia e Cristalina também terão o sinal analógico encerrado.

O sinal da TV digital continua avançando por mais cidades brasileiras. Os telespectadores de Brasília e de outras nove cidades que se encontram na região do Distrito Federal irão receber o sinal analógico somente até o dia 26 de outubro de 2016. Depois dessa data apenas o sinal digital estará disponível. Para ampliar e permitir que um número cada vez maior de pessoas tenham o sinal em seus televisores, tanto os conversores quanto os demais equipamentos que venham a ser necessários para que essas pessoas possam fazer a migração de sinal estarão sendo oferecidos de forma gratuita para quem é beneficiário de programas sociais como o Bolsa Família ou que sejam integrantes do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Esses dispositivos permitirão o acesso ao sinal digital mesmo que os televisores sejam antigos.

A estimativa é de que cerca de 370 mil conversores sejam entregues para os beneficiários dos programas apontados na região. De acordo com informações da Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (EAD), até o momento 50 mil famílias que recebem o bolsa família já receberam os equipamentos. A EAD é a entidade responsável por gerenciar todo o processo de migração do sinal no Brasil.

Além da capital, o desligamento do sinal analógico também ocorrerá nas cidades de Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Novo Gama, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Luziânia e Cristalina.

André Figueiredo, ministro das comunicações, disse em comunicado que existe uma preocupação nesse momento de transição de não deixar a população desassistida, em especial aqueles que não possuem condições de adquirir um novo televisor.

Entretanto, vale destacar que apesar de já termos uma data de desligamento do sinal analógico, o mesmo só será encerrado quando 93% dos domicílios já estiverem prontos para receber o sinal digital.

A cidade de Rio Verde em Goiás foi a primeira a ter o sinal analógico desligado. A cidade foi a escolhida para iniciar o processo. Se o cronograma seguir o que está sendo previsto, até dezembro de 2018 todas as cidades brasileiras estarão recebendo apenas o sinal digital.

Nesse meio tempo a próxima a receber apenas o sinal digital será São Paulo.

Por Denisson Soares


A tecnologia 4K garante aos usuários uma qualidade de imagem muito superior ao Full HD, porém, não há muitos conteúdo disponíveis com essa tecnologia.

A qualidade de vídeo em 4K vem ganhando destaque nos últimos meses dentro do mercado tecnológico, com as primeiras TVs e até mesmo smartphones a serem vendidos com essa resolução. Porém, será que realmente vale a pena investir seu dinheiro em uma tecnologia que está chegando agora ao mercado?

A tecnologia 4K garante aos usuários uma qualidade de imagem muito superior ao Full HD, resolução máxima que usamos até então, com uma quantidade de pixels muito maior, o que nos permite observar cada detalhe presente na imagem, porém, mesmo com uma qualidade de imagem tão superior é quase certo que hoje ainda não vale a pena investir alto em uma televisão 4K.

O principal motivo não é referente à qualidade da tecnologia, mas sim a quantidade de conteúdo oferecido para ela, algo extremamente restrito nos dias de hoje.

Quem decide investir em uma televisão 4K, acaba por poder desfrutar apenas de alguns vídeos de teste das fabricantes e um ou outro conteúdo encontrado na Internet, embora também escasso. Mesmo as emissoras de TV e as produtoras de cinema ainda não começaram a investir de fato no 4K, o que limita praticamente todo o conteúdo que poderíamos ter com ele, visto que, praticamente todo o conteúdo que assistimos é derivado de Filmes & Séries, emissoras de TV e do YouTube.

Porém, para aqueles que assinam o Netflix, é importante ressaltar que a empresa vem investindo no 4K, já que a série famosa ''House of Cards'', foi gravada inteiramente em 4K. A Rede Globo também vem gravando suas novas novelas em 4K. Grande parte do conteúdo disponível hoje, em 4K, é na realidade apenas uma adaptação para a nova resolução, o que acaba por melhorar a qualidade da imagem vista, mas não se trata de um ''4K real''.

Por outro lado, as televisões 4K consomem cerca de 30% de energia e ainda possuem um sistema de som que chega bem próximo do que vemos atualmente nos Home Theaters, o que pode ser uma grande vantagem para os usuários que optarem por uma TV 4K.

As televisões com essa resolução, porém, ainda estão em sua grande parte, disponíveis apenas com vendedores que importam esses produtos, embora os preços não sejam tão elevados, em comparação com um televisor Full HD. A boa notícia, é que se você optar pelas TVs 4K, possivelmente, passará um bom tempo sem precisar comprar um novo televisor, já que ele se manterá com uma grande qualidade por um bom tempo.

Entretanto, muitas empresas vêm optando por investir em conteúdo Quad HD, abaixo do 4K que conhecemos, mas também com uma qualidade superior ao Full HD, o que pode ser mais um problema para quem optar por uma TV 4K.

O resultado é que, de fato, por enquanto ainda não é um negócio tão vantajoso investir em um televisor 4K, porém, se você optar por comprar um desses dispositivos, tenha em mente que por outro lado, certamente demorará bastante até ter de comprar uma nova TV com tecnologia mais recente.

Por Paulo Henrique

TV 4K

Foto: Divulgação


The Virtual Reality Cinema oferece aos convidados um kit de realidade virtual que proporciona uma experiência única em realidade virtual.

Neste mês de março aconteceu a inauguração do The Virtual Reality Cinema. Foi a empresa &samhoud Media que apresentou a novidade, que é o primeiro espaço permanente em todo o globo, e mostra um cinema de maneira diferente para as pessoas. No lugar de uma tela grande que estamos acostumados, os convidados utilizam um kit de realidade virtual que conta com um óculos e fones de ouvido.

O estabelecimento fica na Holanda, em Amsterdã. Nele, as pessoas encontram 50 aparelhos do Samsung Gear VR que são usados ao lado de smartphones Galaxy S6, os quais foram selecionados devido a não terem muitos cabos e também possibilitam movimentação maior. Há também cadeiras que giram em 360 graus e mais 50 fones de ouvido da marca Sennheiser. Tudo para melhorar a experiência de realidade virtual.

A sessão tem um total de 30 minutos e os conteúdos mostrados são aqueles que foram especialmente desenvolvidos para o uso na tecnologia da realidade virtual. Um exemplo é quando o convidado do local fica no meio do palco de um show do U2, ou então, um voo sobre a cidade de Nova York de helicóptero.

Para quem quiser ter essa experiência deve desembolsar um ingresso no custo de 12,50 euros (aproximadamente R$ 45). Espaços semelhantes devem ser abertos também em cidades como Paris, Londres, Madrid e Berlim.

Crescimento da tecnologia da realidade virtual:

Um relatório foi divulgado pela empresa de consultoria ABI Research, que é voltada para o mercado tecnológico, aponta que as vendas de aparelhos de realidade virtual deve contar com um crescimento de 84,5% nos próximos quatro anos. Até o ano de 2020 serão 50 milhões de unidades comercializadas.

Esse relatório também apresentou dados referentes à realidade aumentada. A Microsoft é uma das empresas que deverão lançar produtos deste segmento, além da consultoria também ressaltar a importância do Oculus Rift, que hoje pertence ao Facebook. Esse dispositivo que fez com que outros modelos também chegassem ao mercado como é o caso do Google Cardboard, o HTC Vive e o Gear VR, da Samsung.

O CardBoard da Google, segundo a ABI Research, apresentou um papel preponderante para que a tecnologia fosse popularizada devido ao seu custo baixo que acarretou na cinco milhões de unidades distribuídas do modelo lançado em 2014. 

Cinema virtual

Foto: Divulgação


Confira aqui um comparativo entre as marcas e descubra qual delas é melhor quando falamos em Smart TVs.

A sala de televisão dos brasileiros nunca mais foi a mesma após a chegada das Smart TVs no Brasil. Isso se dá pela grande quantidade de opções e funções disponíveis nesses aparelhos, que vão desde uma imensa qualidade de som e imagem até acesso à internet e aplicativos.

Como muitas fabricantes estão lançando seus modelos de televisores a preços competitivos e os modelos variam muito de um para o outro, elaboramos um comparativo entre duas grandes marcas do setor em nosso país, a Sony e a Samsung, para ajudar você leitor a escolher a que possui o melhor custo benefício.

Para começar a comparação analisaremos o quesito design. Ambas as companhias estão realizando um ótimo trabalho com relação ao design de seus produtos, enquanto a Samsung aposta na tela curva com resolução 4K de seus modelos, a Sony investe na finura da televisão, investindo no seu modelo com uma tela de 4,9 mm, o que torna o aparelho praticamente imperceptível tamanha a sua finura. Com isso o ponto no quesito design fica com a Sony.

Quando a conversa fica em torno das funcionalidades, a Samsung leva a vantagem, pois as televisões da marca oferecem ao usuário a possibilidade de interação através do Youtube, Netflix e Globo Play. Por outro lado, a Sony ainda não oferece tanto quanto a concorrente e por esta razão a Samsung ganha a queda de braço nesse aspecto.

Um dos quesitos mais buscados pelos usuários que pretendem adquirir uma Smart TV é a qualidade de som e imagem fornecida pelo aparelho. E as duas companhias também sabem disso e para agradar seus clientes investem pesado na qualidade sonora e visual de seus aparelhos eletrônicos, disponibilizando Smart TVs com resoluções em Ultra HD 4K, Full HD e Ultra HD em dos tipos de telas: LED e LCD. Vale lembrar que as companhias também oferecem aparelhos que suportam a tecnologia 3D. Dessa forma, obtemos um empate técnico entre as duas marcas.

Outros aspectos que podem ser considerados como um empate técnico entre as duas companhias são a facilidade de uso, pois as televisões Smart são produzidas baseadas em conceitos de utilização intuitiva do produto. Também como empate técnico, a garantia e a assistência técnica, pois as duas companhias fornecem 1 ano de garantia de seus produtos e possuem assistências técnicas espalhadas pelo país.

A grande diferença está nesse último ponto analisado, o preço e a disponibilidade no Brasil. As duas marcas podem ser encontradas em quase todas as cidades brasileiras, mas o que faz mesmo a balança pesar para o lado da Samsung é o fato de que a empresa possui mais modelos que a concorrente e por essa razão consegue praticar preços mais acessíveis no mercado brasileiro.

Para concluir, podemos dizer que temos duas ótimas marcas disponíveis, porém com uma vantagem para a Samsung pelo fato de possuir mais modelos e também ser mais acessível ao grande público.

Por Igor Furraer


Com estreia prevista para 2017 a nova série contará com novo enredo, novos personagens e novas civilizações alienígenas.

Esta incrível novidade vai para os fãs da Jornada das Estrelas (Star Trek). A série deve ser lançada na televisão no mês de janeiro de 2017. Esta nova aventura interestelar deve ser desenvolvida com um novo enredo, novos personagens e novas civilizações alienígenas. Ao menos foi o que informou a CBS (rede de televisão dos Estados Unidos) nesta última segunda-feira (02 de novembro).

A série de ficção científica possui uma fantástica aventura da nave ciber-estelar Enterprise. A nova série marcará o 50º aniversário da rede de televisão norte-americana CBS.

A nova série será exibida para aqueles que possuem streaming ou serviço de assinatura do canal CBS. A saga contará com a produção de Alex Kurtzman, o responsável pela produção do filme Star Trek de 2009 e também, o responsável pela sua sequência, o Star Trek: Intro Darkness. A saga de ficção já rendeu mais de uma dúzia de filmes, além de cinco séries desenvolvidas especialmente para a TV. Jornada nas Estrelas foi criada em 1966.

O sucesso estrondoso das séries e dos filmes levou à formação de uma legião de fãs, e também a produção de jogos eletrônicos, e romances. A saga Jornada nas Estrelas veio a se tornar um dos grandes retratos simbólicos da cultura pop eletrônica, ao lado da saga Guerra nas Estrelas. Ambas as séries se tornaram um fenômeno cultural, fazendo parte da geração de muitos jovens.

A saga aborda assuntos e temas importantes que passariam a desenhar o cenário cultural deste novo século, tais como: questões ligadas ao feminismo, assuntos ligados aos direitos humanos, e até mesmo temas geopolíticos, tais como guerra, paz e imperialismo. O criador da saga diz que ao desenvolver o enredo, ele estava preocupado em passar mensagens às pessoas, abordando questões que passassem a refletir na sociedade. 

Por Felipe Pancheri Colpani

Star Trek

Star Trek

Fotos: Divulgação


Série estreou nos Estados Unidos e foi sucesso entre os americanos. No Brasil, a estreia está prevista para o dia 4 de novembro, no canal Warner.

A série que foi produzida pela DC e batizada de SuperGirl estreou dia 26 de outubro nos Estados Unidos. No Brasil, a estreia está marcada para o começo de novembro.

Kara Zor-E, personagem principal da série é interpretada pela maravilhosa Melissa Benoist que é conhecida por suas atuações em Glee e Homeland.

No seriado  ela escapou de seu planeta originário Kripton que estava sendo devastado e foi criada aqui no planeta Terra pelos Danvers, uma família muito dedicada e amorosa. Para sua própria proteção, Kara teve que passar a vida mentindo a respeito de sua verdadeira identidade. Ela escondia os poderes que possuía e vivia uma vida simples até que um incidente obriga a jovem a assumir sua identidade e lutar para proteger a cidade dos perigos eminentes.

Logo no começo da série veremos o vilão Vortax, que também foi enviado para a Terra, e que após a sua revelação, partirá ao encontro da garota para destruí-la. Vale lembrar que a CBS já confirmou a aparição de outros inimigos como Tornado Vermelho, Livewire e Homem-Brinquedo.

A série será transmitida pelo canal Warner e o primeiro episódio no Brasil será às 22h30 do dia 4 de novembro, os fãs da DC estão empolgadíssimos. As super-heroínas costumam fazer muito sucesso e a iniciativa da DC agradou muito o público feminino que se sentiu representado pela empresa. Com um visual bastante parecido com o do Super Homem, exceto pela presença da saia, o seriado agradou os norte-americanos, alcançando a marca de 12,94 milhões de telespectadores.

O elenco também contará com a presença de Owain Yeoman (Sniper Americano); Malina Weissman (Nove Vidas); David Harewood (Diamante de Snague); Derek Mio (The Good Wife); Jenna Dewan (Sem Lei); Dean Cain (Amor por Acaso) e muitos outros atores sensacionais.

Agora nos resta aguardar a superestreia. Vale lembrar que o seriado SuperGirl ainda não tem previsão de transmissão para os canais abertos.

Por Beatriz 

SuperGirl

Foto: Divulgação


O novo filme, que irá estrear em 2017, poderá ter inspiração nos clássicos filmes adolescentes dos anos 80.

O novo filme do Homem-Aranha, que só irá estrear em 2017, pode vir com uma cara diferente, é o que diz o diretor do novo filme.

Segundo, Jon Watts, o reboot do filme do herói pode ter inspiração nos clássicos filmes adolescentes dos anos 80. Em entrevista à IGN, ele afirmou que não pretende seguir as linhas dos filmes de super-heróis, quer fazer algo diferente.

Ele alegou que está pensando em seus filmes favoritos da década de 80, que abordam o amadurecimento e o final da adolescência. Entre seus filmes favoritos estão:  Digam o que quiserem, Quase Famosos e Namorada de Aluguel. Segundo ele, são excelentes filmes e que fazem uma ótima abordagem sobre a adolescência.

 O presidente da Marvel, Kevin Feige, já havia dito em uma entrevista que o novo filme do herói seguiria uma linha diferente, com inspiração em filmes dos anos 80, como Curtindo a Vida Adoidado e Clube dos Cinco. 
A introdução do herói  no universo Marvel será no filme Capitão América: Guerra Civil, que tem estreia prevista para 14 de abril de 2016. De acordo com as informações, o Homem-Aranha usará dois uniformes em Capitão América: Guerra Civil, sendo um caseiro, feito pelo próprio Peter Park, e o outro seria o uniforme clássico do herói, que segundo informações divulgadas terá o símbolo da aranha estampado nas costas, este símbolo já pode ser visto por fãs, nas primeiras edições dos quadrinhos e na série de TV The Ultimate Spider-Man.

Segundo informações, o lançador de teias do Aranha em seu uniforme será criado, por nada mais nada menos que Tony Stark, o Homem de Ferro, e não para por aí, o traje do Homem-Aranha pode ter mais tecnologia incorporada a ele, por influência de Stark.  Os fãs já podem esperar muitas surpresas para o próximo filme, e para os mais ansiosos, ano que vem já poderão ter um gostinho do que vem por aí, no que diz respeito ao Homem-Aranha, no filme do Capitão América.

Por Camilla dos Santos Batista

Filme Homem-Aranha

Foto: Divulgação


Segundo a empresa, o primeiro programa de jornalismo deve ser lançado em 2016, tendo Chelsea Handler como apresentadora.

A Netflix planeja investir em jornalismo nos próximos anos. A empresa mostrou interesse em atuar também com esse nicho em sua programação. 

A informação foi dada durante uma conferência internacional. O fato é que a Netflix já tem vários consumidores, está fazendo um grande sucesso, além de ser a criadora de séries originais como, por exemplo, House of cards, Narcos e Demolidor, entre outras. Sendo assim, nos próximos dois anos, o grupo deve ter em seus conteúdos algumas programações de notícias.

O CEO da Netflix, Ted Sarandos, afirmou que nesse mercado as notícias da empresa serão mais ousadas, um diferencial em relação aos outros grupos de comunicação. Tudo indica que, nos anos que vem por aí, a Netflix vai estar fazendo frente a HBO.

A Netflix está, de acordo com Sarandos, investindo e estudando vários projetos para que a plataforma de jornalismo possa ser uma das melhores do mundo; lembrando que a empresa já está investindo em documentários, afinal a tendência é realmente ampliar, cada vez mais, a programação, de modo a alcançar todos os perfis de clientes.

A Netflix focará em quase todo o tipo de informações de cunho jornalístico, salvo programações de natureza esportiva. Sarandos comentou que as atividades esportivas só funcionam melhor quando são ao vivo.

Pois bem, o primeiro programa de jornalismo deve ser lançado já em 2016. A apresentadora do programa, por sua vez, será a comediante e apresentadora de sucesso nos Estados Unidos, Chelsea Handler.

A empresa, bem como o grande público, estão com boas expectativas em relação a esse novo investimento da Netflix que, sem dúvida, vem surpreendendo todos a cada ano que passa. No mais, além do jornalismo, vale informar ao público brasileiro que a empresa também está produzindo uma série totalmente brasileira, com o nome de 3%. Vamos aguardar as surpresas da Netflix. 

Por Madson Lima de Oliveira

Netflix


Empresa alterou as resoluções das telas dos computadores, o mouse sem fio e o teclado.

Apple trouxe novidades na versão 2015 dos iMacs. A companhia alterou as resoluções das telas dos computadores, além de mudar o mouse sem fio e o teclado.

Agora, os Macs de 21,5 polegadas também contam com a resolução 4K e os modelos de 27 polegadas possuem resolução 5K. Com esta alteração, o iMac menor, de 21,5 polegadas, terá a tela com o mesmo alcance da densidade de pixels do computador maior, de 27 polegadas, o que melhora a definição da imagem.

Os acessórios, teclado e mouse, não ficaram atrás. A Apple inovou possibilitando que estes itens façam recarga através da porta Lightning, já que terão baterias integradas. Isso fará com que os dispositivos fiquem mais conectados com a ideia da empresa, além de facilitar o manuseio.

O teclado ainda apresenta uma redução considerável de espaço de 13%, que ocupará um espaço menor no local de instalação do computador. A empresa não deixou de se preocupar com o conforto dos usuários e utilizou um design que não alterou o tamanho das teclas. O trackpad, peça que é vendida isoladamente, utiliza o recurso Fouce Touch muito aprovado pelos consumidores no MacBook e ficou maior. O mouse também, com o objetivo de ficar mais ergonômico, teve o desenho refeito.

Apesar de possuir a tela 4K, o equipamento de 21,5 polegadas não apresenta alternativa da placa de vídeo dedicada. Assim, os usuários que estão buscando um gráfico mais encorpado podem ficar receosos na compra.

O processamento gráfico da nova versão é feito por um dispositivo da Intel, o GPU Iris Pro 6200. Aqueles que querem um processador Skylake e uma placa de vídeo dedicada ficarão restritos ao iMac de 27 polegadas.

As novas versões apresentadas pela Apple dos iMacs estão acessíveis para os compradores norte-americanos em qualquer loja oficial com um custo de a partir de US$ 1.499, que corresponde a cerca de R$ 5.755, para os modelos de 21,5 polegadas, e US$ 1.799, correspondente a aproximadamente R$ 6.910, para a versão de 27 polegadas.

Por Bruna Rocha Rodrigues

iMac 2015

iMac 2015

Fotos: Divulgação


A Anatel fez a homologação da nova geração da Apple TV. Mesmo assim o lançamento da Apple TV pode demorar ainda um pouco para ocorrer no Brasil.

No dia 30 de setembro a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou as documentações da homologação da mais nova Apple TV, sendo então a quarta geração.

A princípio, a Apple que pretende fazer um lançamento de toda sua linha nova de produtos juntos, ou com datas mais próximas umas das outras. No Brasil, recentemente a empresa recebeu também a homologação das baterias dos iPhones 6s/6sPlus e iPad Mini 4.

A1625é o número do novo modelo da Apple TV, no entanto, o Siri Remote, que é o novo controle do produto, está identificado com o número de A1513 pela Apple Brasil.

As homologações, no entanto, só serão oficialmente publicadas cerca de 90 dias, neste caso o lançamento da Apple TV pode demorar ainda um pouco para acontecer no Brasil, porém isso não será de grande atraso para nosso país uma vez em que o restante dos países também terão o lançamento da mesma divulgado a longo prazo.

No entanto, internacionalmente, o lançamento da Apple TV acontecerá no final de outubro, embora nada defina que com isso o produto possa também ser lançado no país na mesma data.

Já os usuários dos produtos Apple esperam que tanto a Apple TV quanto os novos iPhones sejam lançados com datas próximas ou, até mesmo, ambos na mesma data, isso devido à questão de facilidade de compras dos produtos lançados.

Mesmo não sendo ainda lançada, a Apple TV já tem em seu currículo o primeiro “escândalo”. Segundo pessoas do iFixit que publicaram algumas informações sobre o novo dispositivo, o que gerou uma confusão imensa com a Cupertino. Entretanto, a Apple preferiu então banir o aplicativo do site e também a conta que possuíam registrada. A empresa possuía um contrato com a Apple onde constava que era expressamente proibida a divulgação de tais informações do aparelho fora do tempo de divulgação oficial.

Por Walison de Lima Cunha

Apple TV


Netflix realizou uma parceria com o Oculus Rift, que oferecerá aos assinantes a realidade aumentada e a possibilidade de compartilharem o que estão assistindo através da própria plataforma.

A alta tecnologia literalmente chegou para incrementar nossos dias. Aquelas ideias que tínhamos assistindo os desenhos de “Os Jetsons” podem estar cada vez mais perto de se tornarem realidade. Prova disso é a novidade que o Netflix trouxe: a empresa anunciou que agora os assinantes terão a oportunidade de assistir vídeos com realidade virtual.

Tudo isso graças à parceria que a empresa realizou com o Oculus Rift. A novidade, anunciada através do Twitter da Oculus, foi recebida com muita empolgação pelos entusiastas de tecnologia.

Além de exibir o catálogo em realidade aumentada, o serviço também oferecerá a possibilidade de os usuários compartilharem o que estão assistindo através da própria plataforma. Todo o serviço de streaming estará disponível em breve, assim que os óculos chegarem para venda nas lojas.

E a novidade não para por aí: a Oculus anunciou que outros serviços de streaming também estarão em sua plataforma em breve, como é o caso do Vimeo, Twitch e Hulu.

Para quem não sabe, a realidade virtual oferece a possibilidade da pessoa que está assistindo algum conteúdo de se sentir como se estivesse dentro da própria cena, vivendo a ação ou bem próximo dela, como em um teatro. É uma tecnologia parecida com o ambiente 3D, com a diferença, entre outros recursos tecnológicos, no próprio óculos, que realmente parece algo bem futurístico.

Ainda não foi anunciado o valor inicial do gadget, nem quando ele estará disponível oficialmente nas lojas, muito menos quando o produto chegará ao Brasil. Porém, se formos considerar a fascinação de muitos entusiastas de tecnologia, tendo como base a fila de lançamento do novo iPhone, que ficou gigantesca nos Estados Unidos, podemos esperar também uma espera grande para quando esse produto chegar ao mercado.

Do jeito que anda a tecnologia, não é de se duvidar que nos próximos anos possamos interagir diretamente com o conteúdo que estaremos assistindo. É esperar para ver.

Por Felipe Villares

Netflix terá realidade virtual

Foto: Divulgação


Novo recurso da Netflix permite que os usuários criem cartões personalizados, onde podem acompanhar quantos episódios ou temporadas assistiram.

Os usuários do serviço de streaming Netflix têm disponíveis séries exclusivas com todos os episódios da temporada liberados de uma só vez. Ao perceber que seus usuários têm o costume de fazer maratonas de episódios, o Netflix resolveu criar um novo recurso, que permite que os usuários criem cartões personalizados, onde podem acompanhar quantos episódios ou temporadas assistiram, com quem, em que lugar e como. Após a criação do cartão, o mesmo pode ser compartilhado nas redes sociais Facebook, Twitter, enviado para os amigos por e-mail ou mesmo ser salvo como uma imagem JPEG. Dessa forma, os usuários possuirão maior controle dos episódios vistos e podem compartilhar suas maratonas de filmes com os amigos.

Confira como fazer seu cartão do Netflix:

1-      Acesse o site Binge Cards, pelo endereço bingecard.netflix.com, e clique na sua série favorita;

2-      Diga com quem você assistiu a série. Se assistiu sozinho, a opção “Single” deve ser escolhida, para duas pessoas, “Couple” e para um grupo, “Group”. Digite o nome das pessoas que viram a série com você e clique em “Next”;

3-      Agora é hora de indicar quantos episódios foram vistos, e em qual temporada. Através da opção “Seasons” você escolhe a temporada e em “Episodes” escolhe os episódios assistidos. Clique novamente em “Next”;

4-      Agora indique onde assistiu a série. Há opções como: no sofá, a opção “On the coach”, de férias, “While on Vacation”. Existem várias ocasiões disponíveis no site;

5-      Em seguida é hora de compartilhar a informação nas redes sociais. Clique em “Share” e escolha a rede social que deseja compartilhar ou então salve a imagem em JPEG em seu computador.

Pronto! Agora você já criou seu cartão personalizado, que pode ajudá-lo a manter um controle sobre os episódios assistidos, ou mesmo seja uma forma divertida de compartilhar suas conquistas com os amigos. Cada série possui um layout diferente para os cartões. Por enquanto, o recurso está disponível somente na língua inglesa e para as séries exclusivas do Netflix, como Narcos, House of Cards ou Orange is the New Black. A tendência é de que, com o crescimento e popularização da nova opção, outras séries sejam incluídas na opção do cartão.

Por Patrícia Generoso

Netflix


Com as novas atualizações feitas na Apple TV, ela pode se transformar em um mini-console onde os usuários poderão jogar games como Guitar Hero, Crossy Road, Disney Infinity ou Rayman Adventures.

Durante a Keynote, realizada pela Apple, a empresa anunciou diversas novidades entre seus produtos. A chegada de novos iPads, incluindo o iPad Pro, e os novos iPhones, foi o que chamou mais atenção no evento. No entanto, houve outras novidades atraentes para os amantes dos produtos da maçã.

A Apple TV sofreu algumas atualizações que lhe permite focar em games.   

Durante a apresentação da nova Apple TV, o CEO da Apple, Tim Cook, afirmou que a "visão para a TV é simples e talvez provocadora". Cook ainda disse que o futuro da televisão está ligado aos aplicativos. E são essas aplicações que concentram uma boa parte das novidades da Apple à sua set-top box.

Com acesso a uma loja de aplicativos própria, a Apple TV se transformou em um mini-console. Agora, os usuários do gadget poderão jogar títulos como Guitar Hero, Crossy Road, Disney Infinity ou Rayman Adventures.  

Outro ponto interessante é o fato que poder utilizar o iPod Touch ou iPhone como comandos em modo multiplayer local. O controle da Apple TV foi refeito, com um track pad na parte superior que permite uma melhor navegação entre os menus e as opções das aplicações. Diferente dos rumores anunciados, o controle remoto não é capaz de reconhecer gestos.   

Em relação a Siri, assistente pessoal, ela está aprimorada para ajudar o usuário a obter informações mesmo durante algumas transmissões. Existem quatro botões no controle: um dedicado a assistente pessoal, um para controle de volume, outro que leva ao menu principal da TV e ainda um botão que permite parar ou reproduzir os conteúdos.   

A atualização feita na Apple TV ainda oferece um sistema de pesquisa universal que proporciona ao usuário procurar não só por conteúdo no iTunes, mas em serviços como HBO, Showtime, Hulu, entre outros. A Apple TV oferece um sistema próprio, o tvOS,que é baseado no sistema móvel da empresa, o iOS. Tal sistema é projetado pensando nas necessidades específicas dos usuários de TV.  

A nova Apple TV conta com um processador A8 com arquitetura 64-bits, conexão Bluetooth 4.0, Wi-Fi 802.11ac com tecnologia MIMO e um receptor infravermelho. Uma conexão HDMI e outra Ethernet também estão presentes no aparelho.

A Apple TV deverá chegar ao mercado no final de outubro e irá custar US$ 149 para a versão de 32 GB e US$ 199 para a versão de 64 GB.

Por William Nascimento

Games na Apple TV

Foto: Divulgação


Nova TV da Philips será lançada no mercado brasileiro a partir da segunda quinzena de setembro. Ela terá tecnologia 3D com 4 óculos, e ainda irá trazer alguns games adaptados à nova plataforma.

A Philips anunciou mais uma TV, desta vez trazendo uma super novidade que é uma série de modelos com o nome "Android TV Ultra HD", no intuito de garantir aparelhos que possam concorrer com os novos lançamentos da Sony.

A televisão vem com o sistema operacional do Google e já estará disponível no mercado brasileiro a partir da segunda quinzena de setembro.

O problema destes novos monitores continua sendo o preço. Este modelo da Philips, por exemplo, custará entre R$ 3.999,00 e R$ 6.199,00 de acordo com a versão escolhida pelo consumidor.

O modelo de entrada é o "6700" que traz opções de tela com 50" e 55". O modelo "7100" conta com várias novidades, entre elas o display 3D e também um controle especial com teclado "QWERTY", tendo telas de 49" e 55".

Os novos televisores voltaram a apostar na tecnologia 3D e agora oferecem 4 óculos, que servem para ver os conteúdos exclusivos em 3D e também para os apaixonados por games poderem disputar suas partidas com muito mais emoção, através da função "Dual View Game".

A Sony tem lançado TVs com boas novidades para quem gosta de games e a Philips resolveu seguir este mesmo caminho, trazendo inclusive alguns games adaptados à nova plataforma, rodando a 30 quadros por segundo e sem ficar travando.

Estes novos modelos de TVs não têm placa de vídeo, como nos computadores próprios para games e o processador, mesmo sendo de dois núcleos, não consegue ter o poder necessário para os games mais pesados, então quem gosta de games que exigem mais do processamento, vai ter que escolher entre PS4 ou Xbox One.

Mas com o sistema Android, a Philips quer explorar os jogos na nuvem, ou seja, o usuário começa o jogo em seu smartphone e pode parar para depois continuar em casa, jogando pela TV, começando exatamente de onde parou.

A Philips aposta ainda em um visual semelhante ao dos smartphones, com ícones maiores, além de abrir aplicativos para ver na própria TV. E com o Android TV, ficará mais fácil para realizar pesquisa por áudios, por exemplo, pois o sistema vai se acostumando a reconhecer a voz do usuário.

Por Russel

Philips Android TV Ultra HD

Philips Android TV Ultra HD

Fotos: Divulgação


Queda registrada foi de 39%, com 4,85 milhões unidades vendidas contra 7,93 milhões no mesmo período de 2014.

O mercado brasileiro está em constante agitação pelo fato que o sinal a partir de maio de 2016 vai deixar de ser Analógico e passar para o Digital, mas isso não impediu do primeiro semestre de 2015 apresentar uma queda de 39% com relação à venda de televisores.

Para notar como essa queda foi considerável podemos pegar como referência o fato de que no mesmo período no ano passado foram vendidas exatamente 7,93 milhões (no ano todo passado o valor total chegou ao registro de 14,99 milhões), enquanto que no primeiro semestre de 2015 esse valor chegou a 4,85 milhões, conforme dados da Associação Nacional de Fabricantes e Produtos Eletroeletrônicos (Eletros).

Agora qual foi a razão dessa queda?

Um dos motivos mais nítidos é fato da ocorrência no ano passado da Copa do Mundo e juntamente com isso os consumidores preferiram realizar a compra antes do evento para ver os jogos da seleção brasileira em alta definição.  Fora isso ainda temos a atual crise econômica que o país está passando e que causa um impacto significativo direto na vida do consumidor.

A televisão antes era considerada pertencente a “linha marrom” e atualmente ela é vista como um “produto nobre”, ou seja, junto com as revoluções dentro da renovação tecnológica encontramos aparelhos com os mais diversos tipos de definições e recursos que agradam um público consumidor caracterizado pelo fato de gostar de ter e substituir os seus aparelhos a cada temporada.

Fora os televisores, outros produtos ainda tiveram uma queda nas vendas como os fogões, os refrigeradores e as lavadoras que no primeiro semestre do ano passado conseguiram vender 8,3 milhões de unidades, enquanto que agora em 2015, também durante o primeiro semestre, esse valor chegou a apenas 7,43 milhões de unidades, ou seja, uma queda de exatamente 11%.

Os processadores, os aspiradores, as cafeteiras e os ferros de passar também passaram pelo mesmo tipo de redução em relação do primeiro semestre de 2014, sendo que nesse período foram vendidas 25,6 milhões de unidades, enquanto que em 2015 foram apenas 20,6 milhões (redução de 19%).

Uma coisa é certa, acredita-se que com a alta divulgação pelo governo e também com a aproximação da troca para o sistema digital ocorra um aumento em torno de 60% dos televisores.

Por Fernanda de Godoi

Venda de TVs

Foto: Divulgação


Novidade necessita apenas de uma Smart TV conectada à internet para que jogos funcionem na nuvem.

O mundo dos games a cada dia oferece mais novidades aos seus usuários. A novidade da vez é um sistema de jogos através de uma nuvem, que permite que o usuário possa ter acesso e jogar qualquer jogo normalmente, sem a necessidade de um console. Basta apenas possuir uma Smart TV.

A tecnologia é possível, pois as TVs Smart já vêm equipadas de fábrica com um processador de quatro núcleos, que permite que o jogo rode perfeitamente, sem travamentos ou problemas técnicos. Os modelos de Smart TV de telas curvas possuem um processador ainda mais potente: de oito núcleos, o que possibilita rodarem os títulos mais pesados dos games.

O PES 2015, já vem adaptado para a novidade, pois acabou de entrar no acervo do GameFly no Brasil, um acervo que transmite vários jogos pela internet. Quem tiver uma Smart TV Samsung poderá ter acesso ao jogo, diretamente na nuvem e poderá jogá-lo sem a necessidade de possuir um videogame. Para ter acesso ao acervo do GameFly o usuário pagará uma taxa mensal, o equivalente a R$ 21,90, mas também haverá uma opção para quem quiser comprar jogos separadamente, sem a necessidade da taxa mensal.

A Konami é a primeira empresa que trouxe um jogo para o serviço de nuvem da Samsung. A empresa confia no sucesso do novo método, pois escolheu um jogo que é a preferência nacional: o futebol. Para ter uma experiência agradável com o jogo, é recomendada uma conexão de ao menos 8MB com a internet.

O futuro do mercado de videogames parece estar fadado ao fim, se a nova tecnologia agradar o mercado brasileiro. Se o custo-benefício de adquirir uma Smart TV for maior do que a de adquirir um console, provavelmente acontecerá uma grande queda das vendas.

Os fabricantes de consoles precisam urgentemente adotar uma medida para que a popularização do sistema de jogos em nuvem não atinja gravemente a indústria, sob o risco de extinção para os próximos anos.  

Por Patrícia Generoso

Jogar direto na TV

Foto: Divulgação


Netflix firmou um acordo com a empresa Telecom Itália. Para assistir os conteúdos do Netflix, os clientes deverão ter um decodificador fornecido pela empresa de telefonia italiana.

Cada vez mais em crescimento em todo o mundo, o Netflix está de olho também no mercado italiano. A empresa acaba de firmar um acordo com a Telecom Itália. A empresa de telefonia italiana anunciou na última quarta-feira (dia 29) que firmou um acordo com a empresa de Streaming, e que deseja impulsionar a demanda por uma internet mais rápida no país, que atualmente ocupa a terceira posição econômica na Zona do Euro.

Para melhorar a internet italiana, a Telecom está aumentando seus investimentos a fim de construir redes de fibra ótica modernas. Outra providência da empresa é fechar acordos com os provedores de conteúdo do país, como forma de somar novas fontes de receita ao capital da empresa. Todas essas iniciativas visam diminuir a perda que os serviços de telefonia vêm sofrendo, frente à competição dos conteúdos online.

Para assistir os conteúdos do Netflix, os clientes deverão ter um decodificador fornecido pela empresa de telefonia italiana. Os detalhes do acordo, como os valores da parceria não foram revelados pelas duas empresas.

Já no lançamento da parceria, os clientes que tiverem o decodificador poderão ter acesso a séries atuais de sucesso como “Sense 8” e “Demolidor”. Os documentários do canal e as comédias stand-up também serão disponibilizados, além da seleção especial de programas voltados para o público infantil.

Com a parceria, as duas empresas ganham muito: o Netflix estará mais perto de um de seus objetivos: superar a audiência de canais de TV abertos e fechados, como a CBN e a HBO. Além disso, a empresa também alcançará cada vez mais clientes, que empolgados com as novidades oferecidas farão uma propaganda positiva sobre o canal de streaming, além de em alguns casos, contratar o serviço para mais de um dispositivo simultaneamente (funcionalidade exclusiva para os assinantes Netflix) e a Telecom Itália manterá seus clientes, oferecendo um diferencial no mercado, e pode, quem sabe, reverter o cenário negativo e conseguir mais adesões.

Por Patrícia Generoso

Netflix na Itália


A velocidade da internet é o principal motivo para que a qualidade do streaming seja ruim em sua TV, por isso, é essencial verificá-la e solucionar o problema.

O brasileiro está cada vez mais empolgado com os serviços de streaming, principalmente para assistir a filmes, porém na melhor parte, costuma travar e isso irrita bastante. Geralmente, o problema é causado pela internet lenta, mas este não é o único motivo, por exemplo, se os cabos estiverem danificados, também irá prejudicar a transmissão.

Quem gosta de assistir o Netflix na TV ou os vídeos do YouTube, precisa ficar atento a vários problemas para saber como, de fato, melhorar a qualidade do serviço de streaming em sua TV.

A primeira dica é verificar logo a velocidade da internet, pois este é um dos principais motivos para a qualidade ruim do streaming. Há vários sites que oferecem "velocímetros" para você saber qual é a velocidade de sua internet. Muitas vezes acontece também da velocidade estar normal, mas ter muitos programas acessando a conexão, como downloads, atualização de antivírus, etc. E até um vírus no computador pode utilizar a internet, deixando a conexão ruim para o serviço de streaming. Se você quiser assistir filmes com resolução HD sem travamentos, o ideal é ter pelo menos 5 megabits por segundo de velocidade em sua internet.

Em residências maiores ou de 2 andares, acontece do sinal perder qualidade e para isso deve-se utilizar um "repetidor de sinal", assim a conexão Wi-Fi conseguirá entregar o sinal com melhor qualidade em todos os locais da residência, inclusive na sua TV, para que você possa utilizar o serviço de streaming sem problemas.

Importante lembrar nesta hora que os modelos de Smart TV já contam com sua própria recepção Wi-Fi e há os modelos que utilizam um dongle para que seja feita a conexão. Se você perceber que o filme por streaming está travando muito, tente assistir este filme por um outro aparelho, pode ser pelo computador mesmo, só para você testar se o problema é na internet ou na recepção do Smart TV. Se você conseguir assistir ao filme sem problemas no seu computador, então a conexão com a internet está ok, sendo assim, deduzimos que o problema esteja na conexão do Smart TV.

Faça uma nova conexão da TV à internet e veja se melhora.

Por Russel

Internet


Crescimento do serviço de streaming é enorme e com os novos clientes, agora passa a marca de 65 milhões de adesões em todo o mundo.

Este ano tem sido um excelente ano para o Netflix. O serviço de streaming que oferece filmes e séries por uma mensalidade fixa tem conquistado cada vez mais fãs e, consequentemente, teve o preço de suas ações mais que duplicado neste ano.

A empresa teve um aumento de 3,28 milhões de clientes em todo o mundo. Essa quantidade de novas adesões aconteceu em apenas três meses e a empresa agora passa a marca de 65 milhões de adesões em todo o mundo.

Só nos Estados Unidos, a empresa ganhou cerca de 900 mil novos assinantes, número maior do que o previsto (600 mil) e internacionalmente o número de novas assinaturas foi de 2,37 milhões, também maior do que o projetado pela empresa (1,9 milhões).

Mas por que o Netflix faz tanto sucesso ao redor do mundo? No princípio de seu funcionamento, a empresa oferecia filmes que já haviam saído de cartaz nos cinemas em streaming, o que já lhe rendia boas adesões, já que é possível escolher o dia e a hora em que o filme será assistido e sem a necessidade de ocupar a memória de seu computador ou dos dispositivos de armazenamento móvel. Outra novidade implementada pelo Netflix é a possibilidade de assistir simultaneamente em até quatro aparelhos, dependendo de sua mensalidade. Há também a opção de filmes e séries em HD. Mas talvez o impulsionador das adesões em todo o mundo sejam as novas séries exclusivas do canal. Aclamadas pelo público e pela crítica, as séries são um verdadeiro atrativo aos novos clientes, e a oportunidade de assistir a qualquer horário também é uma vantagem a mais do sistema.

As pesquisas afirmam que o  Netflix pode superar a audiência das TVs já no próximo ano. Isso se deve ao fato de que a mensalidade do canal é muito mais atrativa do que o das TVs por assinatura por exemplo.

O Netflix pode ser o futuro da forma como assistimos TV? O que você acha?

Por Patrícia Generoso

Netflix


Nova tecnologia permitirá que as imagens sejam puxadas para fora da tela das TVs.

Quantas vezes você já sentiu aquela vontade enorme de puxar algo que estava sendo mostrado em sua televisão? Pois uma nova tecnologia promete justamente isso, que os usuários destas novas TVs possam "puxar" a imagem para fora da tela.

A pesquisa neste sentido vem sendo muito bem conduzida por um grupo de universidades europeias que pretendem fazer com que os displays deem mais um salto na forma de interagir com as pessoas.

Quando os computadores começaram a chegar às casas, muitos acharam que as televisões seriam deixadas de lado, mas vieram as TV's de tela fina, os modelos 3D e tantos outros que vêm sendo lançado e fazendo com que a televisão ganhe novo lugar de destaque nos lares e agora, as telas poderão literalmente, interagir com o telespectador.

O grupo formado pelas universidades europeias não quer lançar apenas mais uma TV que tenha um número maior de pixels ou que tenha a tela mais fina, o grupo está trabalhando em um novo projeto, chamado de "Ghost", que pretende transformar a tela dos televisores de forma que elas se adaptem aos gestos de quem está assistindo e assim, as imagens mudariam até as formas, adaptando-se a novas formas à medida que vão sendo tocadas.

A tecnologia utilizada para isso se chama "Levitação por Ultrassom" e é capaz de possibilitar que a imagem se molde ao toque da pessoa. Com isso, já seria possível até dar formas 3D realmente "reais" para as imagens, o que ainda não é possível nas telas que hoje temos no mercado.

Apesar do projeto não ter previsão para chegar ao mercado, já estão sendo feitos vários estudos neste sentido, para saber quais seriam as aplicações mais interessantes para o "Ghost" e uma das aplicações seria nos mapas digitais, onde poderíamos ver o relevo das regiões.

Outra aplicação importante seria na área da medicina, onde seria possível criar um órgão do corpo humano em 3D, para que pudesse ser operado por um médico que estivesse em treinamento ou por um estudante do curso de Medicina.

Infelizmente, estima-se que ainda sejam precisos mais 10 anos de trabalho para que este projeto alcance um estágio bem mais avançado e possa vir a ser utilizado até em smartphones e tablets.

Por Russel

TVs Samsung

TVs Samsung

Fotos: Divulgação


Netflix teve uma ampliação de sua audiência em cerca de 40% por ano. São 62 milhões de assinantes em todo o mundo e o serviço pode ganhar mais de 174 milhões de novos assinantes até 2020.

A Netflix começou a ficar famosa por oferecer reproduções de filmes famosos, por uma mensalidade fixa mensal. Com um dispositivo como um computador ou uma televisão com acesso à internet, é possível assistir filmes em tempo real, sem a necessidade de ocupar a memória de seu computador ou dispositivos de armazenamento.

As inovações oferecidas pela empresa Netflix cresceram ao longo do tempo, assim como os seus assinantes. Atualmente há a opção de assistir filmes em HD, além de fazer mais de um perfil para assistir simultaneamente em aparelhos diferentes. É possível assistir em até 4 dispositivos simultaneamente, dependendo de sua conta.

Atualmente, séries exclusivas para os assinantes também foram disponibilizadas, com alto nível técnico e aclamadas pela crítica. Todas essas inovações fazem com que a Netflix seja uma alternativa relativamente barata à TV aberta e também às TVs por assinatura, já que o telespectador pode escolher o filme ou a série que deseja ver, em qualquer hora.

Um analista da FBR Capital Markets afirma que a audiência da Netflix pode superar a das diferentes redes de televisão já no próximo ano. Segundo a sua análise, a empresa de streaming teve uma ampliação de sua audiência em cerca de 40% por ano, e no primeiro trimestre deste ano seus assinantes já tiveram um consumo de 10 bilhões de horas de vídeo.

Segundo o analista, se a Netflix fosse incluída nas pesquisas de publico e audiência nos EUA, já teria alcançado as redes de televisão ABC e NBC e passaria a CBS e a Fox já no próximo ano. Atualmente a Netflix já tem mais de 62 milhões de assinantes em todo o mundo e pode ganhar mais de 174 milhões de novos assinantes em 2020, pelas grandes inovações e bom preço que oferece.

Se as emissoras de TV não conseguirem novos atrativos para seus clientes ou se não oferecerem pacotes de serviços mais atrativos a seus clientes, a tendência é que o canal Netflix absorva ainda mais clientes.  Uma revolução no modo de ver TV está começando.

Será que as concorrentes se adaptarão às novas funcionalidades oferecidas pela Netflix e oferecerão ainda mais opções para seus clientes?

Por Patrícia Generoso

Netflix


Nova TV possui modelos de 49, 65 e 75 polegadas e pode ser encontrada por preços que variam de R$ 5 mil a R$ 17 mil.

A Sony iniciou a venda da Smart TV com sistema Android no Brasil. A empresa japonesa lançou o produto no dia 11 de junho deste ano. Segundo informações, a linha possui modelos de 49, 65 e 75 polegadas. Os preços estão entre R$ 5 mil e R$ 17 mil. Todos os modelos possuem qualidade de imagem 4K, tornando as imagens exibidas na tela bastante nítidas.

A Sony promete qualidade de imagem ultra HD graças ao processador X1 presente nos novos modelos, que garante uma vasta gama de textura, cores e nitidez. Além disso, o sistema de som presente no produto possui qualidade estéreo.

Os modelos devem contar com 120 aplicativos iniciais para os clientes brasileiros. O novo projeto de televisores da Sony com Android promete superar até mesmo o Google TV, que não obteve grande sucesso.

O sistema empregado nos televisores devem reconhecer a voz do usuário e obter as informações sobre as pesquisas realizadas. Basta pressionar um botão no controle, aproximá-lo e realizar a pesquisa. Esse sistema é bastante inteligente, pois ele é capaz de diferenciar quando o usuário está conversando e quando está realizando uma pesquisa.

A empresa Google responsável pelo sistema AndroidTV garante que irá disponibilizar updates constantes para que os usuários tenham a melhor experiência. Além disso, o primeiro update deverá ser realizado após trinta dias após o lançamento do produto.

Os jogadores também serão beneficiados. O modelo da Sony vem com suporte ao seu videogame de última geração, o Playstation 4.

Os produtos estão nas prateleiras das lojas desde o dia 29 de junho. Outra forma de adquirir o produto é por meio do site oficial da Sony. Para a grande São Paulo, a entrega é realizada no mesmo dia.

Sem dúvidas, o televisor da Sony 4K com sistema Android integrado é uma excelente opção para quem deseja praticidade e qualidade de som e imagem.

Por Wendel George Peripato

Smart TV da Sony

Foto: Divulgação


Novo filme irá estrear em 9 de julho nos cinemas.

Quem curtiu a aventura anterior de John Bennett e seu urso Ted pode preparar-se por que vem muito mais aventura por aí. Um desejo de infância de John que se torna realidade: que seu ursinho de pelúcia, seu único amigo, ganhe vida – assim nasce Ted e os dois se tornam amigos inseparáveis. Ted acaba ganhando fama, mas logo é esquecido. Suas principais características são o comportamento irresponsável e vulgar e que, muitas vezes, atrapalha a vida de John Bennett. Outras características que lhe são atribuídas: grosso, debochado, imaturo, mal-educado e beberrão.

Pois a dupla volta no próximo mês, em Ted 2, a continuação do longa de sucesso de 2012 e com previsão de estreia dia9 de julho. A dupla volta para mais um desenrolar cheio de baixarias (não espere ver um urso de pelúcia politicamente correto). A história desta vez é que Ted se casa e pretende ter um filho, só que precisa de um doador de esperma e que a justiça libere.

O novo filme conta um com elenco espetacular, além de Mark Wahlberg, tem Liam Neeson, Amanda Seyfried, que é a namorada de Wahlberg (a nova, pois a namorada do primeiro filme era Mila Kunis). O excepcional Morgan Freeman também dá as caras, ele é o advogado especializado em direito civil e é quem ajudará nosso amigo Ted a provar que é uma 'pessoa' apta a cuidar de uma criança, só assim ele poderá ter o filho que tanto quer. Mila Kunis também aparecerá, em uma participação especial.

Deixamos para o final um detalhe: adivinhe quem será o doador de esperma para que Ted e a esposa consigam ter um filho? Acertou quem disse John.

Então, esse filme promete muita diversão ou não? Lembrando que o filme é recheado de obscenidades e vulgaridades, inclusive, sua classificação indicativa é de filme proibido para menores.

Programe-se para a diversão, não esqueça, é 9 de julho.

Por Elia Macedo

Ted 2


As Smart TVs são aparelhos de televisão que possuem o acesso à internet.

Atualmente, quando se vai adquirir um televisor ou saber informações a respeito de um, uma das primeiras informações que estão sendo trazidas é que aquele aparelho é uma Smart TV, porém muitas pessoas, nos dias atuais, não sabem sequer o significa este termo e quais são as vantagens de se ter esse tipo de aparelho em casa ou em sua empresa.

As Smart TVs são televisões que além de conter as funções básicas de uma televisão comum, daquelas que todo mundo já conhece, elas também têm uma característica essencial nos dias atuais e que acompanha a evolução do atual momento tecnológico que vivemos, que é o acesso à internet.

Então resumindo, Smart TV são televisores que possuem a capacidade de acessar a internet, também conhecidas por alguns como televisão híbrida, uma vez que por meio do acesso à internet os usuários destas televisões conseguem visualizar tanto a programação convencional das TVs abertas e a cabo, quanto alguns conteúdos oriundos da internet, tais como vídeos, filmes e seriados.

Mas é óbvio que de nada adianta adquirir este tipo de televisão se a pessoa não possui internet ou em casa ou não tenha a intenção de ter, uma vez que para desfrutar de todas as funcionalidades que este tipo de aparelho proporciona, o seu proprietário precisa possuir, obrigatoriamente, um roteador ou qualquer outro tipo de dispositivo que seja capaz de transmitir o sinal de internet via Wi-Fi.

Com o avanço da tecnologia deste tipo de televisor, atualmente, não precisa nem da conexão da internet ser via cabo, pois estes tipos de televisores já estão vindo de fábrica com dispositivos de rede internos que têm a função de detectar o sinal Wi-Fi de internet do ambiente em que elas estão e assim se conectarem.

A grande vantagem de possuir um televisor desse tipo em casa é o fato de que, quando eles estão conectados à rede de internet, dão aos usuários a capacidade de ter acesso a e-mails, Facebook, Youtube bem como diversos aplicativos interessantes, tais como games, aplicativos para assistir filmes online dentre muitos outros mais.

Por Adriano Oliveira

Smart TV da Samsung

Foto: Divulgação


As emissoras passarão a ter somente sinal digital, em substituição do sinal analógico, e para acompanhar essa mudança é preciso ter um dispositivo com a capacidade de captar ou transformar o sinal digital para o seu televisor.

Com o avanço da era digital, nem mais o sinal de TV escapa. O novo sistema de sinal, chamado de HDTV foi ao ar oficialmente pela primeira vez no dia 2 de dezembro de 2007, às 21h20, na cidade de São Paulo.

A partir de maio de 2008 começou a campanha para a popularização do sinal digital no país. A intenção seria substituir o sinal analógico, que apresenta falhas e interferências, pelo sinal digital, livre de interferências e com alta qualidade de imagem e som.

A campanha foi um sucesso e atualmente grande parte das TVs abertas do país já transmitem suas programações em dois formatos: o digital e o analógico.

A adesão ao formato digital foi tão grande que algumas emissoras, como a Globo, por exemplo, anunciaram que até o final do ano interromperão a transmissão de seus sinais digitais, substituindo-os completamente pelo sinal analógico.

O problema é que nem todas as TVs possuem a capacidade de receber ou converter o sinal digital. Existem dois dispositivos com a capacidade de captar ou transformar o sinal digital para o seu televisor:

– O receptor digital: É ele que deverá ser instalado nos televisores mais antigos. Ele capta o sinal digital e reproduz naturalmente em seu televisor. Mas o sinal é transmitido sem a excelência digital completa. Esse dispositivo deve ser utilizado para que você continue recebendo o sinal da emissora

– O conversor digital: Ele irá receber o sinal e convertê-lo para o formato digital. Esse equipamento já está presente em todas as TVs mais modernas, mas se você possui um modelo antigo que não tenha essa peça é possível comprar o modelo externo, que oferecerá o mesmo sinal para você.

O importante nesse momento de transição do sinal de TV no Brasil é não ficar de fora das inovações. Se a sua TV ainda não possui o equipamento necessário para converter o sinal, é altamente aconselhável adquiri-lo. Pode ser  o fim das “ajeitadinhas” na antena para uma melhor recepção de sinal, ou das interferências por causa de chuva ou vento, por exemplo.

Por Patrícia Generoso

Receptor digital

Conversor digital

Fotos: Divulgação


A previsão de chegada ao Brasil é em julho deste ano. Tal feito foi possível pela parceria entre o Google e a Sony.

O Brasil vai receber as primeiras televisões com o sistema operacional Android, agora no mês de julho, graças a uma parceria entre o gigante de buscas Google e a Sony que está apostando no potencial do Brasil para estes modelos de televisões.

Por enquanto, somente através do dispositivo Nexus Player era possível ter acesso à plataforma, mas em breve esta novidade estará disponível para todos os brasileiros.

O modelo ultrafino da Sony oferece a opção Full HD e tem o modelo com imagem 4K com tamanhos de 49" a 75" e os preços variam bastante, de acordo com o modelo da TV, por exemplo, a TV mais básica custará R$ 5 mil que equivale ao modelo Ultra HD de 49". Já o modelo top de linha, com imagem 4K e 75" custará pelo menos R$ 18 mil!

Mas todos os modelos contarão com o processador X1 que é da própria Sony e que é o responsável por garantir tamanha nitidez nas imagens, oferecendo também um número superior de cores e um ótimo contraste.
O sistema operacional Android é bem fácil de ser utilizado e isto é um ponto a mais para que a TV conquiste os brasileiros. O novo Android TV está bem mais enxuto em sua última versão. Em um só lugar o usuário poderá encontrar o "marketplace" do Google Play, além dos serviços que oferecem música e filmes, além de terem acesso ao YouTube e o Google Cast para que o usuário possa transmitir conteúdo multimídia de seu smartphone ou tablet para a TV.

E o Android TV chega ao Brasil com uma grande vantagem, pois já são mais de 120 aplicativos disponibilizados exclusivamente para ele. E diversos desenvolvedores locais estão trabalhando para garantir novos aplicativos para os aparelhos.

A empresa ainda se comprometeu a oferecer atualização para o sistema operacional em até 30 dias, de forma que todos os dispositivos possam ser atualizados dentro deste período.

O Android TV ainda oferece um sistema de busca inteligente que é comandado por voz, é só clicar no botão que se encontra no topo do controle para registrar o comando de áudio que você desejar. Na verdade, este sistema de busca funciona como se fosse uma versão da "Siri", só que para a TV, pois você pode fazer várias perguntas sobre artistas, filmes ou músicas.

As televisões rodando Android TV deverão fazer sucesso por aqui, pois são realmente inteligentes e ágeis, além de contar com um buscador que certamente vai atender a grande maioria dos brasileiros.

Por Russel

Android TV

Android TV

Fotos: Divulgação


Nova linha traz uma melhora da qualidade dos sons e das imagens produzidas pelas TVs.

A famosa empresa de eletroeletrônicos LG mais uma vez saiu na frente, pois ela fez o lançamento oficial, no dia 12 de maio, da sua mais nova linha de TVs, a linha de aparelhos Ultra HD 4K. Essa linha de aparelhos tem como principal atrativo para o consumidor uma melhoria da qualidade dos sons e das imagens produzidas pelos televisores.

Ao todo, essa nova linha de aparelhos possui oito modelos distintos de televisores com preços que têm uma variação de R$ 5.249 para a versão de menor tamanho que é a de 49 polegadas a R$ 13.999 para a de maior tamanho disponível que é a de 65 polegadas. A empresa também tem outro televisor ainda maior que é de 79 polegadas, porém para este modelo o preço ainda está sob consulta.

O design dessa nova linha de televisores é totalmente ultraslim, tendo em vista que elas possuem apenas 8,5 milímetros de espessura, que segundo a fabricante é a menor existente, atualmente, no mercado. Para quem não consegue entender o que seria uma televisão com tecnologia de resolução Ultra HD 4K, este tipo de televisor possui nada mais nada menos do que o quádruplo de megapixels de um televisor comum daqueles somente om tecnologia de resolução Full HD.

Outra questão que diferencia os aparelhos com tecnologia Ultra HD é uma película exclusiva da marca LG que tem a função de ampliar a gama de cores em até 30%, película esta que foi batizada com o nome de Color Prime. Não há como negar, as diferenças são gritantes e perceptíveis, uma vez que principalmente as cores quentes neste tipo de televisor ficam mais brilhantes e vivas.

Diferentemente das versões anteriores, esses novos modelos de TV da LG possuem teclado numérico e trazem consigo o controle Smart Magic, o qual tem a incrível capacidade de detectar sons e movimentos.

Com relação ao design, em todos os modelos não há a presença de bordas, sendo que elas possuem um modelo de base inclinado que tem a função primordial de refletir o som do televisor para frente.

Por Adriano Oliveira

TV Ultra HD 4K

Foto: Divulgação


Novas TVs são divididas em modelos 2K e 4K e variam entre 40 e 75 polegadas.

A empresa de origem japonesa Sony lançou, no último domingo, 19 de abril de 2015, uma nova linha de televisores com o sistema operacional Android e que são dotados de uma alta resolução.

No total, são nove aparelhos distintos que funcionam com o Android e, as telas variam entre 40 até 75 polegadas. Ainda, as televisões são divididas em dois modelos: 2K e 4K e têm as resoluções mais altas do mercado tecnológico. Todos eles são produzidos com o chip X1 e, ainda, o processador é responsável pela melhoria no balanceamento das cores, otimização e definição na imagem da TV.

Dentre os modelos 2K estão o R510C, W850C e W800C e os preços podem chegar até R$ 9.000,00. Já os 4K podem custar de R$ 4.000,00 até R$ 24.000,00 e se dividem entre os modelos X830C, X850C, X900C, X910C, X930C e X950C. Os dois primeiros modelos ainda não tiveram os valores divulgados.

No entanto, o modelo que mais chamou a atenção na linha é o X900C, que já é considerado a TV mais fina do globo, com espessura de menos de 0,5 centímetros.

Outra novidade é que o fato da TV vir com o Android possibilitará que esta troque informações com o smartphone, além de poder espelhar a tela do smart na TV.

Os modelos serão vendidos, por enquanto, apenas nos Estados Unidos e não há data para chegada dos produtos aqui no Brasil.

A Sony:

Fundada no ano de 1946 em Tóquio, foi a primeira empresa a criar um gravador de fita cassete no Japão. A multinacional de origem japonesa é considerada a quinta maior em produção de eletrônicos, sejam televisores, celulares, computadores, câmeras fotográficas e jogos.

Ainda, a Sony é dona de algumas marcas conhecidas como a AXN, Discman, Olympus, Sony Music, Vaio, Xperia, além do estúdio cinematográfico Columbia Tri-Star Pictures.

No Brasil, a empresa se instalou em 2008 na cidade de São Paulo.

Por Andréa Corneli Ortis

TV Android da Sony

TV Android da Sony

Fotos: Divulgação


PlayStation Vue é o novo serviço da Sony

A Sony está lançando seu serviço de TV por assinatura, só que pela internet! O serviço vai oferecer os programas já conhecidos dos norte-americanos na grade de TV da empresa. Um dos motivos da empresa ter tomado esta decisão, é o desafio que a TV por assinatura vem enfrentando com o Netflix que não para de crescer e conseguir novos assinantes.

Chamado de PlayStation Vue, o novo serviço da Sony vai começar devagar, sendo que nesta primeira etapa somente ficará disponível em Nova York, Filadélfia e Chicago. Poderão assinar o serviço todos os clientes que possuírem o PlayStation 4 e também o PlayStation 3. Em breve, o serviço será oferecido em outras cidades dos Estados Unidos e também para usuários de iPad da Apple.

Um importante diferencial que será oferecido pela Sony é que o serviço contará com programas ao vivo, que geralmente atraem um maior número de clientes. O valor ficará entre US$ 50 e US$ 70, cerca de R$ 162,00 e R$ 227,00 sendo que o valor vai variar de acordo com os canais que forem contratados pelo assinante.
Nos Estados Unidos é cada vez maior a procura por serviços de assinatura de TV através da internet, estes serviços estão sendo chamados de "cord-cutters" ou literalmente traduzindo, "cortadores de cabo".
A Sony que tem visto seus clientes migrarem para este outro serviço não quis perder mais tempo e agora promete competir também neste novo mercado que promete ser o futuro da TV por assinatura.

O Xbox One já está oferecendo um serviço bem parecido e a Microsoft ganhou força com o aplicativo da Sling TV, que disponibiliza canais de TV através da internet e também teve uma ótima aceitação no mercado.
A Sony vai combinar programas ao vivo com programas por demanda, assim o usuário poderá contar como os benefícios oferecidos pela TV por assinatura com a programação online. No mercado americano, a concorrência nesta área está cada vez maior e a Sony entra na briga disposta a ficar com boa parte deste mercado.

O executivo-chefe da Sony, Andrew House, disse que a televisão está passando por um momento de profunda transformação e o PlayStation Vue chega justamente para atender às necessidades deste setor, adaptando-se às novas realidades e necessidades destes telespectadores.

Por Russel

Playstation Vue

Foto: Divulgação


A empresa Semp Toshiba está apresentando ao mercado televisões com preços mais baixos. Isso se torna uma excelente escolha para as pessoas que buscam uma boa marca que ofereça produtos de qualidade. Abaixo estão listadas as TVs com um preço mais acessível no país:

– TV Semp Toshiba LE1958W 19”:

Possui um valor de venda entre R$ 360 e R$ 450. É caracterizada por ter uma tela pequena, é uma LED HDTV de 768p e possui funcionalidades como Conversor Integrado, porta HDMI, USB e conexão com o PC.

TV Semp Toshiba LE1958W

– TV Semp Toshiba DL3277I 32”:

É caracterizada por ser uma TV LED de 32 polegadas que fornece acesso à internet. Também é caracterizada por ser HDTV, tem a possibilidade de controlar vários aparelhos compatíveis apenas com o controle remoto utilizando a tecnologia HDMI-CEC.

TV Semp Toshiba DL3277I

– TV Semp Toshiba 39L2300 39”:

O diferencial da TV Semp Toshiba 39L2300 é a apresentação da resolução Full HD, somado a ser Smart e possuir uma tela de 39 polegadas. Ela também possui Conversor Digital Integrado, conexão HDMI-CE, serviço PVR Ready, entrada USB e duas entradas HDMI.

TV Semp Toshiba 39L2300

– TV Semp Toshiba L5400 40”:

Este modelo possui tela de 40 polegadas, com resolução Full HD de 1920×1080. É caracterizada por ser uma Smart TV com Wi-Fi integrado para navegação em sites, aplicativos e redes sociais, como também possibilita o acesso a conteúdo de outros aparelhos. O modelo também possui conversor interativo, permite a gravação da programação e tem de fábrica aplicativos como Youtube e Netflix. A Semp Toshiba L5400 é comercializada por valores acima de R$ 999.

TV Semp Toshiba L5400

– TV Semp Toshiba DL3975I 39″:

Esta Smart TV LED tem o valor acima de R$ 1.050. Ela possui duas entradas USB, que permitem, como exemplo, a gravação da programação no HD externo e um pen drive de forma simultânea. Ela possui uma quantidade idêntica de portas HDMI, entrada para conexão com o PC, Wi-Fi embutido, Navegador Web e também o Conversor Digital Integrado e Interativo (DTVi).

TV Semp Toshiba DL3975I

Fotos: Divulgação

Por Felipe Couto de Oliveira


Chegará ao Brasil o novo modelo de TV da Panasonic. O modelo TC-65AX900B é o mais novo lançamento da marca para o território brasileiro. Ele entrará no mercado nacional para competir por uma fatia do mercado de televisões 4K. Por mais que este setor não tenha produtos acessíveis à grande parcela da população, ele está registrando constante crescimento e demanda por novidades. O aparelho foi lançado em setembro de 2014 durante o IFA em Berlim. A TV 4K da Panasonic possui imagem 3D e uma tela de 65 polegadas. O preço deste dispositivo será de R$ 22.000.

De acordo com a companhia, a TV deve ingressar no mercado brasileiro ainda neste mês, tanto em lojas físicas quanto virtuais.

No modelo TC-65AX900B foi adicionado um certificado especial, ele afirma que a imagem reproduzida pela TV deve ser parecida à de salas de cinema. A resolução é quatro vezes maior que a de uma TV Full HD.

A nova TV 3D Ultra HD da Panasonic possui processador quad-core, comando de voz, sistema de perfis My Stream que possibilita a personalização do conteúdo para cada usuário, conta com a tecnologia Local Dimming Ultra que fornece um painel com mais cores e brilho mais intenso. Esta tecnologia também é responsável por reflexos precisos, tons de cores mais bem reproduzidos e acentuação da cor preta.

A TV possui um recurso chamado Info Bar o qual mostra informações do dia a dia de forma rápida através de um sensor de proximidade. Para usar este recurso não é necessário que o usuário ligue a TV.

A Panasonic apresenta este novo modelo como top de linha, apresentando inúmeras funções interessantes, um design elegante e contando com a última tecnologia de imagem Ultra HD 4K.

Mesmo sendo um aparelho caro para a maior parte das pessoas, a fabricação da nova TV 4K da marca faz parte da estratégia de empresa de buscar novos nichos de mercado e cativar um público mais específico.

Por Melina Menezes

TV 4K de 65 polegadas da Panasonic

TV 4K de 65 polegadas da Panasonic

Fotos: Divulgação


Os usuários que adoram uma boa resolução de imagem vão adorar essa novidade: a Dell lançou um monitor Ultrasharp 27 que tem resolução de 5K. Gostou da novidade? O novo aparelho mede 27 polegadas e conta com resolução de 5k sendo de 120 por 2.880 pixels. Isso significa o dobro do número de pixels de um monitor 4k. Além disso, outra novidade é que o gadget tem dois alto-falantes de 16 Watts.

O aparelho reproduz imagens nítidas e perfeitas, e, além disso, conta com um design diferenciado e muito sofisticado. O preço do produto é alto, sendo de R$ 7.874,00. Entre outros produtos que se destacam da marca tem o tablete de oito polegadas, que é considerado o mais fino do mundo.

O computador tem 8,4 polegadas e a tela de OLED também ocupa quase todo o espaço da tela. A espessura também é extremamente fina tendo 6 milímetros. A resolução da tela do aparelho é de 2K Ultra HD. O modelo chama-se Venue 8. O processador é o Intel Atom Z3500, que conta com três variações possíveis.

O processador do aparelho tem quatro núcleos, quatro threads e também arquitetura de 64 bits, o que proporciona um bom desempenho para o tablet.

Outra novidade é que este foi o primeiro tablet a ter o Intel Real Sense, e o recurso tecnológico pode ser usado como solução de fotografia avançada. Outro detalhe é que este tipo de sistema consegue mapear a profundidade da cena, medir a distância do objeto, e também a possibilidade de focar em outro lugar. Outro recurso interessante é a aplicação com filtros, mesmo que tenha movimentos. Assim, o tablet é uma boa opção para os usuários que desejam um computador prático e que pode ser carregado facilmente para todos os lugares.

A Dell esta sempre criando e inovando em seus recursos tecnológicos.

Gostou de saber das novidades? Deixe o seu comentário!

Por Babi

Dell Ultrasharp 27

Dell Ultrasharp 27

Fotos: Divulgação


Você já ouviu falar sobre televisão inteligente? Diferente do que muitos pensam ela não é simplesmente uma televisão conectada à internet. Porém, há alguns itens a serem esclarecidos em relação às suas funcionalidades.

De início, é possível informar que uma TV inteligente não possui a mesma liberdade que um computador oferece, mesmo quando conectada à internet. Afinal, ela foi desenvolvida visando entretenimento, não qualquer atividade produtiva. A inteligência deve ser vista como uma funcionalidade. É possível utilizar apenas os aplicativos que já vieram com ela ou foram comprados na “loja” do fabricante. A quantidade e o tipo dos apps dependem da marca e modelo da televisão.

Apps como Skype, Picasa e Youtube são praticamente obrigatórios. Boa parte das TVS oferece acesso ao conhecido serviço Netflix, que disponibiliza uma série de documentários, filmes e séries (há um custo mensal para o serviço). Um número limitado de jogos também está disponível, e redes sociais como Twitter e Facebook também estão entre as opções de acesso. Sites de notícias também são comuns entre as opções disponíveis.

Há modelos que dispõem de um programa navegador que facilita muito a possibilidade de conectar também outros sítios da rede. Porém, a parte negativa diz respeito ao teclado, quem pretende utilizar a televisão inteligente para fazer comentários em redes sociais, checar e responder e-mails pode encontrar dificuldades, afinal, a TV oferece apenas a possibilidade de digitar através da combinação contida no controle remoto e teclado virtual. No entanto, caso o usuário necessite da TV para isso, a melhor opção é adquirir o produto que tenha possibilidade de conectar teclado e mouse sem fio.  

Crescimento da televisão inteligente:

Um relatório elaborado pela empresa de consultoria Gartner, em dezembro de 2012, terá um gigante avanço até 2016. Enquanto em 2012 eram produzidos 69 milhões de aparelhos ao ano, em 2016 será  198 milhões. Cada fabricante terá que oferecer recursos que chamem ainda mais atenção do consumidor, pois a oferta de venda será significativamente maior.   

Por Rafaela Fusieger

TV inteligente

Foto: Divulgação


A mais nova TV de última geração da Samsung foi lançada durante a Consumer Electronics Show (CES), ocorrida em Las Vegas entre os dias 6 e 9 de janeiro. Chamada de UHDTV, ela possui tela de 88 polegadas e sistema Tizen, esse sistema é utilizado nos relógios da companhia. É vista como a televisão de ultra resolução da Samsung.

A UHDTV possui design curvo e tecnologia de nano cristais, os quais proporcionam ampla qualidade e variedade de cores, sem contar o imenso detalhamento de imagens. A resolução é Ultra HD (2160p). Conforme informações da companhia, o aparelho é 2,5 vezes mais claro do que uma TV convencional, característica que apresenta a cor preta na tela com muito mais profundidade.

Devido à falta de conteúdo em 4K, a Samsung aposta em uma estratégia grandiosa para atrair consumidores às novas TVs: criará o UHD Alliance, grupo composto por superprodutoras de séries, filmes e demais produtos. Nesse grupo estão o Netflix, 20th Century, Disney, além de outras.

Mais novidades:

Na mesma noite, a companhia anunciou a atualização da plataforma da Samsung para SmartTV, equipada com o Tizen OS. Um redesenho fará parte do novo sistema, composto de atalhos na tela inicial, além de um menu contendo ícones, os quais estarão distribuídos na parte inferior da tela. A disposição lembra o webOS da LG.

O suporte ao PlayStation Now, aguardado pelos consumidores, também foi anunciado. Com ele será possível fazer streaming de jogos do console da Sony por meio da internet, o que permite jogar na televisão sem precisar de outro aparelho, somente o controle Dual-Shock do console.

Curiosa também é a mais nova central de áudio da Samsung. Ela possui formato oval e uma funcionalidade que chama atenção: espalha o som da S UHDTV por todo o espaço do cômodo de forma igual. A central poderá ser controlada pelo aplicativo Multiroom 2.0, já conhecido para controle de áudio em smartphones da Samsung. 

Por Rafaela Fusieger

Samsung UHDTV de 88 polegadas

Samsung UHDTV de 88 polegadas

Fotos: Divulgação


As várias possibilidades que o Chromecast trouxe aos usuários, o tornou um gadget poderoso, com fãs no mundo todo. O preço atraente para tonar um aparelho convencional em uma Smart TV agradou e muito, tanto que em pouco tempo depois de seu lançamento, ainda é considerado um sucesso. O dispositivo ultrapassou a concorrente Apple TV e agora está atrás apenas do Roku, que continua em primeiro lugar no seu segmento.

Para quem não conhece, o Chromecast é dispositivo que se conecta a entrada USB e a porta HDMI para oferecer o serviço de Streaming. São duas formas de utilizá-lo, sendo possível com de uma conexão com a internet, ver o conteúdo de aplicativos da rede, como YouTube, Netflix e outros aplicativos. A segunda forma se chama tab casting, que permite a exibição de conteúdo acessível no navegador.

A popularidade do Chromecast é notável, principalmente nos últimos meses, quando ainda estava em terceiro lugar nos Estados Unidos. Hoje, o Chromecast possui 20% do mercado e a Apple está um pouco atrás com 17%. Em primeiro lugar, o Roku, está com 29% e possivelmente poderá perder algum desse percentual se o aparelho do Google continuar em ascensão. Já a Apple fica a frente somente do Amazon Fire TV e o dispositivo da Sony.

Vale ressaltar que a Apple já está no mercado há bem mais tempo. O mesmo não se pode falar do concorrente da Google, que foi lançado em julho de 2013 e de lá para cá conquistou um mercado considerável. Sua principal vantagem é o leque maior de opções, sendo o Chromecast é muito mais aberto a novidades tanto em aplicativos quanto em usabilidade.

Diferente do Brasil, nos Estados Unidos, cada vez mais pessoas utilizam do serviço de streaming e esse número irá aumentar. Lá o mercado já está estabelecido e o interesse das pessoas é maior. No Brasil ainda há poucos adeptos, contudo é válido afirmar que o Chromecast e a Apple TV são as opções mais usadas. 

Chromecast x Apple TV

Foto: Divulgação


Hoje temos muitas formas de encontrar uma notícia. Em qualquer momento e em qualquer local que estivermos. O que importa é ficar bem informado. Vale também se divertir, com um bom seriado, um bom filme, um vídeo engraçado, uma foto legal, uma rede social, enfim, qualquer coisa que nos distraia.

Antigamente a TV era responsável por isso, hoje perdeu espaço. Mas se engana quem acha que eu iria dizer que perdeu muito espaço, porque não é verdade. Ela continua na ativa e de forma muito mais completa. As vendas de televisores novos e cada vez maiores e mais finos crescem a cada dia. E pode ter certeza, elas são responsáveis pelo aumento de vendas no número de celulares. Ainda são um dos mais eficazes meios de propagandas existentes. A televisão virou um verdadeiro computador na sala de casa, com a ampla vantagem de ter uma tela quase sempre muito maior que os tradicionais PC´s e certamente maiores que notebook, tablets e smartphones.

Pode-se hoje jogar online, acessar o Facebook e outras redes sociais, tudo pela TV. Mas ela não cabe no bolso. Precisa de espaço e pouca mobilidade (senão quebra). Por isso temos hoje no bolso um smartphone, que divide com a televisão a função de transmitir. E cabe no bolso. Se bem que muitos modelos andam ficando difíceis de guardar num bolso pequeno, é melhor sair de casa com um jaleco de médico, cujos bolsos eles com certeza cabem.

Nesse final de ano, está previsto pelos sindicatos de comerciantes um aumento de 4% nas vendas de TV e 18 % nas vendas de smartphones. Venderão mais porque cabe no bolso, porque preço não é problema. Smartphones top de linha custam mais do que modernas TV completas com telas de 42”. Pois é, tamanho não é documento. Se esses números de aumento de vendas de telefones se confirmarem, em pouco tempo teremos quase dois aparelhos por habitante no Brasil. 

Por Luciana Viturino

Smart TV

Foto: Divulgação

 


A Samsung, que já está entre as principais empresas na área de smartphones e tablets, quer dominar também o mercado de TV's que desde que começou a receber aparelhos com tecnologia de ponta, passou a ter novas empresas na concorrência, mas a sul-coreana está disposta a retomar a posição de uma das maiores fabricantes dos aparelhos, que estão presentes em praticamente todas as casas!
E para garantir melhor posição no ranking das melhores marcas a Samsung lançou a TV 4K curva e vai comercializá-la também aqui no Brasil, um dos países que tem apresentado maior consumo dos novos aparelhos de televisão.

Porém, a TV 4K curva da Samsung poderá não atingir a meta esperada nas vendas, pois a TV irá custar aqui, R$ 500 mil e este valor, certamente, vai espantar a grande maioria dos consumidores.

No final do mês de outubro, a Samsung anunciou que sua TV de tela curva com 105" e com altíssima qualidade de imagem, já que conta com a tecnologia 4K, estaria sendo vendida aqui no Brasil. A TV será fabricada na Coreia do Sul, mas até o final deste ano já estará disponível nas principais lojas, pois a empresa quer aproveitar o grande número de pessoas interessadas em comprar uma nova TV, neste final de ano, para tentar implantar o seu lançamento.

A Samsung informou que sua TV de tela curva, a TV 105S9W, possibilita que o telespectador tenha a nítida sensação de que está diante de uma TV com tela bem maior do que realmente é!
A resolução da TV é de 5120 por 2160 pixels e o formato da imagem é o 21:9.

E não é só na imagem que a TV tela curva da Samsung supera a concorrência, o som também é excelente, contando com 160 watts de potência, ficando bem acima da grande maioria dos aparelhos disponíveis no mercado que é de 20 watts!

Mas a Samsung acredita que conseguirá uma venda significativa do modelo aqui no Brasil, já que tem crescido o número de pessoas dispostas a gastar bem mais, para ter uma TV de excelente qualidade em casa.

Por Russel

Samsung TV 105S9W

Samsung TV 105S9W

Fotos: Divulgação


Um dos principais ramos do mercado mundial do comércio é sem sombra de dúvidas a tecnologia. Isso mesmo, na atualidade é possível encontrar os mais diversos produtos com tecnologia extremamente avançada à nossa disposição. Essa variedade é bastante interessante, pois é possível encontrar nas prateleiras das lojas desde os produtos portáteis que podemos carregar em nosso bolso até mesmo TVs de LED gigantescas e etc.

E dentre as empresas que se destacam em nível mundial quando o assunto é fabricação e comercialização de produtos com tecnologia agregada, não podemos deixar de citar a Samsung. O Grupo Samsung é nada menos que uma corporação transnacional que possui sede na cidade de Seul, capital da Coreia do Sul. Essa é uma das mais importantes transnacionais do mundo, sendo responsável pela fabricação e comercialização de diversos produtos com muita tecnologia e grande qualidade.

Um resultado nenhum um pouco interessante para a empresa e que é notícia em todas as partes do mundo foi justamente uma queda bastante bruta no lucro da empresa no 3° trimestre de 2014, se comparado com o 3° trimestre de 2013. Segundo dados oficiais da empresa, a Samsung obteve um resultado negativo de grande expressão, haja vista o lucro de apenas US$ 3,9 bilhões, aproximadamente R$ 9,5 bilhões. Esse resultado foi bastante inferior se comparado com o mesmo período no ano passando, quando a empresa lucrou um total de US$ 9,6 bilhões, o que seria por volta de R$ 23 bilhões. Ou seja, foi uma queda enorme e que de certa forma trouxe prejuízos para a empresa.

O grande motivo dessa queda brusca no lucro é justamente o fato da empresa ter obtido uma relativa piora nas vendas de smartphones. Vale destacar que este setor de atuação da empresa alcançou uma diminuição de 15% no lucro. Porém, vale ressaltar que o envio de smartphones aos lojistas no primeiro 3° trimestre de 2014 foi maior do que no mesmo período do ano passado. Em contrapartida o número de aparelhos de entrada e intermediários em 2014 cresceu, dessa forma, o valor médio dos aparelhos e o lucro despencaram.

Por Bruno Henrique

Samsung

Foto: Divulgação


O Netflix surgiu nos EUA pela revolta de um cliente com uma videolocadora. Após ser multado por uma videolocadora por atraso na devolução de um filme, surgiu a ideia de desenvolver um sistema onde você pagaria para assistir os filmes e não teria depois a responsabilidade de entregá-lo em dia, sem penas de multas e outras dores de cabeça. Dessa ideia surgiu o Netflix, a maior e mais abrangente empresa de transmissão de filmes online do mundo hoje.

No Netflix encontramos shows, filmes, séries, programas de TV e desenhos animados dos mais variados gêneros. O Netflix funciona em multiplataforma, estando disponível em Smart TVs, celulares, videogames, aparelhos reprodutores de Blu-Ray, computadores, tablets e até mesmo decodificadores de sinal.

Os assinantes pagam pelo serviço um valor mensal e têm disponível todo o acervo do Netflix na ponta dos dedos. Em um sistema muito simples e intuitivo, que recebe bem tanto iniciantes na utilização dos aparelhos quanto acolhe os veteranos, o Netflix se mostra fácil e prático de se utilizar.

A empresa conta com produtos de várias produtoras assim como de sua própria autoria. Algumas séries originais do Netflix já foram lançadas e alcançaram sucesso com o público. Entre elas: House of Cards, Hemlock Grove e Orange is the New Black. No próximo ano estão prometidas séries de animação em parceria com a Disney além de séries da Marvel, que já conta com Marvel Agents of Shield no topo das mais assistidas e mais bem avaliadas séries de TV. Em terras tupiniquins foi lançada a minissérie A Toca do youtuber Felipe Neto.

Não bastasse todo o conteúdo oferecido, tanto em HD quanto na definição comum, o Netflix agora começa a disponibilizar material em 4K, uma versão muito mais poderosa do que a versão em HD, com definição muito superior. Breaking Bad, House of Cards e Orange is the new Black já estão disponíveis no formato. A princípio quem já tem Netflix e quiser usufruir da tecnologia não terá que pagar nada a mais pelos próximos dois meses. Novos assinantes e pessoas que desejam utilizar esse serviço após o período deverão utilizar o plano de R$ 26,90.

O lançamento de produtos 4K é muito bem-vindo e coloca o Netflix novamente em posição de vanguarda.

Por Nosf

Netflix em 4K

Foto: Divulgação


Podem existir aparelhos de televisão com diferentes funções, mas basicamente os principais modelos são de LED, LCD, OLED e HDTV. Há quem não saiba a diferença entre cada uma delas, mas isso não é um problema. Cada uma delas apresentam vantagens e preços diferentes e por isso é importante levar em consideração diferentes possibilidades, além dos preços. Descubra o modelo mais interessante para a sua situação.

As TVs com tela de LCD e LED apresentam tecnologias semelhantes, contudo algumas diferenças tornam um modelo mais preferido que o outro. A TV LCD é equipada com uma lâmpada inteiriça no painel traseiro, além de emissores de luz de diodos usados com a finalidade de iluminar a tela e assim reproduzir a imagem. Já a TV de LED é uma TV LCD com maior iluminação, que ocorre por trás com várias lâmpadas de LED, com maior brilho. Trata-se de uma iluminação chamada de ‘backlight’, que proporciona um brilho e contrastes mais intensos.  

Pelo número menor de luzes na TV de LCD, ela pode apresentar imperfeições em alguns momentos, principalmente quando ocorrem movimentos mais rápidos. Por esse motivo os de LED são mais interessantes, pois representam um avanço tanto em contraste quanto na nitidez das cores.

A frente desses modelos estão as TVs OLED, que apresentam uma diferença muito boa em relação às antecessoras. Elas não necessitam de um “backlight”, pois cada pixel da tela é capaz de acender e apagar sozinho. Por não precisar de uma estrutura com fonte de luz separada, as TVs OLED são mais finas e ainda apresentam imagens mais brilhantes e coloridas. A partir daí já é possível utilizar a tecnologia em painéis flexíveis, sobretudo de tela curva. O que pesa é o preço, que pode ser superior a R$ 10 mil em alguns aparelhos com a tecnologia OLED.  

Por fim, as Ultra HDs, também conhecidas como 4k. Sua principal característica é a imagem, cuja resolução é quatro vezes maior que uma TV Full HD, que oferece 2 milhões de pixels. Em uma Ultra HD, o número de pixels é de 8 milhões, contudo no Brasil ainda não há suporte. Se quiser uma dessas, você terá de assinar o NetFlix (pelo menos), que anunciou que irá anunciar acervos 4k. 

Por Robson Quirino de Moraes

TV LED

TV LCD

TV 4K

Fotos: Divulgação


A Panasonic está sempre inovando e buscando se manter na lista das principais empresas fabricantes de aparelhos eletrônicos.

No início deste ano, mais precisamente em janeiro de 2014, a empresa lançou produtos de uma nova linha, a Life + Screen, agora estes dispositivos estão disponíveis no nosso país. Você deve estar se perguntando, qual o diferencial de tais aparelhos, bem o mais promissor e interessante para a atualidade é que as televisões dessa linha possuem conectividade com as redes sociais. Outra consideração importante a ser feita é que essas Smart TVs respondem ao comando de voz.

O fato de que essa televisão pode ser ligada às redes sociais como o Facebook, possibilita que o usuário possa conversas com os amigos nessa rede social e assistir à sua programação favorita. O recurso que permite essa integração é o Chat Mode, ele também possibilita que a pessoa possa criar eventos no Facebook.

Os atrativos da televisão não se restringem somente às características citadas acima, é igualmente interessante que o usuário possa personalizar a tela inicial de acordo com os aplicativos que mais utilize.

Sobre o comando de voz é importante ressaltar que ele funciona mediante o recurso Voice Assistant, ele pode aumentar ou diminuir o volume da TV, caso seja necessário, assim como efetuar outras diversas tarefas sem que você ouse tocar no controle da televisão. O controle de voz pode ser usado também para fazer buscas na internet.

Como essas Smart TVs estão entrando no mercado nacional, vai demorar um pouco para que os preços sejam mais coerentes com o bolso da maioria dos brasileiros. Atualmente, esses aparelhos da Linha + Screen assumem valores até R$ 5.499.

Se você está decidido a investir nessa nova tecnologia tenha a certeza de estar adquirindo aparelhos de vanguarda, belos e que se adaptam perfeitamente ao ambiente onde devem ser colocados, não interferindo na decoração. O seu design foi pensado especialmente para que ela possa ser integrada a qualquer cômodo da sua residência.

Por Melina Mariel Menezes Pereda

Panasonic TV Life + Screen

Panasonic TV Life + Screen

Fotos: Divulgação


Apesar de não ser muito conhecida, a Vizio está com planos audaciosos para suas TVs 4K. A empresa, que já havia anunciado durante a CES 2014 que iria apresentar modelos mais baratos, honrou com a palavra e apresenta televisores de baixo custo com ótima qualidade. Trata-se da Série P, que está sendo vendida nos Estados Unidos por um preço fora do normal, já que os modelos saem das lojas por menos de mil dólares.

São televisores de 50 polegadas com valores bem mais atraentes que marcas famosas, mas que nem por isso peca na qualidade. Os modelos vêm equipados com um sistema de backlighting acoplado em 72 zonas por trás de todo o painel LCD, diferente de estar concentrado nas bordas externas do televisor, como é de costume em produtos com valor mais barato. Dessa forma é possível ter uma iluminação uniforme da imagem da TV, permitindo que algumas regiões fiquem mais iluminadas e outras mais escuras, melhorando a profundidade.

A estratégia agressiva da Vizio para entrar no mercado de TVs 4K pode cativar os consumidores, mas assim a empresa sacrifica parte do seu lucro para alcançar suas metas. Prova disso é que o modelo de entrada não apresenta algumas funcionalidades que encarecem o aparelho, como o suporte a vídeos 3D ficaram de fora. Outros modelos mais sofisticados e maiores também estão presentes, como os aparelhos de 55, 60, 65 e 70 polegadas, os quais os preços variam entre US$ 1,4 mil (R$ 3,4 mil) a US$ 2,5 mil (R$ 6 mil).

Os televisores Vision 4K começam a ser vendidos nesta semana nos EUA, mas ainda não há nenhuma previsão para chegarem aqui.  Alheio a isso, cada vez mais saem produções nessa qualidade, sobretudo nos serviços de Streaming que oferecem vídeos pela internet, como o Netflix. É esperado que a indústria audiovisual lance cada vez mais produtos neste formato, aumentando as opções dos consumidores. 

Por Robson Quirino de Moraes

TV 4K da Vizio

TV 4K da Vizio

Fotos: Divulgação


Quando os computadores começaram a se popularizar, as televisões foram praticamente esquecidas. Mas depois vieram os novos modelos de tela fina, com melhor qualidade de imagem e várias funções, assim, as televisões ganharam novamente espaço e as vendas estão batendo recorde.

E as empresas estão trazendo para o mercado muitas novidades, para garantirem que seus aparelhos fiquem entre os mais desejados, como a Philips, uma das mais conhecidas marcas de televisores entre os brasileiros, que apresentou seu novo modelo, a Philips 4K que conta com sistema Android exclusivo para televisão.

O anúncio do novo modelo da Philips foi realizado durante a coletiva na IFA 2014, através da TP Vision que é o grupo responsável atualmente pelos televisores da marca Philips.

Três novas séries foram apresentadas e a grande novidade foi o fato de serem baseadas no sistema Android TV, assim, a empresa se tornou a primeira companhia em todo o mundo a apostar no sistema operacional do Google. E não é por menos, no mercado de smartphones, o sistema Android é um dos mais conhecidos, estado presente em milhões de aparelhos. E o Android TV tem tudo para dominar também o mercado de novos televisores e a Philips está apostando alto nessa tendência.

Os novos televisores da Philips estão equipados com modernos painéis que são compatíveis com a nova resolução 4K, que garante uma imagem perfeita.

A empresa tem intenção de conseguir atingir os mais diversos clientes, atendendo às suas expectativas, conseguindo ocupar no mercado desde o posto de modelos top de linha até aqueles que oferecem preços mais em conta.

A série 7900 é um modelo 4K, Ultra HD, que traz o sistema Android TV e conta com preço mais acessível, contando com a nova tecnologia Ambilight em 3 lados. Já a série 8900 é o primeiro modelo de TV 4K em curva. E a série 9100 tem como principal destaque uma qualidade de imagem muito superior às demais TVs, sendo o modelo ideal para os consumidores mais exigentes.

E para completar estes novos modelos, a Philips ainda traz os modelos 8800 e 9800, deixando claro que a marca está preparada para revolucionar ainda mais este mercado que tem tudo para crescer nos próximos meses, mas isso acontecerá entre as empresas que conseguirem trazer novidades e tecnologia de ponta.

Por enquanto, os novos modelos da Philips ficarão restritos à Europa e também à Rússia, sem previsão de serem lançados em outros países, como o Brasil, por exemplo.

Por Russel

TV Philips 7900

TV Philips 4K com Android

Fotos: Divulgação


Você é apaixonado pelo mundo tecnológico? Está sempre por dentro de todas as novidades? Então vai adorar conhecer a novidade da Samsung: TV de 4K que tem 105 polegadas com tela curva e flexível.

O IFA 2014 já começou e as novidades também! Para quem não conhece ainda, o IFA é uma das maiores feiras tecnológicas da Europa e reúne as novidades das principais fabricantes de aparelhos eletrônicos. Uma das apresentações foi a televisão nova lançada pela marca Samsung.

O aparelho tem 4 K de 105 polegadas e, além disso, possui tela curva e flexível. Que tal assistir aos seus programas favoritos em uma televisão moderna deste jeito? Não vai ter nada melhor que curtir as suas horas de folga deitado no sofá e vendo aos seus filmes favoritos. A Samsung está sempre surpreendendo o mercado com as novidades tecnológicas que se destacam porque aliam beleza, sofisticação e muita tecnologia.

A televisão pode ser considerada uma obra prima de engenharia e se a pessoa quiser tem a opção de deixar a tela menos ou mais curva. Como? Basta apertar um botão para deixar o aparelho como quiser. Além de controlar as dimensões da curva, a pessoa pode também aumentar ou diminuir a sensação de profundidade da imagem.

A nova televisão lançada pela Samsung tem resolução 4 K, proporção de imagem 21:9, tela curva flexível e 105 polegadas. Quer saber o preço desta obra prima? O valor ainda não foi divulgado pela marca, mas, certamente, será (muito) alto. Para ter uma base de comparação, uma outra televisão da marca que tem a tela do mesmo tamanho e 4K de resolução custa US$ 120.000,00. A diferença é que a tela não é flexível. Se um modelo mais simples já tem este preço, quanto você acha que custará esse novo aparelho da Samsung que foi apresentado no IFA 2014?

Gostou de conhecer a nova televisão?  

Por Babi

Samsung TV 4K de 105 polegadas

Samsung TV 4K de 105 polegadas

Fotos: Divulgação


Já imaginou você sentado no sofá assistindo aos seus filmes, jogos de futebol ou novelas com uma TV de alta resolução e tela flexível? Esse é o sonho de consumo de milhares de brasileiros e se você está entre eles então já pode festejar, pois o televisor é da Samsung. Essa última versão é gigante e a televisão possui resolução 4K.

Além disso, a empresa anunciou a linha Total Curved Solutions, que oferece 17 tipos de TVs côncavas, com tecnologias diferentes, como FHD, UHD e LED, além dos mais variados tamanhos. O televisor dispõe de display e 11 milhões de pixels, o que garante uma resolução máxima de 5120×2160, cinco vezes maior a uma TV Full HD. Outra novidade são os alto falantes embutidos de 160 W, bem como tecnologia Peak Illuminator da Samsung, que identifica diferenças de brilho e contraste e as regula automaticamente.

A televisão Bendable UHD TV pode ser posicionada da forma que o usuário melhor preferir. Cabe lembrar que o modelo terá vários canais, os quais serão oferecidos por produtoras de conteúdo europeus e ultradefinição.

Quanto ao preço do televisor, temos um modelo atual similar que está à venda no mercado por US$ 120 mil, o que equivale a R$ 268 mil aqui no Brasil. Entretanto, a versão flexível só será lançada na Europa no próximo ano e o preço não foi divulgado.

Porém, se você deseja assistir aos seus programas de TV favoritos comece desde já a juntar suas economias e ir se preparando, pois em breve a TV estará à venda aqui e certamente fará o maior sucesso na sua casa. Sem contar que teremos os jogos olímpicos e a Copa do Mundo nos próximos anos e poder assistir a tudo numa televisão dessas que muito se parece com um cinema em casa é algo incrível e espetacular. Essa é a Samsung inovando mais uma vez no mercado tecnológico!

Por Luciana Viturino

TV da Samsung

TV da Samsung

TV da Samsung

Fotos: Divulgação


E o mercado de TVs continua cada vez mais aquecido no Brasil, sendo que as empresas estão investindo pesado em novos modelos, na tentativa de conseguirem chamar a atenção do consumidor na hora da compra.

E a LG saiu na frente ao anunciar seu modelo com resolução Ultra HD que é o primeiro do mercado, contando com tecnologia OLED e display curvilíneo.

A nova TV da LG foi um dos principais destaques na CES e agora estará presente na IFA 2014 onde será possível conferir de perto todos os diferenciais deste modelo que já é considerado o mais avançado do mercado de TVs atualmente. Após ser apresentada na IFA 2014, a TV com tela curva da LG chega ao mercado para que os interessados possam então, levar a sua para casa e contar com a mais avançada tecnologia.

O preço ainda não foi divulgado, mas na Coreia do Sul a nova TV da LG custará em torno de R$ 28 mil, enquanto que nos Estados Unidos o preço deverá ficar na média dos R$ 16 mil.

A resolução deste novo modelo de TV da LG terá 3840 x 2160, contando com 33 milhões de sub-pixels para garantir a melhor qualidade de imagem.

E não é só a imagem que é de qualidade não, o som conta com tecnologia Ultra Surround Multicanais para garantir uma melhor experiência. E a tela curva vai garantir qualidade total nas cores, independente do ângulo de visão.

A TV com tela curva da LG estará disponível em 2 versões, sendo uma delas com 65" e a outra com 77". A Coreia do Sul será um dos primeiros países a ter o modelo à venda.

O mercado brasileiro está preocupado, pois a LG anunciou sua mais nova TV para a América do Norte e também a Europa, logo após o lançamento na Coreia do Sul, mas não disse nada a respeito do lançamento do modelo na América Latina, sendo assim, os brasileiros não têm nenhuma previsão para terem esta super TV à sua disposição, infelizmente.

Por Russel

LG TV com tela curva

LG TV com tela curva

Fotos: Divulgação


Para os aficionados por tecnologia no mundo, a LG anunciou no dia 25 de agosto de 2014 que irá comercializar as TVs Organic Light Emitting Diode – OLED com tecnologia 4K. Segundo a empresa, serão produzidos dois modelos: um de 77 polegadas e outro de 65 polegadas. Porém, o que se sabe é que os preços não foram oficialmente divulgados. 

Mas para aqueles que não conhecem a tecnologia OLED, trata-se de uma TV que proporciona as mais avançadas tecnologias de imagem e som para reproduzir na sua casa uma qualidade de cinema 3D. Ela proporciona ainda uma profunda saturação das cores. O objetivo da LG é trocar a tecnologia LCD, atualmente empregada na maioria das telas, pela OLED, pois esta oferece mais economia de energia e a possibilidade de usar displays flexíveis, outra tendência do mercado.

Os aparelhos menores entrarão em pré-venda na Coreia do Sul, com entregas programadas para setembro. Um dos próximos mercados a receberem a nova tecnologia serão a Europa e os Estados Unidos.

Ainda de acordo com especialistas, infelizmente os preços dessa nova TV não serão nada atrativos aos consumidores. Estima-se que o valor poderá chegar à casa dos US$ 12 mil (próximo dos R$ 27 mil). Ainda não há previsão da chegada e venda dessa nova tecnologia de TV no Brasil, mas o que se espera é que a LG disponibilize em breve a comercialização delas e esteja nas casas dos brasileiros, por ser o Brasil um mercado promissor de vendas. 

As TVs 4K que estão disponíveis no mercado são feitas de LCD e, por isso, são mais baratas. Um modelo sai em torno de R$ 7 mil. Atualmente o Brasil recebe apenas as TVs OLED curvadas com resolução Full-HD, as quais são encontradas nas lojas por cerca de R$ 14 mil.

Mais informações poderão ser obtidas pelo site www.lge.com/br/tvs-oled.

Por Valter Falinácio

TV OLED 4K da LG

TV OLED 4K da LG

TV OLED 4K da LG

Fotos: Divulgação


Conhecida pela excelente qualidade de seus produtos, a LG apresentou no último dia 22 de maio a sua mais recente linha de Smart TVs, a qual apresenta um destaque para as redes sociais, tendo como foco esse nicho tecnológico.

Ultimamente, encontramos no mercado a linha LG ultra HDTV 4K, a qual traz aparelhos com 55, 65 ou 84 polegadas. Além disso, em termos de design, os aparelhos possuem uma elegância única, sendo ultrafinos, com um pé de sustentação cromado que evita deslizes do aparelho. Por outro lado, conta com o controle smart magic que possibilita uma experiência diferente no manuseio do controle remoto, tendo funções inovadoras, permitindo controlar seu televisor por comando de voz e movimento.

Os televisores dessa linha são denominados Ultra HD, que de acordo com as comparações realizadas no site da empresa, demonstram ser superiores ao Full HD, tendo até 4 vezes mais resolução, trazendo imagens fantásticas para divertir toda a família.

Mas o que realmente significa uma TV 4K? Para isso, basta imaginar uma tela com 8,300,000 pixels, aliada a uma inovação tecnológica denominada Nano Full LED, onde há lâmpadas a mais para corrigir as imagens geradas na sua tela, dando uma experiência mais perfeita ao usuário.

Cabe também destacar que a funcionalidade 3D está presente no aparelho, tendo características de imagem com maior brilho e nitidez, trazendo mais realidade às imagens.

A linha de televisores vem equipada com uma câmera frontal que se integra ao Skype. Que por sinal já vem instalado junto com o pacote de apps do televisor, dando ao usuário a possibilidade de conversar com pessoas por meio da sua televisão.

Quanto às facilidades de conexão, o aparelho traz amplas possibilidades, tendo entrada HDMI, USB, LAN e opção Wi-Fi.

Por fim, salienta-se que ao escolher um aparelho LG, o consumidor contará com a vasta opção de apps disponibilizados pela empresa, tais como Netflix e Facebook.

Para mais informações, pode-se consultar o site da LG www.lge.com/br/ultra-hd.

Por Thiago José Fernandes

LG ultra HDTV 4K

Foto: Divulgação


Época de Copa do Mundo é sinônimo de TV nova, e baseado nessa afirmação, os lojistas estão confiantes no aumento considerável do volume de vendas de TVs nessa Copa.

Mas você que está interessado em adquirir uma TV nova, sabe onde comprar uma para assistir a Copa do Mundo no Brasil gastando menos?

A melhor dica para quem quer se dar bem na hora de comprar uma TV nova é pesquisar, garimpar mesmo, peregrinando de loja em loja, em busca das melhores ofertas. Devido à concorrência, muitos lojistas cobrem ofertas dos concorrentes, por isso a importância do orçamento por escrito para apresentar ao vendedor da loja que oferece o produto que você deseja.

A grande novidade que está chamando a atenção dos consumidores é a promoção designada como “Emoção em Dobro”, elaborada por uma grande loja brasileira, a promoção consiste na compra de um modelo de TV específico, você poderá ganhar outra TV ao final da Copa do Mundo, pagando apenas R$ 1, isso mesmo, só que a promoção só será válida caso a nossa seleção seja campeã.

O bacana é que a infinidade de televisores está cada vez maior, de todos os gostos, tamanhos e tecnologias e também para todos os bolsos. Os preços variam de no mínimo R$ 800 podendo chegar a até R$ 40 mil.

Os tamanhos das telas também impressionam, existe um modelo de 84 polegadas, cuja venda somente poderá ser feita por encomenda. E pensando na sensação que o futebol proporciona, já existe a função futebol, cujo realce e som, faz com que o telespectador se sinta dentro do estádio, aproximando-o cada vez mais da realidade de uma partida de futebol.

O importante é pesquisar, seja na internet ou comparecendo às lojas e principalmente ter paciência, o que é muito difícil para quem deseja adquirir uma TV nova, somente assim será possível adquirir uma TV nova, gastando menos e de alta tecnologia.

Por Rodrigo da Silva Monteiro

TV Copa do Mundo

Foto: Divulgação


O sistema operacional Android foi uma das maiores apostas do Google desde que a companhia resolveu se expandir para o mercado móvel. Com isso, as possibilidades de atingir outros mercados aumentaram significativamente, transformando a gigante das buscas na internet em um referencial nos assuntos relacionados à tecnologia.

Após o relativo sucesso do Chromecast, um dispositivo parecido com um pendrive que pode ser plugado em qualquer TV moderna via HDMI e transmitir vídeos e conteúdo online diretamente na tela, o Google resolveu investir pesado e disponibilizar umaTV com seu próprio sistema operacional Android. Com isso, a companhia pretende se estabelecer de vez no mercado das smart TV’s, que têm crescido significativamente nos últimos anos. Com a novidade, a TV deve ficar bastante parecida com um smartphone e será possível acessar a Google Play para baixar e instalar diversos jogos e apps voltados exclusivamente para o sistema.

Essa é a segunda tentativa do Google com algo desse tipo. Em tempos anteriores, a companhia já havia tentado obter sucesso com a Google TV, mas o projeto foi engavetado. Agora, a novidade deve ser reapresentada durante a I/O, uma conferência exclusiva do Google para apresentar as suas novidades.

De acordo com o site GigaOm, que teve acesso à informações de fontes ligadas ao Google, a interface da AndroidTV foi completamente remodelada para garantir uma interface de usuário mais simplificada. Além disso, todo o conteúdo deve ser organizado em cartões que irão separar o conteúdo de acordo com a preferência do usuário. Além de poder assistir às séries e conteúdos publicados online com relativa facilidade, a AndroidTV também terá suporte total aos jogos disponíveis na PlayStore para o sistema operacional. Com isso, o Google pretende atrair uma boa parcela da população que deseja ter jogos casuais na TV, mas sem ter que pagar caro por um console.

A gigante das buscas realmente parece estar interessada nesse mercado, já que o Chromecast tem tido uma boa aceitação do público justamente por ser um dispositivo útil e barato. Agora resta apenas aguardar mais informações oficiais da companhia na I/O 2014. 

Por Ebenezer Carvalho

AndroidTV

Foto: Divulgação


Que tal assistir aos jogos da Copa do Mundo em uma televisão de 55 polegadas e com tecnologia inédita? A Sony lançou um novo modelo de TV de 55 polegadas Full HD, conhecida como W955. Ela contempla um sistema que é inédito no país: a tecnologia X-tended Dynamic Range, que tem a função de melhorar a imagem e fornecer mais detalhes durante as transmissões. Assim, os jogos da Copa vão poder se visualizados com mais emoção e nitidez pelos amantes esportivos.

A nova tecnologia presente na televisão proporciona um aumento de duas vezes do brilho, se for comparado com uma televisão tradicional. Desta forma, a pessoa vai conseguir ter acesso a uma imagem mais realista e muito mais nítida. Além disso, essa nova televisão da Sony também tem o processador X- Reallyti Pro, que diminui os ruídos e propicia um amento no ganho da qualidade.

O modelo W955 também conta com uma tecnologia denominada Triluminus, que reproduz cores com mais precisão do que uma televisão comum. Gostou de conhecer todos estes recursos? Então, vai adorar essa novidade da TV da Sony também: ela tem Motionflow XR 480 Hz, que tem a capacidade de reproduzir um quadro oito vezes mais que uma TV tradicional. Assim, a imagem fica mais nítida e com menos rastros.

Para curtir os jogos da Copa, o usuário vai ter acesso a um recurso exclusivo: Modo Futebol. Ele permite cortar a narração durante os jogos, por exemplo. Além disso, devido à presença desta funcionalidade a pessoa vai ter sempre disponível os melhores momentos dos programas de futebol, reportagens, entrevistas, entre outros.

O design da Televisão da Sony também chama a atenção, que é em modelo Wedge, gerando uma economia de espaço de até 20% de uma televisão normal da mesma tela. O aparelho ainda tem recursos de conectividade. A expectativa é que o preço médio da televisão seja em torno de R$ 8.999,00

Por Babi

Sony W955

Foto: Divulgação


Liderando novamente as bilheterias, “Capitão América – O Soldado Invernal” veio com tudo às telonas.

Em apenas 3 dias de filme, ele alcançou mais de 41 milhões de dólares.

Deixando pra trás assim, a sequência de “Rio”, que alcançou volta de 38 milhões de dólares.

Após o filme “Os Vingadores”, toda sequência que diz respeito aos heróis da Marvel, gera euforia e ansiedade nos fãs dos heróis. Quando se diz que um filme sobre algum desses heróis será lançado uma legião de fãs aguardam ansiosamente pelo lançamento. Foi assim com “Homem de Ferro 3”, “Thor 2 – Mundo Sombrio”, e não poderia ser diferente com a sequência de Capitão América.

Um breve resumo sobre quem é este herói e em seguida uma breve sinopse sobre o 2º filme: seu nome verdadeiro é Steve Rogers. Steve é um rapaz fraco, melhor, franzino, com uma enorme vontade de servir o exército e lutar a favor de seu país durante a 2ª Guerra Mundial. Mas Steve teve seu alistamento reprovado. Dali em diante ele decide que irá servir o exército custe o que custar, literalmente. Ele se torna cobaia de um experimento, o projeto “supersoldado”. Steve se submeteu ao experimento, onde foi injetado nele um soro especial e radiação de raios. Fazendo com que seu físico se transformasse por completo, transformando um rapaz franzino em um superatleta forte, ágil, musculoso e veloz.

Dois anos depois de um evento que parou Nova York (Os Vingadores), Capitão América (Chris Evans) continua trabalhando juntamente com a Viúva Negra (Scarlett Johansson)  para a S.H.I.E.L.D, liderada ainda pelo Nick Fury (Samuel L. Jackson), e também tentando se adaptar à modernidade depois de anos congelado.

Mas uma nova ameaça surge, abalando a S.H.I.E.L.D e todo a população do país. Um misterioso inimigo conhecido como Soldado Invernal.

Corra para o cinema e acompanhe o desfecho dessa emocionante história.

Não deixe de ver este filme. Muita ação e emoção. Vale a pena conferir.

Por Jaime Pargan

Filme Capit?o Am?rica

Foto: Divulgação


Depois de vermos o Android ser embarcado em inúmeras plataformas, podemos presenciar num futuro muito próximo do que imaginamos o sistema de código livre do Google em outro seguimento. Rumores apontam que teremos um Android TV do próprio Google.

O site The Verge trouxe a informação e pelo que se percebe, o Android ainda não foi tirado de pauta para as TVS em um futuro tão próximo quanto pensávamos. A ideia é colocar o Android em uma espécie de Apple TV, fazendo assim o sistema do robozinho verde entrar em mais uma área, gerando receita e conteúdos para a Big G.

Ainda segundo a publicação, veremos um sistema um pouco diferente. Voltado exclusivamente para consumo de entretenimento e não para o que conhecemos atualmente, o Android vem para conquistar terreno em um lugar onde não temos grandes concorrências. Já vimos alguns “Androids PCS” que são relativamente baratos e que oferecem estes sistemas às TVS por meio de um cabo HDMI dando ao usuário total liberdade de rodar seus apps, jogos e muitos outros. Estes pequenos computadores já são usados para central de entretenimento, não só lá fora, mas aqui no Brasil também.

Já que teremos uma nova variante do Android, o Google estaria interessado em usar os comandos de voz, assim como no sistema para vestíveis. Sim, a empresa anunciou uma versão para relógios inteligentes com gadgets previstos para próximo ano. Como nos relógios, os comandos de voz podem ser usados com abundância, fazendo o sistema responder ao que você quer.

Pelas imagens divulgadas, vários aplicativos terão sua versão para as TVS. Youtube, Hulu e o Netlix são alguns dos exemplos de que esse futuro próximo está cada vez mais perto. Resta agora saber qual vai ser o futuro dos ChromeCasts, que foram anunciados pelo próprio Google como um dispositivo para TV.

Resta saber até onde o Google quer chegar com o Android ou se ainda demorará para vermos este futuro.

Android TV

Foto: Divulgação


A Copa do Mundo Fifa 2014 traz novidades em infraestrutura que também se relacionam com o mundo tecnológico. A primeira transmissão da Globosat com uso de 4k está prevista para acontecer na cobertura do evento esportivo.

A programadora de TV usará a Copa do Mundo para começar a transmitir uma imagem na tela que tem maior qualidade. Em termos práticos, parte dos especialistas indica tecnologia ultra definida em resolução que se equivale a quase cinco vezes das características do HD.

A coluna com nome de “Outro Canal”, presente no jornal Folha de S. Paulo, indica que os primeiro testes da transmissão da Globosat incluem comprar um caminhão que trabalhe com infraestrutura na base do link 4k. O sistema funciona como se fosse uma rede móvel de TV.

Não se pode ignorar o fato de que a equipe da Globosat deve ter transmissão que possui mais do que doze câmeras de alta resolução. A empresa indica também que devem trabalhar em transmissores de sinais que possam ser usados por membros da FIFA, no sentido de captar imagens específicas dos principais jogos na Copa do Mundo 2014.

Outro ponto que requer destaque se encontra no fato de Sony e FIFA assinarem um acordo para transmitir os jogos que acontecem de forma específica no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Além de melhorar a qualidade de imagem nas transmissões do espetáculo, a Sony indica que vai fazer testes com a tecnologia ultra definida.

Fechar parcerias com operadoras de TV e acertar com a Federação consistem nos dois objetivos que a Globosat têm nos dias atuais para seguir no projeto. Sky e Net são duas operadoras que já fornecem tecnologia 4k aos assinantes.

Por Renato Duarte Plantier


Após o anúncio da LG sobre o lançamento do celular tela curva, um novo lançamento da fabricante divulgado no final do mês passado está sendo muito cogitado no mundo da tecnologia e nas redes sociais: a TV de tela curva de 55 polegadas, que promete dar maior emoção aos filmes e seriados com design único e totalmente inovador.

O produto ainda tem alto custo, por isso não se espera que a popularização seja imediata. As promessas sobre as cores mais vibrantes e maior economia para o consumidor estão sendo um dos assuntos principais, já que a tecnologia OLED está prestes a dominar o futuro dos eletrônicos a um curto prazo. Essa tecnologia é composta por elementos químicos e orgânicos que emitem luz ao entrar em contato com a eletricidade.

Essa reação faz com que a energia seja economizada e que as imagens ganhem um contraste muito maior, favorecendo a qualidade do novo equipamento. Mesmo que ainda sejam os "primeiros experimentos" dessa nova tecnologia, as expectativas estão repletas de otimismo para um futuro próximo.

Essa tela, que pesa aproximadamente 17 quilos e tem os alto-falantes totalmente acoplados no design fino e feito à base de acrílico, custa atualmente R$ 40 mil. Os consumidores terão a verdadeira sensação de estar curtindo o cinema no conforto da sua casa.

  A tecnologia também é estendida em 3D com acesso à internet usando a plataforma Smart TV que pode funcionar como o Netflix, por exemplo.

A novidade foi apresentada no Consumer Electronic Show –  CES – já no início do ano e a sua resolução  é em Full HD (1080p). A espessura total soma apenas 4  milímetros no total e a imagem não corre o risco de ficar distorcida e o ângulo de visão é de 180 graus. Segundo a fabricante, este é o resultado de cinco anos de intensa pesquisa.   

TV.


A tecnologia através da televisão avança cada vez mais, despertando o interesse das pessoas e aumentando a vontade de querer  comprar o que tem de melhor. Como agora, a incrível TV 4k de alta definição que está sendo lançada no mercado para proporcionar sensações e mais satisfação ao assistir um programa.

TVs 4k é um modelo de ultra-alta-definição com resolução de 3840×2160 pixels. Esse modelo é considerado ainda muito raro e o lançamento começou no ano de 2013, inclusive no Brasil. O preço ainda está muito caro para os consumidores, mas há uma forte tendência de popularização do produto e ser de fácil aquisição para todos.

O preço da TV 4K está variando entre R$ 10.000,00 até R$ 100.000,00. Os valores estão altos devido ao fato de ainda ser um lançamento, porem pode surgir diversos modelos que favorece na queda de preço.

O mais recomendável para os interessados no novo modelo de TVs 4k e que devem esperar aproximar a Copa do Mundo ou o evento passar, para  então adquirir o produto, pois os preços vão cair bastante até lá. E outro importante detalhe são as ofertas de conteúdo que ainda  são poucas, por isso é que vale a pena esperar.

Essa nova tecnologia promete ser tão econômica quanto os outros modelos de TV, mesmo que o produto ofereça uma tela com qualidade melhor e proporciona muitas sensações ao assistir algum programa. As pessoas também ficam atentas ao consumo  de energia.

Por esse fato, é preciso criar um produto de qualidade, mas que também proporcione economia. Porém a nova TV 4K terá modelos como uma LED e outros lançamentos que tenham um consumo entre 30% de energia mais baixo.

Portanto, o consumidor não precisa ficar preocupado, em breve muitos todos vão migrar para uma TV 4K e poderão sentir a emoção de ter uma tela mais ampla como se estivesse com um cinema em casa.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

Foto: divulgação


O Campus Party representa sonho de consumo da grande parte do público que aprecia descansar em campings. Ao ponto de que quase oito mil pessoas sofreram privações dentro da barraca, no evento, como no caso do extenso calor, por exemplo. Quem teve a chance de descansar no quarto VIP, na Arena Anhembi, deu glória aos céus, em consequência da comodidade presente no clima desértico do verão paulistano.

No ano de 2014 o quarto VIP ficou acima das expectativas, conforme a opinião de parte dos campistas que opinam em fóruns de notícia sobre esse assunto específico. Videogame, wireless, home-theater, TV 3D, ar condicionado e cama de casal eram apenas algumas das vantagens que existia no local. De certa forma, esse tipo de mordomia esteve reservado às poucas pessoas que conseguiram vencer as árduas tarefas diárias do evento.

Por exemplo, Edvan Silva, com idade de 27 anos, conquistou a mordomia ao levar em conta que ficou por tempo além do que dois dias acampando na porta e por consequência teve o mérito de ser o primeiro a entrar no evento. Além disso, para garantir a liderança da fila, o rapaz também teve que fazer longa viagem, de Brasília até São Paulo, dirigindo o seu carro.

Amanda Brancos, estudante universitária de arquitetura, também conquistou a vantagem de usufruir o quarto VIP, depois de vencer disputa no jogo ROCK BAND. Ela foi a melhor tocadora de guitarra. Não se pode ignorar o fato de que a garota veio de Vitória da Conquista, na Bahia, apenas para participar do evento. No primeiro dia usou a sua barraca para guardar os pertences. A jovem trouxe uma mochila e um colchão.

A mordomia começou no momento em que ela entrou no quarto, visto que recebeu kit completo de higiene e um chuveiro com água quente de causar inveja aos outros campistas.

Not?cias.





CONTINUE NAVEGANDO: