Claro TV é um serviço de TV por assinatura que oferece diversos pacotes e preços aos usuários.

Vivendo na era tecnológica, ter acesso à boa imagem, é essencial. Atualmente, não basta apenas possuir o sinal de televisão, é importante também possuir altíssima qualidade de imagem e som, bem como acesso a todas as mídias possíveis.

Neste quesito, a TV por assinatura tornou-se a queridinha de muitos brasileiros, fornecendo imagem e som de qualidade, além da diversidade de canais à escolha do usuário.

É comum que prestadores de serviços de TV por assinatura ofereçam pacotes HDTV e serviços de interatividade, bem como recursos de gravação, som com configuração de cinema, entre tantos outros aparatos tecnológicos, com preço acessível.

Com o desligamento da televisão analógica em diversos pontos do país, a TV por assinatura acaba tornando-se uma excelente opção para continuar acessando os serviços dos canais de televisão, ou mesmo uma necessidade, para quem por praticidade prefere contratar um plano e ter todos os equipamentos necessários para ver a boa e velha televisão instalados, do que correr atrás de antenas, conversores, trocar de televisão e etc.

A vantagem da TV por assinatura, nesta questão, é também a capacidade de prover o sinal digital para televisores que não possuam o conversor incluso.

A Claro não ficou por baixo em relação a todos esses avanços e oferece aos seus clientes pacotes de programação entre outros serviços a preços razoáveis. Confira.

PACOTES MIX DIGITAL

O combo mais em conta, com mais de 65 canais, juntamente com o serviço de telefonia, custa R$99 por mês e fora do combo sai por R$109,90/mês. Dentro do Mix Digital, existem planos de mais de 70 canais + Telecine ou HBO, por R$139,90/mês fora do combo ou ainda mais de 80 canais com Telecine e HBO, por R$159,90 fora do combo.

PACOTES MIX HD

Combos com tecnologia HD, a partir de R$129,90 (fora do combo), contando com mais de 110 canais, passando por R$159,90 com 125 canais + HBO ou Telecine, até a opção com os dois itens, por R$179,90 (preços fora do combo, ressaltando que ao adquirir o serviço de telefonia móvel junto, sai mais barato).

Para consultar outros pacotes ou contratar um dos pacotes acima, acesse http://clarotv.claro.com.br/TV/CompreAgora.

Por Carolina B.

Claro TV


Saiba aqui os planos e como funciona o Netflix.

Se você faz parte do time daqueles que já ouviram falar sobre a Netflix, mas tem dúvidas sobre como funciona o site que proporciona o melhor em filmes e em séries no mundo todo, nós te esclarecemos algumas questões importantes.

O que é a Netflix?

Criada em 1997 e com mais de 50 milhões de assinantes em todo o mundo, a Netflix é um site que transmite, via streaming, os vídeos de filmes, séries e programas de TV mais famosos. Sendo assim, os arquivos são transmitidos em tempo real, de maneira que o usuário não precisa fazer o download do arquivo ou carregá-lo antes. Dessa forma, é só dar o play que o site abre instantaneamente os mesmos.

Como acessar?

Basta acessar a Netflix no www.netflix.com e criar uma conta com seus dados. Para isso, é obrigatório o uso de um cartão de crédito. Após validado esse, o acesso já está disponível.

Para novos clientes, o serviço disponibiliza um mês grátis, como forma de experimento do site. Dessa forma, caso o contratante não aprove a utilização do mesmo, é possível cancelar após esse período e não pagar nada por isso.

Já para aqueles que quiserem continuar usando a Netflix, não precisam fazer nada, uma vez que a assinatura é válida pelo tempo que o usuário quiser, não havendo prazo de fidelidade. Ou seja, somente quando ele não quiser mais utilizar o aplicativo é preciso entrar em contato com a empresa e fazer o cancelamento do mesmo.

Como funciona?

Após feito o acesso na página por um usuário e senha, há uma lista de filmes, séries e programas disponíveis online. Sendo assim, basta escolher aquilo que você quer ver e clicar no play.

É importante ressaltar que você pode assistir aos vídeos de onde estiver, desde que tenha acesso à internet. Portanto, o aplicativo é válido para celulares, computadores, tablets e até mesmo em alguns videogames.

Outro ponto importante a ser destacado é que outras pessoas da sua família também podem utilizar a mesma conta. Sendo assim, é importante criar um perfil para cada usuário novo, de forma que a Netflix ofereça uma lista de dicas que seja baseada no gosto particular de cada pessoa.

Sobre a cobrança

Logo após o mês de experimento da Netflix, é cobrado automaticamente e uma vez por mês, a taxa referente ao serviço de streaming. Essa cobrança é sempre feita no mesmo dia em que foi feita a inscrição.

O número de aparelhos que podem assistir ao catálogo, ao mesmo tempo, depende do plano que a pessoa escolheu no ato da assinatura. Atualmente os três tipos de planos disponibilizados são: para uma tela, R$ 19,90 por mês; para duas telas + HD, mensalidade de R$ 22,90 por mês; e versão completa de quatro telas + Ultra HD por R$ 29,90 por mês.

Escolha a sua versão e tenha o melhor em filmes e séries na sua casa. E se você já utiliza o serviço, nos conte a sua experiência.

Kellen Kunz


PlayStation Vue é o novo serviço da Sony

A Sony está lançando seu serviço de TV por assinatura, só que pela internet! O serviço vai oferecer os programas já conhecidos dos norte-americanos na grade de TV da empresa. Um dos motivos da empresa ter tomado esta decisão, é o desafio que a TV por assinatura vem enfrentando com o Netflix que não para de crescer e conseguir novos assinantes.

Chamado de PlayStation Vue, o novo serviço da Sony vai começar devagar, sendo que nesta primeira etapa somente ficará disponível em Nova York, Filadélfia e Chicago. Poderão assinar o serviço todos os clientes que possuírem o PlayStation 4 e também o PlayStation 3. Em breve, o serviço será oferecido em outras cidades dos Estados Unidos e também para usuários de iPad da Apple.

Um importante diferencial que será oferecido pela Sony é que o serviço contará com programas ao vivo, que geralmente atraem um maior número de clientes. O valor ficará entre US$ 50 e US$ 70, cerca de R$ 162,00 e R$ 227,00 sendo que o valor vai variar de acordo com os canais que forem contratados pelo assinante.
Nos Estados Unidos é cada vez maior a procura por serviços de assinatura de TV através da internet, estes serviços estão sendo chamados de "cord-cutters" ou literalmente traduzindo, "cortadores de cabo".
A Sony que tem visto seus clientes migrarem para este outro serviço não quis perder mais tempo e agora promete competir também neste novo mercado que promete ser o futuro da TV por assinatura.

O Xbox One já está oferecendo um serviço bem parecido e a Microsoft ganhou força com o aplicativo da Sling TV, que disponibiliza canais de TV através da internet e também teve uma ótima aceitação no mercado.
A Sony vai combinar programas ao vivo com programas por demanda, assim o usuário poderá contar como os benefícios oferecidos pela TV por assinatura com a programação online. No mercado americano, a concorrência nesta área está cada vez maior e a Sony entra na briga disposta a ficar com boa parte deste mercado.

O executivo-chefe da Sony, Andrew House, disse que a televisão está passando por um momento de profunda transformação e o PlayStation Vue chega justamente para atender às necessidades deste setor, adaptando-se às novas realidades e necessidades destes telespectadores.

Por Russel

Playstation Vue

Foto: Divulgação


Depois da mudança da Via Embratel para Claro TV, a Vivo resolveu inovar mais e causar outras mudanças significativas no cenário de TVs por assinatura, tomando conta da área no grupo Telefônica.

Desde o dia 15 de abril a marca da operadora de telefonia móvel Vivo foi relacionada aos serviços de TV paga, pois tanto a Telefônica TV quanto a TVA passarão a ser chamadas de Vivo TV. A mesma coisa acontecerá com a TV paga e os serviços de banda larga via fibra ótica, sendo renomeados para Vivo TV fibra e Vivo Speedy Fibra.

A Vivo anunciou que por enquanto as alterações serão apenas nos nomes, pois as formas de cobranças, as funcionalidades e as características dos serviços prestados continuarão como eram com os nomes antigos.

Como dito nos sites oficias da TVA e da Telefônica TV, a Vivo TV (a cabo, via fibra ótica e DTH) estará disponível no Estado de São Paulo, no Paraná e em Santa Catarina na primeira fase, mas a intenção é que a atuação da Vivo TV seja expandida para as demais regiões, oferecendo combos e promoções unindo TV por assinatura, telefonia móvel e internet banda larga.

Por Guilherme Marcon


Como todos já sabem, há um tempo a GVT lançou a GVT TV, anunciando sua entrada no mercado de TVs por assinatura. Mas, recentemente, a empresa convidou o PlaneTech para conhecer mais detalhes desse novo produto disponibilizado.

Na visita, o site conversou com Fábio Souza, gerente de novos produtos da GVT, momento em que foram apresentados alguns aspectos da GVT TV, como o controle universal (que controla até 3 equipamentos em um só controle remoto), o “portal destaques” na home do novo produto e o fato de que todos os canais são disponibilizados em HD.

Tendo em vista a novidade de combinar os serviços oferecidos via IP e via satélite, foram disponibilizadas novas possibilidades para os usuários, como o Video on Demand. Este serviço proporciona acesso a conteúdos gratuitos, pacotes mensais e vendas avulsas de filmes, sendo que o mais barato custa R$ 2,90 e qualquer filme em lançamento HD sai por R$ 9,90 para qualquer praça onde já tenha a GVT TV.

Além deste, a GVT TV conta com o Power Music Club, recém-estreado no produto, que permite que o usuário monte sua própria programação musical direto na tela da TV de forma interativa, sem ter que depender dos canais tradicionais de música.

Ainda, uma das grandes inovações é o fato de poder acessar as redes sociais, como o Twitter, ou então ver a previsão do tempo, sem ter que interromper a programação que você está assistindo.

Para conferir onde está disponível a GVT TV, basta acessa o site oficial.

Por Guilherme Marcon


Muitos brasileiros adoram acompanhar novelas, minisséries, seriados estrangeiros e filmes da TV aberta. A quantidade de programas, porém, não ultrapassa a disposição ofertada pelas TVs pagas e seus canais exclusivos, operados por diferentes empresas do ramo de telecomunicações.

A preferência do consumidor por destinar parte de seu salário a uma maior opção de canais aumentou em fevereiro, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No mês, o país registrou 10.176.149 domicílios atendidos pelo sistema pago, ou seja, 17% do total populacional. Esse resultado significa aumento de 2,5% dos assinantes no período em comparação a janeiro.

Levando-se em consideração dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de que em cada lar do país residem cerca de 3,3 pessoas, o total de cidadãos atendidos pelas TVs por assinatura chega a 33,6 milhões.

A região Sudeste é a que mais faz uso do serviço, com 25,2% de participação no mercado, portanto acima da média nacional (17%). Em seguida figura a região Sul, com 16,7%. Depois vem a região Centro-Oeste, com 13,6%, à frente, pois, das regiões Norte e Nordeste, com 8,7% e 6,6%, respectivamente.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Com investimento aproximado de R$ 400 milhões até o ano que vem, estritamente ao Rio de Janeiro, a operadora de telefonia fixa e banda larga GVT almeja dar início às operações comerciais na unidade federativa. A etapa inicial da rede instalada contempla mais de 20 bairros e cerca de 73 mil acessos a telefones fixos e internet de 5 a 100Mpbs.

No transcorrer de 2011, prevê a empresa, outros dez bairros serão incluídos, algo que incrementará o número de acessos para 180 mil. A pretensão seguinte da GVT é migrar para São Paulo, além de adentrar no campo de televisão por assinatura.

Segundo Amos Genish, presidente da companhia, em 2011 a GVT investirá R$ 1,73 bilhão em todo o mais, o volume mais elevado já empregado pela empresa em uma década. No ano passado, por exemplo, o montante foi 23% inferior, de R$ 1,4 bilhão, ratificando a crescente tendência de crescimento.

Um dos pontos fortes da GVT é a disponibilidade de produtos diferenciados tanto a clientes empresariais como residenciais, como é o caso da banda larga “Power”, com modem grátis de 10Mpbs por R$ 69,90 e modem wireless de 15 Mpbs por R$ 49,90.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: CDI Assessoria


Com programação mais vasta ante a tevê aberta, o sistema de TV por assinatura contempla infinidade de opções, desde velhos filmes aos mais novos seriados, que ditam tendências, como é o caso do Glee. Além do maior número de canais, a vantagem para o consumidor é alta qualidade do sinal, sobretudo quando o televisor dispõe recurso e sistema digital.

Pesquisa edificada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aponta que no ano passado pouco mais de 2,295 milhões de novos assinantes foram constatados, avanço de 30,7% em comparação a 2009. Com isso, são mais de 9,768 domicílios com TV por assinatura no país.

Levando-se em consideração dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que indica 3,3 cidadãos por lar, o número de brasileiros com acesso aos serviços de TV paga chegou a 32,2 milhões ao final do ano passado.

Analisando-se apenas dezembro, assinala a Anatel, foram registradas mais de 237 mil novas assinaturas, progresso de 2,5% sobre o mês imediatamente anterior.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Anatel





CONTINUE NAVEGANDO: