Saiba aqui quando o sinal da TV Analógica será desligado em Salvador (BA).

A TV Analógica está prevista para ser desligada em Salvador-BA a partir do dia 27 de setembro de 2017, outras 19 cidades da Região Metropolitana também perderão o sinal. Porém, para que essa previsão seja cumprida, é preciso que o índice de famílias que tenham acesso a essa teconologia digital seja maior do 93% da população. Hoje, já são 86% das casas na Capital Baiana que possuem acesso ao sinal digital, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicaçãoes (Anatel).

O presidente da Anatel esteve em Salvador no dia 30 de agosto e deu uma entrevista coletiva para esclarecer o assunto. Segundo ele, seria ideial que fosse 100 % das residências com acesso ao sinal digital. Mas para que o sinal analógico seja retirado, é preciso que 93% das casas tenham condicões de receber o sinal digital. A determinação é ministerial e um cronograma foi elaborado e suas metas devem ser cumpridas. As emissoras de TV já sabiam da transição e já estão se preparando e investindo em novas tecnologias para mudança há um tempo. Muitos lugares no Brasil ainda não tem o sinal digital, a mundança em todo o país segue um conograma.

Os aparelhos antigos de TV precisam de uma nova adapção para que continuem funcionando e veiculando as programações locais, é preciso a instalação de um conversor digital, o conversor precisa estar ligado em uma antena e na TV. A Anatel tem feito a distribuição de kits para que o sinal digital chegue a todos e facilite o acesso, a distribuição é feita de forma gratuita. Para ter acesso a esse kit, é preciso que a família participe de algum programa social do governo federal, como os programas minha casa minha vida e o bolsa família.

Outra instituição que está apoiando esse projeto de transição é a instituição Seja Digital, sem fins lucrativos, ela foi criada para assessorar as comunidades e dar apoio à população durante o período de transição. Antônio Martelleto, presidente da Seja Digital, explicou que na região metropolitana e na capital Salvador, já foram alcançados 80% das famílias que tinham direitos aos kits gratuitos. Segundo ele, mais de 400 mil famílias já receberam os kits para a digitalização nas últimas semanas, é uma situação otimista. A instituição trabalha com os 20% restantes que faltam para o dia 27 de setembro. A Seja Digital está trabalhando dia e noite para que a meta seja alcançada.

Outro ponto reforçado pelo presidente foi que é importante que as famílías coloquem os equipamentos que já captam o sinal digital para funcionar. Só assim, as pesquisas de levantamento das residências conseguirá alcançar o índice de 93% e assim poderá ser realizada a transição no dia 27.

Várias outras cidades perto da capital também terão o sinal analógico fora do ar previsto para o dia 27. Entre elas estão: Terra nova, Madre de deus, Salinas de Margarida,Dias D’Avila, Aratuípe, Camaçari, Cairu, Candeias, Jaguaripe, Lauro de Freitas, São Sebastião do Passaé, Vera Cruz, Santo Amaro, São Franscisco do Conde, Saubara e Simões Filho.

Calcula-se que 1,45 milhão de residências na região metropolitana baiana das cidades citadas, façam a transição para o sinal digital. Outras capitais do nordeste como Fortaleza, também tem previsão para fazer a mudança para o sinal digital na mesma data. A previsão é que até Novembro de 2018, todas as capitais do país tenham feito a mudança do sinal analógico para o digital. Os restantes dos municípios brasileiros que estão mais afastados das capitais, tem previsão para mudança de sinal apenas em 2023. O sinal digital possui uma melhor qualidade de imagem e som , e oferece um serviço melhor as famílias. Todas as famílias brasileiras que são cadastradas nos programas sociais do governo terão direito aos equipamentos de forma gratuita.

Samuel Perpétuo


Além de Brasília, Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Novo Gama, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Luziânia e Cristalina também terão o sinal analógico encerrado.

O sinal da TV digital continua avançando por mais cidades brasileiras. Os telespectadores de Brasília e de outras nove cidades que se encontram na região do Distrito Federal irão receber o sinal analógico somente até o dia 26 de outubro de 2016. Depois dessa data apenas o sinal digital estará disponível. Para ampliar e permitir que um número cada vez maior de pessoas tenham o sinal em seus televisores, tanto os conversores quanto os demais equipamentos que venham a ser necessários para que essas pessoas possam fazer a migração de sinal estarão sendo oferecidos de forma gratuita para quem é beneficiário de programas sociais como o Bolsa Família ou que sejam integrantes do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Esses dispositivos permitirão o acesso ao sinal digital mesmo que os televisores sejam antigos.

A estimativa é de que cerca de 370 mil conversores sejam entregues para os beneficiários dos programas apontados na região. De acordo com informações da Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (EAD), até o momento 50 mil famílias que recebem o bolsa família já receberam os equipamentos. A EAD é a entidade responsável por gerenciar todo o processo de migração do sinal no Brasil.

Além da capital, o desligamento do sinal analógico também ocorrerá nas cidades de Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Novo Gama, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Luziânia e Cristalina.

André Figueiredo, ministro das comunicações, disse em comunicado que existe uma preocupação nesse momento de transição de não deixar a população desassistida, em especial aqueles que não possuem condições de adquirir um novo televisor.

Entretanto, vale destacar que apesar de já termos uma data de desligamento do sinal analógico, o mesmo só será encerrado quando 93% dos domicílios já estiverem prontos para receber o sinal digital.

A cidade de Rio Verde em Goiás foi a primeira a ter o sinal analógico desligado. A cidade foi a escolhida para iniciar o processo. Se o cronograma seguir o que está sendo previsto, até dezembro de 2018 todas as cidades brasileiras estarão recebendo apenas o sinal digital.

Nesse meio tempo a próxima a receber apenas o sinal digital será São Paulo.

Por Denisson Soares





CONTINUE NAVEGANDO: