Modelo tem tecnologia chamada Acoustic Surface, capaz de acionar vibrações no próprio display, no sentido de gerar sons na própria tela.

Uma das maiores companhias em termos de equipamentos eletrônicos, no mundo, está com nova estreia no mercado internacional, e agora aterrissa em solo brasileiro. A nova SmartTV da companhia Sony, a A8F, iniciou oficialmente sua comercialização no Brasil.

Trata-se de um aparelho revolucionário no mundo digital, o qual está munido da incrível capacidade de gerar o som por meio da própria tela, dita OLED, que integra a sua linha XBR, Top da fabricante. Outra novidade atrelada à chegada da A8F, ao nosso país, é a X905F, que está equipada com um painel de tipo LED. Ambos os aparelhos estão configurados em dispositivo Android TV e possuem display tipo 4K HDR, entre outras especificações de grande avanço tecnológico.

Com relação ao modelo X905F, o mesmo está disponível pelo valor de lançamento de 7 mil reais, em relação à sua versão de 55 polegadas, embora possa estar disponível por um valor a partir de 5.965 reais, conforme se pode verificar no site especializado, TechTudo. Entretanto, ela chega a custar até 33 mil reais, sendo esse o valor cobrado pelo dispositivo de 85". No que toca ao modelo A8F, o mesmo conta somente com uma versão única configurada em 65 polegadas, que está sendo comercializada pelo valor de 17.500 reais, podendo, no entanto, ser adquirida no comparador do mesmo site por um valor a partir de 15.749 reais.

É muito importante destacar o fato de que estes valores promocionais estão disponíveis apenas para consumidores que realizarem pagamentos por meio de boleto. Junto aos dois aparelhos em lançamento, a linha XBR conta com mais uma série, intitulada X835F, a qual ainda não tem um valor definido e divulgado em seu lançamento.

O site especializado TechTudo possui um link que permite ao consumidor descontos na compra de TV, o Compare TechTudo.

Ainda assim, entre estes dois aparelhos em lançamento, a TV Smart XBR-A8F se destaca entre os demais pela presença da tecnologia chamada: Acoustic Surface, capaz de acionar vibrações no próprio display, no sentido de gerar sons na própria tela. Uma revolução tecnológica impressionante, algo que era presente apenas em ficção científica.

De acordo com o que foi divulgado pela empresa, este tipo de áudio varia em conformidade com as imagens emitidas através da tela, proporcionando uma experiência ímpar, muito mais intensa e imersiva para o consumidor. Este top de linha suporta dois padrões, ou seja, o HDR10 e o HLG, além de estar equipada com um processador em 14 bits de tipo X1 Extreme, o qual possui até 16 vezes mais núcleos em relação ao padrão de HDR comum.

Entre outras especificações, esta TV possui uma série de recursos que permitem melhoramento das imagens envolvidas, por meio de um aperfeiçoamento operado sobre a densidade e a nitidez, nas cores e no contraste. Em seu conjunto integral, estas duas séries de aparelhos operam com as mesmas tecnologias desenvolvidas, diferenciando-se somente no caso do Realçador de movimentos.

A Smart TV A8F está munida do chamado Motionflow XR, e a TV X905F está equipada com o chamado X-Motion Clarity. A companhia Sony não estabelece uma comparação precisa entre os dois modelos, garantindo, entretanto, apenas transições bem mais suaves entre ambas as TVs.

Outro ponto importante está na grande diferença existente, e que pode ser muito bem observada, em relação à potência de áudio, a qual chega ao cômputo de 50 Watts RMS presente no modelo mais avançado e ao cômputo de 20 Watts RMS presente na série que dispõe de painel de luz LED.

Os atributos compartilhados, ou seja, em comum, entre os dois modelos, abrange dispositivo de Wi-Fi 802.11 ac; de Bluetooth 4.1; de armazenamento interno em 16 GB; de Chromecast integrado; de espelhamento na tela em Miracast e em compatibilidade com o App SideView; ambas disponíveis para o dispositivo Android e o iPhone (iOS).

Por Paulo Henrique dos Santos

Sony SmartTV

Sony SmartTV


A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV vem equipada com sistema Android. Esse recurso permitirá que o usuário tenha experiências semelhantes às de aparelhos Smartphones e tablets.

A televisão evoluiu muito desde a primeira transmissão televisiva de 1928. Os televisores modernos não têm praticamente nada em comum aos primeiros modelos lançados. Há diferenças no design, no número de funções e no tamanho, mas a maior diferença é, sem dúvidas, a qualidade de imagem.

A imagem transmitida por um televisor moderno é praticamente idêntica àquela que vemos pela janela de nossas residências. Esse é o produto de anos de estudos e esforço de centenas de profissionais.

O surgimento de diversas fabricantes de TV aumentou muito a competitividade no mercado consumidor. Para trazer aos consumidores o que há de mais moderno no segmento, essas fabricantes investem em pesquisa constantemente.

E por falar em moderno, a Sony lançou a TV OLED 4K no Brasil. Confira agora as principais características da nova TV da fabricante japonesa.

Tecnologia Acoustic Surface

Os dois atuadores localizados na parte traseira da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV fazem a tela vibrar enquanto o som é propagado, fazendo com que sons e imagens sejam reproduzidos harmonicamente.

Processador 4K HDR X1

O processador 4K HDR X1 maximizam a qualidade e a realidade de imagem transmitida. Ele é capaz de processar imagens com 40% mais eficiência que o 4K X1, processador presente em modelos anteriores.

Android TV

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV vem equipada com sistema Android. Esse recurso permitirá que o usuário tenha experiências semelhantes às de aparelhos Smartphones e tablets.

4K X- Reality PRO

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV possui um banco de dados de imagens, e o processador analisa e combina esses dados aos objetos presentes nas cenas, tornando a imagem mais próxima à realidade.

Pesquisa por voz

Este recurso facilita e aumenta a interatividade entre a OLED 4K HDR Ultra HD Android TV e o usuário, além de ser a forma mais prática de buscar por programas e aplicativos rapidamente.

Google Play

Agora você pode acessar o Google play em sua OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. Desfrute de jogos e aplicativos em uma tela gigante, de alta resolução.

IR Blaster

Você pode controlar outros dispositivos com o controle remoto da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. Com este recurso, você não precisará colecionar dezenas de controles dos aparelhos de sua casa.

Chromecast incorporado

Este recurso permite a transmissão de imagens do celular diretamente na tela da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. O usuário poderá se conectar ao Youtube e assistir aos vídeos na OLED 4K HDR Ultra HD Android TV.

Tela TRILUMINOS

Promete a inserção de mais cores, trazendo maior realismo e adicionando mais emoção às cenas. A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV transmite cores mais vivas e realça as cores sutis.

DSEE

Este recurso permite a restauração dos elementos de frequência de som, perdidos quando os arquivos de áudio são compactados. Dessa forma, o som é transmitido de forma mais original e mais natural.

Super Bit Mapping 4K HDR

Com o Super Bit Mapping 4K HDR, as imagens tornam-se mais naturais e são suavizadas, graças ao sinal de 14 Bits do processador da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony.

Aprovada pela Netflix

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony é recomendada pela Netflix por conta de seu excelente desempenho e de sua alta performance de imagem, som e conexão a aplicativos.

Preços

O preço da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony de 65 polegadas pode variar entre R$ 20.699,10 e R$ 22.999,00. Este é o valor encontrado no site oficial da Sony e pode ser alterado sem aviso prévio.

Por Nanny Cunha

TV Android da Sony


Descubra aqui quem tem a melhor smart TV, Sony ou LG.

Entre as melhores empresas fabricantes de Televisão na atualidade, no Brasil, estão a LG e a Sony, responsáveis pela alta qualidade das Smart TVs comercializadas no país. As duas companhias oferecem aos consumidores aparelhos com tecnologia de ponta, portando, um grande painel de resolução em 4K, além da tecnologia HDR, cujas características têm atraído cada vez mais a atenção dos consumidores.

Assim, no sentido de tornar mais fácil a tarefa das pessoas que estão em busca de uma nova Smart TV, os seus diversos atributos serão observados, levando em consideração o grau de qualidade das imagens, os preços, a disponibilidade, a precisão da assistência técnica, entre outras características das TVs e das fabricantes, proporcionando uma boa orientação aos consumidores.

No patamar dos produtos está o da série LG: a relação de aparelhos da LG reúne uma seleção com mais de 70 Smart TVs. Esta série engloba os aparelhos das mais variadas dimensões físicas, entre 32 e 105 polegadas, apresentando excelentes resoluções em HD, em Full HD e em 4K, como também os demais recursos, porém, tudo isso tem como consequência diversas faixas de valor.

Em relação a Sony a situação é diferente, já que a mesma possui um catálogo de apenas 11 televisores modelo Smart à disposição no site oficial desta empresa. Dessa série, oito TVs são em resolução 4K, sendo que os outros três televisores estão na categoria em Full HD. Portanto, já que na Sony o número de opções é menor, os seus clientes acabam consumindo mais, na medida em que compram uma determinada TV inteligente fabricada pela Sony.

A companhia da LG utiliza o chamado webOS na produção de suas Smart TVs. A Sony, por sua vez, adotou o sistema Android TV. Entretanto, esses dois tipos de sistemas operacionais utilizados por ambas as empresas têm sido muito satisfatórios para os consumidores, devido aos elogios dos mesmos, porém, de acordo com o que foi desenvolvido por meio do Google, a tendência benéfica maior está muito mais a favor da empresa Sony.

De acordo com as informações, existe uma grande vantagem conferida pelo sistema Android TV, que é justamente o fato de ser Android, pois essa situação pressupõe, a princípio, uma natural integração ou interatividade entre grande parte dos smartphones e dos tablets comercializados. Existe, por conseguinte, outras ligações acidentais excelentes e práticas, ou seja, a participação da Play Store, que permite o acesso a uma maior quantidade de aplicativos em relação às Smart TVs concorrentes. Esta situação leva em conta a inclusão de jogos, já que cada fase e o progresso do game passam a ser salvos via Google Play Games, sendo um recurso inovador que permite que os participantes prossigam nas partidas por meio de outros dispositivos do Android.

Outras companhias utilizam a mesma plataforma do Google, tal como a própria Sony, que passou a instalar o microfone no próprio controle remoto de seus aparelhos televisores. Deste modo, é oferecida aos usuários a comodidade de realizar busca de voz por meio do Google Now, constituindo uma particularidade de grande interesse dentro das opções nas televisões, já que existe certa dificuldade geral para digitar sem haver um teclado próprio para tal.

Esta nova plataforma participa do Google Home, chamado anteriormente de Google Cast, o qual se constitui em um aplicativo que compartilha e transmite vídeos e fotos de um celular diretamente para a tela de uma TV. Este tipo de aplicativo funciona não só por meio de telefones Android, pois ele atua, também, pelos devices iOS, pelo MacBook, pelo Windows e pelo Chrome OS.

Por fim, embora tão importante quanto os outros atributos, sãos as Android TVs que são as únicas no cerne do atual mercado que garantem um razoável armazenamento interno de qualidade. A quase totalidade dos modelos está munida de 16 GB em memória, não significando muito, porém, já constitui algum espaço, sendo melhor do que nenhum espaço, tal como no caso das Smarts da LG.

No que tange à qualidade da imagem e do som, a tensão entre as duas empresas quase empata, pois a marca LG e a Sony possuem detalhes funcionais muito interessantes nos aparelhos que produzem, os quais estão munidos de características próximas entre si. Esta situação influi muito nos valores dos aparelhos, sendo que entre as Smart TVs de menor preço da Sony está a Full HD KDL-48R555C, detentora de 48 polegadas, cujo valor está em torno de 2.400 reais. No caso da LG, a versão da série mais em conta é a LG 32LH560B, munida de 32 polegadas, no valor de aproximadamente 1.100 reais.

Tanto a marca LG quanto a Sony possuem garantia de até 12 meses em relação a toda a série de televisores, além de contar com uma assistência técnica autorizada de alta competência em todas as regiões do país. Embora a Sony não possua certas vantagens contidas nos serviços prestados pela LG.

Paulo Henrique dos Santos


TV Sony Bravia é o novo lançamento da marca e seu destaque fica pelo fato de emitir o áudio através da própria tela.

A Sony está retomando sua atenção para o painel OLED em TV’s. O retorno da empresa japonesa é recheado de expectativa, haja vista o lançamento da TV que foi batizada de Bravia e tem como principal destaque o fato de emitir seu áudio através de sua própria tela. Com preço variando entre R$ 23 mil e R$ 25 mil, trata-se de uma aposta top de linha da Sony.

O anúncio da Sony em relação à Bravia A1E foi feito na CES 2017, que foi realizada em janeiro. O principal objetivo é competir diretamente com a LG, haja vista o grupo sul-coreano dominar praticamente todo o mercado de TV’s. Com um design ainda mais interessante e quase sem bordas, a Bravia deve estar chegando ao mercado brasileiro em poucos meses.

A tecnologia que permite com que a própria tela da TV emita o som é chamada de Acoustic Surface. Essa tecnologia é capaz de produzir som por meio de vibrações no painel. Dessa forma, o som não ficará mais concentrado em alto-falantes embutidos pelo corpo da TV, o mesmo será emitido na tela da TV e trará uma sensação ainda mais apurada da origem do mesmo e, consequentemente, uma maior interação o usuário e aquilo que esta sendo transmitido.

Outro grande destaque deste lançamento é justamente o seu design minimalista. Esse conceito também foi expandido para a traseira da Bravia A1E. Sendo assim, a mesma não conta com o tradicional superior regular que permite o encaixe na parte inferior. Esse suporte deu lugar a uma armação que realiza a tarefa de apoio para a tela. A parte traseira abriga o subwoofer além de todas as portas que ainda dispõe de um sistema de gerenciamento de cabos. A Bravia A1E possui nada menos que quatro entradas HDMI.

A Bravia é equipada com um processador de vídeo X1 Extreme, sendo que o mesmo é capaz de fazer upscaling de conteúdo para 4K. Além disso, a mesma ainda consegue trabalhar com diferentes padrões de HDR, dentre os quais podemos destacar: HDR10, Dolby Vision e HLG. Com suporte para rodar o Android TV, a Bravia permite rodar nada menos que 800 apps da Play Store como, por exemplo, YouTube, Netflix, Globo Play e jogos em geral. Outra funcionalidade bem interessante permite com que o usuário possa conectar fones de ouvido Bluetooth à TV.

Com previsão de chegada para outubro, a Bravia A1E deve custar entre R$ 23 mil e R$ 25 mil, como destacado no início desta matéria. Nos EUA o preço sugerido é de US$ 6,5 mil.

Por Bruno Henrique

TV Sony Bravia

TV Sony Bravia


Modelo deverá chegar ao Brasil em outubro de 2017.

Os aparelhos de televisão a tempos deixarem de vir equipados com os famosos tubos que lhes davam o tamanho avantajado. Aos poucos eles foram substituídos pelos novos televisores de LED que já estão presentes na maioria dos lares brasileiros, principalmente com a suspensão do sinal analógico, substituído pelo sinal digital, o que coloca um fim na era dos televisores com tubo.

Nesse sentido, os televisores de LED, que possuem uma imagem com mais qualidade, já são realidade na vida dos brasileiros. Contudo, as empresas não param de investir novas tecnologias em novos aparelhos. Estes, pelo menos por um bom tempo, não serão acessíveis para a maior parte da população. Como é o caso dos televisores OLED que oferecem imagens com ainda mais qualidade, cores mais definidas e efeitos mais reais.

Mas não para por aí, a Sony criou uma OLED que alia essa tecnologia de ponta a um sistema de som que faz com que o aparelho televisor vibre de acordo com o que é exibido.

Trata-se da XBR A1E da marca Sony, que é a primeira OLED da marca. A nova TV da Sony possui 4K de resolução e inicialmente será produzida somente em 65 polegadas. A novidade da Sony está prevista para chegar ao Brasil no mês de outubro deste ano de 2017.

O novo aparelho já está sendo comercializado no exterior. Em palavras mais simples, a questão da vibração da TV está no fato dela não possuir alto falantes embutidos como as demais do mercado. Na realidade estes alto-falantes estão integrados à tela e a cada emissão de som, a tela vibra, especialmente no local da imagem que representa o som.

Os testes da nova TV apresentam que ainda não existe 100% de qualidade no que se refere à vibração da imagem que emite o som. Contudo, com este lançamento a Sony sai á frente de televisores de outras marcas.

Apesar de já existir uma estimativa para o seu lançamento no Brasil, o valor ainda não foi oficialmente divulgado pela fabricante. Contudo, alguns executivos da Sony presente no Brasil apontam que o preço deve partir de 23 mil, chegando a 25 mil, porém, não há nada confirmado, são apenas suposições.

Resta agora aguardar o seu lançamento oficial no Brasil e ver qual a impressão que a TV treme treme vai causar.

Sirlene Montes


TV top de linha da Sony terá sua pré-venda iniciada no dia 31 de março no Brasil com o preço de R$ 349.999,99.

Foi anunciado recentemente pela fabricante de eletrônicos Sony que iniciará as vendas de um modelo com 100 polegadas. Será um aparelho top de linha da marca, uma TV 4K Ultra HD do segmento XBR-Z9D. Ano passado já tinha sido apresentada a versão de 75 polegadas.

A televisão possui como sistema operativo AndroidTV, o qual está em funcionamento em diversas SmartTVs da marca. Além disso, conta com um processador X1 Extreme, que realiza um processamento cerca de 40% maior que o processador anterior.

Esta novidade também possui Backlight Master Drive, que oferece uma melhor qualidade para as televisões da mesma fabricante. Esta tecnologia é um painel novo com brilho altíssimo, dividindo a tela em várias microzonas e assim fazendo com que a luz chegue em todas estas áreas. Tal função da a garantia de um melhor controle na iluminação, trazendo um brilho maior sem que os tons mais escuros sejam distorcidos.

Além de trazer toda essa facilidade, o modelo traz também outra tecnologia, conhecida como “Triluminos”, a qual possui a capacidade de entregar uma quantidade maior de cores, realçando as mesmas, para que fiquem ainda mais vivas. A Sony, através destas tecnologias, garante uma experiência melhor ao assistir os conteúdos em 4K HDR.

Com relação aos números, a TV possui altura de 1,72 m, e na largura, soma assustadores 2,26 metros, maior que o homem mais alto do país. Toda a superfície da televisão possui o tamanho de uma cama do modelo king size, ou seja, é muito grande.

O aparelho ainda possui a certificação conhecida como Netflix Recommended TV, a qual avalia diversas SmartTvs em cerca de 5 a 7 critérios, como por exemplo botão especifico para abertura do Netflix através do controle remoto, versão atualizada do aplicativo e inicialização rápida.

O televisor Sony XBR-Z9D com 100 polegadas está com data prevista para iniciar sua pré-venda iniciada na data de 31 de março por meio das principais revendedoras especializadas do Brasil e também na internet pela Sony Store. O valor é muito salgado, batendo os R$ 349.999,99. É uma boa opção para quem tem essa grana sobrando.

Por Filipe Silva

TV da Sony


Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre as Android TV.

O que são as Android TV e o que elas oferecem de novo?

A Android TV foi criada por uma parceria entre o Google e a Sony e foi lançada no Brasil em julho do ano passado. Muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre o que essa TV possui de novidade e qual a sua diferença em relação a outros aparelhos de TV inteligentes. Para saber mais sobre as funções e possibilidades que a Android TV oferece, acompanhe o texto!

Android TV é um televisor que possui a plataforma do Google como sistema operacional. O modo de funcionamento é bem similar ao de celulares e tablets, que também possuem o sistema Android. Porém, a diferença da Android TV é justamente o tamanho. Em seu lançamento os engenheiros afirmaram que a intenção não foi criar um novo sistema, mas sim, algo mais adequado para as grandes telas e suas mídias específicas.

Uma dúvida muito comum é a diferença entre as Android TV’s e as Smart TV’s. Apesar de a Smart TV já oferecer uma série de vantagens e possibilidades em relação à TV comum, principalmente quando há acesso à internet, ela não possuía um sistema operacional próprio, como no caso da Android TV.

A nova Android TV possui uma série de aplicativos especialmente desenvolvidos para ela. Dentre eles, Netflix, Spotify, VEVO, ESPN e muitos outros, somando o total de 120 disponíveis.
Esses aplicativos podem sem encontrados na loja da Google Play, pelo seguinte link: https://play.google.com/store/apps/collection/promotion_3000e26_androidtv_apps_all?hl=pt_BR .

Além disso, a Android TV possui comando de voz e nela é possível jogar jogos de smartphone e tablet (inclusive no modo multiplayer, que permite que várias pessoas joguem juntas). Outra inovação é a transmissão de aparelhos móveis diretamente para a TV através do aplicativo e sem a necessidade de um aparelho de intermediação, como um chromecast .

As Android TV’S já estão disponíveis no mercado e geralmente custam a faixa de 5 mil a 17 mil reais, variando de acordo com o tamanho. A resolução é de 4K. A Sony também prevê o lançamento de Android TV’s com qualidade Full HD, nos tamanho de 50, 55 e 75 polegadas. Entretanto, os preços ainda não foram divulgados.

Carolina Costa Moreira


Sony e LG anunciam que devem parar de fabricar televisores com a tecnologia ainda este ano.

A tecnologia 3D em TVs encantou muitos telespectadores em 2009 com o filme "Avatar", de James Cameron. E a experiência de ver uma "realidade virtual" na própria casa levantou o otimismo de muitas empresas, que se agitaram e enviaram uma quantidade enorme de aparelhos para as lojas. Além disso, as salas de cinemas com os filmes em 3D geralmente tinham um público maior.

Três anos depois, em 2012, algumas emissoras deixaram de lado este tipo de exibição. A DirecTV e a ESPN abandonaram o público alvo desta tecnologia.

A LG e a Sony são as duas últimas grandes fabricantes destes aparelhos e elas afirmaram que nesta temporada a produção se encerra. Para aqueles que acompanham as notícias do mundo das TVs, isso não é novidade. A Samsung, a Sharp, a Hisense e a TCL cancelaram o suporte ao 3D no ano passado. O motivo aponta para a falta de filmes e programas, mas o desenvolvimento desta tecnologia, que não foi das melhores, teve a sua parcela de culpa.

Em alguns sites, o termo "tecnologia morta" foi atribuído para essas televisões, porque desde 2012 as vendas destes aparelhos só vem caindo e no ano passado, em 2016, representou apenas 8% (oito por cento) do total vendido. O Blu-ray com 3D nativo é outro exemplo de aparelho com esta tecnologia que não está tendo sucesso nas vendas.

Tudo isso mostra que o público não se interessou muito por este tipo de entretenimento, algo que o NPD Group demonstrou em números, como foi o caso mencionado acima.

Tim Alessi, que é Diretor de Desenvolvimento de Produtos da LG, mencionou em entrevista ao CNet que o público nunca foi tão fã assim das TVs com 3D. Ele mencionou que o mercado tem outras prioridades na escolha de televisores.

Em entrevista relatada no site "Tecmundo", o Diretor Executivo do NPD Group, Ben Arnold, menciona que a tecnologia 4K/UHD, a HDR e as "TVs Inteligentes" são as exigências dos consumidores atuais.

A tecnologia tridimensional até pode, um dia, oferecer uma realidade quando se assiste alguma coisa, mas com a chegada da realidade virtual e aumentada, este caminho se tornou muito mais delicado e obsoleto.

Por Fernando Dias


Aparelho está disponível em três tamanhos e custa entre R$ 7 mil e R$ 19 mil.

A tecnologia 4k está ocupando o espaço e as fabricantes de TV buscam nesta tecnologia proporcionar aos seus clientes uma experiência fantástica com imagens perfeitas.

A gigante Sony está indo além do que é esperado. Para quem gosta de Tecnologia, a Smart TV da linha XBR X855D está com a resolução 4K e disponibiliza 3 tamanhos: 55, 65 e 75 polegadas, um cinema em casa.

A inovação ganha força com o sistema Android, compatível com mais de 700 aplicativos.

Qualidade em triplo

Além da resolução 4K e o sistema Android, 3 recursos prometem boa qualidade: o Triluminos, o Motion Flow e o HDR.

  • Triluminos: A finalidade deste recurso é manter fiel as cores da imagem.
  • Motion Flow: Tem o objetivo de eliminar rastros nas transições de imagens, este recurso vai evitar que esse problema aconteça.
  • HDR: A promessa de qualidade é a melhora do brilho e a definição de contraste da tela.

Aumento de escala

Upscalling é mais uma tecnologia que está inclusa nesta TV. Utiliza as imagens em Full HD e simula uma resolução mais alta, bem próximo a 4K.

Processador Potente

Mais um fator de qualidade para a Smart X855D é o processador X1 4K. Quem estiver assistindo, seja o que for, desde filmes até jogos, a imagem é surpreendente.

As fontes são analisadas individualmente com inteligência e recebe aprimoramento próximo da resolução 4K. Pode ser por uma transmissão de TV Digital, DVD, Blu-ray ou até mesmo vídeos da internet.

A nitidez é tão boa, que segundo a fabricante, chega ser sensacional. As cores promovem melhor a realidade e o contraste é vibrante.

Recomendação Netflix

Ser escolhida pela Netflix, não é para qualquer marca. A recomendação é devido a alta performance, as funções inteligentes e por seus aplicativos de fácil manuseio.

Cabos escondidos

Os fios não poderão ser vistos. Atrás da TV existe uma canalização até o suporte, onde os fios podem ser inseridos, proporcionando um visual de organização.

Preço

A Sony tem seus preços sugeridos definidos em R$ 6.999,00 na tv de 55 polegadas, R$ 11.999 na de 65 polegadas e por fim R$ 18.999 na Smart de 75 polegadas.

Todas estão disponíveis no site oficial da fabricante para compra, podendo analisar todos os detalhes de cada uma.

Marcio Ferraz


Nova TV possui modelos de 49, 65 e 75 polegadas e pode ser encontrada por preços que variam de R$ 5 mil a R$ 17 mil.

A Sony iniciou a venda da Smart TV com sistema Android no Brasil. A empresa japonesa lançou o produto no dia 11 de junho deste ano. Segundo informações, a linha possui modelos de 49, 65 e 75 polegadas. Os preços estão entre R$ 5 mil e R$ 17 mil. Todos os modelos possuem qualidade de imagem 4K, tornando as imagens exibidas na tela bastante nítidas.

A Sony promete qualidade de imagem ultra HD graças ao processador X1 presente nos novos modelos, que garante uma vasta gama de textura, cores e nitidez. Além disso, o sistema de som presente no produto possui qualidade estéreo.

Os modelos devem contar com 120 aplicativos iniciais para os clientes brasileiros. O novo projeto de televisores da Sony com Android promete superar até mesmo o Google TV, que não obteve grande sucesso.

O sistema empregado nos televisores devem reconhecer a voz do usuário e obter as informações sobre as pesquisas realizadas. Basta pressionar um botão no controle, aproximá-lo e realizar a pesquisa. Esse sistema é bastante inteligente, pois ele é capaz de diferenciar quando o usuário está conversando e quando está realizando uma pesquisa.

A empresa Google responsável pelo sistema AndroidTV garante que irá disponibilizar updates constantes para que os usuários tenham a melhor experiência. Além disso, o primeiro update deverá ser realizado após trinta dias após o lançamento do produto.

Os jogadores também serão beneficiados. O modelo da Sony vem com suporte ao seu videogame de última geração, o Playstation 4.

Os produtos estão nas prateleiras das lojas desde o dia 29 de junho. Outra forma de adquirir o produto é por meio do site oficial da Sony. Para a grande São Paulo, a entrega é realizada no mesmo dia.

Sem dúvidas, o televisor da Sony 4K com sistema Android integrado é uma excelente opção para quem deseja praticidade e qualidade de som e imagem.

Por Wendel George Peripato

Smart TV da Sony

Foto: Divulgação


Novas TVs são divididas em modelos 2K e 4K e variam entre 40 e 75 polegadas.

A empresa de origem japonesa Sony lançou, no último domingo, 19 de abril de 2015, uma nova linha de televisores com o sistema operacional Android e que são dotados de uma alta resolução.

No total, são nove aparelhos distintos que funcionam com o Android e, as telas variam entre 40 até 75 polegadas. Ainda, as televisões são divididas em dois modelos: 2K e 4K e têm as resoluções mais altas do mercado tecnológico. Todos eles são produzidos com o chip X1 e, ainda, o processador é responsável pela melhoria no balanceamento das cores, otimização e definição na imagem da TV.

Dentre os modelos 2K estão o R510C, W850C e W800C e os preços podem chegar até R$ 9.000,00. Já os 4K podem custar de R$ 4.000,00 até R$ 24.000,00 e se dividem entre os modelos X830C, X850C, X900C, X910C, X930C e X950C. Os dois primeiros modelos ainda não tiveram os valores divulgados.

No entanto, o modelo que mais chamou a atenção na linha é o X900C, que já é considerado a TV mais fina do globo, com espessura de menos de 0,5 centímetros.

Outra novidade é que o fato da TV vir com o Android possibilitará que esta troque informações com o smartphone, além de poder espelhar a tela do smart na TV.

Os modelos serão vendidos, por enquanto, apenas nos Estados Unidos e não há data para chegada dos produtos aqui no Brasil.

A Sony:

Fundada no ano de 1946 em Tóquio, foi a primeira empresa a criar um gravador de fita cassete no Japão. A multinacional de origem japonesa é considerada a quinta maior em produção de eletrônicos, sejam televisores, celulares, computadores, câmeras fotográficas e jogos.

Ainda, a Sony é dona de algumas marcas conhecidas como a AXN, Discman, Olympus, Sony Music, Vaio, Xperia, além do estúdio cinematográfico Columbia Tri-Star Pictures.

No Brasil, a empresa se instalou em 2008 na cidade de São Paulo.

Por Andréa Corneli Ortis

TV Android da Sony

TV Android da Sony

Fotos: Divulgação


PlayStation Vue é o novo serviço da Sony

A Sony está lançando seu serviço de TV por assinatura, só que pela internet! O serviço vai oferecer os programas já conhecidos dos norte-americanos na grade de TV da empresa. Um dos motivos da empresa ter tomado esta decisão, é o desafio que a TV por assinatura vem enfrentando com o Netflix que não para de crescer e conseguir novos assinantes.

Chamado de PlayStation Vue, o novo serviço da Sony vai começar devagar, sendo que nesta primeira etapa somente ficará disponível em Nova York, Filadélfia e Chicago. Poderão assinar o serviço todos os clientes que possuírem o PlayStation 4 e também o PlayStation 3. Em breve, o serviço será oferecido em outras cidades dos Estados Unidos e também para usuários de iPad da Apple.

Um importante diferencial que será oferecido pela Sony é que o serviço contará com programas ao vivo, que geralmente atraem um maior número de clientes. O valor ficará entre US$ 50 e US$ 70, cerca de R$ 162,00 e R$ 227,00 sendo que o valor vai variar de acordo com os canais que forem contratados pelo assinante.
Nos Estados Unidos é cada vez maior a procura por serviços de assinatura de TV através da internet, estes serviços estão sendo chamados de "cord-cutters" ou literalmente traduzindo, "cortadores de cabo".
A Sony que tem visto seus clientes migrarem para este outro serviço não quis perder mais tempo e agora promete competir também neste novo mercado que promete ser o futuro da TV por assinatura.

O Xbox One já está oferecendo um serviço bem parecido e a Microsoft ganhou força com o aplicativo da Sling TV, que disponibiliza canais de TV através da internet e também teve uma ótima aceitação no mercado.
A Sony vai combinar programas ao vivo com programas por demanda, assim o usuário poderá contar como os benefícios oferecidos pela TV por assinatura com a programação online. No mercado americano, a concorrência nesta área está cada vez maior e a Sony entra na briga disposta a ficar com boa parte deste mercado.

O executivo-chefe da Sony, Andrew House, disse que a televisão está passando por um momento de profunda transformação e o PlayStation Vue chega justamente para atender às necessidades deste setor, adaptando-se às novas realidades e necessidades destes telespectadores.

Por Russel

Playstation Vue

Foto: Divulgação


Que tal assistir aos jogos da Copa do Mundo em uma televisão de 55 polegadas e com tecnologia inédita? A Sony lançou um novo modelo de TV de 55 polegadas Full HD, conhecida como W955. Ela contempla um sistema que é inédito no país: a tecnologia X-tended Dynamic Range, que tem a função de melhorar a imagem e fornecer mais detalhes durante as transmissões. Assim, os jogos da Copa vão poder se visualizados com mais emoção e nitidez pelos amantes esportivos.

A nova tecnologia presente na televisão proporciona um aumento de duas vezes do brilho, se for comparado com uma televisão tradicional. Desta forma, a pessoa vai conseguir ter acesso a uma imagem mais realista e muito mais nítida. Além disso, essa nova televisão da Sony também tem o processador X- Reallyti Pro, que diminui os ruídos e propicia um amento no ganho da qualidade.

O modelo W955 também conta com uma tecnologia denominada Triluminus, que reproduz cores com mais precisão do que uma televisão comum. Gostou de conhecer todos estes recursos? Então, vai adorar essa novidade da TV da Sony também: ela tem Motionflow XR 480 Hz, que tem a capacidade de reproduzir um quadro oito vezes mais que uma TV tradicional. Assim, a imagem fica mais nítida e com menos rastros.

Para curtir os jogos da Copa, o usuário vai ter acesso a um recurso exclusivo: Modo Futebol. Ele permite cortar a narração durante os jogos, por exemplo. Além disso, devido à presença desta funcionalidade a pessoa vai ter sempre disponível os melhores momentos dos programas de futebol, reportagens, entrevistas, entre outros.

O design da Televisão da Sony também chama a atenção, que é em modelo Wedge, gerando uma economia de espaço de até 20% de uma televisão normal da mesma tela. O aparelho ainda tem recursos de conectividade. A expectativa é que o preço médio da televisão seja em torno de R$ 8.999,00

Por Babi

Sony W955

Foto: Divulgação


Não é novidade que a TV 3D não está em seus melhores dias. Após o grande lançamento e um preço abusivo, as vendas caíram gradativamente juntamente com o preço. As televisões que custavam entre R$ 7.000 e R$ 10.000 podem ser encontradas atualmente no mercado por R$ 3.000.

Essa falta de sucesso se deu devido a alguns fatores, como a pouca procura para comprá-las, dentre outras coisas.

Hoje em dia, já temos uma tecnologia superior a essa, chamada de 4K, que são televisões que prometem transmitir em uma resolução 4 vezes melhor do que as conhecidas Full HD e essa ideia surgiu basicamente com a Sony, que visava o mercado brasileiro e a Copa para isso, porém, o preço dessa televisão não é nada barato, a de 55 polegadas sairá por mais ou menos R$ 19.000. Há a promessa de ter transmissão simultânea, ao vivo dos jogos, já que, a Sony irá instalar uma sequência de 360 câmeras nos 12 estádios para obter esse resultado sem decepcionar o consumidor e o fã em futebol.

O projeto da TV, que foi inicialmente iniciado no segundo semestre de 2013, já está disponível no Brasil e também está começando a ser produzido por outras empresas como a LG e a Samsung, que trazem outras inovações como telas curvas e flexíveis (telas em que você aperta um botão, as extremidades se envergam e “voilá", a TV que antes era de plasma fica curva), que foi apresentado recentemente como protótipo e com a ideia de ser idealizado.  

As televisões estão disponíveis para compras online em sites como o das Americanas (www.americanas.com.br ); Fnac (www.fnac.com.br ); Saraiva (www.livrariasaraiva.com.br); entre outros. Entretanto, elas não saem por menos de R$ 10.000.

Atenção: até o momento, só estão disponíveis no mercado brasileiro as televisões produzidas pela Sony.

Por Mariana Caetano

TV 4K da Sony

Foto: Divulgação


O mercado da tecnologia está cada vez mais competitivo e por isso causou a queda de nomes importantes e tradicionais como Panasonic, Sharp e Sony.

Isto é comprovado pela expectativa de prejuízos destas empresas para o ano de 2012.

De forma mais específica, a Sony terá uma perda de mais de 170 milhões de dólares, a Sharp irá ficar no vermelho em 5,2 bilhões de dólares enquanto a Panasonic irá amargar um déficit em suas contas de 8,9 bilhões neste ano que está terminando.

Esta situação problemática ocorre pela necessidade destas empresas mudarem a sua organização interna de fabricantes de hardwares para produtoras de softwares e seus conteúdos como a Apple.

Para isso, as empresas japonesas estão passando por programas profundos de reestruturação com cortes de aproximadamente 10.000 funcionários em cada uma delas para evitar a falência.

Por Ana Camila Neves Morais


A Sony apresentou nesta semana mais um lançamento de televisor e a novidade do momento são as televisões XBR-84X905 e XBR-65HX955

O primeiro modelo possui uma tela de 84 polegadas com resolução 4K e a segunda televisão possui uma tela com 65 polegadas, sendo que ambas usam a tecnologia LED-LCD.

As inovações criadas para estas novas televisões são diversas como o Intelligent Peak LED que consiste em um sistema de retroalimentação o qual ilumina toda a tela, o MotionFlow que diminui os rastros da imagens além da plataforma Smart com acesso a streaming de conteúdos variados.

Todas estas funcionalidades presentes nos novos televisores da Sony podem ser obtidos por valores iniciais de R$14.999.

Por Ana Camila Neves Morais


Conforme o site Yahoo! News, a Sony está prestes a lançar uma nova TV que virá para surpreender o mercado mundial. De acordo com uma fonte confiável do site, a fabricante japonesa lançará esse novo aparelho para integrar a linha XBR.

As informações divulgadas por si só já impressionam. A nova TV da Sony possui 80 polegadas de tela e a fantástica resolução de 4k, que é o mesmo padrão que vem surgindo nas telas dos cinemas e que proporciona a melhor qualidade de imagem já vista até hoje. Tudo indica que a TV será de LED e vem para ser o futuro das Smart TVs, tendo em vista que sua resolução é quatro vezes maior que os aparelhos com resolução de Full HD, e por isso também é chamada de Quad-Full HD.

O lançamento da TV gigante está previsto para acontecer no Natal deste ano, sendo que ela irá custar algo em torno de US$ 30 mil, que equivale ao valor de R$ 60 mil, sem contar os impostos. De acordo com os boatos atuais, dificilmente a superTV custará menos do que esse valor.

Por Guilherme Marcon


O Sony Link é um sistema inovador que é capaz de conectar diversos equipamentos com a marca Sony sem a necessidade de cabos. É uma ferramenta de interatividade total entre os produtos da empresa, pois permite que qualquer usuário possa enviar vídeos e fotos do celular para a TV, ou de um tablet para um notebook, apenas “arrastando” o arquivo com a ponta do dedo, mesmo que os dois aparelhos estejam em ambientes diferentes.

Há pouco tempo, o Sony Link foi lançado no mercado brasileiro e, conforme Carlos Paschoal, gerente geral de marketing da Sony, a nova ferramenta veio para atender um dos principais pedidos dos consumidores brasileiros. Esse pedido se refere à liberdade total para ver fotos, ouvir músicas e assistir vídeos, seja utilizando os portáteis como tablets e smartphones ou na tela de alta definição das TVs. Além disso, o sistema converge à qualidade de todos os produtos somados aos diferenciais dos serviços Sony, em apenas um sistema, resultando em uma experiência completa e ampla.

O novo lançamento da Sony está sendo divulgado no Brasil por meio da campanha “Joga Aí”, tanto nos meios de comunicação como nas Sony Stores, onde os consumidores podem experimentar a novidade.

Por Guilherme Marcon


Definitivamente, o Google está investindo pesado na criação de novos aparelhos com a sua marca. Além dos rumores acerca do Nexus Tablet, tudo indica que a Google TV chegará muito em breve ao Brasil, através da produção da Sony.

A própria Sony fez a demonstração do equipamento, junto do lançamento de seu novo tablet, o Tablet S, e de três novíssimos modelos para a linha Xperia de smartphones, que chegarão ao mercado brasileiro.

Conforme a fabricante, a “caixinha preta” da Google TV ainda está em fase de conclusão, pois fará parte da nova linha de home theaters que será lançada, o que deve acontecer até o final deste ano no nosso país.

A caixa preta que “possuía” a Google TV em suas configurações é o NSZ-GS7 Network Media Player, que possui controle remoto híbrido, pois em um lado é o controle propriamente dito e do outro é um teclado QWERTY, utilizado para a digitação.

A Sony não divulgou datas nem valores da nova linha de equipamentos com a Google TV, mas, como é padrão da empresa, após a demonstração do produto muito em breve ele será lançado.

Por Guilherme Marcon


Tendo em vista que o mercado de TVs foi tomado pela LG e pela Samsung, a Sony e a Panasonic resolveram se unir e, de acordo com a Reuters, estão negociando a produção conjunta de televisores com tela OLED, por ambas acreditarem que esta tecnologia irá substituir a LCD muito em breve.

Como as TVs OLED avançaram muito rápido no mercado, principalmente nas mãos da LG e da Samsung, a expectativa é de que essa tecnologia se desenvolva muito mais nos próximos anos. As estimativas feitas para o setor de TVs no mercado giram em torno de que até 2015 as TVs OLED chegarão a 2 milhões de dispositivos vendidos ao ano, número muito maior do que os atuais 34 mil vendidos.

As telas OLED consomem muito menos energia e não necessitam que haja luz de fundo, pois emitem luz própria. A imagem em aparelhos com essas telas, que pode ser vista em até 180 graus, se torna muito melhor, principalmente em questão do “preto real”.

A primeira empresa a lançar a tecnologia OLED foi a Sony, em 2007, que sem saber que seria algo grandioso, parou a produção de aparelhos OLED em 2010. Agora, a fabricante japonesa foca suas OLED apenas nos consumidores de classe alta, pois estas custam cerca de US$ 26 mil.

Atualmente, a tecnologia OLED é muito utilizada em smartphones e também em tablets, mas para que chegue ao mercado com TVs de preços baixos é necessário desenvolver uma forma de produção em grande escala sem custos adicionais. 

Por Guilherme Marcon


Com a posse do novo presidente mundial, a Sony resolveu investir pesado nas suas linhas de televisões e, com isso, lançou a Sony Entertainment Network para a linha 2012 de TVs na Europa, Japão e Estados Unidos. O objetivo da plataforma é permitir que qualquer usuário possa acessar o conteúdo da Sony, através de aparelhos compatíveis como o Playstation.

Para incrementar mais ainda a Sony Entertainment Network, a fabricante disponibilizou o aplicativo Netflix dentre as opções de conteúdo da plataforma e os aparelhos que agora podem acessar o app são os Home Theaters, as TVs Bravia e os Blu-Ray Players da Sony.

De acordo com o gerente de desenvolvimento da Sony, Edd Uzzell, os produtos da companhia estão sendo produzidos para que seja disponibilizado um conteúdo de melhor qualidade para os usuários, independente se for com o Xperia, o Vaio ou uma Bravia. Portanto, parece que a Sony vai anunciar definitivamente a sua nova plataforma para os seus demais aparelhos.

O app Netflix foi disponibilizado no mercado estrangeiro, mas a previsão é de que também chegue ao Brasil, porém somente no final deste ano.

Por Guilherme Marcon


No dia 09 de abril, a Sony fez o anúncio de que disponibilizará uma atualização do aplicativo "Esporte Interativo" para toda a sua linha de TVs que acessam a internet. Essa nova atualização permitirá aos usuários assistirem à programação do canal do aplicativo através de catch up ou então do streaming ao vivo.

Os donos de TVs e sistemas home theater da linha Bravia da Sony receberão um aviso de que o aplicativo Esporte Interativo foi atualizado e, através dessa sinalização, poderão atualizá-lo.

Com esta atualização, será possível para o usuário escolher se quer rever os programas populares do canal quando desejar (o que é chamado de catch up) ou assistir à programação ao vivo.

São exibidos, através do Esporte Interativo, os campeonatos espanhol, inglês, alemão, italiano, argentino e a Liga dos Campeões, além dos informativos dos clubes (como Vasco TV, TV Corinthians e TV Cruzeiro) e também os programas de personalidades do futebol, como “Zico na Área” e “Sob Controle”.

Vale ressaltar que a qualidade da imagem exibida em programas ao vivo dependerá muito da conexão banda larga do usuário, pois o programa depende da internet. Quanto aos programas em catch up, geralmente a qualidade é maior, pois são vídeos previamente armazenados.

Por Guilherme Marcon


Durante a última edição da Consumer Electronics Show, a Sony mostrou claramente a sua intenção em investir fortemente em alguns modelos de televisão que sejam compatíveis com a nova plataforma que está sendo criada pelo Google e que dará o pontapé inicial na era das televisões inteligentes.

A empresa inclusive já conseguiu se antecipar ao mercado e lançar um aparelho de televisão que já é compatível com o sistema do Google.

A Sony declarou oficialmente que a batalha pelo lançamento de TVs com qualidade de imagens e tamanhos cada vez maiores é importante, mas diz que a empresa também está muito concentrada no desenvolvimento de televisores capazes de suportar estes sistemas que estão sendo desenvolvidos e que vão deixar a experiência de se assistir televisão muito mais interativa do que é hoje.

Apesar do lançamento do equipamento e também do sistema, o mercado ainda está engatinhando neste processo, uma vez que este tipo de serviço também depende muito das emissoras de televisão, que precisam disponibilizar serviços diferenciados explorando a interatividade.


Recentemente a Sony aproveitou um grande evento para detalhar as principais ações de marketing e estratégias comerciais que serão adotadas pela empresa com a proximidade da Copa do Mundo de 2014.

A marca, que já havia anunciado um patrocínio junto à Fifa, promete agora divulgar as suas principais novidades no gramado das partidas que se realizarão no Brasil.

Os principais produtos que serão divulgados serão os seus lançamentos de TVs com telas grandes que chegarão ao mercado nos próximos anos. Além de promover os lançamentos durante a Copa do Mundo, a marca também pretende intensificar as ações de marketing no ano anterior ao evento, quando as pessoas, tradicionalmente, começam a comprar novos equipamentos de televisão para conseguir assistir melhor aos jogos da Copa do Mundo.

A empresa anunciou também que vai centrar os focos de divulgação nos seus equipamentos que possibilitam ver imagens em 3D. Ainda é considerada fraca a venda deste tipo de equipamento aqui no Brasil e a empresa pretende aproveitar a transmissão em 3D de algumas emissoras para vender suas televisões.


Recentemente a Sony deu mais detalhes sobre a linha de monitores e televisores que pretende lançar nos próximos meses no mercado nacional.

A empresa já falou há bastante tempo sobre isso, mas na época em que informou sobre as pesquisas que estavam sendo feitas para o lançamento de novos televisores de OLED, não foram divulgados muitos detalhes sobre esse assunto.

A grande aposta da Sony é o lançamento de televisores com Crystal LED, que é uma tecnologia muito semelhante ao OLED.

Em um grande evento de eletrônicos que aconteceu recentemente, a Sony fez uma demonstração com uma tela de 55 polegadas e resolução máxima de 1.080 pixels.

Segundo as informações divulgadas pela Sony, estes televisores que serão lançados apresentarão uma capacidade de contrate 3,5 vezes maior do que os atuais aparelhos.

Apesar de estar focando no lançamento de telas de Crystal LED para estes próximos meses, a Sony deixou bem claro que não está abandonando totalmente projeto de pesquisa e lançamento de monitores com a tecnologia OLED.


As televisões também não escapam dos avanços na tecnologia. A Sony, por exemplo, lançou na CES 2012 um protótipo do novo display Crystal LED que permite um ângulo de visão de até 90º. As melhorias também permitem um contraste de até 3,5 maior do que os modelos produzidos atualmente pela própria Sony.

Além disso, a companhia afirma que essa nova tecnologia para telas possui uma gama 1,4 maior do que os modelos da atualidade, tendo tempo de resposta 10 vezes melhor.

Na CES 2012, a Sony demonstrou a superioridade do display colocando-o ao lado de outros modelos e para quem viu, percebeu que a diferença é enorme. As cores são mais vivas e o preto é mais verdadeiro. O efeito é possível devido aos minúsculos e ultrafinos pixels que compõe a sequência RGB de cores, sendo que cada pixel é iluminado independentemente.

Apesar desse lançamento utilizar o sistema Crystal LED, a Sony disse que ainda não abandonou por completo o investimento em telas OLED, assim a empresa continuará produzindo por um tempo televisores com esta tecnologia por mais algum tempo.

Por Tiago Batista


De olho no nicho de mercado voltado para televisores com acesso à internet, a Sony tem reforçado continuamente sua linha de Internet TV, com modelos como a HX925, uma TV LED disponível nos tamanhos 46, 55 e 65 polegadas, projetada com a tecnologia Intelligent Peak LED, um sistema ideal para a exibição de imagens Full HD (1920×1080 pixels) de transmissões digitais, com nível de detalhamento superior.

Este equipamento conta ainda com recursos como o MotionFlow Pro 960Hz que promove imagens mais suaves mesmo para cenas de grande movimentação, e o Bravia Internet Video, uma seleção de mais de trinta portais parceiros da Sony que oferecem conteúdos exclusivos.

A HX925 dispõe ainda de X-Reality (processador especial que garante cores mais próximas das reais), DLNA (transmissão de fotos, vídeo e música entre um dispositivo móvel ou celular e a TV, por meio de conexão wireless) e sensor de presença (tecnologia que detecta a presença de pessoas no ambiente e liga ou desliga a TV automaticamente, para poupar energia elétrica).

Um grande diferencial desse televisor é que a tela não tem moldura e apresenta uma inclinação de 6º do topo da tela à sua base. A Sony decidiu adotar esse artifício após concluir que ocorre uma sensível redução da fadiga e uma menor incidência de reflexos luminosos.

Mais informações no site www.sony.com.br.

Por Luiz Moreira


A marca Sony lançou sua nova televisão da linha Bravia, o modelo KDL-22PX300. Porém, há uma novidade nesta nova empreitada da empresa que pode agradar e muito aos gamers. A TV traz acoplada a ela, um console Playstation 2 mais um controle para poder jogar os games.  

Outra novidade é a possibilidade do usuário navegar na internet, em endereços como o Youtube, por exemplo, sem o auxílio de um computador. Ela ainda vem com três portas USB, saída HDMI e pode receber sinal Wi-FI.

O intuito da Sony, como em outros lançamentos nesta época do ano, é alavancar suas vendas para o natal 2010.  O que pode aguçar também a atenção das pessoas é o seu preço. Em terras inglesas ele é vendido pelo custo de 199 libras esterlinas, na conversão para moeda brasileira, isso seria por volta de R$ 500.  Alias, ele só é comercializado na Inglaterra atualmente e não tem previsão para sua chegada em outras localidades.

Por Oscar Ariel


Cada vez mais sofisticadas e repletas de recursos e ainda mais charmosas com o advento das telas de LCD que logo se tornaram o principal sonho de consumo de muitas famílias no mundo todo, os televisores atuais cada vez seduzem mais, porém ao contrário do que poderia parecer, a indústria de televisores não passa por um momento tão bom assim.

Tanto é assim que executivos da área como o diretor da divisão de TVs da Sony, que no momento encontra-se deficitária, acreditam que os preços dos aparelhos devem sofrer uma queda até o final do ano no mercado norte-americano, conforme matéria do site G1. Isto se deve ao fato de haver um grande estoque no mercado e na avaliação do executivo com a agravante de que mesmo havendo uma baixa de preços isto poderá não fazer o mercado se expandir novamente.

Nem mesmo grandes lançamentos parecem poder contribuir para um aumento nas vendas, já que a Sony, terceira maior fabricante de televisores planos do mundo, lançou recentemente, no momento apenas para o mercado norte-americano, um modelo conectado ao Google que possibilita ao usuário rodar aplicativos, fazer pesquisas e assistir programas de televisão e conteúdo da WEB e já prevê que futuramente deverá reconsiderar o preço do Google TV, caso ele se distancie muito dos outros aparelhos. Inicialmente os preços começam em US$ 400 para o aparelho de 24 polegadas.

Indiferente a uma possível crise, se ela existir realmente, os consumidores do mundo todo esperam que os preços realmente diminuam, não só nos Estados Unidos, mas no mundo todo para quem sabe se tornar mais fácil a aquisição de um modelo LCD.

Por Mauro Câmara


A Sony divulgou que o preço de TVs deve cair no fim do ano. A notícia é boa para o consumidor e, por enquanto, vale para os Estados Unidos. Não sabemos se essa queda prevista pela gigante japonesa se estenderá a outros países. Por outro lado é algo que não pode ser descartado, já que a Sony informou que os estoques estão cheios.

O interessante é que essa previsão surgiu logo depois que a LG Display anunciou que teve lucro muito abaixo do esperado. A empresa coreana lidera o setor, seguida pela Samsung, sua compatriota.

Além disso a Sony não está muito otimista com as vendas nos próximos meses. Mesmo com a queda de preços, a empresa não sabe dizer se o setor de TVs planas voltará a crescer. A aposta da empresa nos próximos meses é a TVs com acesso à internet, a Google TV, que ainda não tem preço definido.

Por Maximiliano da Rosa


Depois da apresentação do Google TV, as grandes fabricantes de televisores entraram na briga para oferecer em primeira mão aparelhos com suporte para as novidades trazidas pela gigante das buscas.

A Sony saiu na frente e apresentou sua linha de TVs com o sistema operacional Android. A nova era dos televisores contempla a conexão com a Internet e uma grande variedade de conteúdo, mesclando o que se vê na TV atualmente, com o que está disponível na Internet.

As TVs da Sony possuem conexão Wi-Fi, alta definição e possuem processador Intel Atom. À primeira vista, as configurações se assemelham as dos netbooks mais comuns. O preço varia de US$600 para o modelo de 24” e US$1,4 mil para o de 46”.

A data de lançamento está prevista para antes do Natal, mas apenas nos EUA.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: G1


A Sony dará uma boa mãozinha para tentar popularizar a tecnologia 3D nas TVs. É que a partir de Outubro o console Playstation 3 poderá ser atualizado para reproduzir filmes em 3D. O software de atualização do console já está pronto, informou a empresa japonesa.

A notícia é muito boa, pois permitirá que muitas pessoas que tenham o Playstation 3 não precisem investir num novo player para assistir filmes em 3D, bastará que tenham uma TV 3D (que já não são baratas).

Além do Playstation, a Sony prepara o lançamento do seu primeiro notebook capaz de exibir imagens em 3D. O primeiro protótipo de um Sony Vaio foi apresentado essa semana, e deve ser lançado no ano que vem.

O modelo terá tela LCD de 240 Hz e será compatível com óculos ativos da linha Bravia.

Por Maximiliano da Rosa


Parece que o mercado 3D vai finalmente levantar voo.  Depois do boom de produções em três dimensões no cinema e chegada em peso de TVs 3D, agora é a vez das câmeras fotográficas digitais entrarem na onda. A Sony, uma das maiores fabricantes, vai disponibilizar no Brasil em outubro alguns modelos da linha Cyber-shot equipados com a tecnologia 3D.

Os modelos DSC-TX9 e DSC-WX5 são os primeiros a chegar ao Brasil. Porém, nenhum deles conta com duas lentes. Para dar o efeito de tridimensionalidade, é preciso usar uma funcionalidade especial chamada 3D Sweep Panorama, que na verdade é a mesma coisa que o formato panorama, mas que ao invés de unir as fotos, irá sobrepô-las e dar o efeito 3D. Sempre há um jeitinho.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: Info Abril


Há alguns meses a Samsung alertou para os riscos que à exposição prolongada à TV 3D poderia causar, como náuseas, tontura e ataques epiléticos. E apesar desse tipo de TV ser fabricada por várias empresas diferentes, nenhuma outra se manisfestou à respeito desses riscos. Até agora, pelo menos.

A Sony acabou de incluir informações atualizadas em seus “Termos de Serviço” sobre a TV 3D. Em primeiro lugar a empresa avisa que a exposição continua à tecnologia, tanto em vídeos como em jogos, pode causar desconforto.

A Sony também recomenda que o consumidor faça pausas frequentes ao assistir TV ou praticar jogos em 3D. A frequencia desses intervalos, porém, pode variar de pessoa para pessoa, e se o desconforto persistir, é melhor procurar um médico.

Há também recomendações para não permitir que crianças com menos de 6 anos sejam expostas à imagens em 3D, e que adultos devem supervisionar os jovens quando esses estiverem jogando ou assistindo à TV 3D.

Por Maximiliano da Rosa


A Sony acaba de anunciar dois novos modelos de câmera fotográficas digitais. E uma boa notícia para quem já tem uma TV 3D da empresa japonesa é que os novos gadgets podem se integrar aos aparelhos. Isso é particularmente interessante, pois enquanto o conteúdo 3D ainda é escasso, os próprios consumidores poderão produzir seu conteúdo.

Os dois novos modelos da Sony, o WX5 e o TX9 Cyber-shot vem com vários recursos, e são capazes de fazer fotos de até 12.2 MP, além de filmar em alta definição. O efeito 3D é obtido de forma estereoscópica. Para isso o recurso 3D Sweep Panorama captura 100 quadros em alta velocidade, e para usá-lo o usuário deve mover a câmera lentamente na horizontal.

Há também o Sweep Multi Angle, que captura 15 quadros em ângulos diferentes para criar um efeito 3D, permitindo que a foto seja vista em diversos ângulos.

Para ver os efeitos obtidos é só conectar a câmera a uma TV 3D Sony.

Por Maximiliano da Rosa


Durante o período que durar a Copa do Mundo, ou seja, do dia 11 de Junho até o dia 11 de Julho, os moradores do Rio de Janeiro poderão conferir um evento organizado pela Sony e pela Fifa em Copacabana. É o International Fifa Fan Fest que consiste de uma grande arena 3D montada na praia.

O intuito é divulgar tanto o evento esportivo como toda a nova tecnologia 3D por trás dela. Haverá transmissões de jogos, e demonstrações de produtos da marca japonesa, incluindo as TVs 3D, com a exibição de filmes como Alice no País das Maravilhas, e os jogos para Playstation.

A área no Rio é uma das maiores entre as sete cidades no mundo que recebem a festa, com mais de 300 metros quadrados. Lá dentro, uma tela de LED com 280 polegadas exibirá imagens dos participantes do evento, que serão gravadas em 3D, e farão parte futuramente de um DVD que será lançado pela Fifa.

Em dias de jogo do Brasil, um enorme telão com 50 metros quadrados permitirá que cerca de 100 mil pessoas acompanhem os jogos.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: AdNews


Finalmente a Sony colocou sua primeira TV 3D em pré-venda no Brasil. O anúncio coincide com o início da Copa do Mundo 2010, e também com o lançamento das TVs 3D nos Estado Unidos. O primeiro modelo é da linha Bravia LX900, e poderá ser encomendado em dois tamanhos: 52 e 60 polegadas com preços de 12.999 e 15.999 reais, respectivamente.

No início não será vendida apenas a TV 3D. O aparelho é parte de um kit, que inclui 4 pares de óculos, tocador Blu-ray com dois filmes de brinde e quatros jogos para Playstation 3 (3D).

O aparelho da Sony tem alguns recursos bem interessantes que melhoram o nível de contraste, a exibição de cores naturais, além de eliminar ruídos nas imagens.

Há também vários sensores para economizar energia. Um deles desliga a tela quando não tiver ninguém por perto, ou mesmo quando uma criança se aproximar demais. Já o som surround é capaz de se ajustar de acordo com o ângulo em que o telespectador se encontrar.

Mais detalhes sobre a pré-venda das TVs 3D da Sony podem ser conferidas no site Sony Style.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Folha


A Fifa deve transmitir a Copa do Mundo para diversos países em 3D. Como o conteúdo é considerado um ponto chave para o sucesso da tecnologia, a empresa japonesa começa a vender seus primeiros aparelhos simultaneamente ao início do evento.

Os primeiros países a receberem as TVs 3D são o Japão, Canadá, Estados Unidos e a Europa. A linha de aparelhos inclui modelos com tamanhos entre 40 e 60 polegadas, e os preços podem variar de 2.100 à 5 mil dólares. A empresa venderá tanto kits completos, incluindo transmissor e óculos, como modelos onde os acessórios terão que ser adquiridos separadamente.

Em breve, nos Estados Unidos, a Sony lançará também alguns canais 3D. Além do ESPN, estão nos planos da empresa os canais Discovery Channel e IMAX.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: IDG


Fraudes na internet aumentam a cada dia. Uma importante produtora de anti-vírus alertou esta semana para um fato alarmante: um em cada três resultados de buscas na internet pode conter código malicioso.

Outro perigo são as falsas promoções envolvendo marcas famosas como a Sony. Neste site a empresa alerta para um e-mail enviado a internautas falando de uma promoção envolvendo suas TVs 3D. A empresa deixa claro que não se responsabilizado por essa promoção, e não reconhece o e-mail de quem a enviou, e muito menos a página de destino.

Usuários devem ficar atentos, pois a Sony também informou que só envia mensagens eletrônicas à quem tenha autorizado. Mesmo nesses casos, jamais será solicitado que se baixe qualquer arquivo anexado à mensagem.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Sony


O PlayStation 3 (PS3), da Sony, ganhará atualização para executar jogos em terceira dimensão. O sistema operacional do videogame reconhecerá e exibirá imagens em 3D. O próximo passo será criar os games em 3D, que ainda não existem.

O lançamento do PS3 acontece em junho, em conjunto com a nova linha de TVs 3D da empresa, a Bravia. O uso de óculos especiais e a exibição em TV que suporte a tecnologia são condições para que o jogador viaje nas imagens tridimensionais do videogame.

A série Bravia de TVs já pode ser testada em São Paulo. Testes do PS3 ainda não foram divulgados pela Sony. A empresa fará mais exibições da Bravia por todo o país até o lançamento, em junho. Os modelos podem ser vistos no site de divulgação da empresa.

Por Diógenes de Luna, com informações de R7.


Desde sexta-feira passada (15/04), a Sony está realizando demonstrações da tecnologia 3D em TV. A primeira parada do RoadShow (caravana) da nova BRAVIA 3D da Sony  começou em São Paulo, no Shopping Bourbon.

“A resolução Full HD 1080p em 3D vem acompanhada da tecnologia BRAVIA Engine 3, que torna os tons de preto mais próximos da realidade e reduz os ruídos da tela proporcionando imagens mais nítidas”, revela o site da empresa.

Sony Style, do Shopping Bourbon, fica na rua Turiaçu, 2100, piso Perdizes, São Paulo, SP. A visitação acontece todos os dias, as 10h às 22h. Para saber se sua cidade está na caravana da Sony, acesse aqui.

Para conhecer mais sobre a TV 3D Bravia, acesse aqui .

Por Diógenes de Luna


Depois da chuva de novidades 3D na CES 2010, a maior feira de eletrônicos do mundo, a Sony também quer entrar na dança. Aliando o poder das marcas Bravia e PlayStation, a fabricante pretende reunir os dois produtos para levar títulos em Blu-ray e 3D às telas.

Uma atualização no firmware do console será lançada ainda em 2010 e vai chegar junto ao lançamento da nova linha de televisores Bravia com suporte ao 3D.

Ainda não se sabe se uma nova versão do PlayStation será lançada, mas de acordo com John Koller, diretor de marketing da Sony, em entrevista ao site Pocket-link, o console ganhará mais armazenamento e mais opções no PlayStation Network.

É difícil acreditar que a Sony vá lançar outra versão do console ainda em 2010, tendo em vista que a Slim foi lançada no ano passado. Porém, no aquecido mercado dos games, nunca se sabe.

Por Camila Porto de Camargo


Na metade de 2010 deve ser lançado o Firmware para que o super console de jogos Playstation 3 tenha capacidade de processar imagens em três dimensões. Esta informação foi confirmada por John Koller, diretor de marketing de hardware da Sony.

Tal lançamento coincidirá com o lançamento das novas TVs BRAVIA 3D, assim como atualizações do 3D Blu-ray.

Além das mudanças no console, o novo PS3 precisará dos famosos óculos 3D a fim de “decifrar” as imagens estereoscópicas da tela.


Depois do sucesso estrondoso de Avatar nos cinemas, devido ao uso da tecnologia 3D, parece que as empresas começaram uma corrida para a produção de Televisores com a mesma tecnologia.

Uma das primeiras a entrar nesta briga foi a Sony. A empresa espera colocar o seu Televisor 3D a venda ainda em 2010.

Apesar do prazo ser curto, tudo indica que a produção destas TVs não será algo assim tão simples. Um dos motivos para isso seria a falta de padronização, isso aconteceria devido a tecnologia escolhida por cada empresa (algo semelhante ao que aconteceu no início do Blu-Ray, quando a tecnologia concorria diretamente com o HD-DVD que acabou não vingando).

Espectativas a parte, ficamos a espera de qual será a empresa a disponibilizar a nós a primeira TV 3D. Senhores espectadores….Façam as suas apostas 🙂





CONTINUE NAVEGANDO: