O sistema operacional Android foi uma das maiores apostas do Google desde que a companhia resolveu se expandir para o mercado móvel. Com isso, as possibilidades de atingir outros mercados aumentaram significativamente, transformando a gigante das buscas na internet em um referencial nos assuntos relacionados à tecnologia.

Após o relativo sucesso do Chromecast, um dispositivo parecido com um pendrive que pode ser plugado em qualquer TV moderna via HDMI e transmitir vídeos e conteúdo online diretamente na tela, o Google resolveu investir pesado e disponibilizar umaTV com seu próprio sistema operacional Android. Com isso, a companhia pretende se estabelecer de vez no mercado das smart TV’s, que têm crescido significativamente nos últimos anos. Com a novidade, a TV deve ficar bastante parecida com um smartphone e será possível acessar a Google Play para baixar e instalar diversos jogos e apps voltados exclusivamente para o sistema.

Essa é a segunda tentativa do Google com algo desse tipo. Em tempos anteriores, a companhia já havia tentado obter sucesso com a Google TV, mas o projeto foi engavetado. Agora, a novidade deve ser reapresentada durante a I/O, uma conferência exclusiva do Google para apresentar as suas novidades.

De acordo com o site GigaOm, que teve acesso à informações de fontes ligadas ao Google, a interface da AndroidTV foi completamente remodelada para garantir uma interface de usuário mais simplificada. Além disso, todo o conteúdo deve ser organizado em cartões que irão separar o conteúdo de acordo com a preferência do usuário. Além de poder assistir às séries e conteúdos publicados online com relativa facilidade, a AndroidTV também terá suporte total aos jogos disponíveis na PlayStore para o sistema operacional. Com isso, o Google pretende atrair uma boa parcela da população que deseja ter jogos casuais na TV, mas sem ter que pagar caro por um console.

A gigante das buscas realmente parece estar interessada nesse mercado, já que o Chromecast tem tido uma boa aceitação do público justamente por ser um dispositivo útil e barato. Agora resta apenas aguardar mais informações oficiais da companhia na I/O 2014. 

Por Ebenezer Carvalho

AndroidTV

Foto: Divulgação


Depois de vermos o Android ser embarcado em inúmeras plataformas, podemos presenciar num futuro muito próximo do que imaginamos o sistema de código livre do Google em outro seguimento. Rumores apontam que teremos um Android TV do próprio Google.

O site The Verge trouxe a informação e pelo que se percebe, o Android ainda não foi tirado de pauta para as TVS em um futuro tão próximo quanto pensávamos. A ideia é colocar o Android em uma espécie de Apple TV, fazendo assim o sistema do robozinho verde entrar em mais uma área, gerando receita e conteúdos para a Big G.

Ainda segundo a publicação, veremos um sistema um pouco diferente. Voltado exclusivamente para consumo de entretenimento e não para o que conhecemos atualmente, o Android vem para conquistar terreno em um lugar onde não temos grandes concorrências. Já vimos alguns “Androids PCS” que são relativamente baratos e que oferecem estes sistemas às TVS por meio de um cabo HDMI dando ao usuário total liberdade de rodar seus apps, jogos e muitos outros. Estes pequenos computadores já são usados para central de entretenimento, não só lá fora, mas aqui no Brasil também.

Já que teremos uma nova variante do Android, o Google estaria interessado em usar os comandos de voz, assim como no sistema para vestíveis. Sim, a empresa anunciou uma versão para relógios inteligentes com gadgets previstos para próximo ano. Como nos relógios, os comandos de voz podem ser usados com abundância, fazendo o sistema responder ao que você quer.

Pelas imagens divulgadas, vários aplicativos terão sua versão para as TVS. Youtube, Hulu e o Netlix são alguns dos exemplos de que esse futuro próximo está cada vez mais perto. Resta agora saber qual vai ser o futuro dos ChromeCasts, que foram anunciados pelo próprio Google como um dispositivo para TV.

Resta saber até onde o Google quer chegar com o Android ou se ainda demorará para vermos este futuro.

Android TV

Foto: Divulgação


O campo de atuação do gigante de buscas Google tem grandes chances de aumentar em pouco tempo, pois a empresa informou investimentos na área de streaming.

Neste ramo, o Google pretende concorrer de forma direta com a AirPlay da Apple criando uma alternativa aberta para o surgimento de interações entre televisores e gadgets.

Para isso, já foram firmadas parcerias entre o Google e diversas empresas para oferecer uma segunda tela na televisão com os devices surgindo em um fluxo de dados nos aparelhos móveis e nos televisores.

Fonte: 9to5Google

Por Ana Camila Neves Morais


A LG acaba de anunciar oficialmente que irá lançar no mercado norte-americano suas novas Google TV até o final de maio. A fabricante ainda não divulgou qual será o preço das novas TVs, mas já revelou que elas contarão com a segunda geração do sistema do Google para TVs inteligentes. Além disso, a empresa divulgou que os novos aparelhos terão processador quad-core baseado na arquitetura ARM, que é bem semelhante ao usado nos smartphones e tablets.

Ro Seogho, vice-presidente do setor de televisores da LG, disse em uma entrevista que os produtos começaram a ser produzidos no dia 17 maio, na fábrica da LG localizada no México.

O vice-presidente ainda afirmou que até o final de maio os consumidores já poderão comprar os produtos nos Estados Unidos. Porém, mesmo com essa confirmação, nenhuma informação sobre os modelos foi revelada e dessa forma não é possível dizer qual será o tipo de tela que os televisores irão trazer e nem suas dimensões.

Até agora a única certeza é que as TVs irão utilizar o sistema do Google, que por sua vez permite acesso aos serviços da plataforma na internet e ainda dá suporte aos aplicativos e conteúdos exclusivos da gigante das buscas.

Por Guilherme Marcon


O famoso laboratório Google X, onde a companhia norte-americana trabalha em seus experimentos secretos, acabou de ter mais uma de suas experiências reveladas para o mundo. Segundo o jornal 'The New York Times', a empresa está trabalhando em um óculos de realidade aumentada.

Richard DuVaul, importante cientista da Apple, acaba de ir para o Google, um dos principais rivais da companhia fundada por Steve Jobs. Segundo o jornal, a mudança aconteceu porque o cientista está trabalhando no laboratório secreto Google X para desenvolver os óculos.

O dispositivo seria semelhante aos óculos usados por pessoas em alguns filmes de ficção científica ou futuristas. Ao invés de lente há uma tela LCD ou LED transparente que permite visualizar normalmente o que está à frente do usuário e ainda pode facilmente enganar outras pessoas como se fosse um óculos comum.

O jornal afirma que já há protótipos prontos sendo testados no laboratório. Os óculos podem exibir informações de texto, imagem e o principal investimento do Google no aparelho: serviços de localização, como o Google Maps.

O 'New York Times' também afirmou que a Apple e o Google estão trabalhando em computadores que as pessoas possam vestir. Nenhuma informação foi confirmada ou negada pelas companhias.

Por Mozart Artmann





CONTINUE NAVEGANDO: