The Virtual Reality Cinema oferece aos convidados um kit de realidade virtual que proporciona uma experiência única em realidade virtual.

Neste mês de março aconteceu a inauguração do The Virtual Reality Cinema. Foi a empresa &samhoud Media que apresentou a novidade, que é o primeiro espaço permanente em todo o globo, e mostra um cinema de maneira diferente para as pessoas. No lugar de uma tela grande que estamos acostumados, os convidados utilizam um kit de realidade virtual que conta com um óculos e fones de ouvido.

O estabelecimento fica na Holanda, em Amsterdã. Nele, as pessoas encontram 50 aparelhos do Samsung Gear VR que são usados ao lado de smartphones Galaxy S6, os quais foram selecionados devido a não terem muitos cabos e também possibilitam movimentação maior. Há também cadeiras que giram em 360 graus e mais 50 fones de ouvido da marca Sennheiser. Tudo para melhorar a experiência de realidade virtual.

A sessão tem um total de 30 minutos e os conteúdos mostrados são aqueles que foram especialmente desenvolvidos para o uso na tecnologia da realidade virtual. Um exemplo é quando o convidado do local fica no meio do palco de um show do U2, ou então, um voo sobre a cidade de Nova York de helicóptero.

Para quem quiser ter essa experiência deve desembolsar um ingresso no custo de 12,50 euros (aproximadamente R$ 45). Espaços semelhantes devem ser abertos também em cidades como Paris, Londres, Madrid e Berlim.

Crescimento da tecnologia da realidade virtual:

Um relatório foi divulgado pela empresa de consultoria ABI Research, que é voltada para o mercado tecnológico, aponta que as vendas de aparelhos de realidade virtual deve contar com um crescimento de 84,5% nos próximos quatro anos. Até o ano de 2020 serão 50 milhões de unidades comercializadas.

Esse relatório também apresentou dados referentes à realidade aumentada. A Microsoft é uma das empresas que deverão lançar produtos deste segmento, além da consultoria também ressaltar a importância do Oculus Rift, que hoje pertence ao Facebook. Esse dispositivo que fez com que outros modelos também chegassem ao mercado como é o caso do Google Cardboard, o HTC Vive e o Gear VR, da Samsung.

O CardBoard da Google, segundo a ABI Research, apresentou um papel preponderante para que a tecnologia fosse popularizada devido ao seu custo baixo que acarretou na cinco milhões de unidades distribuídas do modelo lançado em 2014. 

Cinema virtual

Foto: Divulgação


Netflix realizou uma parceria com o Oculus Rift, que oferecerá aos assinantes a realidade aumentada e a possibilidade de compartilharem o que estão assistindo através da própria plataforma.

A alta tecnologia literalmente chegou para incrementar nossos dias. Aquelas ideias que tínhamos assistindo os desenhos de “Os Jetsons” podem estar cada vez mais perto de se tornarem realidade. Prova disso é a novidade que o Netflix trouxe: a empresa anunciou que agora os assinantes terão a oportunidade de assistir vídeos com realidade virtual.

Tudo isso graças à parceria que a empresa realizou com o Oculus Rift. A novidade, anunciada através do Twitter da Oculus, foi recebida com muita empolgação pelos entusiastas de tecnologia.

Além de exibir o catálogo em realidade aumentada, o serviço também oferecerá a possibilidade de os usuários compartilharem o que estão assistindo através da própria plataforma. Todo o serviço de streaming estará disponível em breve, assim que os óculos chegarem para venda nas lojas.

E a novidade não para por aí: a Oculus anunciou que outros serviços de streaming também estarão em sua plataforma em breve, como é o caso do Vimeo, Twitch e Hulu.

Para quem não sabe, a realidade virtual oferece a possibilidade da pessoa que está assistindo algum conteúdo de se sentir como se estivesse dentro da própria cena, vivendo a ação ou bem próximo dela, como em um teatro. É uma tecnologia parecida com o ambiente 3D, com a diferença, entre outros recursos tecnológicos, no próprio óculos, que realmente parece algo bem futurístico.

Ainda não foi anunciado o valor inicial do gadget, nem quando ele estará disponível oficialmente nas lojas, muito menos quando o produto chegará ao Brasil. Porém, se formos considerar a fascinação de muitos entusiastas de tecnologia, tendo como base a fila de lançamento do novo iPhone, que ficou gigantesca nos Estados Unidos, podemos esperar também uma espera grande para quando esse produto chegar ao mercado.

Do jeito que anda a tecnologia, não é de se duvidar que nos próximos anos possamos interagir diretamente com o conteúdo que estaremos assistindo. É esperar para ver.

Por Felipe Villares

Netflix terá realidade virtual

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: