Apple TV+ – Novo Serviço de Streaming





A Apple anunciou novidades em seu novo serviço de streaming, chamado Apple TV+.

Foi anunciado na última segunda-feira, dia 25 de março, em evento oficial da Apple, o novo serviço de streaming da marca. Após um grande período de expectativa sobre os preparativos do mesmo, a companhia acabou desvendando o mistério acerca dele e a novidade foi apresentada oficialmente nos Estados Unidos, no palco do Steve Jobs Theater.

O serviço nada mais é do que uma renovação do já conhecido aplicativo nomeado Apple TV. Com o seu aprimoramento, o app ganhará muito mais funções, tornando-se uma espécie de hub com conteúdo audiovisual e original da famosa maçã. Além disso, o mesmo também contará com streaming de terceiros (Amazon Prime Video e Hulu), acesso aos canais transmitidos em TV fechada e transmissões esportivas badaladas.




Trazendo uma forte concorrência para a Netflix, o serviço da Apple também será oferecido por meio de assinaturas, podendo o conteúdo ser visto tanto na modalidade offline quanto online. Ainda, não serão apresentadas quaisquer propagandas que interfiram nas transmissões. A estimativa é que a empresa invista aproximadamente US$ 2 bilhões na produção de seus conteúdos originais. A previsão é de que os conteúdos do Apple TV+ já estejam disponíveis em mais de 100 países espalhados no mundo todo até o final deste ano.

Um pouco mais sobre o Apple TV+

Algumas novidades já estão sendo anunciadas para o serviço de streaming da Apple, principalmente no que diz respeito aos conteúdos que são originais da marca. Um dos programas anunciados é a série de ficção científica de Steven Spielberg, chamada de “Amazing Stories”. Outra promessa é a série “The Morning Show”, um drama protagonizado por Steve Carrel, Jennifer Aniston e Reese Whiterspoon. Ainda, Oprah Winfrey também apresentará novos programas em parceria com a Apple. É importante destacar, inclusive, que todos eles tiveram presença marcante durante o evento e anúncio do lançamento.


Como deram conta alguns rumores, o streaming terá sua base em uma assinatura individual dos canais, funcionando como uma espécie de televisão personalizada por assinatura. A grande novidade é o chamado Apple TV Channels, que traz uma oferta em conteúdos de TV através de streaming. Assim, ao invés de assinar todo um pacote fechado, quem for cliente da Apple TV+ poderá contratar de forma personalizada e individual os canais a que tem interesse, tais como o Cinemax, Showtime e HBO. Além desses conteúdos, outras plataformas como a Amazon Prime, Hulu, TNT Sports e ESPN Watch também serão disponibilizadas para a assinatura por meio do aplicativo. E como já era esperado, os programas e filmes que foram adquiridos no iTunes estarão na conta na maneira tradicional, com um vasto catálogo de seriados e de filmes para o aluguel e a compra.

Então, como se pode ver, o Apple TV+ irá reunir não somente conteúdo que é original da Apple, como também de outras distribuições. É pertinente lembrar que a Netflix recebeu uma oferta para oferecer os seus conteúdos exclusivos no aplicativo, porém recusou a oferta.

Abrangência do Apple TV+

A transmissão dos conteúdos do Apple TV+ será em 4K e em todos os dispositivos que levam a maçã, do iPhone até o iPad, passando também pelos Mac e set-top Box da Apple TV. Além desses, também é possível visualizar tudo em uma Smart TV da Vizio, Sony, LG e Samsung, bem como em um aplicativo para dongles Fire TV, da Roku e Amazon.

O novo app chegará a mais de 100 países. Porém, ainda não foram reveladas informações sobre os preços de nenhum desses serviços de TV. Por isso, resta aguardar até o lançamento oficial no terceiro trimestre de 2019. A expectativa é de que esse seja feito junto aos novos iPhones da marca.

Por Kellen Kunz

Apple TV+



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *