O campo de atuação do gigante de buscas Google tem grandes chances de aumentar em pouco tempo, pois a empresa informou investimentos na área de streaming.

Neste ramo, o Google pretende concorrer de forma direta com a AirPlay da Apple criando uma alternativa aberta para o surgimento de interações entre televisores e gadgets.

Para isso, já foram firmadas parcerias entre o Google e diversas empresas para oferecer uma segunda tela na televisão com os devices surgindo em um fluxo de dados nos aparelhos móveis e nos televisores.

Fonte: 9to5Google

Por Ana Camila Neves Morais


Ter televisão e internet interligadas em um só aparelho é um sonho. E esse sonho não está longe da realidade, pois se trata das TVs inteligentes. As Smart TVs unem um televisor tradicional com internet, e viabiliza o acesso a qualquer tipo de aplicação e serviço disponível na internet.

A primeira TV inteligente do mercado foi a Google TV, mas com o avanço da tecnologia os modelos se modernizaram e apresentam maiores opções de escolha. Incluindo controle remoto, com teclado QWERTY, é possível controlar o conteúdo da TV através do telefone celular.

O lançamento da TV inteligente chegará por aqui no primeiro trimestre de 2011, mas já estão a vendas nos Estados Unidos e em outros países. Uma dica para quem se interessa pelo aparelho é a disponibilidade da rede banda larga, pois para se ter um bom funcionamento do produto, é necessário ter no mínimo banda larga de três mbs.

Juliana Alves


Segundo o instituto de pesquisas iSuppli, o cenário não é muito animador para a TV 3D. Apesar de todo o investimento em 2010, e da avalanche de notícias geradas pelo filme Avatar, por exemplo, quem deve mesmo crescer e tomar conta com mercado são as IETVs (TVs com acesso à internet).

Segundo eles, o problema é que a tecnologia 3D vem lidando com uma série de obstáculos que inclui o alto custo e a falta de conteúdo. E a tendência é que a TV 3D fique limitada à um grupo pequeno de consumidores e entusiastas. À curto prazo, a presença das TVs com acesso à internet como a Google TV e a Apple TV devem crescer rapidamente.

Assim, a perspectiva é que o crescimento das IETVs deve ser de 124,9% em relação ao ano passado. E essa tava deve ser de 50% em dois anos. E que deve continuar alta até 2014.

Por Maximiliano da Rosa


É preciso dar os parabéns para a CCE. A empresa brasileira desenvolveu um projeto de TV LCD que deve entrar no mercado em 2011. Chamada de TV+, o aparelho deve utilizar a plataforma Atom, e o sistema operacional Linux para fazer a integração entre TV e PC.

A TV+ será vendida em dois tamanhos: 32 e 42 polegadas e, tal como um computador, terá mouse, teclado, e permitirá fazer o download de aplicativos através de um repositório diretamente em seu disco rígido.

Como rodará um sistema operacional completo, será possível rodar vários programas na TV+ como MSN, YouTube, Firefox, Skype entre outros. Além do Linux, está planeja uma versão em Windows.

Ainda não há uma data específica para o lançamento da TV, que ainda está passando por um período de testes, e o preço ainda é estimado em torno de 1.500 reais.

Por Maximiliano da Rosa


Em uma proposta ousada e possivelmente revolucionária, as empresas Google e Intel decidiram fazer uma parceria para lançar um novo produto, trata-se da "SmartTV" uma nova plataforma de televisores com interatividade e conexão a internet.

Os novos aparelhos, que seriam fabricados pela gigante Sony, trariam em seus set-top boxes o microprocessador Atom, da Intel, e o sistema operacional Android, do Google, dessa união resultaria uma televisão tão "inteligente" quanto um computador. Na tela da TV o espectador poderia visualizar caixas de diálogo do Skype, e interagir com sites de relacionamento como o Facebook e o Twitter. Tudo isso enquanto assiste a programação.

Operadoras de celular como a France Telecom e a Telec (dona da TIM no Brasil) demonstraram interesse e poderiam incluir a tecnologia 3G aos televisores. Samsung, Sony, LG, Sharp e Panasonic anunciaram para este ano o lançamento de TVs equipados com conexão à internet.

Por Mauro Tavares

Fonte: Folha de São Paulo


Não resta dúvida que o Android ganha terreno de forma muito rápida. Agora ele acaba de chegar às TVs, mais precisamente nos modelos HDTV LED da empresa sueca People of Lava, a linha Scandinavia.

Com isso além de assistir TV, o consumidor terá acesso à aplicativos do Android Market, além de poder acessar as redes sociais mais comuns como o Twitter e Facebook, poderá assistir vídeos do YouTube e visualizar o Google Maps. E mais: também terá acesso à e-mail, previsão do tempo, e browser para navegar na internet.

Feita de um material diferente, semelhante à cerâmica, a previsão de lançamento do modelo de 42 polegadas é para setembro, na Europa, ao preço de 2000 euros. Depois serão lançados os outros tamanhos, de 47 e 55 polegadas.

Não há previsão de que sejam lançadas no Brasil. Mas vale lembrar que Samsung e Semp Toshiba venderão modelos com recursos semelhantes.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Digital Drops




CONTINUE NAVEGANDO: