O mercado de televisores é altamente competitivo. A necessidade em atender ao consumidor por meio de preços justos e tecnologias de ponta, transformando o modo como as pessoas veem sua programação preferida (agora existe interatividade, por exemplo), incitam as empresas a investirem todos os meses em novos modelos.

A H-Buster, que aos poucos conquista maiores fatias no mercado brasileiro, acaba de anunciar o lançamento de dois modelos LCD, um de 32 polegadas e outro de 42 polegadas. Ambos já possuem sistema de conversor digital integrado.

Os dois televisores (HBTV-32D03HD e HBTV-42D03HD) têm basicamente as mesmas características. Além de extremamente finos e de base com rotação de até 30º, há quatro entradas HDMI de alta resolução e a tecnologia Media Direct De-Interlacing (MDDi), que tem por característica promover realce de detalhes e cores mais vivas.

De acordo com o site Buscapé, o modelo HBTV-32D03HD pode ser encontrado com valor de R$ 1.044,91 e o HBTV-42D03HD por R$ 1.538,91.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Geralmente, os consumidores brasileiros conferem em grandes redes ou em sites na internet de alta circulação novidades no campo eletroeletrônico, principalmente no setor de televisores. Sony, LG e AOC são as marcas mais visualizadas, muito mais à confiabilidade do que pelos preços.

Nos próximos dias, correndo pelas laterais, a H-Buster lançará sua TV com a mais recente tecnologia LED, bem fina (tela ultra slim de 2,99 cm), de design ousado e totalmente econômica. O pontapé inicial se dará com o modelo de 40”, que já vem com conversor de sinal digital embutido.

Esse televisor conta com três entradas HDMI, possibilitando a conexão de Blu-Rays, notebooks, videogames e home theaters. Existem, também, conectores AV, VGA, USB e componentes, para que o consumidor reproduza fotos, músicas e vídeos.

Carlos Bizetto, gerente de marketing da empresa, realça o lançamento e avalia que a tecnologia LED, sigla inglesa para Diodos Emissores de Luz, permite uma economia de até 40% na energia elétrica necessária para o funcionamento do aparelho. De acordo com ele, os televisores da H-Buster são confeccionados com materiais que não acometem o meio ambiente.

Por Luiz Felipe T. Erdei





CONTINUE NAVEGANDO: