Confira aqui como funciona e como instalar o Aptoide em sua TV Android.

Para os usuários de aparelhos móveis que usam o sistema operacional Android, nada mais justo que um local exclusivo para baixa vários Apps e atualizações para o mesmo.

Esta é a proposta do Aptoide, que surge no mercado de Apps como uma loja virtual onde os usuários podem baixar vários APKS de atualização tanto para smartphones quanto para qualquer outro tipo de dispositivo móvel que utiliza o Android como sistema principal.

Ele surge então como uma opção ao famoso Google Play Store e segundo os especialistas, a nova opção pode ser considerada muito além de apenas uma segunda opção para quem quer baixar algum programa interessante ou algum atualização para ao seu celular.

O Aptoide surge como uma alternativa para quem quer atualizar o seu atual sistema operacional, além de reconhecer e memorizar quais foram os APKS baixados a partir de seu principal concorrente, o Google Play. O programa sabe distinguir quais foram e é capaz de atualizá-los também.

Muito mais que baixar novas atualizações, o sistema pode controlar as versões instaladas e de programar e iniciar as atualizações por downloads sempre o usuário estiver em uma área de conexão com a rede ativada.

O controle das versões instaladas pode ser consultado através do APK do recurso instalado a partir do próprio aparelho do usuário. Para acessá-lo, basta abrir o recurso e na opção Restaurar, você vai encontrar as versões já instaladas. Basta clicar no botão Rebaixar e o aparelho vai ser redirecionado para versão imediatamente inferior a que foi instalada antes da atual.

Para programar o download automático de Apps, basta acessar a opção de qualquer APK instalado e acessar o item Downloads agendados. O usuário pode ficar então à vontade para fazer a programação ou então, terá a opção de agendar todos as atualizações disponíveis quando o aparelho entra num área de internet disponível.

Algumas vezes, o usuário pode rejeitar alguma atualização. Para isto, basta acessar a opção Atualizações e então selecionar e pressionar a opção escolhida e ela será enviada automaticamente para a lista de Atualizações excluídas. Este recurso é importante, caso o usuário queira reverter a operação. Para isto, basta ir nesta última lista e desfazer o processo.

Confira agora no vídeo abaixo como instalar o Aptoid TV em sua TV Android:

Emmanoel Gomes


Confira aqui as diferenças e vantagens que o Android Box tem em cima do Chromecast.

O Android Box é um aparelho que está cada vez mais popular no Brasil, sendo uma alternativa para os que não possuem Smart TV. Ao contrário do Chromecast, que é fabricado pelo Google, o mini PC Android ou Box é produzido por diferentes marcas, contando com mais funcionalidades.

Conheça as principais vantagens que o Android Box oferece e as diferenças diante do Chromecast e qual o valor do aparelho no Brasil. Veja se o investimento realmente compensa.

Os recursos

De forma contrária ao Chromecast, o aparelho Android Box possui nativamente sistema Android e possui quase todas as funções que um tablet possui, ou seja, ele consegue fazer o download e instalar qualquer tipo de aplicativo da Play Store, ainda jogos e redes sociais. Você pode, por exemplo, instalar games e utilizar como gamepad, o celular.

É possível também baixar séries e filmes diretamente na sua memória e ainda reproduzir na televisão e utilizando como controle remoto, o smartphone. Caso seu Box possua um grande armazenamento interno, ou cartão microSD, o aparelho tem a possibilidade de ser uma poderosa central de mídia.

Sendo um dispositivo de streaming, o Chromecast não oferece tal tipo de vantagem pois não possui acesso a Play Store e nem uma memória interna. Veja o Android Box sendo um tablet multimídia acoplado a TV.

Por ser produzido por diferentes marcas, o Box tem diversas especificações técnicas. De modo geral, recomenda-se buscar por um processador que seja no mínimo quad-core e tenha 1 GB de memória RAM, sendo essas configurações as necessárias para aplicativos como YouTube, Netflix e outros.

A maior diferença do Android Box para um smartphone Android é exigir uma ficha técnica menos potente. É difícil fazer uso de diversos aplicativos na TV ao mesmo tempo, então não se preocupa muito com a fluidez e o desempenho. Entretanto, deve-se atentar ao seu armazenamento interno, tenha preferência para aparelhos que possuam no mínimo 8 GB e também tenha entrada para cartão microSD.

Se você procura um dispositivo para games, é necessário investir um pouco mais. Sendo assim, deve-se ter no mínimo RAM de 2 GB e uma GPU no nível do Adreno 405, utilizado no Moto G 4 Plus.

Pode-se encontrar o dispositivos em sites a partir de R$ 150,00.

FILIPE R SILVA


Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre as Android TV.

O que são as Android TV e o que elas oferecem de novo?

A Android TV foi criada por uma parceria entre o Google e a Sony e foi lançada no Brasil em julho do ano passado. Muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre o que essa TV possui de novidade e qual a sua diferença em relação a outros aparelhos de TV inteligentes. Para saber mais sobre as funções e possibilidades que a Android TV oferece, acompanhe o texto!

Android TV é um televisor que possui a plataforma do Google como sistema operacional. O modo de funcionamento é bem similar ao de celulares e tablets, que também possuem o sistema Android. Porém, a diferença da Android TV é justamente o tamanho. Em seu lançamento os engenheiros afirmaram que a intenção não foi criar um novo sistema, mas sim, algo mais adequado para as grandes telas e suas mídias específicas.

Uma dúvida muito comum é a diferença entre as Android TV’s e as Smart TV’s. Apesar de a Smart TV já oferecer uma série de vantagens e possibilidades em relação à TV comum, principalmente quando há acesso à internet, ela não possuía um sistema operacional próprio, como no caso da Android TV.

A nova Android TV possui uma série de aplicativos especialmente desenvolvidos para ela. Dentre eles, Netflix, Spotify, VEVO, ESPN e muitos outros, somando o total de 120 disponíveis.
Esses aplicativos podem sem encontrados na loja da Google Play, pelo seguinte link: https://play.google.com/store/apps/collection/promotion_3000e26_androidtv_apps_all?hl=pt_BR .

Além disso, a Android TV possui comando de voz e nela é possível jogar jogos de smartphone e tablet (inclusive no modo multiplayer, que permite que várias pessoas joguem juntas). Outra inovação é a transmissão de aparelhos móveis diretamente para a TV através do aplicativo e sem a necessidade de um aparelho de intermediação, como um chromecast .

As Android TV’S já estão disponíveis no mercado e geralmente custam a faixa de 5 mil a 17 mil reais, variando de acordo com o tamanho. A resolução é de 4K. A Sony também prevê o lançamento de Android TV’s com qualidade Full HD, nos tamanho de 50, 55 e 75 polegadas. Entretanto, os preços ainda não foram divulgados.

Carolina Costa Moreira


A previsão de chegada ao Brasil é em julho deste ano. Tal feito foi possível pela parceria entre o Google e a Sony.

O Brasil vai receber as primeiras televisões com o sistema operacional Android, agora no mês de julho, graças a uma parceria entre o gigante de buscas Google e a Sony que está apostando no potencial do Brasil para estes modelos de televisões.

Por enquanto, somente através do dispositivo Nexus Player era possível ter acesso à plataforma, mas em breve esta novidade estará disponível para todos os brasileiros.

O modelo ultrafino da Sony oferece a opção Full HD e tem o modelo com imagem 4K com tamanhos de 49" a 75" e os preços variam bastante, de acordo com o modelo da TV, por exemplo, a TV mais básica custará R$ 5 mil que equivale ao modelo Ultra HD de 49". Já o modelo top de linha, com imagem 4K e 75" custará pelo menos R$ 18 mil!

Mas todos os modelos contarão com o processador X1 que é da própria Sony e que é o responsável por garantir tamanha nitidez nas imagens, oferecendo também um número superior de cores e um ótimo contraste.
O sistema operacional Android é bem fácil de ser utilizado e isto é um ponto a mais para que a TV conquiste os brasileiros. O novo Android TV está bem mais enxuto em sua última versão. Em um só lugar o usuário poderá encontrar o "marketplace" do Google Play, além dos serviços que oferecem música e filmes, além de terem acesso ao YouTube e o Google Cast para que o usuário possa transmitir conteúdo multimídia de seu smartphone ou tablet para a TV.

E o Android TV chega ao Brasil com uma grande vantagem, pois já são mais de 120 aplicativos disponibilizados exclusivamente para ele. E diversos desenvolvedores locais estão trabalhando para garantir novos aplicativos para os aparelhos.

A empresa ainda se comprometeu a oferecer atualização para o sistema operacional em até 30 dias, de forma que todos os dispositivos possam ser atualizados dentro deste período.

O Android TV ainda oferece um sistema de busca inteligente que é comandado por voz, é só clicar no botão que se encontra no topo do controle para registrar o comando de áudio que você desejar. Na verdade, este sistema de busca funciona como se fosse uma versão da "Siri", só que para a TV, pois você pode fazer várias perguntas sobre artistas, filmes ou músicas.

As televisões rodando Android TV deverão fazer sucesso por aqui, pois são realmente inteligentes e ágeis, além de contar com um buscador que certamente vai atender a grande maioria dos brasileiros.

Por Russel

Android TV

Android TV

Fotos: Divulgação


Novas TVs são divididas em modelos 2K e 4K e variam entre 40 e 75 polegadas.

A empresa de origem japonesa Sony lançou, no último domingo, 19 de abril de 2015, uma nova linha de televisores com o sistema operacional Android e que são dotados de uma alta resolução.

No total, são nove aparelhos distintos que funcionam com o Android e, as telas variam entre 40 até 75 polegadas. Ainda, as televisões são divididas em dois modelos: 2K e 4K e têm as resoluções mais altas do mercado tecnológico. Todos eles são produzidos com o chip X1 e, ainda, o processador é responsável pela melhoria no balanceamento das cores, otimização e definição na imagem da TV.

Dentre os modelos 2K estão o R510C, W850C e W800C e os preços podem chegar até R$ 9.000,00. Já os 4K podem custar de R$ 4.000,00 até R$ 24.000,00 e se dividem entre os modelos X830C, X850C, X900C, X910C, X930C e X950C. Os dois primeiros modelos ainda não tiveram os valores divulgados.

No entanto, o modelo que mais chamou a atenção na linha é o X900C, que já é considerado a TV mais fina do globo, com espessura de menos de 0,5 centímetros.

Outra novidade é que o fato da TV vir com o Android possibilitará que esta troque informações com o smartphone, além de poder espelhar a tela do smart na TV.

Os modelos serão vendidos, por enquanto, apenas nos Estados Unidos e não há data para chegada dos produtos aqui no Brasil.

A Sony:

Fundada no ano de 1946 em Tóquio, foi a primeira empresa a criar um gravador de fita cassete no Japão. A multinacional de origem japonesa é considerada a quinta maior em produção de eletrônicos, sejam televisores, celulares, computadores, câmeras fotográficas e jogos.

Ainda, a Sony é dona de algumas marcas conhecidas como a AXN, Discman, Olympus, Sony Music, Vaio, Xperia, além do estúdio cinematográfico Columbia Tri-Star Pictures.

No Brasil, a empresa se instalou em 2008 na cidade de São Paulo.

Por Andréa Corneli Ortis

TV Android da Sony

TV Android da Sony

Fotos: Divulgação


Quando os computadores começaram a se popularizar, as televisões foram praticamente esquecidas. Mas depois vieram os novos modelos de tela fina, com melhor qualidade de imagem e várias funções, assim, as televisões ganharam novamente espaço e as vendas estão batendo recorde.

E as empresas estão trazendo para o mercado muitas novidades, para garantirem que seus aparelhos fiquem entre os mais desejados, como a Philips, uma das mais conhecidas marcas de televisores entre os brasileiros, que apresentou seu novo modelo, a Philips 4K que conta com sistema Android exclusivo para televisão.

O anúncio do novo modelo da Philips foi realizado durante a coletiva na IFA 2014, através da TP Vision que é o grupo responsável atualmente pelos televisores da marca Philips.

Três novas séries foram apresentadas e a grande novidade foi o fato de serem baseadas no sistema Android TV, assim, a empresa se tornou a primeira companhia em todo o mundo a apostar no sistema operacional do Google. E não é por menos, no mercado de smartphones, o sistema Android é um dos mais conhecidos, estado presente em milhões de aparelhos. E o Android TV tem tudo para dominar também o mercado de novos televisores e a Philips está apostando alto nessa tendência.

Os novos televisores da Philips estão equipados com modernos painéis que são compatíveis com a nova resolução 4K, que garante uma imagem perfeita.

A empresa tem intenção de conseguir atingir os mais diversos clientes, atendendo às suas expectativas, conseguindo ocupar no mercado desde o posto de modelos top de linha até aqueles que oferecem preços mais em conta.

A série 7900 é um modelo 4K, Ultra HD, que traz o sistema Android TV e conta com preço mais acessível, contando com a nova tecnologia Ambilight em 3 lados. Já a série 8900 é o primeiro modelo de TV 4K em curva. E a série 9100 tem como principal destaque uma qualidade de imagem muito superior às demais TVs, sendo o modelo ideal para os consumidores mais exigentes.

E para completar estes novos modelos, a Philips ainda traz os modelos 8800 e 9800, deixando claro que a marca está preparada para revolucionar ainda mais este mercado que tem tudo para crescer nos próximos meses, mas isso acontecerá entre as empresas que conseguirem trazer novidades e tecnologia de ponta.

Por enquanto, os novos modelos da Philips ficarão restritos à Europa e também à Rússia, sem previsão de serem lançados em outros países, como o Brasil, por exemplo.

Por Russel

TV Philips 7900

TV Philips 4K com Android

Fotos: Divulgação


Depois de vermos o Android ser embarcado em inúmeras plataformas, podemos presenciar num futuro muito próximo do que imaginamos o sistema de código livre do Google em outro seguimento. Rumores apontam que teremos um Android TV do próprio Google.

O site The Verge trouxe a informação e pelo que se percebe, o Android ainda não foi tirado de pauta para as TVS em um futuro tão próximo quanto pensávamos. A ideia é colocar o Android em uma espécie de Apple TV, fazendo assim o sistema do robozinho verde entrar em mais uma área, gerando receita e conteúdos para a Big G.

Ainda segundo a publicação, veremos um sistema um pouco diferente. Voltado exclusivamente para consumo de entretenimento e não para o que conhecemos atualmente, o Android vem para conquistar terreno em um lugar onde não temos grandes concorrências. Já vimos alguns “Androids PCS” que são relativamente baratos e que oferecem estes sistemas às TVS por meio de um cabo HDMI dando ao usuário total liberdade de rodar seus apps, jogos e muitos outros. Estes pequenos computadores já são usados para central de entretenimento, não só lá fora, mas aqui no Brasil também.

Já que teremos uma nova variante do Android, o Google estaria interessado em usar os comandos de voz, assim como no sistema para vestíveis. Sim, a empresa anunciou uma versão para relógios inteligentes com gadgets previstos para próximo ano. Como nos relógios, os comandos de voz podem ser usados com abundância, fazendo o sistema responder ao que você quer.

Pelas imagens divulgadas, vários aplicativos terão sua versão para as TVS. Youtube, Hulu e o Netlix são alguns dos exemplos de que esse futuro próximo está cada vez mais perto. Resta agora saber qual vai ser o futuro dos ChromeCasts, que foram anunciados pelo próprio Google como um dispositivo para TV.

Resta saber até onde o Google quer chegar com o Android ou se ainda demorará para vermos este futuro.

Android TV

Foto: Divulgação


A Tencent and TCL Multimedia vem mostrando toda a versatilidade do sistema operacional do Google, com câmeras, tablets, celulares TVs e netbooks. Recentemente, a companhia revelou a Ice Screen, sua TV com 26 polegadas que também conta com sistema operacional Android.

A tela da Ice Screen possui resolução de 1.366×768 pixels e permite que os usuários naveguem pela internet e tenham acesso aos mais variados tipos de conteúdos, como jogos, vídeos e músicas. Além disso, o televisor traz processador Cortex A9 dual-core com 1 GHz, GPU Mali 400, memória RAM de 4 GB e entrada para cartão de memória de até 32 GB. Com a ajuda de um suporte de apoio para segurar o televisor, o usuário pode ajustar a tela na posição que desejar, vertical ou horizontalmente.

A Ice Screen pode ser controlada por meio do controle remoto ou até mesmo por qualquer dispositivo que possua o Android como sistema operacional, sendo a versão 2.2 em diante. O aparelho ainda conta conexão Wi-Fi, portas USB, uma entrada HDMI e uma para headphones.

Na china a Ice Screen será vendida por aproximadamente US$ 315 e seu lançamento está programado para o dia 3 de setembro deste ano.

Por Guilherme Marcon


A Lenovo está preparando um primeiro semestre cheio de novidades. Um dos grandes lançamentos da empresa na China no final deste mês será a primeira televisão com sistema operacional Android.

A TV chegará ao mercado com um processador dual core de 1.5 GHz e sistema Android 4.0 (também conhecido como Ice Cream Sandwich).

O televisor terá tela de 42 polegadas, mas a empresa já estuda o lançamento deste modelo em outros tamanhos, dependendo da aceitação do público.

Apesar da empresa ainda não ter confirmado a data de lançamento, o preço do aparelho já fui divulgado. Segundo a Lenovo, o televisor custará aproximadamente 6.499 yuan (cerca de US$ 1.029).

Entre os atrativos do aparelho está a possibilidade de instalar diversos aplicativos disponíveis na loja do Google Play. Além disso, o televisor também rodará conteúdo em 3D (apesar do óculos não estar incluso).

Confira no vídeo abaixo uma análise do aparelho (em inglês):


Depois da apresentação do Google TV, as grandes fabricantes de televisores entraram na briga para oferecer em primeira mão aparelhos com suporte para as novidades trazidas pela gigante das buscas.

A Sony saiu na frente e apresentou sua linha de TVs com o sistema operacional Android. A nova era dos televisores contempla a conexão com a Internet e uma grande variedade de conteúdo, mesclando o que se vê na TV atualmente, com o que está disponível na Internet.

As TVs da Sony possuem conexão Wi-Fi, alta definição e possuem processador Intel Atom. À primeira vista, as configurações se assemelham as dos netbooks mais comuns. O preço varia de US$600 para o modelo de 24” e US$1,4 mil para o de 46”.

A data de lançamento está prevista para antes do Natal, mas apenas nos EUA.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: G1


Não resta dúvida que o Android ganha terreno de forma muito rápida. Agora ele acaba de chegar às TVs, mais precisamente nos modelos HDTV LED da empresa sueca People of Lava, a linha Scandinavia.

Com isso além de assistir TV, o consumidor terá acesso à aplicativos do Android Market, além de poder acessar as redes sociais mais comuns como o Twitter e Facebook, poderá assistir vídeos do YouTube e visualizar o Google Maps. E mais: também terá acesso à e-mail, previsão do tempo, e browser para navegar na internet.

Feita de um material diferente, semelhante à cerâmica, a previsão de lançamento do modelo de 42 polegadas é para setembro, na Europa, ao preço de 2000 euros. Depois serão lançados os outros tamanhos, de 47 e 55 polegadas.

Não há previsão de que sejam lançadas no Brasil. Mas vale lembrar que Samsung e Semp Toshiba venderão modelos com recursos semelhantes.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Digital Drops




CONTINUE NAVEGANDO: