Set-top Box x Streaming Stick – O Que é e Qual é Melhor?





Saiba aqui o que vale mais a pena: Set-top Box ou Streaming Stick.

Quando as TVs Smart chegaram ao mercado, a maioria das pessoas já tinha um aparelho antigo em casa. E não estamos falando daqueles televisores de tubo, mas sim das primeiras TVs de LED que chegaram ao mercado.

Como o aparelho ainda está novo, apesar da possibilidade que as smart fornecem, de assistir programação diretamente da internet, muitos preferem buscar alternativas, que permitam continuar utilizando a televisão antiga. Aí é que entram os dispositivos chamados set-top box e streaming stick.




A questão é: Qual seria o melhor para transformar sua TV comum em smart? Vamos explicar para você como funciona cada uma das opções:

O que é e como funciona o streaming stick

Streaming stick é um pequeno aparelho que lembra muito a um pen drive e que será conectado na sua TV. A diferença é que a entrada normalmente é HDMI e não a tradicional USB. É discreto e pode facilmente ser transportado a outro lugar, ou seja, você pode usar na televisão da sala e em seguida ir para o quarto, levando o dispositivo junto.


Esse tipo de aparelho é recomendado para quem não tem muito experiência e quer aproveitar apenas o básico, como acessar YouTube ou a Netflix para assistir filmes e séries. O dispositivo suporta tranquilamente Full HD e 4K, porém, é importante ter uma boa conexão Wi-Fi.

Não há entrada para cabos de rede, então, toda a conexão é feita pelo Wi-Fi. Outro ponto positivo, além do tamanho e praticidade de mudar o aparelho de lugar, é seu preço. Bastante em conta.

Vale lembrar que você precisa ter um smartphone Android ou iOS, ou um computador (Windows ou Mac) que vai funcionar como controle remoto do dispositivo. A ideia é a praticidade, então o streaming stick apenas transmite o que estaria sendo exibido nos outros aparelhos e os reconhece através da conexão Wi-Fi.

Um exemplo de streaming stick que é bastante procurado é o Chromecast (Google), que possui preço acessível e é fácil de conectar a sua TV. Basta ter uma entrada HDMI disponível.

Caso busque por um aparelho mais fácil de mexer, no Brasil existem outras opções que possuem controle remoto, como o Fire TV (Amazon). O valor é um pouco mais alto quando comparado ao Chormecast, mas a facilidade de mexer pode ser uma grande vantagem para alguns usuários.

O que é e como funciona o set-top box

Os set-top box são mais completos que os streamings sticks. Sua qualidade é superior e ideal para quem deseja assistir conteúdo sempre em 4K. O aparelho é maior e muito parecido com os de TV à cabo. Porém, por se tratar de algo mais robusto e que tem mais cabos conectados, é ideal para quem deseja utilizá-lo em uma única televisão.

Além do sinal Wi-Fi, permitem a conexão via cabo de rede, o que garante maior estabilidade durante a transmissão de conteúdo. Também reproduz mais aplicativos que o streaming stick, já que possui maior espaço interno e capacidade de hardware.

É possível, inclusive, guardar vídeos, fotos e outros arquivos, quase como se fosse um pequeno computador conectado a sua TV.

Apesar de todas essas vantagens em relação ao conteúdo reproduzido, o valor dos set-top box é mais caro e pesa no bolso. Enquanto os streamings sticks são encontrados por até R$ 300, os set-top box custam minimamente R$ 1.100 em uma versão mais simples, no caso dos modelos da Apple TV.

Quem gosta da Xiaomi e está querendo economizar, pode escolher o dispositivo da marca, Mi Box 4K, que pode ser comprado por valores a partir de R$ 350, um pouco a mais do que o de um streaming stick mais avançado.

Qual escolher?

A escolha entre o melhor dispositivo depende muito do que você deseja fazer ao transformar sua TV em smart. Se a ideia é apenas ouvir música ou ver filmes e séries, o streming stick já consegue satisfazer seus desejos.

Agora se você quer um aparelho que permita assistir TV com mais qualidade na transmissão, jogar alguns games e até mesmo armazenar arquivos, usando o dispositivo como um HD externo, o set-top box se encaixa melhor às suas necessidades.

Então, analise bem qual será o uso do aparelho e invista naquele que vai proporcionar mais vantagens.

Stephanie Caroline Meyer de Quadros



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *