Modelo tem tecnologia chamada Acoustic Surface, capaz de acionar vibrações no próprio display, no sentido de gerar sons na própria tela.

Uma das maiores companhias em termos de equipamentos eletrônicos, no mundo, está com nova estreia no mercado internacional, e agora aterrissa em solo brasileiro. A nova SmartTV da companhia Sony, a A8F, iniciou oficialmente sua comercialização no Brasil.

Trata-se de um aparelho revolucionário no mundo digital, o qual está munido da incrível capacidade de gerar o som por meio da própria tela, dita OLED, que integra a sua linha XBR, Top da fabricante. Outra novidade atrelada à chegada da A8F, ao nosso país, é a X905F, que está equipada com um painel de tipo LED. Ambos os aparelhos estão configurados em dispositivo Android TV e possuem display tipo 4K HDR, entre outras especificações de grande avanço tecnológico.

Com relação ao modelo X905F, o mesmo está disponível pelo valor de lançamento de 7 mil reais, em relação à sua versão de 55 polegadas, embora possa estar disponível por um valor a partir de 5.965 reais, conforme se pode verificar no site especializado, TechTudo. Entretanto, ela chega a custar até 33 mil reais, sendo esse o valor cobrado pelo dispositivo de 85". No que toca ao modelo A8F, o mesmo conta somente com uma versão única configurada em 65 polegadas, que está sendo comercializada pelo valor de 17.500 reais, podendo, no entanto, ser adquirida no comparador do mesmo site por um valor a partir de 15.749 reais.

É muito importante destacar o fato de que estes valores promocionais estão disponíveis apenas para consumidores que realizarem pagamentos por meio de boleto. Junto aos dois aparelhos em lançamento, a linha XBR conta com mais uma série, intitulada X835F, a qual ainda não tem um valor definido e divulgado em seu lançamento.

O site especializado TechTudo possui um link que permite ao consumidor descontos na compra de TV, o Compare TechTudo.

Ainda assim, entre estes dois aparelhos em lançamento, a TV Smart XBR-A8F se destaca entre os demais pela presença da tecnologia chamada: Acoustic Surface, capaz de acionar vibrações no próprio display, no sentido de gerar sons na própria tela. Uma revolução tecnológica impressionante, algo que era presente apenas em ficção científica.

De acordo com o que foi divulgado pela empresa, este tipo de áudio varia em conformidade com as imagens emitidas através da tela, proporcionando uma experiência ímpar, muito mais intensa e imersiva para o consumidor. Este top de linha suporta dois padrões, ou seja, o HDR10 e o HLG, além de estar equipada com um processador em 14 bits de tipo X1 Extreme, o qual possui até 16 vezes mais núcleos em relação ao padrão de HDR comum.

Entre outras especificações, esta TV possui uma série de recursos que permitem melhoramento das imagens envolvidas, por meio de um aperfeiçoamento operado sobre a densidade e a nitidez, nas cores e no contraste. Em seu conjunto integral, estas duas séries de aparelhos operam com as mesmas tecnologias desenvolvidas, diferenciando-se somente no caso do Realçador de movimentos.

A Smart TV A8F está munida do chamado Motionflow XR, e a TV X905F está equipada com o chamado X-Motion Clarity. A companhia Sony não estabelece uma comparação precisa entre os dois modelos, garantindo, entretanto, apenas transições bem mais suaves entre ambas as TVs.

Outro ponto importante está na grande diferença existente, e que pode ser muito bem observada, em relação à potência de áudio, a qual chega ao cômputo de 50 Watts RMS presente no modelo mais avançado e ao cômputo de 20 Watts RMS presente na série que dispõe de painel de luz LED.

Os atributos compartilhados, ou seja, em comum, entre os dois modelos, abrange dispositivo de Wi-Fi 802.11 ac; de Bluetooth 4.1; de armazenamento interno em 16 GB; de Chromecast integrado; de espelhamento na tela em Miracast e em compatibilidade com o App SideView; ambas disponíveis para o dispositivo Android e o iPhone (iOS).

Por Paulo Henrique dos Santos

Sony SmartTV

Sony SmartTV


Confira dicas de como transformar uma TV de tubo em uma TV inteligente.

A tecnologia não evoluiu somente termos de aparelhos ou demais estruturas funcionais. A tecnologia está permitindo adaptações fantásticas na vida cotidiana.

Há gente talentosa que estuda sobre TVs que possuem entrada HDMI, entrada USB e um sistema operacional, com Wi-Fi, as quais muitas vezes têm sacadas geniais do tipo: Como instalar esses dispositivos em uma TV de tubo? Este artigo aborda exatamente essa possível transformação de uma TV de tubo em uma TV inteligente, de modo barato e fácil.

Existe um tipo de segredo chamado "adaptador AV/HDMI", que consiste, basicamente, em um dispositivo adaptador para saída AV de uma televisão mais velha, ou seja, aquela que utiliza cabo triplo, de cor vermelha, cor branca e cor amarela, em uma saída de tipo HDMI. Deste modo, juntando a isso mais alguns componentes básicos e fáceis de encontrar, o consumidor poderá estabelecer conexão entre dispositivos como o Chromecasts e o set-top boxes a uma velha TV.

O procedimento de conexão de um Chromecast a uma TV de tubo é o seguinte:

Dispor de um dispositivo Chromecast; de uma TV de tubo; de um carregador de celular tipo Android, junto a um cabo micro-USB; de um adaptador tipo AV/HDMI, e de um cabo AV.

O método começa assim: localizar, na velha TV de tubo, a entrada AV, e ligar o cabo AV nesta mesma TV. São três entradas de conexão: uma branca, uma vermelha e uma amarela. Será necessário conectar cada cabo em sua cor correspondente; já na outra extremidade do mesmo cabo, será necessário encaixar o adaptador tipo AV/HDMI.

O passo seguinte é: ligar o dispositivo Chromecast na porta de tipo HDMI do adaptador. Este dispositivo estará pronto para enviar o sinal preciso à TV, entretanto, outro detalhe será necessário: a energia. É neste ponto que entra o dispositivo do carregador de celular micro-USB. Será preciso conectá-lo a uma tomada mais próxima, conectando a outra extremidade à parte traseira do Chromecast.

Muitos adaptadores tipo AV/HDMI necessitam, também, de energia. Neste caso, será de grande utilidade dispor de um carregador de celular que possa ser conectado na parede, portando, em sua estrutura, duas saídas de USB. Com dois cabos, será possível ligar o Chromecast e o adaptador em uma mesma tomada.

Assim que todo o aparato estiver ligado, será necessário utilizar o controle da TV velha para ser possível selecionar a entrada AV. Quando esse procedimento for realizado, a imagem do Chromecast aparecerá na seleção. Deste modo, será possível utilizar o celular para transmitir alguns vídeos do Youtube; da Netflix ou mesmo de outros aplicativos de mesma natureza.

Outra alternativa é a seguinte:

Conexão de set top box a uma TV AV. Será necessário uma TV de tubo; um set top box; um Adaptador AV/HDMI; um cabo AV; um cabo HDMI; um carregador de celular micro-tipo USB.

Será necessário conectar um cabo AV na própria entrada AV da velha TV de tubo. Muito cuidado ao encaixar os cabos nas suas conexões correspondentes, respeitando as cores. O passo seguinte será encaixar os cabos na outra extremidade do adaptador. Assim que esse passo for realizado, será necessário conectar o cabo HDMI, ou seja, conectar uma extremidade dele ao adaptador e a outra diretamente à set top box.

O passo seguinte será ligar a set top box diretamente a uma tomada, para que a mesma funcione. Em caso de o adaptador precisar de energia, será preciso garantir que haja espaço na tomada para ele. Se for necessário, poderá ser utilizada uma régua ou um Benjamin. Deste modo, será possível conectar ainda mais aparelhos ao mesmo set top box, exatamente como em um console de videogame, o que pode dar ainda mais recursos à velha Tv de tubo.

Por Paulo Henrique dos Santos

Transformar TV tubo em SmartTV


Samsung disponibilizou no mercado brasileiro seus novos modelos de TVs 4k com preços a partir de R$ 2.799.

Ter uma TV 4K está cada vez mais em conta, por exemplo, a Samsung começa a disponibilizar no mercado brasileiro seus novos modelos a partir de R$ 2.799, bem mais em conta do que era há alguns anos. No último dia 31 de julho, a Samsung realizou um evento em São Paulo para mostrar os quatro modelos que serão disponibilizados por aqui. A empresa coreana espera assim, atender a todos os perfis de clientes, já que oferece também as QLEDs.

As novas TVs 4K da Samsung oferecem configurações variadas e o consumidor precisa analisar bem antes de fazer sua escolha, por exemplo, tem a premium NU8000 que é o modelo mais avançado e consequentemente custa mais caro, assim como tem a versão de entrada, a NU7100 que tem o preço menor. Tem até uma opção curva, a NU7300, que não deve fazer tanto sucesso entre os brasileiros, já que esse tipo de TV não agradou muito o mercado nacional.

Os quatro modelos contam com tecnologia de painéis LED, além de áudio de ótima qualidade e o sistema operacional é o mesmo que se encontra nos modelos lançados em 2017. Mas as TVs trazem algumas novidades, principalmente no que diz respeito ao visual do dispositivo. Outra boa notícia é que a gestão dos cabos melhorou bastante, assim não fica aquela bagunça atrás do aparelho. Esses novos modelos da Samsung oferecem conexão ao SmartThings, a plataforma da empresa para casas conectadas.

No caso do modelo NU7100 como também a NU7300, ambos têm a configuração praticamente iguais, pois o painel é de LED 4K, com suporte a HDR premium e o sistema operacional é da Samsung. O que difere uma da outra é que a NU7100 é tela plana e está disponível tanto no modelo de 40 como também 75 polegadas. No caso da NU7300 a tela é curva e ela está disponível apenas na versão de 49 polegadas.

A NU7400 é um modelo mais conectado e com configuração melhor, estando disponível nas dimensões de 50, 55 e 60 polegadas. O modelo ainda integra a TV com a plataforma SmartThings da empresa coreana, assim é possível utilizar o comando de voz para diversas funções, assim como ter controle dos dispositivos inteligentes que encontram-se na casa, por exemplo, a máquina de lavar roupa, o ar-condicionado, entre outros aparelhos conectados. Essa tecnologia pode ser utilizada até mesmo para alguns produtos de outras marcas, mas essa lista ainda é restrita.

Esse modelo ainda conta com controle remoto diferenciado, que além de ser usado para a TV, também serve para conversores, vídeo games e vários outros dispositivos. Outro diferencial da NU7400 ainda oferece uma solução inteligente para gerenciar os cabos, de forma que a fiação fica toda escondida, já que eles saem da traseira da televisão através de uma canaleta. Esse recurso pode parecer apenas um detalhe bobo para alguns, mas para outros faz uma diferença enorme. Quem investe em uma sala planejada, por exemplo, sabe que a TV acaba por complementar o ambiente, interagindo com a decoração, só que a exposição dos cabos atrapalha tudo.

Todos esses recursos estão presentes também na NU8000, que é a versão UHD Premium, disponibilizada com 75 e 82 polegadas. Tirando as QLED, a NU8000 é a única em LED 4K que oferece suporte a HDR1000, que fica acima do HDR Premium quando são mostradas as imagens com mais brilho e contraste.

De acordo com a Samsung, ainda nesse mês de agosto, suas novas smartTVs já estarão disponíveis no mercado nacional e quem se contentar com um modelo mais básico certamente verá que o preço é bem em conta, mas quem optar por uma versão mais completa terá que desembolsar mais de R$ 13 mil, confira os preços:

  • A TV UDH NU7100 poderá ser encontrada no valor de R$ 2.799 a R$ 13.999 de acordo com a especificação, que pode ser de 40, 43, 49, 50, 55, 58, 65 e 75 polegadas.
  • A TV UHD, que é o modelo de tela curva, NU7300 custa R$ 3.899 e está disponível apenas em tamanho de 49 polegadas.
  • A TV UHD NU7400 será disponibilizada com 50, 55 e 65 polegadas e os preços serão de R$ 4.099, R$ 5.199 e R$ 8.999.
  • E a TV Premium UHD de 75 e 82 polegadas, custará R$ 16.999 e R$ 25.999.

Por Russel

TV 4k Samsung


Os aparelhos Premium da Samsung 2018 virão com a resolução 4K e diversos recursos atrativos como assistente pessoal em inglês, modo de ambiente para a integração à sala e a conexão única e invisível, que busca diminuir a quantidade de fios.

Na última terça-feira, dia 29 de maio, foi anunciado pela marca Samsung a nova linha da Smart TV QLED para o Brasil. Os aparelhos Premium para 2018 virão com a resolução 4K e diversos recursos atrativos como assistente pessoal em inglês, modo de ambiente para a integração à sala e, não menos importante, a conexão única e invisível, que busca diminuir a quantidade de fios.

Apesar de não ter tido revelado o preço de cada um dos modelos, a expectativa para a sua chegada já é grande, podendo ocorrer no mês de julho. A faixa divulgada é de R$ 5 mil até R$ 80 mil.

Quatro produtos na linha

No total, foram quatro os produtos anunciados na linha Smart TV QLED, sendo que cada modelo apresenta uma tela diferente no tamanho. São eles: Q6F, de 65, 55 e 49 polegadas; Q7F, de 75, 65 e 55 polegadas; Q8C, de 65 polegadas; e Q9F, de 88 e 75 polegadas.

Desse quarteto, o mais avançado é o Q9F, que entrega a melhor qualidade na imagem, possui um HDR mais avançado e um preto muito mais realístico. Ainda, o Q8C é o dispositivo que traz um design em curva, prometendo uma maior imersão do usuário. Vale lembrar que esse é o único modelo da linha com esse design e, uma vez ligada ao console de um videogame, a TV entra automaticamente no modo de jogo após o início de um jogo.

Já os modelos Q6F e Q7F são aqueles voltados para segmentos de entrada e intermediários. Porém, uma diferença significativa é que esse último possui melhores imagens e alguns dos recursos daqueles modelos mais completos, como o design 360, compatibilidade em suporte No Gap (diminui espaço entre a parede e a TV) e conexão única. Na contrapartida, a linha Q6F apenas traz o controle remoto único e o modo ambiente.

É importante ressaltar que cada uma delas possui o suporte à tecnologia de pontos quânticos, 100% em volume de cor e HDR. Além disso, a companhia oferta uma garantia de 10 anos para o efeito Burn-in, que nada mais são do que as manchas na tela que são deixadas pelas imagens estáticas.

Recursos das Smart TVs

A promessa da sul coreana é a de se integrar cada vez mais à sala do usuário, de forma a oferecer uma maior inteligência artificial e, ainda, oportunizar a conversa entre os demais aparelhos da casa. Sendo assim, a linha conta com recursos importantes e que merecem destaque.

O primeiro deles é o modo ambiente, sendo a função que permite o disfarce da televisão no local em que está instalada. Para que isso aconteça, os aparelhos apresentam diversas molduras e texturas que simulam uma janela ou um quadro, exibindo informações úteis e as fotos preferidas. Se não for encontrado um padrão para a combinação com o ambiente, o usuário ainda poderá fotografar a sua parede para a réplica da TV.

Além disso, os modelos da QLED são todos compatíveis com a Bixby, uma assistente pessoal e dotada de inteligência artificial. Porém, a limitação para a sua utilização é a de que o televisor precisa ser configurado para o inglês.

Se isso não for feito, o usuário somente poderá usar os comandos tradicionais de voz, o S Voice. Todavia, a previsão é de que a Bixby já funcione na língua portuguesa a partir do ano que vem.

Os outros diferenciais das Smart TVs QLED são: conexão invisível única, que evita a tradicional bagunça entre os fios da televisão, oferecendo um cabo transparente e único que leve a energia necessária e se conecte à central do aparelho (não é compatível com o modelo Q6F); e SmartThings, que possibilita a conexão com os eletrodomésticos inteligentes e os dispositivos de internet por meio da utilização do controle.

Nessa última é possível, por exemplo, ligar a máquina de lavar roupas, ativar ou desativar o ar condicionado, e muito mais. Isso é possível, desde que os itens sejam da marca Samsung.

Porém, para se conectar aos itens de outras fabricantes, se faz necessário um hub. Esse é uma peça central e específica que garantirá o seu funcionamento.

Soundbars

Além da nova linha das Smart TVs, a empresa Samsung ainda apresentou duas novas soundbars. Com previsão de chegada por aqui em agosto, o primeiro modelo é o NW700, com um design bem fino e voltado para os gamers que não buscam extrema potência em jogos.

Já o modelo N650 promete ser a maior atração para esse público, dando uma experiência muito mais realística, com som panorâmico e em sintonia com as imagens da televisão e potência única. Em ambas há a conexão por Bluetooth.

Assim como as Smart TVs, não foram anunciados os preços oficiais das caixas de sons. Portanto, resta ficar ligado e esperar até que todas essas novidades cheguem às lojas.

Por Kellen Kunz

Smart TV QLED da Samsung


A TV da Samsung tem características avançadas no que se refere à imagem e ao som.

A QLED TV 4K UHD da Samsung, conta com tela de pontos quânticos, HDR1500, conexão invisível, entre muitas outras vantagens, o que a torna hoje uma das melhores opções no mercado para quem é exigente em relação à imagem e ao som. Seja para acompanhar a Copa do Mundo na Rússia, ver novela, telejornais, ou qualquer outro programa, com esta televisão a experiência será completamente nova.

A tecnologia de Pontos Quânticos evoluiu ainda mais, oferecendo as mais perfeitas cores e muito mais brilho, além de um contraste que garante imagem muito mais realista. As cores são exibidas como na vida real, com a reprodução de 1 bilhão de cores, em cenas que mostram todos os detalhes. Outro diferencial está no HDR 1500, uma grande vantagem principalmente para quem gosta de assistir filmes em casa, pois terá muito mais intensidade e visualizar detalhes que antes não eram exibidos, inclusive em imagens mais escuras.

O contraste é tão perfeito que garante melhor imagem independente do ambiente. Não é preciso ficar testando onde a TV oferece melhor qualidade, pois independente de onde o aparelho ficar, o resultado será impressionante. As imagens oferecem maior sensação de profundidade. E com traços modernos e design de linhas finas, a QLED TV 4K UHD da Samsung passa a integrar a decoração, pois tem um visual moderno.

Mas nenhum detalhe chama tanto a atenção como a conexão invisível, onde todos os dispositivos ficam escondidos. O cabo óptico de 5 metros é o grande segredo desta 'mágica'. A sala fica com o visual clean, podendo dar adeus àqueles muitos fios que antes eram necessários. Você coloca esta TV na parede e ela fica parecida com um quadro e quando é ligada, a profundidade das imagens é de tirar o fôlego. O suporte No-Gap permite que o serviço seja feito em 15 minutos e depois é só alinhar a TV na parede, para ficar perfeita.

E a QLED da Samsung foi pensada em todos os detalhes, o planejamento deste modelo foi pensado para as imagens serem reproduzidas com perfeição em todos os ângulos. Graças à borda fina e a traseira sem nenhum fio, a TV garante integração nos mais variados ambientes. E é possível personalizar sua QLED TV, escolhendo a base que melhor combina com seu estilo. Com a base Gravity é possível movimentar a tela em um ângulo de até 35° para qualquer um dos lados, assim todos os lugares da sala são beneficiados. Optando pela base Studio, a TV fica como se fosse uma obra de arte.

O controle remoto único permite que vários aparelhos obedeçam ao comando facilmente, sem confusão. Usando apenas um controle remoto é possível colocar um ponto final na necessidade de ter vários controles na sala. É importante conferir a lista de dispositivos compatíveis com esta tecnologia. E a organização também é feita na tela, pois basta um clique no controle para ter acesso a todos os conteúdos, podendo mudar o que quiser nas configurações e ainda acessar vários dispositivos e os canais de TV.

A tecnologia Smart View é para o usuário conectar o celular na TV QLED e aproveitar todos os conteúdos do smartphone em uma super tela. O aplicativo ainda transforma o celular em um controle remoto. Para quem gosta de games, tem o exclusivo SteamLink, para aproveitar milhares de games sem aquela antiga necessidade de ligar vários cabos. É diversão garantida e nada de delay.

Com a QLED TV 4K UHD da Samsung é possível ter um aparelho gigante na sala, mas sem aquela sensação de que perdeu espaço, pelo contrário, o usuário verá a televisão fazendo parte do ambiente e contribuindo para a beleza do local.

Por Russel

TV Samsung


Esse modelo tem um dos mais modernos painéis OLED 4K Ultra HD, contando ainda com HDR Master e THX.

A TV Ultra HD 4K OLED da Panasonic chegou para revolucionar o mercado de televisão, oferecendo uma experiência nova para quem gosta de filmes, novelas, ou qualquer outro conteúdo, garantindo imagem e som de última geração. Esse modelo tem um dos mais modernos painéis OLED 4K Ultra HD, contando ainda com HDR Master e THX. A Panasonic investiu pesado para conseguir oferecer o que há de mais avançado nessa tecnologia, conseguindo fazer com que cada pixel se auto ilumine, o que deixa o contraste praticamente perfeito, oferecendo mais realidade inclusive para o preto e tornando as demais cores bem mais intensas.

A compatibilidade incrível com HDR é o que proporciona uma imagem leal à gravação original e o painel da Panasonic recebeu o certificado do Laboratório THX de cinema, localizado em Hollywood, que fez testes rigorosos e mesmo assim aprovou o equipamento inovador, capaz de reproduzir imagens como as de cinema.

Outro diferencial deste modelo da Panasonic está na maneira simples e rápida de navegar na internet, pois a nova plataforma traz aplicativos que trabalham com armazenagem 'nas nuvens', sendo assim, nada fica armazenado na televisão e, por isso, as atualizações são muito mais rápidas, assim como a inicialização do aparelho. O usuário tem acesso a filmes no YouTube, Netflix, jogos, músicas e muitos outros conteúdos. A facilidade também é percebida na hora de se conectar à TV, seja com um videogame ou qualquer outro dispositivo, pois tudo é feito de forma prática e ágil, graças ao poderoso processador Quadcore Pro.

Mas as novidades não estão restritas apenas à imagem, a Panasonic inovou também no som, com o Wi-Fi de 80w com Wireless Media, assim é possível aproveitar ao máximo seu programa favorito, com um som puro e ao mesmo tempo potente. E é possível dar ainda mais ênfase ao som, bastando conectar a televisão a um aparelho de som da Panasonic, assim a experiência se tornará muito mais empolgante.

E a empresa desenvolveu uma tecnologia exclusiva, a Hexa Chroma Drive PRO e com ela foi possível contar com mais 3 cores, a Ciano, Magenta e Amarelo, incorporando-as ao já conhecido RGB e o resultado é realmente impressionante. As imagens ficaram muito mais nítidas, cada tom ficou mais vivo e fiel ao original, inclusive quando as cenas contam com pouca luminosidade. É possível ter mais precisão no controle do brilho e também das cores, seja na hora da novela, futebol, filme ou programas infantis.

Tem ainda o novo Web Browser 4K, uma novidade que promete agradar todos aqueles que gostam de navegar na internet pela televisão, pois ficou muito mais fácil acessar os sites favoritos e ainda contar com suporte a flash e conteúdo 4K. E quem tem vídeos e músicas no smartphone, poderá compartilhar tudo através do moderno sistema de espelhamento Swipe & Share. É possível reproduzir a tela do celular ou tablet na TV Ultra HD 4K OLED da Panasonic, pela mesma rede Wi-Fi. Pelo pendrive ou até mesmo um HDD externo é possível acessar vídeos 4K, com uma reprodução incrível de imagens e sons.

A Panasonic é uma empresa conhecida no mundo todo por sempre ter oferecido os aparelhos com as melhores imagens e agora e empresa mostra o resultado de muitas pesquisas feitas e de um investimento altíssimo no que existe de mais moderno. O Hexa Chroma Drive tem uma paleta de cores muito mais completa e a avaliação de um colorista de Hollywood mostra o tamanho do comprometimento da empresa com a satisfação de seus clientes.

Essa TV também se destaca por seus traços finos, misturando-se ao ambiente e complementando o espaço onde fica disponível. É um modelo que certamente agradará até os mais exigentes.

Por Russel

TV Panasonic


A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV vem equipada com sistema Android. Esse recurso permitirá que o usuário tenha experiências semelhantes às de aparelhos Smartphones e tablets.

A televisão evoluiu muito desde a primeira transmissão televisiva de 1928. Os televisores modernos não têm praticamente nada em comum aos primeiros modelos lançados. Há diferenças no design, no número de funções e no tamanho, mas a maior diferença é, sem dúvidas, a qualidade de imagem.

A imagem transmitida por um televisor moderno é praticamente idêntica àquela que vemos pela janela de nossas residências. Esse é o produto de anos de estudos e esforço de centenas de profissionais.

O surgimento de diversas fabricantes de TV aumentou muito a competitividade no mercado consumidor. Para trazer aos consumidores o que há de mais moderno no segmento, essas fabricantes investem em pesquisa constantemente.

E por falar em moderno, a Sony lançou a TV OLED 4K no Brasil. Confira agora as principais características da nova TV da fabricante japonesa.

Tecnologia Acoustic Surface

Os dois atuadores localizados na parte traseira da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV fazem a tela vibrar enquanto o som é propagado, fazendo com que sons e imagens sejam reproduzidos harmonicamente.

Processador 4K HDR X1

O processador 4K HDR X1 maximizam a qualidade e a realidade de imagem transmitida. Ele é capaz de processar imagens com 40% mais eficiência que o 4K X1, processador presente em modelos anteriores.

Android TV

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV vem equipada com sistema Android. Esse recurso permitirá que o usuário tenha experiências semelhantes às de aparelhos Smartphones e tablets.

4K X- Reality PRO

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV possui um banco de dados de imagens, e o processador analisa e combina esses dados aos objetos presentes nas cenas, tornando a imagem mais próxima à realidade.

Pesquisa por voz

Este recurso facilita e aumenta a interatividade entre a OLED 4K HDR Ultra HD Android TV e o usuário, além de ser a forma mais prática de buscar por programas e aplicativos rapidamente.

Google Play

Agora você pode acessar o Google play em sua OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. Desfrute de jogos e aplicativos em uma tela gigante, de alta resolução.

IR Blaster

Você pode controlar outros dispositivos com o controle remoto da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. Com este recurso, você não precisará colecionar dezenas de controles dos aparelhos de sua casa.

Chromecast incorporado

Este recurso permite a transmissão de imagens do celular diretamente na tela da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV. O usuário poderá se conectar ao Youtube e assistir aos vídeos na OLED 4K HDR Ultra HD Android TV.

Tela TRILUMINOS

Promete a inserção de mais cores, trazendo maior realismo e adicionando mais emoção às cenas. A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV transmite cores mais vivas e realça as cores sutis.

DSEE

Este recurso permite a restauração dos elementos de frequência de som, perdidos quando os arquivos de áudio são compactados. Dessa forma, o som é transmitido de forma mais original e mais natural.

Super Bit Mapping 4K HDR

Com o Super Bit Mapping 4K HDR, as imagens tornam-se mais naturais e são suavizadas, graças ao sinal de 14 Bits do processador da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony.

Aprovada pela Netflix

A OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony é recomendada pela Netflix por conta de seu excelente desempenho e de sua alta performance de imagem, som e conexão a aplicativos.

Preços

O preço da OLED 4K HDR Ultra HD Android TV da Sony de 65 polegadas pode variar entre R$ 20.699,10 e R$ 22.999,00. Este é o valor encontrado no site oficial da Sony e pode ser alterado sem aviso prévio.

Por Nanny Cunha

TV Android da Sony


Modelo garante ótima qualidade de imagem e som. Confira as demais características desta incrível TV.

Quem busca a melhor imagem para acompanhar os jogos da Copa do Mundo, ou mesmo assistir a um filme, novela, ou seu programa preferido em casa, irá se surpreender com a qualidade da TV LG Ultra HD 4K. A vantagem deste modelo é que ele está disponível no mercado com telas de 43", 49", 55", 58", 60", 65", 70", 75", 79", 86" e até 105". O consumidor só precisa verificar o espaço onde o aparelho ficará disponível e assim poderá escolher o modelo que melhor lhe atenda.

Essa TV é superior àquelas que utilizam simplesmente uma película para proporcionar um aumento de cores, a LG conta com a tecnologia Nano Cell™, presente no painel para que de fato a imagem possa oferecer maior número de cores e com um melhor ângulo de visão. A tecnologia Nano Cell™ garante maior fidelidade às cores, reproduzindo a imagem como realmente ela é, sem distorções.

Esse modelo também conta com suporte a HDR e Dolby Vision™, que é a tecnologia mais usada pelos produtores de cinema. Essa TV da LG também oferece compatibilidade com alguns outros formatos de HDR, entre eles o HLG e o HDR10. Cada quadro conta com processamento metatados dinâmicos, sendo que a HDR10 e HLG são renderizados pelo próprio processamento LG. O efeito HDR da marca conta com tecnologia responsável pelo processamento das imagens, sendo que qualquer conteúdo pode ser transformado em uma nova experiência, com mais contraste e melhor visualização.

Outro diferencial está na Ultra Luminância, onde o contraste e brilho são otimizados, transferindo carga elétrica das regiões mais escuras para aquelas que estão mais claras e este processo permite que os objetos possam ser mais realçados. O Upscaling 4K da LG também tem a função de aprimoramento, oferecendo uma qualidade de imagem que se assemelha aos mais avançados processados da atualidade. Com toda esta evolução, o consumidor terá muito mais diversão, independente do programa que for assistir.

A LG ainda conseguiu outra grande vantagem, que é oferecer imagem perfeita independente do local onde a TV foi disponibilizada. Seja em um local mais claro, ou com pouca luminosidade, a imagem não tem perda de qualidade e as cores são leais à realidade, graças à tecnologia UHD 4K TV. Essa tecnologia é que garante um ângulo mais amplo, de forma que a visão não tem nenhuma distorção. Mesmo em um ângulo de 60º é possível conferir uma imagem de ótima qualidade e cores reproduzidas com alta qualidade. Independente se na sala a pessoa sentou no meio, à direita, ou esquerda, ela terá uma ótima visão.

A qualidade está também no som, graças ao moderno sistema de alta fidelidade que foi desenvolvido pela harman/kardon. Os graves impactantes logo serão percebidos e o som puro, em conjunto com a imagem de alta resolução, tornará os programas muito mais atraentes. O sistema de som surround da LG conta com sete canais virtuais, um diferencial que faz grande diferença principalmente na hora dos filmes.

Quem comprar esta TV da LG pensando já na Copa do Mundo na Rússia, irá aproveitar muito mais os jogos ao selecionar o Modo Futebol, que garante áudio e vídeo aperfeiçoados para oferecer aquela sensação de ter ido ao estádio. Torcer para a seleção brasileira será muito mais emocionante.

E com esta TV será mais fácil também, explorar o vasto material em HDR 4K já disponível na Netflix, tem opções para todos os gostos e estilos. Confira outras características deste modelo da LG:

Conectividade:

– Mobile Connection, WiFi, HDMI, DTV, USB, WiFi e Bluetooth.

Conexão:

– 4 HDMI, entrada AV/Vídeo Componente, 2 USB, entrada de áudio e vídeo (RCA), LAN, RF para quem tem TV por assinatura e saída digital ótica.

Por Russel

TV LG Ultra HD 4k


Nova TV da Samsung será a mais acessível da linha QLED para os consumidores.

A Samsung proporciona, todos os anos, grande conforto e qualidade para os seus consumidores. Recentemente, foi lançada no mercado a nova TV Q6F (TV 4K QLED). Este novo aparelho televisivo estreou pela companhia da Coreia do Sul numa quinta-feira, dia primeiro de março. Um dos responsáveis pela gerência do setor de produtos e de TVs da empresa Samsung, na unidade localizada no Brasil, conversou com a equipe do site da TechTudo a respeito do lançamento, das especificações tecnológicas do novo aparelho e demais temas associados.

Este novo modelo de TV possui as seguintes especificações: munida de 55 polegadas ela chegará às prateleiras com o certificado de UHD; começará a ser comercializada no Brasil a partir do mês de abril ou de maio, com a promessa de atingir a 100% do volume de cores. Embora ainda não haja um valor preciso divulgado, a gerência explicou que esta TV 4K será a mais acessível da linha QLED, para os consumidores.

Entre outros atributos e novidades, esta nova TV está equipada com o aplicativo chamado SporTV 4K da Rússia, que consiste em uma nova parceria exclusivamente estabelecida entre a Samsung e a grande emissora esportiva, destinada a transmitir a Copa do Mundo, que se avizinha. Portanto, os consumidores terão chance de assistir a todos os jogos, podendo visualizar os melhores lances e acessar as estatísticas do próximo mundial por meio deste APP, o qual estará embutido nos aparelhos de 4K da companhia.

Em termos de alta tecnologia e de design mais moderno, a série de produção da QLED na Samsung elabora dispositivos levando em conta a meta principal de tornar mais potentes três detalhes das imagens transmitidas, quais sejam: o brilho, a cor e a nitidez cada vez mais intensos. Esta linha dispõe de quatro modelos perfeitos: o modelo Q9F, com 88 polegadas; o modelo Q8F, que dispõe das opções em 75 pol. e 65 pol.; o modelo Q7F, portando as opções de 65 pol. ou 55 pol. e o já citado inicialmente Q6F, com 55 polegadas.

O modelo Q6F tem por finalidade fazer gerar mais cores, tornando-as muito mais próximas da realidade concreta, operando por meio de uma alta tecnologia de Pontos Quânticos. Deste modo, os detalhes de imagens escuras ganham muito mais profundidade em tons de preto, sendo que os demais detalhes claros se mantêm totalmente perceptíveis. Trata-se de um tipo de TV que dispõe do recurso de HDR 1000, o High Dynamic Range, que consiste em uma tecnologia que já marca presença nas grandes produções de Hollywood, no sentido de engrandecer a potência e a nitidez das imagens transmitidas, atingindo o escore de 1000 Nits na definição.

Entre outras especificações esta TV possui bordas mais estreitas, portando um design de 360º e função One Connect, operando com uma caixa em separado, além das entradas que a TV já possui. A Q6F possui capacidade de conexão junto ao dispositivo chamado Hub, a qual se dá pelo cabo fibroso óptico bem mais grosso e mais perceptível.

A já citada parceria da Samsung, por meio do app intitulado SporTV 4K pela Rússia, visa comungar a qualidade das imagens dos novos televisores com a transmissão dos jogos no novo mundial. O truque de marketing está em oferecer ao publico a nova TV 4K em promoção, direcionada para o grande evento esportivo por vir.

A estimativa de valores poderá ser confirmada a entre abril e maio, assim que a TV começar a ser comercializada em solo nacional. Dado que a companhia pretende fazer coincidir as vendas com o início da World Cup, certamente a nova Q6F estará à venda por preços bem mais acessíveis. Na Inglaterra, onde este mesmo modelo está sendo comercializado, o valor está em 999 libras, correspondendo, pelo câmbio, a 4.500 reais, sem contar as taxas.

Por Paulo Henrique dos Santos

Samsung TV Q6F


O conversor digital deve ser usado em TV´s de LED, LCD ou Plasma, sem conversor digital que foram fabricadas antes de 2010. As mesmas TV´s que foram importadas ou televisores de tubo.

Aos poucos o sinal analógico está chegando ao fim de sua jornada. Desde 2007, quando a transmissão do sinal de TV digital começou aqui no Brasil, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) vem anunciando o fim e desligamento do sinal analógico.

A data limite está chegando, em algumas cidades grandes como São Paulo e Rio de Janeiro, o desligamento já foi concretizado. O Ministério das Comunicações vem informando sobre como proceder e quando será desligado e o prazo se estende entre 2017 e final de 2018.

Se você ainda possui uma TV que recebe a transmissão por sinal Analógico e ainda faz parte das cidades que não sofreu o desligamento, é importante se apressar e entender o que precisa ser feito para converter o sinal de Transmissão Analógico para o Digital.

Neste artigo vamos falar sobre o Conversor para a TV Digital e dar algumas dicas sobre as principais preocupações que as pessoas têm sobre, além de dicas sobre modelos de conversor.

Continue lendo este texto até o final e entenda como proceder para receber o sinal digital em sua TV.

Preocupações com o desligamento do sinal

Uma das maiores dúvidas e também preocupação das pessoas é entender o porquê o sinal será desligado e se sua cidade está na lista do desligamento, além disso, quais modelos de aparelhos devem ser adquiridos para essa situação.

A razão para o desligamento do sinal analógico é que a frequência que é utilizada será utilizada por operadoras de telefonia para aumentar a oferta do sinal 4G dentro da faixa de 700 MHZ. Atualmente as operadoras usam apenas uma única faixa de 2,5 GHZ.

Quais são os ganhos com as mudanças de sinal

Uma das vantagens é a qualidade da imagem, a transmissão é feita em alta definição. Será visualizado o dobro de definição e brilho na sua TV. O sinal analógico a definição estava em torno de 704 x 480 pixels, já o padrão digital chega em torno de 1920 x 1080 pixels.

O que é um conversor digital?

O nome já diz tudo! É um equipamento que converte o sinal analógico em digital. Simples assim. Em algumas lojas é conhecido também como set-top box.

Como funciona?

Existe uma transformação de sinais dentro deste conversor. Ele recebe o sinal analógico que é enviado das antenas de transmissão e divide em três categorias: áudio, vídeo e dados, sendo chamados de pacote de dados.

Cada um desses pacotes de dados é convertido em um código binário, no qual o sinal digital é transmitido, após esta conversão o sinal de dados é enviado para as saídas de áudio e de vídeo da sua TV.

Onde usar o conversor digital?

O conversor digital deve ser usado em TV´s de LED, LCD ou Plasma, sem conversor digital que foram fabricadas antes de 2010. As mesmas TV´s que foram importadas ou televisores de tubo.

Quais são os modelos de conversores existentes no mercado?

Para adquirir um conversor digital é preciso estar atento a algumas informações importantes. Você já deve ter pesquisado e até recebido algumas indicações de amigos ou antenistas, mas não sabe qual realmente vale a pena. A seguir vamos demonstrar alguns modelos que estão no mercado.

Aquario DTV-8000

Este conversor digital possui a opção de bloqueios de canal possui resolução de vídeo em 720 pixels e é o número 1 na avaliação dos compradores com sinal 100% digital. O preço pode variar entre R$ 179,99 e R$219,90.

Intelbrás CD 636

Este conversor é um modelo da Intelbrás e conforme recomendações dos consumidores é um ótimo custo benefício e fácil manuseio. O preço está para modelos novos a partir de R$ 96,16.

Aquario DTV-5000

Outro modelo da DTV é muito bem avaliado pelos consumidores. Atendendo as especificações na conversão do sinal digital. O preço para este modelo está variando nas lojas entre R$105,90 e R$112,00.

Estes são os três modelos mais comprados segundo o site Buscapé que contam com avaliação positiva entre 71% e 84% dos consumidores deste tipo de produto, atendendo as necessidades de cada consumidor.

Aos poucos o sinal analógico está chegando ao fim de sua jornada.

Por Marcio Ferraz

Conversor digital


Amazon lançou no Brasil o Amazon Fire TV Stick, uma alternativa para transmissão de conteúdo em televisores que não possuem funções de Smart TV.

Desembarca no Brasil mais um produto da linha Amazon. Por 289 reais, os brasileiros podem adquirir o Amazon Fire TV Stick, uma alternativa para transmissão de conteúdo em televisores que não possuem funções de Smart TV. A novidade deve agradar um público bastante variado, que busca transformar o televisor em algo mais moderno e menos básico, além de consumir conteúdos de forma mais confortável e aconchegante.

O periférico pode ser encontrado à venda já nesta semana e é uma resposta ao Chromecast, solução da Google para consumo de mídia e entretenimento em televisões. O produto da Amazon chega em um formato bastante familiar, similar a um pendrive, porém, se encaixa a uma saída HDMI, sendo compatível com qualquer televisor ou monitor com esta tecnologia, da mesma maneira que o Chromecast é utilizado.

A diferença entre os dois aparelhos é sua arquitetura interna. Enquanto o Chromecast trabalha muito bem com o Android, o Amazon Fire TV Stick possui em suas entranhas uma versão do Fire OS, adaptada especialmente para o aparelho, que é baseado no Android. Como ele possui um espaço interno de 8 GB, bem como 1 GB de RAM e um processador quad-core, é possível não só consumir conteúdo de serviços como Netflix e Youtube, mas rodar aplicativos que até então poderiam ser rodados apenas no celular, se tornando independente e não necessitando de um smartphone ou tablet para ser operado.

O consumidor que adquirir também deve encontrar na caixa um controle remoto, para o manuseio na interface e nos recursos do Amazon Fire TV Stick. Esta característica está presente também na APPLE TV, porém, custando bem menos. Vale lembrar que ele já foi lançado há algum tempo nos Estados Unidos, e chega ao Brasil sendo uma alternativa mais barata que seus concorrentes diretos.

Amazon amplia operações no Brasil

Além do desembarque do Amazon Fire TV Stick, a Amazon vem aos poucos trazendo boas novidades em seu site. A empresa que só vendia livros e o seu tradicional leitor de e-books, o Kindle, trouxe o Kindle Unlimited, uma espécie de netflix dos livros e os seus novos aparelhos Kindle, lançados há pouco tempo em alguns mercados.

A partir de agora, as lojas podem utilizar a plataforma da Amazon para a comercialização de seus produtos. A estratégia é similar ao Mercado Livre, que oferece uma solução completa para lojistas e pessoas físicas comercializarem produtos novos e usados, usufruindo de sua plataforma de pagamentos online. A modalidade é diferente dos Estados Unidos, onde, por lá, a Amazon é uma loja online de fato, mas também oferece a possibilidade da venda de artigos usados por pessoas que não possuem uma loja.

Além dos eletrônicos e outros produtos, artigos de casa e cozinha começaram a ser comercializados pelo site da Amazon aqui no Brasil.

A expansão da Amazon aqui no Brasil também é a sinalização de uma atenção mais personalizada ao mercado nacional. A chegada de alguns, poucos, mas produtos interessantes apresenta uma chance de um catálogo mais amplo de produtos da fabricante Americana.

Além dos leitores de livros digitais e do Amazon Fire TV Stick, a Amazon comercializa no mercado americano o tablet Fire HD, de baixo custo, equipado com o Fire OS, que é baseado no Android e que dá acesso aos serviços da empresa, além do ecossistema do mundo Android. Nos EUA ainda está presente a assistente virtual Alexa, que ainda não desembarcou ao Brasil, mas está presente no Amazon Fire TV Stick. Vale lembrar que por lá, o Stick custa cerca de 49 dólares e 99 centavos.

Além dos Estados Unidos e do Brasil, a Amazon também possui lojas em países da Europa como a França e a Alemanha e na América do Norte como o Canadá e o México.

Por Leandrinho de Souza

Amazon Fire TV Stick


A TV 8K da Sharp possui 16 vezes a resolução da imagem de uma TV HD. Ela está sendo desenvolvida pela marca e já começou a ser comercializada no Japão.

Você está feliz da vida com a sua televisão HD, então imagine só uma tecnologia que aumente nada mais nada menos que 16 vezes a resolução da imagem! Estamos falando da televisão 8K! A primeira especulação de preço da TV ficava acima de R$ 500 mil, mas houve novas divulgações de preços até R$ 28 mil.

Em setembro, a marca Sharp anunciou o início das vendas dessa tremenda tecnologia! A resolução 8K conta com 7.680 x 4.320 pixels. No fim do mês passado (outubro), o modelo chamado LV-85001 começou a ser comercializado no Japão. O preço, em ienes (a moeda do Japão), é de 16 milhões. Isso em dólares equivale a 133 mil, enquanto em reais, o valor fica cerca de R$ 509 mil.

Sabe os cinemas com aquela tela gigante IMAX? A tecnologia das televisões 8K tem quase a mesma definição, contando com 4320p. Sucessora da tecnologia 4K, a 8K tem 16 vezes a resolução do que as famosas televisões de alta tecnologia atuais, que apresentam 1920 x 1080 pixels. A tecnologia 4K que já é famosa e não muito acessível tanto em preço quanto em disponibilidade de estoques nas lojas no Brasil, atende resolução de 3.840 x 2160.

Vamos falar da tela da TV 4K da Sharp: 104 pixels para cada uma das 85 polegadas que possui. A empresa já havia lançado televisores 8K voltadas para o mercado corporativo em 2015, o que demonstra o quão avançado o grupo é em tecnologia.

A Linha AQUOS anunciada pela marca, será lançada na China e no Japão ainda neste ano, enquanto em 2018, espera-se a chegada das 8K também em Taiwan e no continente europeu. Acerca dessa linha, ainda não há divulgação oficial de preços, mas há uma fonte jornalística que afirma que no Japão, ela será lançada por 1 milhão de ienes, o que no Brasil simboliza cerca de 28 mil reais.

Em outros mercados de negociação, esse valor fica inferior ao da linha da LG, OLED. Essas custam até 30 mil reais. Portanto, é provável que se essa linha especificamente chegar ao Brasil, que os preços sejam mais elevados. Enquanto esse modelo exibido na IFA ficou sem preços definidos, o monitor vendido anteriormente – em 2015 – é de 85” e custou um pouco mais de 400 mil levando em consideração a cotação atual.

Apesar da Sharp vir trabalhando modelos 8K desde 2015, o gargalo para comercialização do produto era justamente o custo, pois estavam saindo por aproximadamente 130 mil dólares, como citamos. Enquanto isso, a escassez de conteúdos produzidos para essa tecnologia também é um desafio já que a 4K ainda nem se tornou de fato uma realidade para o consumidor final.

Embora haja a resolução disponível para reproduzir os conteúdos, ainda não existem muitas produtoras que trabalhem em 8K, ou seja, de nada adianta você ter uma super televisão se os programas não entregarem toda a resolução que ela pode reproduzir. Contudo, a Sharp está trabalhando na tecnologia, a fim de desenvolver um super ecossistema de 8Ks.

Para quem acha isso improvável, é importante pensar que há alguns anos atrás, pensar em tecnologia 4K era insano e agora, ela vem se inserindo cada vez mais em nosso cotidiano, tanto na venda de TVs quanto na produção de conteúdos para tal qualidade. Em países mais avançados tecnologicamente como é o Japão, programações com qualidade 8K já estão sendo previstas para o próximo ano. Agora é esperar para ver como e por quanto essas belezinhas vão chegar ao Brasil.

Por David Ferreira

Sharp TV 8K


A The Frame TV, da Samsung, imita obras de arte quando está desligada, podendo ser usada como decoração.

Não é de hoje que a empresas investem pesado em tecnologia e inovação para os eletrônicos. A TV é um exemplo disso, a cada dia que passa, são atribuídas mais funções a ela, mas dessa vez a Samsung realmente foi longe no quesito inovação e surpreendeu a todos.

TVs com funções só enquanto estão ligadas é coisa do passado, agora além de assistir os filmes, série e os programas favoritos, a TV que imita obra de arte também pode ser usada como acessório de decoração enquanto estiver desligada. Essa é a proposta do mais novo lançamento da Samsung, a The Frame TV. Um novo conceito de televisão que a marca está disponibilizando no mercado brasileiro.

Quando o aparelho está desligado, são apresentados na tela, obras de artes e fotografias de artistas e fotógrafos do mundo todo. É possível também personalizar o aparelho para exibir fotos pessoais. A TV vem com uma coleção já instalada pela própria Samsung, com um total de 100 obras de arte. Essas 100 obras estão divididas em 10 categorias, por exemplo, paisagem, arquitetura, vida selvagem, ação, desenho, entre outras.

O aparelho também conta com uma loja virtual, a The Frame Store, onde é possível o usuário adquirir mais obras e fotografias, reconhecidas mundialmente, desde as clássicas até as contemporâneas. Existem duas formas de adquirir os produtos na loja virtual, pode-se fazer uma assinatura mensal no valor de R$16,00 ou tem a opção de comprar uma única obra por vez, nesse caso, cada obra sai por R$66,00.

Além da loja virtual e das obras que já são disponibilizadas pela Samsung no aparelho, o usuário tem a opção de exibir suas fotos pessoais, que ficam salvas em “Minhas Coleção”, podendo ser, inclusive, customizadas através de um aplicativo chamado App smart View, que pode ser baixando no smartphone. Com o aplicativo, o usuário tem disponível, seis opções de layouts e dez opções de cores para usar como molduras das fotos que ele quiser exibir na tela.

A The Frame TV é uma TV 4K UHD com HDR premium, vem com dois sensores, um de iluminação e um de movimento. O sensor de iluminação atua detectando a luz do ambiente e ajustando automaticamente as configurações de brilho e de cor, fazendo com que as obras de arte que são exibidas na tela, realmente se pareçam com um quadro. O sensor de movimento é responsável por ligar o aparelho automaticamente quando há movimentação de pessoas e de desligar automaticamente quando não há movimentação de pessoas.

A Samsung disponibilizou também acessórios para compor a TV e deixar ainda mais com o aspecto de quadro quando o “modo arte” estiver ativado. Estão disponíveis no mercado molduras em três cores: madeira, madeira clara e branco para encaixar no aparelho; um cabo óptico e um suporte de parede que faz com que o aparelho fique muito mais rente a parede e com um aspecto ainda maior de obra de arte.

Outra novidade será o fotógrafo Araquém Alcântara, primeiro brasileiro a apresentar suas obras na tela da The Frame TV para todo o mundo. Araquém Alcântara foi o primeiro fotógrafo a documentar todos os parques brasileiros.

O aparelho tem 55 polegadas e o preço é de R$8.999,00. A televisão pode ser encontrada na Fast Shop. Os acessórios conforme já citado acima, são vendidos separadamente, a moldura custa R$899,00, o cabo óptico opcional de 15 metros custa R$899,00 e a base (suporte de parede) sai por R$2.749,00 e também podem ser encontrados na Fast Shop.

Segue abaixo os links para a Fast Shop:

Link para os acessórios www.fastshop.com.br/loja/the-frame e o link para a The Frame TV www.fastshop.com.br/loja/a/the-frame.

Por Lorena Ruiz

Samsung The Frame TV


TV Sony Bravia é o novo lançamento da marca e seu destaque fica pelo fato de emitir o áudio através da própria tela.

A Sony está retomando sua atenção para o painel OLED em TV’s. O retorno da empresa japonesa é recheado de expectativa, haja vista o lançamento da TV que foi batizada de Bravia e tem como principal destaque o fato de emitir seu áudio através de sua própria tela. Com preço variando entre R$ 23 mil e R$ 25 mil, trata-se de uma aposta top de linha da Sony.

O anúncio da Sony em relação à Bravia A1E foi feito na CES 2017, que foi realizada em janeiro. O principal objetivo é competir diretamente com a LG, haja vista o grupo sul-coreano dominar praticamente todo o mercado de TV’s. Com um design ainda mais interessante e quase sem bordas, a Bravia deve estar chegando ao mercado brasileiro em poucos meses.

A tecnologia que permite com que a própria tela da TV emita o som é chamada de Acoustic Surface. Essa tecnologia é capaz de produzir som por meio de vibrações no painel. Dessa forma, o som não ficará mais concentrado em alto-falantes embutidos pelo corpo da TV, o mesmo será emitido na tela da TV e trará uma sensação ainda mais apurada da origem do mesmo e, consequentemente, uma maior interação o usuário e aquilo que esta sendo transmitido.

Outro grande destaque deste lançamento é justamente o seu design minimalista. Esse conceito também foi expandido para a traseira da Bravia A1E. Sendo assim, a mesma não conta com o tradicional superior regular que permite o encaixe na parte inferior. Esse suporte deu lugar a uma armação que realiza a tarefa de apoio para a tela. A parte traseira abriga o subwoofer além de todas as portas que ainda dispõe de um sistema de gerenciamento de cabos. A Bravia A1E possui nada menos que quatro entradas HDMI.

A Bravia é equipada com um processador de vídeo X1 Extreme, sendo que o mesmo é capaz de fazer upscaling de conteúdo para 4K. Além disso, a mesma ainda consegue trabalhar com diferentes padrões de HDR, dentre os quais podemos destacar: HDR10, Dolby Vision e HLG. Com suporte para rodar o Android TV, a Bravia permite rodar nada menos que 800 apps da Play Store como, por exemplo, YouTube, Netflix, Globo Play e jogos em geral. Outra funcionalidade bem interessante permite com que o usuário possa conectar fones de ouvido Bluetooth à TV.

Com previsão de chegada para outubro, a Bravia A1E deve custar entre R$ 23 mil e R$ 25 mil, como destacado no início desta matéria. Nos EUA o preço sugerido é de US$ 6,5 mil.

Por Bruno Henrique

TV Sony Bravia

TV Sony Bravia


Claro TV é um serviço de TV por assinatura que oferece diversos pacotes e preços aos usuários.

Vivendo na era tecnológica, ter acesso à boa imagem, é essencial. Atualmente, não basta apenas possuir o sinal de televisão, é importante também possuir altíssima qualidade de imagem e som, bem como acesso a todas as mídias possíveis.

Neste quesito, a TV por assinatura tornou-se a queridinha de muitos brasileiros, fornecendo imagem e som de qualidade, além da diversidade de canais à escolha do usuário.

É comum que prestadores de serviços de TV por assinatura ofereçam pacotes HDTV e serviços de interatividade, bem como recursos de gravação, som com configuração de cinema, entre tantos outros aparatos tecnológicos, com preço acessível.

Com o desligamento da televisão analógica em diversos pontos do país, a TV por assinatura acaba tornando-se uma excelente opção para continuar acessando os serviços dos canais de televisão, ou mesmo uma necessidade, para quem por praticidade prefere contratar um plano e ter todos os equipamentos necessários para ver a boa e velha televisão instalados, do que correr atrás de antenas, conversores, trocar de televisão e etc.

A vantagem da TV por assinatura, nesta questão, é também a capacidade de prover o sinal digital para televisores que não possuam o conversor incluso.

A Claro não ficou por baixo em relação a todos esses avanços e oferece aos seus clientes pacotes de programação entre outros serviços a preços razoáveis. Confira.

PACOTES MIX DIGITAL

O combo mais em conta, com mais de 65 canais, juntamente com o serviço de telefonia, custa R$99 por mês e fora do combo sai por R$109,90/mês. Dentro do Mix Digital, existem planos de mais de 70 canais + Telecine ou HBO, por R$139,90/mês fora do combo ou ainda mais de 80 canais com Telecine e HBO, por R$159,90 fora do combo.

PACOTES MIX HD

Combos com tecnologia HD, a partir de R$129,90 (fora do combo), contando com mais de 110 canais, passando por R$159,90 com 125 canais + HBO ou Telecine, até a opção com os dois itens, por R$179,90 (preços fora do combo, ressaltando que ao adquirir o serviço de telefonia móvel junto, sai mais barato).

Para consultar outros pacotes ou contratar um dos pacotes acima, acesse http://clarotv.claro.com.br/TV/CompreAgora.

Por Carolina B.

Claro TV


Conheça aqui um pouco mais do modelo de TV que vem com botão exclusivo para Globo Play.

A fabricante TCL lançou uma nova TV, a P2 Ultra HD, que é a geração nova de Smart TV com resolução 4K. A linha, no Brasil, é o primeiro lançamento da empresa e foi produzida com um botão exclusivo para que os usuários acessem o Globo Play, além de modo futebol e suporte a tecnologia HDR. Tais recursos garantem facilitar a utilização do televisor ao navegar e também oferecer melhores imagens com bons níveis de sons e contrastes realçados.

Os aparelhos Smart TVs da fabricante desembarcam no mercado nacional neste mês abril com um valor que inicia em R$ 3.299. Os modelos possuem telas de 49, 55 e 65 polegadas, junto com suporte slim prateado. De acordo com informações da TCL, no controle remoto terá um botão Globo Play que irá funcionar como um atalho do próprio aparelho para acesso a séries, novelas, reality shows e também a programas jornalísticos da emissora Globo diretamente no aplicativo nativo do dispositivo.

Com relação a sua qualidade de imagem, além de possuir resolução Ultra HD – 4K, também suporta a tecnologia HDR, que irá oferecer ao telespectador cores mais vivas nos vídeos e melhor qualidade no nível de contraste. Tal tecnologia também irá poder auxiliar ao fazer a utilização do modo futebol, o qual configura o aparelho Smart TV para que seja realçada a sua imagem e também o seu som para que seja simulada uma sensação, durante a partida, de estar no interior de um estádio de futebol.

Além dessas funções, a linha P2 Ultra HD possui também um recurso chamado 'Go Live', que conta com diversos conteúdos internacionais de entretenimento, função conhecida como Smart PVR que irá permitir a gravação de programas da televisão aberta e a função 'nScreen', na qual é possível utilizar um tablet ou um celular como controle remoto. Sem contar que também acessa os apps YouTube e Netflix.

A Smart TV 4K funciona com o sistema operativo Linux e possui entradas para USB v3.0, HDMI 2.0 e USB 2.0, permitindo assim fazer a conexão com um pendrive, computador ou media center para acessar outros conteúdos.

FILIPE R SILVA


TV top de linha da Sony terá sua pré-venda iniciada no dia 31 de março no Brasil com o preço de R$ 349.999,99.

Foi anunciado recentemente pela fabricante de eletrônicos Sony que iniciará as vendas de um modelo com 100 polegadas. Será um aparelho top de linha da marca, uma TV 4K Ultra HD do segmento XBR-Z9D. Ano passado já tinha sido apresentada a versão de 75 polegadas.

A televisão possui como sistema operativo AndroidTV, o qual está em funcionamento em diversas SmartTVs da marca. Além disso, conta com um processador X1 Extreme, que realiza um processamento cerca de 40% maior que o processador anterior.

Esta novidade também possui Backlight Master Drive, que oferece uma melhor qualidade para as televisões da mesma fabricante. Esta tecnologia é um painel novo com brilho altíssimo, dividindo a tela em várias microzonas e assim fazendo com que a luz chegue em todas estas áreas. Tal função da a garantia de um melhor controle na iluminação, trazendo um brilho maior sem que os tons mais escuros sejam distorcidos.

Além de trazer toda essa facilidade, o modelo traz também outra tecnologia, conhecida como “Triluminos”, a qual possui a capacidade de entregar uma quantidade maior de cores, realçando as mesmas, para que fiquem ainda mais vivas. A Sony, através destas tecnologias, garante uma experiência melhor ao assistir os conteúdos em 4K HDR.

Com relação aos números, a TV possui altura de 1,72 m, e na largura, soma assustadores 2,26 metros, maior que o homem mais alto do país. Toda a superfície da televisão possui o tamanho de uma cama do modelo king size, ou seja, é muito grande.

O aparelho ainda possui a certificação conhecida como Netflix Recommended TV, a qual avalia diversas SmartTvs em cerca de 5 a 7 critérios, como por exemplo botão especifico para abertura do Netflix através do controle remoto, versão atualizada do aplicativo e inicialização rápida.

O televisor Sony XBR-Z9D com 100 polegadas está com data prevista para iniciar sua pré-venda iniciada na data de 31 de março por meio das principais revendedoras especializadas do Brasil e também na internet pela Sony Store. O valor é muito salgado, batendo os R$ 349.999,99. É uma boa opção para quem tem essa grana sobrando.

Por Filipe Silva

TV da Sony


Saiba aqui as características e confira uma análise sobre os prós e contras dos modelos de TV da Philco.

Quando o assunto são Smart TVs, a Philco não é uma marca muito procurada. Ainda assim é interessante observarmos que seus produtos costumam estar entre os mais baratos no mercado nacional e, em alguns casos, pode até servir como alternativas interessantes para os concorrentes mais tradicionais e mais caros como a Samsung ou a Sony.

A fabricante oferece aos consumidores um ano de garantia. Isso dá certa segurança para lidar com possíveis surpresas negativas. Os aparelhos variam entre 32 e 51 polegadas, trazem conexão a internet, contam com o sistema operacional Android e, na maior parte dos casos, não apresenta problemas para acessos a apps famosos como o Netflix, YouTube e Globo Play.

Então, as TVs com Android (ou outros sistemas ) da Philco são boas? Bom, veja alguns detalhes sobre algumas opções e tire sua conclusão.

1. PH32U20DSGW – 32 Polegadas

Esse é o modelo mais simples da marca vendido aqui. Traz um pacote básico de funções. É indicada para quem precisa de recursos e não quer ou não precisa de uma imagem grande. A opção com 32 polegadas conta com três entradas HDMI, conversor digital integrado e porta USB. O ponto fraco vai para a imagem em HD 720p.

Apesar de ter sofrido um leve aumento nos últimos tempos, graças ao dólar, ainda é possível achar esse modelo por cerca de R$ 1.000,00.

2. PH39U21DSGW – 39 Polegadas

Essa opção conta com o sistema operacional Opera TV. Vale destacar que o modelo de 39 polegadas traz a mesma conectividade que a versão anterior. Também traz imagens em HD e recurso que possibilita a gravação da programação. É bem provável que sejam esses pontos que a deixam um pouco mais barata mesmo contando com um display maior. Ainda é possível achá-la por R$ 1.399,00 no boleto.

3. PH40R86DSGW – 40 Polegadas

Aqui de fato temos mais espaço na tela, mas não há nenhum investimento pesado em termos de recursos adicionais. Ficando na casa dos R$ 1.500, essa smart TV não grava a programação ao vivo para assistir depois. Mas em contrapartida dá um salto para Full HD 1080p. O ponto negativo é que há somente duas entradas HDMI.

4. PH48B40DSGW – 48 Polegadas

Em alguns comparativos esse modelo fica melhor posicionado quando o que se leva em consideração é o custo-benefício. Custa pouca coisa a mais do que a versão de 32 polegadas. Traz imagem Full HD. É uma boa opção para quem quer um aparelho de grandes dimensões, mas não quer gastar muito. Custa cerca de R$1.800 e apresenta o mesmo pacote de conectividade do resto da família de smart TVs da marca.

5. PH40B28DSGW – 40 Polegadas

Assim como os demais modelos, essa opção também é de LED, mas um pouco mais moderna. São três entradas HDMI, o que permite que se possa conectar a TV a Cabo, consoles e players de vídeo game.

O principal destaque aqui é mesmo a tela. Além de ser Full HD ainda traz o formato widescreen, em 19:9.

O preço por outro lado pode ficar mais caro até mesmo do que de outras TVs maiores da Philco. No mercado e-commerce brasileiro não custa menos de R$ 2.300.

Quer saber mais? No vídeo abaixo você pode conferir algumas análises sobre a TV Philco PH40E20DSGWA com o Android. Confira:

Por Denisson Soares


Aparelho está disponível em três tamanhos e custa entre R$ 7 mil e R$ 19 mil.

A tecnologia 4k está ocupando o espaço e as fabricantes de TV buscam nesta tecnologia proporcionar aos seus clientes uma experiência fantástica com imagens perfeitas.

A gigante Sony está indo além do que é esperado. Para quem gosta de Tecnologia, a Smart TV da linha XBR X855D está com a resolução 4K e disponibiliza 3 tamanhos: 55, 65 e 75 polegadas, um cinema em casa.

A inovação ganha força com o sistema Android, compatível com mais de 700 aplicativos.

Qualidade em triplo

Além da resolução 4K e o sistema Android, 3 recursos prometem boa qualidade: o Triluminos, o Motion Flow e o HDR.

  • Triluminos: A finalidade deste recurso é manter fiel as cores da imagem.
  • Motion Flow: Tem o objetivo de eliminar rastros nas transições de imagens, este recurso vai evitar que esse problema aconteça.
  • HDR: A promessa de qualidade é a melhora do brilho e a definição de contraste da tela.

Aumento de escala

Upscalling é mais uma tecnologia que está inclusa nesta TV. Utiliza as imagens em Full HD e simula uma resolução mais alta, bem próximo a 4K.

Processador Potente

Mais um fator de qualidade para a Smart X855D é o processador X1 4K. Quem estiver assistindo, seja o que for, desde filmes até jogos, a imagem é surpreendente.

As fontes são analisadas individualmente com inteligência e recebe aprimoramento próximo da resolução 4K. Pode ser por uma transmissão de TV Digital, DVD, Blu-ray ou até mesmo vídeos da internet.

A nitidez é tão boa, que segundo a fabricante, chega ser sensacional. As cores promovem melhor a realidade e o contraste é vibrante.

Recomendação Netflix

Ser escolhida pela Netflix, não é para qualquer marca. A recomendação é devido a alta performance, as funções inteligentes e por seus aplicativos de fácil manuseio.

Cabos escondidos

Os fios não poderão ser vistos. Atrás da TV existe uma canalização até o suporte, onde os fios podem ser inseridos, proporcionando um visual de organização.

Preço

A Sony tem seus preços sugeridos definidos em R$ 6.999,00 na tv de 55 polegadas, R$ 11.999 na de 65 polegadas e por fim R$ 18.999 na Smart de 75 polegadas.

Todas estão disponíveis no site oficial da fabricante para compra, podendo analisar todos os detalhes de cada uma.

Marcio Ferraz


Além de Brasília, Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Novo Gama, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Luziânia e Cristalina também terão o sinal analógico encerrado.

O sinal da TV digital continua avançando por mais cidades brasileiras. Os telespectadores de Brasília e de outras nove cidades que se encontram na região do Distrito Federal irão receber o sinal analógico somente até o dia 26 de outubro de 2016. Depois dessa data apenas o sinal digital estará disponível. Para ampliar e permitir que um número cada vez maior de pessoas tenham o sinal em seus televisores, tanto os conversores quanto os demais equipamentos que venham a ser necessários para que essas pessoas possam fazer a migração de sinal estarão sendo oferecidos de forma gratuita para quem é beneficiário de programas sociais como o Bolsa Família ou que sejam integrantes do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Esses dispositivos permitirão o acesso ao sinal digital mesmo que os televisores sejam antigos.

A estimativa é de que cerca de 370 mil conversores sejam entregues para os beneficiários dos programas apontados na região. De acordo com informações da Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (EAD), até o momento 50 mil famílias que recebem o bolsa família já receberam os equipamentos. A EAD é a entidade responsável por gerenciar todo o processo de migração do sinal no Brasil.

Além da capital, o desligamento do sinal analógico também ocorrerá nas cidades de Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Novo Gama, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Luziânia e Cristalina.

André Figueiredo, ministro das comunicações, disse em comunicado que existe uma preocupação nesse momento de transição de não deixar a população desassistida, em especial aqueles que não possuem condições de adquirir um novo televisor.

Entretanto, vale destacar que apesar de já termos uma data de desligamento do sinal analógico, o mesmo só será encerrado quando 93% dos domicílios já estiverem prontos para receber o sinal digital.

A cidade de Rio Verde em Goiás foi a primeira a ter o sinal analógico desligado. A cidade foi a escolhida para iniciar o processo. Se o cronograma seguir o que está sendo previsto, até dezembro de 2018 todas as cidades brasileiras estarão recebendo apenas o sinal digital.

Nesse meio tempo a próxima a receber apenas o sinal digital será São Paulo.

Por Denisson Soares


Com estreia prevista para 2017 a nova série contará com novo enredo, novos personagens e novas civilizações alienígenas.

Esta incrível novidade vai para os fãs da Jornada das Estrelas (Star Trek). A série deve ser lançada na televisão no mês de janeiro de 2017. Esta nova aventura interestelar deve ser desenvolvida com um novo enredo, novos personagens e novas civilizações alienígenas. Ao menos foi o que informou a CBS (rede de televisão dos Estados Unidos) nesta última segunda-feira (02 de novembro).

A série de ficção científica possui uma fantástica aventura da nave ciber-estelar Enterprise. A nova série marcará o 50º aniversário da rede de televisão norte-americana CBS.

A nova série será exibida para aqueles que possuem streaming ou serviço de assinatura do canal CBS. A saga contará com a produção de Alex Kurtzman, o responsável pela produção do filme Star Trek de 2009 e também, o responsável pela sua sequência, o Star Trek: Intro Darkness. A saga de ficção já rendeu mais de uma dúzia de filmes, além de cinco séries desenvolvidas especialmente para a TV. Jornada nas Estrelas foi criada em 1966.

O sucesso estrondoso das séries e dos filmes levou à formação de uma legião de fãs, e também a produção de jogos eletrônicos, e romances. A saga Jornada nas Estrelas veio a se tornar um dos grandes retratos simbólicos da cultura pop eletrônica, ao lado da saga Guerra nas Estrelas. Ambas as séries se tornaram um fenômeno cultural, fazendo parte da geração de muitos jovens.

A saga aborda assuntos e temas importantes que passariam a desenhar o cenário cultural deste novo século, tais como: questões ligadas ao feminismo, assuntos ligados aos direitos humanos, e até mesmo temas geopolíticos, tais como guerra, paz e imperialismo. O criador da saga diz que ao desenvolver o enredo, ele estava preocupado em passar mensagens às pessoas, abordando questões que passassem a refletir na sociedade. 

Por Felipe Pancheri Colpani

Star Trek

Star Trek

Fotos: Divulgação


Série estreou nos Estados Unidos e foi sucesso entre os americanos. No Brasil, a estreia está prevista para o dia 4 de novembro, no canal Warner.

A série que foi produzida pela DC e batizada de SuperGirl estreou dia 26 de outubro nos Estados Unidos. No Brasil, a estreia está marcada para o começo de novembro.

Kara Zor-E, personagem principal da série é interpretada pela maravilhosa Melissa Benoist que é conhecida por suas atuações em Glee e Homeland.

No seriado  ela escapou de seu planeta originário Kripton que estava sendo devastado e foi criada aqui no planeta Terra pelos Danvers, uma família muito dedicada e amorosa. Para sua própria proteção, Kara teve que passar a vida mentindo a respeito de sua verdadeira identidade. Ela escondia os poderes que possuía e vivia uma vida simples até que um incidente obriga a jovem a assumir sua identidade e lutar para proteger a cidade dos perigos eminentes.

Logo no começo da série veremos o vilão Vortax, que também foi enviado para a Terra, e que após a sua revelação, partirá ao encontro da garota para destruí-la. Vale lembrar que a CBS já confirmou a aparição de outros inimigos como Tornado Vermelho, Livewire e Homem-Brinquedo.

A série será transmitida pelo canal Warner e o primeiro episódio no Brasil será às 22h30 do dia 4 de novembro, os fãs da DC estão empolgadíssimos. As super-heroínas costumam fazer muito sucesso e a iniciativa da DC agradou muito o público feminino que se sentiu representado pela empresa. Com um visual bastante parecido com o do Super Homem, exceto pela presença da saia, o seriado agradou os norte-americanos, alcançando a marca de 12,94 milhões de telespectadores.

O elenco também contará com a presença de Owain Yeoman (Sniper Americano); Malina Weissman (Nove Vidas); David Harewood (Diamante de Snague); Derek Mio (The Good Wife); Jenna Dewan (Sem Lei); Dean Cain (Amor por Acaso) e muitos outros atores sensacionais.

Agora nos resta aguardar a superestreia. Vale lembrar que o seriado SuperGirl ainda não tem previsão de transmissão para os canais abertos.

Por Beatriz 

SuperGirl

Foto: Divulgação


A Anatel fez a homologação da nova geração da Apple TV. Mesmo assim o lançamento da Apple TV pode demorar ainda um pouco para ocorrer no Brasil.

No dia 30 de setembro a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou as documentações da homologação da mais nova Apple TV, sendo então a quarta geração.

A princípio, a Apple que pretende fazer um lançamento de toda sua linha nova de produtos juntos, ou com datas mais próximas umas das outras. No Brasil, recentemente a empresa recebeu também a homologação das baterias dos iPhones 6s/6sPlus e iPad Mini 4.

A1625é o número do novo modelo da Apple TV, no entanto, o Siri Remote, que é o novo controle do produto, está identificado com o número de A1513 pela Apple Brasil.

As homologações, no entanto, só serão oficialmente publicadas cerca de 90 dias, neste caso o lançamento da Apple TV pode demorar ainda um pouco para acontecer no Brasil, porém isso não será de grande atraso para nosso país uma vez em que o restante dos países também terão o lançamento da mesma divulgado a longo prazo.

No entanto, internacionalmente, o lançamento da Apple TV acontecerá no final de outubro, embora nada defina que com isso o produto possa também ser lançado no país na mesma data.

Já os usuários dos produtos Apple esperam que tanto a Apple TV quanto os novos iPhones sejam lançados com datas próximas ou, até mesmo, ambos na mesma data, isso devido à questão de facilidade de compras dos produtos lançados.

Mesmo não sendo ainda lançada, a Apple TV já tem em seu currículo o primeiro “escândalo”. Segundo pessoas do iFixit que publicaram algumas informações sobre o novo dispositivo, o que gerou uma confusão imensa com a Cupertino. Entretanto, a Apple preferiu então banir o aplicativo do site e também a conta que possuíam registrada. A empresa possuía um contrato com a Apple onde constava que era expressamente proibida a divulgação de tais informações do aparelho fora do tempo de divulgação oficial.

Por Walison de Lima Cunha

Apple TV


Nova TV da Philips será lançada no mercado brasileiro a partir da segunda quinzena de setembro. Ela terá tecnologia 3D com 4 óculos, e ainda irá trazer alguns games adaptados à nova plataforma.

A Philips anunciou mais uma TV, desta vez trazendo uma super novidade que é uma série de modelos com o nome "Android TV Ultra HD", no intuito de garantir aparelhos que possam concorrer com os novos lançamentos da Sony.

A televisão vem com o sistema operacional do Google e já estará disponível no mercado brasileiro a partir da segunda quinzena de setembro.

O problema destes novos monitores continua sendo o preço. Este modelo da Philips, por exemplo, custará entre R$ 3.999,00 e R$ 6.199,00 de acordo com a versão escolhida pelo consumidor.

O modelo de entrada é o "6700" que traz opções de tela com 50" e 55". O modelo "7100" conta com várias novidades, entre elas o display 3D e também um controle especial com teclado "QWERTY", tendo telas de 49" e 55".

Os novos televisores voltaram a apostar na tecnologia 3D e agora oferecem 4 óculos, que servem para ver os conteúdos exclusivos em 3D e também para os apaixonados por games poderem disputar suas partidas com muito mais emoção, através da função "Dual View Game".

A Sony tem lançado TVs com boas novidades para quem gosta de games e a Philips resolveu seguir este mesmo caminho, trazendo inclusive alguns games adaptados à nova plataforma, rodando a 30 quadros por segundo e sem ficar travando.

Estes novos modelos de TVs não têm placa de vídeo, como nos computadores próprios para games e o processador, mesmo sendo de dois núcleos, não consegue ter o poder necessário para os games mais pesados, então quem gosta de games que exigem mais do processamento, vai ter que escolher entre PS4 ou Xbox One.

Mas com o sistema Android, a Philips quer explorar os jogos na nuvem, ou seja, o usuário começa o jogo em seu smartphone e pode parar para depois continuar em casa, jogando pela TV, começando exatamente de onde parou.

A Philips aposta ainda em um visual semelhante ao dos smartphones, com ícones maiores, além de abrir aplicativos para ver na própria TV. E com o Android TV, ficará mais fácil para realizar pesquisa por áudios, por exemplo, pois o sistema vai se acostumando a reconhecer a voz do usuário.

Por Russel

Philips Android TV Ultra HD

Philips Android TV Ultra HD

Fotos: Divulgação


Novidade necessita apenas de uma Smart TV conectada à internet para que jogos funcionem na nuvem.

O mundo dos games a cada dia oferece mais novidades aos seus usuários. A novidade da vez é um sistema de jogos através de uma nuvem, que permite que o usuário possa ter acesso e jogar qualquer jogo normalmente, sem a necessidade de um console. Basta apenas possuir uma Smart TV.

A tecnologia é possível, pois as TVs Smart já vêm equipadas de fábrica com um processador de quatro núcleos, que permite que o jogo rode perfeitamente, sem travamentos ou problemas técnicos. Os modelos de Smart TV de telas curvas possuem um processador ainda mais potente: de oito núcleos, o que possibilita rodarem os títulos mais pesados dos games.

O PES 2015, já vem adaptado para a novidade, pois acabou de entrar no acervo do GameFly no Brasil, um acervo que transmite vários jogos pela internet. Quem tiver uma Smart TV Samsung poderá ter acesso ao jogo, diretamente na nuvem e poderá jogá-lo sem a necessidade de possuir um videogame. Para ter acesso ao acervo do GameFly o usuário pagará uma taxa mensal, o equivalente a R$ 21,90, mas também haverá uma opção para quem quiser comprar jogos separadamente, sem a necessidade da taxa mensal.

A Konami é a primeira empresa que trouxe um jogo para o serviço de nuvem da Samsung. A empresa confia no sucesso do novo método, pois escolheu um jogo que é a preferência nacional: o futebol. Para ter uma experiência agradável com o jogo, é recomendada uma conexão de ao menos 8MB com a internet.

O futuro do mercado de videogames parece estar fadado ao fim, se a nova tecnologia agradar o mercado brasileiro. Se o custo-benefício de adquirir uma Smart TV for maior do que a de adquirir um console, provavelmente acontecerá uma grande queda das vendas.

Os fabricantes de consoles precisam urgentemente adotar uma medida para que a popularização do sistema de jogos em nuvem não atinja gravemente a indústria, sob o risco de extinção para os próximos anos.  

Por Patrícia Generoso

Jogar direto na TV

Foto: Divulgação


A velocidade da internet é o principal motivo para que a qualidade do streaming seja ruim em sua TV, por isso, é essencial verificá-la e solucionar o problema.

O brasileiro está cada vez mais empolgado com os serviços de streaming, principalmente para assistir a filmes, porém na melhor parte, costuma travar e isso irrita bastante. Geralmente, o problema é causado pela internet lenta, mas este não é o único motivo, por exemplo, se os cabos estiverem danificados, também irá prejudicar a transmissão.

Quem gosta de assistir o Netflix na TV ou os vídeos do YouTube, precisa ficar atento a vários problemas para saber como, de fato, melhorar a qualidade do serviço de streaming em sua TV.

A primeira dica é verificar logo a velocidade da internet, pois este é um dos principais motivos para a qualidade ruim do streaming. Há vários sites que oferecem "velocímetros" para você saber qual é a velocidade de sua internet. Muitas vezes acontece também da velocidade estar normal, mas ter muitos programas acessando a conexão, como downloads, atualização de antivírus, etc. E até um vírus no computador pode utilizar a internet, deixando a conexão ruim para o serviço de streaming. Se você quiser assistir filmes com resolução HD sem travamentos, o ideal é ter pelo menos 5 megabits por segundo de velocidade em sua internet.

Em residências maiores ou de 2 andares, acontece do sinal perder qualidade e para isso deve-se utilizar um "repetidor de sinal", assim a conexão Wi-Fi conseguirá entregar o sinal com melhor qualidade em todos os locais da residência, inclusive na sua TV, para que você possa utilizar o serviço de streaming sem problemas.

Importante lembrar nesta hora que os modelos de Smart TV já contam com sua própria recepção Wi-Fi e há os modelos que utilizam um dongle para que seja feita a conexão. Se você perceber que o filme por streaming está travando muito, tente assistir este filme por um outro aparelho, pode ser pelo computador mesmo, só para você testar se o problema é na internet ou na recepção do Smart TV. Se você conseguir assistir ao filme sem problemas no seu computador, então a conexão com a internet está ok, sendo assim, deduzimos que o problema esteja na conexão do Smart TV.

Faça uma nova conexão da TV à internet e veja se melhora.

Por Russel

Internet


Netflix teve uma ampliação de sua audiência em cerca de 40% por ano. São 62 milhões de assinantes em todo o mundo e o serviço pode ganhar mais de 174 milhões de novos assinantes até 2020.

A Netflix começou a ficar famosa por oferecer reproduções de filmes famosos, por uma mensalidade fixa mensal. Com um dispositivo como um computador ou uma televisão com acesso à internet, é possível assistir filmes em tempo real, sem a necessidade de ocupar a memória de seu computador ou dispositivos de armazenamento.

As inovações oferecidas pela empresa Netflix cresceram ao longo do tempo, assim como os seus assinantes. Atualmente há a opção de assistir filmes em HD, além de fazer mais de um perfil para assistir simultaneamente em aparelhos diferentes. É possível assistir em até 4 dispositivos simultaneamente, dependendo de sua conta.

Atualmente, séries exclusivas para os assinantes também foram disponibilizadas, com alto nível técnico e aclamadas pela crítica. Todas essas inovações fazem com que a Netflix seja uma alternativa relativamente barata à TV aberta e também às TVs por assinatura, já que o telespectador pode escolher o filme ou a série que deseja ver, em qualquer hora.

Um analista da FBR Capital Markets afirma que a audiência da Netflix pode superar a das diferentes redes de televisão já no próximo ano. Segundo a sua análise, a empresa de streaming teve uma ampliação de sua audiência em cerca de 40% por ano, e no primeiro trimestre deste ano seus assinantes já tiveram um consumo de 10 bilhões de horas de vídeo.

Segundo o analista, se a Netflix fosse incluída nas pesquisas de publico e audiência nos EUA, já teria alcançado as redes de televisão ABC e NBC e passaria a CBS e a Fox já no próximo ano. Atualmente a Netflix já tem mais de 62 milhões de assinantes em todo o mundo e pode ganhar mais de 174 milhões de novos assinantes em 2020, pelas grandes inovações e bom preço que oferece.

Se as emissoras de TV não conseguirem novos atrativos para seus clientes ou se não oferecerem pacotes de serviços mais atrativos a seus clientes, a tendência é que o canal Netflix absorva ainda mais clientes.  Uma revolução no modo de ver TV está começando.

Será que as concorrentes se adaptarão às novas funcionalidades oferecidas pela Netflix e oferecerão ainda mais opções para seus clientes?

Por Patrícia Generoso

Netflix


As Smart TVs são aparelhos de televisão que possuem o acesso à internet.

Atualmente, quando se vai adquirir um televisor ou saber informações a respeito de um, uma das primeiras informações que estão sendo trazidas é que aquele aparelho é uma Smart TV, porém muitas pessoas, nos dias atuais, não sabem sequer o significa este termo e quais são as vantagens de se ter esse tipo de aparelho em casa ou em sua empresa.

As Smart TVs são televisões que além de conter as funções básicas de uma televisão comum, daquelas que todo mundo já conhece, elas também têm uma característica essencial nos dias atuais e que acompanha a evolução do atual momento tecnológico que vivemos, que é o acesso à internet.

Então resumindo, Smart TV são televisores que possuem a capacidade de acessar a internet, também conhecidas por alguns como televisão híbrida, uma vez que por meio do acesso à internet os usuários destas televisões conseguem visualizar tanto a programação convencional das TVs abertas e a cabo, quanto alguns conteúdos oriundos da internet, tais como vídeos, filmes e seriados.

Mas é óbvio que de nada adianta adquirir este tipo de televisão se a pessoa não possui internet ou em casa ou não tenha a intenção de ter, uma vez que para desfrutar de todas as funcionalidades que este tipo de aparelho proporciona, o seu proprietário precisa possuir, obrigatoriamente, um roteador ou qualquer outro tipo de dispositivo que seja capaz de transmitir o sinal de internet via Wi-Fi.

Com o avanço da tecnologia deste tipo de televisor, atualmente, não precisa nem da conexão da internet ser via cabo, pois estes tipos de televisores já estão vindo de fábrica com dispositivos de rede internos que têm a função de detectar o sinal Wi-Fi de internet do ambiente em que elas estão e assim se conectarem.

A grande vantagem de possuir um televisor desse tipo em casa é o fato de que, quando eles estão conectados à rede de internet, dão aos usuários a capacidade de ter acesso a e-mails, Facebook, Youtube bem como diversos aplicativos interessantes, tais como games, aplicativos para assistir filmes online dentre muitos outros mais.

Por Adriano Oliveira

Smart TV da Samsung

Foto: Divulgação


As emissoras passarão a ter somente sinal digital, em substituição do sinal analógico, e para acompanhar essa mudança é preciso ter um dispositivo com a capacidade de captar ou transformar o sinal digital para o seu televisor.

Com o avanço da era digital, nem mais o sinal de TV escapa. O novo sistema de sinal, chamado de HDTV foi ao ar oficialmente pela primeira vez no dia 2 de dezembro de 2007, às 21h20, na cidade de São Paulo.

A partir de maio de 2008 começou a campanha para a popularização do sinal digital no país. A intenção seria substituir o sinal analógico, que apresenta falhas e interferências, pelo sinal digital, livre de interferências e com alta qualidade de imagem e som.

A campanha foi um sucesso e atualmente grande parte das TVs abertas do país já transmitem suas programações em dois formatos: o digital e o analógico.

A adesão ao formato digital foi tão grande que algumas emissoras, como a Globo, por exemplo, anunciaram que até o final do ano interromperão a transmissão de seus sinais digitais, substituindo-os completamente pelo sinal analógico.

O problema é que nem todas as TVs possuem a capacidade de receber ou converter o sinal digital. Existem dois dispositivos com a capacidade de captar ou transformar o sinal digital para o seu televisor:

– O receptor digital: É ele que deverá ser instalado nos televisores mais antigos. Ele capta o sinal digital e reproduz naturalmente em seu televisor. Mas o sinal é transmitido sem a excelência digital completa. Esse dispositivo deve ser utilizado para que você continue recebendo o sinal da emissora

– O conversor digital: Ele irá receber o sinal e convertê-lo para o formato digital. Esse equipamento já está presente em todas as TVs mais modernas, mas se você possui um modelo antigo que não tenha essa peça é possível comprar o modelo externo, que oferecerá o mesmo sinal para você.

O importante nesse momento de transição do sinal de TV no Brasil é não ficar de fora das inovações. Se a sua TV ainda não possui o equipamento necessário para converter o sinal, é altamente aconselhável adquiri-lo. Pode ser  o fim das “ajeitadinhas” na antena para uma melhor recepção de sinal, ou das interferências por causa de chuva ou vento, por exemplo.

Por Patrícia Generoso

Receptor digital

Conversor digital

Fotos: Divulgação


A previsão de chegada ao Brasil é em julho deste ano. Tal feito foi possível pela parceria entre o Google e a Sony.

O Brasil vai receber as primeiras televisões com o sistema operacional Android, agora no mês de julho, graças a uma parceria entre o gigante de buscas Google e a Sony que está apostando no potencial do Brasil para estes modelos de televisões.

Por enquanto, somente através do dispositivo Nexus Player era possível ter acesso à plataforma, mas em breve esta novidade estará disponível para todos os brasileiros.

O modelo ultrafino da Sony oferece a opção Full HD e tem o modelo com imagem 4K com tamanhos de 49" a 75" e os preços variam bastante, de acordo com o modelo da TV, por exemplo, a TV mais básica custará R$ 5 mil que equivale ao modelo Ultra HD de 49". Já o modelo top de linha, com imagem 4K e 75" custará pelo menos R$ 18 mil!

Mas todos os modelos contarão com o processador X1 que é da própria Sony e que é o responsável por garantir tamanha nitidez nas imagens, oferecendo também um número superior de cores e um ótimo contraste.
O sistema operacional Android é bem fácil de ser utilizado e isto é um ponto a mais para que a TV conquiste os brasileiros. O novo Android TV está bem mais enxuto em sua última versão. Em um só lugar o usuário poderá encontrar o "marketplace" do Google Play, além dos serviços que oferecem música e filmes, além de terem acesso ao YouTube e o Google Cast para que o usuário possa transmitir conteúdo multimídia de seu smartphone ou tablet para a TV.

E o Android TV chega ao Brasil com uma grande vantagem, pois já são mais de 120 aplicativos disponibilizados exclusivamente para ele. E diversos desenvolvedores locais estão trabalhando para garantir novos aplicativos para os aparelhos.

A empresa ainda se comprometeu a oferecer atualização para o sistema operacional em até 30 dias, de forma que todos os dispositivos possam ser atualizados dentro deste período.

O Android TV ainda oferece um sistema de busca inteligente que é comandado por voz, é só clicar no botão que se encontra no topo do controle para registrar o comando de áudio que você desejar. Na verdade, este sistema de busca funciona como se fosse uma versão da "Siri", só que para a TV, pois você pode fazer várias perguntas sobre artistas, filmes ou músicas.

As televisões rodando Android TV deverão fazer sucesso por aqui, pois são realmente inteligentes e ágeis, além de contar com um buscador que certamente vai atender a grande maioria dos brasileiros.

Por Russel

Android TV

Android TV

Fotos: Divulgação


Nova linha traz uma melhora da qualidade dos sons e das imagens produzidas pelas TVs.

A famosa empresa de eletroeletrônicos LG mais uma vez saiu na frente, pois ela fez o lançamento oficial, no dia 12 de maio, da sua mais nova linha de TVs, a linha de aparelhos Ultra HD 4K. Essa linha de aparelhos tem como principal atrativo para o consumidor uma melhoria da qualidade dos sons e das imagens produzidas pelos televisores.

Ao todo, essa nova linha de aparelhos possui oito modelos distintos de televisores com preços que têm uma variação de R$ 5.249 para a versão de menor tamanho que é a de 49 polegadas a R$ 13.999 para a de maior tamanho disponível que é a de 65 polegadas. A empresa também tem outro televisor ainda maior que é de 79 polegadas, porém para este modelo o preço ainda está sob consulta.

O design dessa nova linha de televisores é totalmente ultraslim, tendo em vista que elas possuem apenas 8,5 milímetros de espessura, que segundo a fabricante é a menor existente, atualmente, no mercado. Para quem não consegue entender o que seria uma televisão com tecnologia de resolução Ultra HD 4K, este tipo de televisor possui nada mais nada menos do que o quádruplo de megapixels de um televisor comum daqueles somente om tecnologia de resolução Full HD.

Outra questão que diferencia os aparelhos com tecnologia Ultra HD é uma película exclusiva da marca LG que tem a função de ampliar a gama de cores em até 30%, película esta que foi batizada com o nome de Color Prime. Não há como negar, as diferenças são gritantes e perceptíveis, uma vez que principalmente as cores quentes neste tipo de televisor ficam mais brilhantes e vivas.

Diferentemente das versões anteriores, esses novos modelos de TV da LG possuem teclado numérico e trazem consigo o controle Smart Magic, o qual tem a incrível capacidade de detectar sons e movimentos.

Com relação ao design, em todos os modelos não há a presença de bordas, sendo que elas possuem um modelo de base inclinado que tem a função primordial de refletir o som do televisor para frente.

Por Adriano Oliveira

TV Ultra HD 4K

Foto: Divulgação


Novas TVs são divididas em modelos 2K e 4K e variam entre 40 e 75 polegadas.

A empresa de origem japonesa Sony lançou, no último domingo, 19 de abril de 2015, uma nova linha de televisores com o sistema operacional Android e que são dotados de uma alta resolução.

No total, são nove aparelhos distintos que funcionam com o Android e, as telas variam entre 40 até 75 polegadas. Ainda, as televisões são divididas em dois modelos: 2K e 4K e têm as resoluções mais altas do mercado tecnológico. Todos eles são produzidos com o chip X1 e, ainda, o processador é responsável pela melhoria no balanceamento das cores, otimização e definição na imagem da TV.

Dentre os modelos 2K estão o R510C, W850C e W800C e os preços podem chegar até R$ 9.000,00. Já os 4K podem custar de R$ 4.000,00 até R$ 24.000,00 e se dividem entre os modelos X830C, X850C, X900C, X910C, X930C e X950C. Os dois primeiros modelos ainda não tiveram os valores divulgados.

No entanto, o modelo que mais chamou a atenção na linha é o X900C, que já é considerado a TV mais fina do globo, com espessura de menos de 0,5 centímetros.

Outra novidade é que o fato da TV vir com o Android possibilitará que esta troque informações com o smartphone, além de poder espelhar a tela do smart na TV.

Os modelos serão vendidos, por enquanto, apenas nos Estados Unidos e não há data para chegada dos produtos aqui no Brasil.

A Sony:

Fundada no ano de 1946 em Tóquio, foi a primeira empresa a criar um gravador de fita cassete no Japão. A multinacional de origem japonesa é considerada a quinta maior em produção de eletrônicos, sejam televisores, celulares, computadores, câmeras fotográficas e jogos.

Ainda, a Sony é dona de algumas marcas conhecidas como a AXN, Discman, Olympus, Sony Music, Vaio, Xperia, além do estúdio cinematográfico Columbia Tri-Star Pictures.

No Brasil, a empresa se instalou em 2008 na cidade de São Paulo.

Por Andréa Corneli Ortis

TV Android da Sony

TV Android da Sony

Fotos: Divulgação


Chegará ao Brasil o novo modelo de TV da Panasonic. O modelo TC-65AX900B é o mais novo lançamento da marca para o território brasileiro. Ele entrará no mercado nacional para competir por uma fatia do mercado de televisões 4K. Por mais que este setor não tenha produtos acessíveis à grande parcela da população, ele está registrando constante crescimento e demanda por novidades. O aparelho foi lançado em setembro de 2014 durante o IFA em Berlim. A TV 4K da Panasonic possui imagem 3D e uma tela de 65 polegadas. O preço deste dispositivo será de R$ 22.000.

De acordo com a companhia, a TV deve ingressar no mercado brasileiro ainda neste mês, tanto em lojas físicas quanto virtuais.

No modelo TC-65AX900B foi adicionado um certificado especial, ele afirma que a imagem reproduzida pela TV deve ser parecida à de salas de cinema. A resolução é quatro vezes maior que a de uma TV Full HD.

A nova TV 3D Ultra HD da Panasonic possui processador quad-core, comando de voz, sistema de perfis My Stream que possibilita a personalização do conteúdo para cada usuário, conta com a tecnologia Local Dimming Ultra que fornece um painel com mais cores e brilho mais intenso. Esta tecnologia também é responsável por reflexos precisos, tons de cores mais bem reproduzidos e acentuação da cor preta.

A TV possui um recurso chamado Info Bar o qual mostra informações do dia a dia de forma rápida através de um sensor de proximidade. Para usar este recurso não é necessário que o usuário ligue a TV.

A Panasonic apresenta este novo modelo como top de linha, apresentando inúmeras funções interessantes, um design elegante e contando com a última tecnologia de imagem Ultra HD 4K.

Mesmo sendo um aparelho caro para a maior parte das pessoas, a fabricação da nova TV 4K da marca faz parte da estratégia de empresa de buscar novos nichos de mercado e cativar um público mais específico.

Por Melina Menezes

TV 4K de 65 polegadas da Panasonic

TV 4K de 65 polegadas da Panasonic

Fotos: Divulgação


Você já ouviu falar sobre televisão inteligente? Diferente do que muitos pensam ela não é simplesmente uma televisão conectada à internet. Porém, há alguns itens a serem esclarecidos em relação às suas funcionalidades.

De início, é possível informar que uma TV inteligente não possui a mesma liberdade que um computador oferece, mesmo quando conectada à internet. Afinal, ela foi desenvolvida visando entretenimento, não qualquer atividade produtiva. A inteligência deve ser vista como uma funcionalidade. É possível utilizar apenas os aplicativos que já vieram com ela ou foram comprados na “loja” do fabricante. A quantidade e o tipo dos apps dependem da marca e modelo da televisão.

Apps como Skype, Picasa e Youtube são praticamente obrigatórios. Boa parte das TVS oferece acesso ao conhecido serviço Netflix, que disponibiliza uma série de documentários, filmes e séries (há um custo mensal para o serviço). Um número limitado de jogos também está disponível, e redes sociais como Twitter e Facebook também estão entre as opções de acesso. Sites de notícias também são comuns entre as opções disponíveis.

Há modelos que dispõem de um programa navegador que facilita muito a possibilidade de conectar também outros sítios da rede. Porém, a parte negativa diz respeito ao teclado, quem pretende utilizar a televisão inteligente para fazer comentários em redes sociais, checar e responder e-mails pode encontrar dificuldades, afinal, a TV oferece apenas a possibilidade de digitar através da combinação contida no controle remoto e teclado virtual. No entanto, caso o usuário necessite da TV para isso, a melhor opção é adquirir o produto que tenha possibilidade de conectar teclado e mouse sem fio.  

Crescimento da televisão inteligente:

Um relatório elaborado pela empresa de consultoria Gartner, em dezembro de 2012, terá um gigante avanço até 2016. Enquanto em 2012 eram produzidos 69 milhões de aparelhos ao ano, em 2016 será  198 milhões. Cada fabricante terá que oferecer recursos que chamem ainda mais atenção do consumidor, pois a oferta de venda será significativamente maior.   

Por Rafaela Fusieger

TV inteligente

Foto: Divulgação


A mais nova TV de última geração da Samsung foi lançada durante a Consumer Electronics Show (CES), ocorrida em Las Vegas entre os dias 6 e 9 de janeiro. Chamada de UHDTV, ela possui tela de 88 polegadas e sistema Tizen, esse sistema é utilizado nos relógios da companhia. É vista como a televisão de ultra resolução da Samsung.

A UHDTV possui design curvo e tecnologia de nano cristais, os quais proporcionam ampla qualidade e variedade de cores, sem contar o imenso detalhamento de imagens. A resolução é Ultra HD (2160p). Conforme informações da companhia, o aparelho é 2,5 vezes mais claro do que uma TV convencional, característica que apresenta a cor preta na tela com muito mais profundidade.

Devido à falta de conteúdo em 4K, a Samsung aposta em uma estratégia grandiosa para atrair consumidores às novas TVs: criará o UHD Alliance, grupo composto por superprodutoras de séries, filmes e demais produtos. Nesse grupo estão o Netflix, 20th Century, Disney, além de outras.

Mais novidades:

Na mesma noite, a companhia anunciou a atualização da plataforma da Samsung para SmartTV, equipada com o Tizen OS. Um redesenho fará parte do novo sistema, composto de atalhos na tela inicial, além de um menu contendo ícones, os quais estarão distribuídos na parte inferior da tela. A disposição lembra o webOS da LG.

O suporte ao PlayStation Now, aguardado pelos consumidores, também foi anunciado. Com ele será possível fazer streaming de jogos do console da Sony por meio da internet, o que permite jogar na televisão sem precisar de outro aparelho, somente o controle Dual-Shock do console.

Curiosa também é a mais nova central de áudio da Samsung. Ela possui formato oval e uma funcionalidade que chama atenção: espalha o som da S UHDTV por todo o espaço do cômodo de forma igual. A central poderá ser controlada pelo aplicativo Multiroom 2.0, já conhecido para controle de áudio em smartphones da Samsung. 

Por Rafaela Fusieger

Samsung UHDTV de 88 polegadas

Samsung UHDTV de 88 polegadas

Fotos: Divulgação


Há tempos que a televisão já não é a mesma. Hoje em dia ligamos a televisão para ver um telejornal e nos deparamos com tanta informação desanimadora e constrangedora que ficamos até com medo de sair de casa. Porém, por um outro lado, não devemos também ficar à mercê dessas influências ruins, senão não adquirimos qualidade de vida e não vivemos em paz.

A única maneira de nos precavermos é selecionar o tipo de informação que vemos. Para isso, veja o que você pode fazer:

– Selecionar os programas de televisão:

Se você gosta de assistir televisão, procure programar apenas o que vai de acordo com os seus princípios, ideais e objetivos. Por exemplo, se você é um estudante, então assista documentários e programas informativos como jornais, e outros de canais a cabo. Evite programas com conotações que não te acrescentariam em nada nessa fase. Se soubermos selecionar, principalmente os canais de TV fechada, veremos que há opções para todos os gostos e todos os tipos e está dentro daquilo que todo público gosta e procura de forma diversificada.

Geralmente, o que dá mais ibope são programas de auditório, mas nem todos eles podem ser selecionados, claro, dependendo da ocasião do telespectador. De vez em quando poderia se tornar uma boa opção, caso contrário, o ideal seria levarmos mais a sério tudo aquilo que assistimos durante o dia e tudo aquilo que pode nos influenciar.

– Mídias:

Nas mídias podemos incluir desde revistas, jornais, livros e catálogos informativos de diversas formas. Na verdade, nossos gostos sempre vão para o lado da maioria, por isso devemos ter muito cuidado com isso. Devemos dar importância para o que chama a nossa personalidade e dar ouvidos para ela, pois ir pelo gosto da maioria muitas vezes pode ter um preço muito alto se formos levar para o lado do conhecimento, já que ele é algo muito mais pessoal do que imaginamos.

Por Daniela Almeida da Silva


Hoje temos muitas formas de encontrar uma notícia. Em qualquer momento e em qualquer local que estivermos. O que importa é ficar bem informado. Vale também se divertir, com um bom seriado, um bom filme, um vídeo engraçado, uma foto legal, uma rede social, enfim, qualquer coisa que nos distraia.

Antigamente a TV era responsável por isso, hoje perdeu espaço. Mas se engana quem acha que eu iria dizer que perdeu muito espaço, porque não é verdade. Ela continua na ativa e de forma muito mais completa. As vendas de televisores novos e cada vez maiores e mais finos crescem a cada dia. E pode ter certeza, elas são responsáveis pelo aumento de vendas no número de celulares. Ainda são um dos mais eficazes meios de propagandas existentes. A televisão virou um verdadeiro computador na sala de casa, com a ampla vantagem de ter uma tela quase sempre muito maior que os tradicionais PC´s e certamente maiores que notebook, tablets e smartphones.

Pode-se hoje jogar online, acessar o Facebook e outras redes sociais, tudo pela TV. Mas ela não cabe no bolso. Precisa de espaço e pouca mobilidade (senão quebra). Por isso temos hoje no bolso um smartphone, que divide com a televisão a função de transmitir. E cabe no bolso. Se bem que muitos modelos andam ficando difíceis de guardar num bolso pequeno, é melhor sair de casa com um jaleco de médico, cujos bolsos eles com certeza cabem.

Nesse final de ano, está previsto pelos sindicatos de comerciantes um aumento de 4% nas vendas de TV e 18 % nas vendas de smartphones. Venderão mais porque cabe no bolso, porque preço não é problema. Smartphones top de linha custam mais do que modernas TV completas com telas de 42”. Pois é, tamanho não é documento. Se esses números de aumento de vendas de telefones se confirmarem, em pouco tempo teremos quase dois aparelhos por habitante no Brasil. 

Por Luciana Viturino

Smart TV

Foto: Divulgação

 


A Samsung, que já está entre as principais empresas na área de smartphones e tablets, quer dominar também o mercado de TV's que desde que começou a receber aparelhos com tecnologia de ponta, passou a ter novas empresas na concorrência, mas a sul-coreana está disposta a retomar a posição de uma das maiores fabricantes dos aparelhos, que estão presentes em praticamente todas as casas!
E para garantir melhor posição no ranking das melhores marcas a Samsung lançou a TV 4K curva e vai comercializá-la também aqui no Brasil, um dos países que tem apresentado maior consumo dos novos aparelhos de televisão.

Porém, a TV 4K curva da Samsung poderá não atingir a meta esperada nas vendas, pois a TV irá custar aqui, R$ 500 mil e este valor, certamente, vai espantar a grande maioria dos consumidores.

No final do mês de outubro, a Samsung anunciou que sua TV de tela curva com 105" e com altíssima qualidade de imagem, já que conta com a tecnologia 4K, estaria sendo vendida aqui no Brasil. A TV será fabricada na Coreia do Sul, mas até o final deste ano já estará disponível nas principais lojas, pois a empresa quer aproveitar o grande número de pessoas interessadas em comprar uma nova TV, neste final de ano, para tentar implantar o seu lançamento.

A Samsung informou que sua TV de tela curva, a TV 105S9W, possibilita que o telespectador tenha a nítida sensação de que está diante de uma TV com tela bem maior do que realmente é!
A resolução da TV é de 5120 por 2160 pixels e o formato da imagem é o 21:9.

E não é só na imagem que a TV tela curva da Samsung supera a concorrência, o som também é excelente, contando com 160 watts de potência, ficando bem acima da grande maioria dos aparelhos disponíveis no mercado que é de 20 watts!

Mas a Samsung acredita que conseguirá uma venda significativa do modelo aqui no Brasil, já que tem crescido o número de pessoas dispostas a gastar bem mais, para ter uma TV de excelente qualidade em casa.

Por Russel

Samsung TV 105S9W

Samsung TV 105S9W

Fotos: Divulgação


Podem existir aparelhos de televisão com diferentes funções, mas basicamente os principais modelos são de LED, LCD, OLED e HDTV. Há quem não saiba a diferença entre cada uma delas, mas isso não é um problema. Cada uma delas apresentam vantagens e preços diferentes e por isso é importante levar em consideração diferentes possibilidades, além dos preços. Descubra o modelo mais interessante para a sua situação.

As TVs com tela de LCD e LED apresentam tecnologias semelhantes, contudo algumas diferenças tornam um modelo mais preferido que o outro. A TV LCD é equipada com uma lâmpada inteiriça no painel traseiro, além de emissores de luz de diodos usados com a finalidade de iluminar a tela e assim reproduzir a imagem. Já a TV de LED é uma TV LCD com maior iluminação, que ocorre por trás com várias lâmpadas de LED, com maior brilho. Trata-se de uma iluminação chamada de ‘backlight’, que proporciona um brilho e contrastes mais intensos.  

Pelo número menor de luzes na TV de LCD, ela pode apresentar imperfeições em alguns momentos, principalmente quando ocorrem movimentos mais rápidos. Por esse motivo os de LED são mais interessantes, pois representam um avanço tanto em contraste quanto na nitidez das cores.

A frente desses modelos estão as TVs OLED, que apresentam uma diferença muito boa em relação às antecessoras. Elas não necessitam de um “backlight”, pois cada pixel da tela é capaz de acender e apagar sozinho. Por não precisar de uma estrutura com fonte de luz separada, as TVs OLED são mais finas e ainda apresentam imagens mais brilhantes e coloridas. A partir daí já é possível utilizar a tecnologia em painéis flexíveis, sobretudo de tela curva. O que pesa é o preço, que pode ser superior a R$ 10 mil em alguns aparelhos com a tecnologia OLED.  

Por fim, as Ultra HDs, também conhecidas como 4k. Sua principal característica é a imagem, cuja resolução é quatro vezes maior que uma TV Full HD, que oferece 2 milhões de pixels. Em uma Ultra HD, o número de pixels é de 8 milhões, contudo no Brasil ainda não há suporte. Se quiser uma dessas, você terá de assinar o NetFlix (pelo menos), que anunciou que irá anunciar acervos 4k. 

Por Robson Quirino de Moraes

TV LED

TV LCD

TV 4K

Fotos: Divulgação


Apesar de não ser muito conhecida, a Vizio está com planos audaciosos para suas TVs 4K. A empresa, que já havia anunciado durante a CES 2014 que iria apresentar modelos mais baratos, honrou com a palavra e apresenta televisores de baixo custo com ótima qualidade. Trata-se da Série P, que está sendo vendida nos Estados Unidos por um preço fora do normal, já que os modelos saem das lojas por menos de mil dólares.

São televisores de 50 polegadas com valores bem mais atraentes que marcas famosas, mas que nem por isso peca na qualidade. Os modelos vêm equipados com um sistema de backlighting acoplado em 72 zonas por trás de todo o painel LCD, diferente de estar concentrado nas bordas externas do televisor, como é de costume em produtos com valor mais barato. Dessa forma é possível ter uma iluminação uniforme da imagem da TV, permitindo que algumas regiões fiquem mais iluminadas e outras mais escuras, melhorando a profundidade.

A estratégia agressiva da Vizio para entrar no mercado de TVs 4K pode cativar os consumidores, mas assim a empresa sacrifica parte do seu lucro para alcançar suas metas. Prova disso é que o modelo de entrada não apresenta algumas funcionalidades que encarecem o aparelho, como o suporte a vídeos 3D ficaram de fora. Outros modelos mais sofisticados e maiores também estão presentes, como os aparelhos de 55, 60, 65 e 70 polegadas, os quais os preços variam entre US$ 1,4 mil (R$ 3,4 mil) a US$ 2,5 mil (R$ 6 mil).

Os televisores Vision 4K começam a ser vendidos nesta semana nos EUA, mas ainda não há nenhuma previsão para chegarem aqui.  Alheio a isso, cada vez mais saem produções nessa qualidade, sobretudo nos serviços de Streaming que oferecem vídeos pela internet, como o Netflix. É esperado que a indústria audiovisual lance cada vez mais produtos neste formato, aumentando as opções dos consumidores. 

Por Robson Quirino de Moraes

TV 4K da Vizio

TV 4K da Vizio

Fotos: Divulgação


Quando os computadores começaram a se popularizar, as televisões foram praticamente esquecidas. Mas depois vieram os novos modelos de tela fina, com melhor qualidade de imagem e várias funções, assim, as televisões ganharam novamente espaço e as vendas estão batendo recorde.

E as empresas estão trazendo para o mercado muitas novidades, para garantirem que seus aparelhos fiquem entre os mais desejados, como a Philips, uma das mais conhecidas marcas de televisores entre os brasileiros, que apresentou seu novo modelo, a Philips 4K que conta com sistema Android exclusivo para televisão.

O anúncio do novo modelo da Philips foi realizado durante a coletiva na IFA 2014, através da TP Vision que é o grupo responsável atualmente pelos televisores da marca Philips.

Três novas séries foram apresentadas e a grande novidade foi o fato de serem baseadas no sistema Android TV, assim, a empresa se tornou a primeira companhia em todo o mundo a apostar no sistema operacional do Google. E não é por menos, no mercado de smartphones, o sistema Android é um dos mais conhecidos, estado presente em milhões de aparelhos. E o Android TV tem tudo para dominar também o mercado de novos televisores e a Philips está apostando alto nessa tendência.

Os novos televisores da Philips estão equipados com modernos painéis que são compatíveis com a nova resolução 4K, que garante uma imagem perfeita.

A empresa tem intenção de conseguir atingir os mais diversos clientes, atendendo às suas expectativas, conseguindo ocupar no mercado desde o posto de modelos top de linha até aqueles que oferecem preços mais em conta.

A série 7900 é um modelo 4K, Ultra HD, que traz o sistema Android TV e conta com preço mais acessível, contando com a nova tecnologia Ambilight em 3 lados. Já a série 8900 é o primeiro modelo de TV 4K em curva. E a série 9100 tem como principal destaque uma qualidade de imagem muito superior às demais TVs, sendo o modelo ideal para os consumidores mais exigentes.

E para completar estes novos modelos, a Philips ainda traz os modelos 8800 e 9800, deixando claro que a marca está preparada para revolucionar ainda mais este mercado que tem tudo para crescer nos próximos meses, mas isso acontecerá entre as empresas que conseguirem trazer novidades e tecnologia de ponta.

Por enquanto, os novos modelos da Philips ficarão restritos à Europa e também à Rússia, sem previsão de serem lançados em outros países, como o Brasil, por exemplo.

Por Russel

TV Philips 7900

TV Philips 4K com Android

Fotos: Divulgação


Você é apaixonado pelo mundo tecnológico? Está sempre por dentro de todas as novidades? Então vai adorar conhecer a novidade da Samsung: TV de 4K que tem 105 polegadas com tela curva e flexível.

O IFA 2014 já começou e as novidades também! Para quem não conhece ainda, o IFA é uma das maiores feiras tecnológicas da Europa e reúne as novidades das principais fabricantes de aparelhos eletrônicos. Uma das apresentações foi a televisão nova lançada pela marca Samsung.

O aparelho tem 4 K de 105 polegadas e, além disso, possui tela curva e flexível. Que tal assistir aos seus programas favoritos em uma televisão moderna deste jeito? Não vai ter nada melhor que curtir as suas horas de folga deitado no sofá e vendo aos seus filmes favoritos. A Samsung está sempre surpreendendo o mercado com as novidades tecnológicas que se destacam porque aliam beleza, sofisticação e muita tecnologia.

A televisão pode ser considerada uma obra prima de engenharia e se a pessoa quiser tem a opção de deixar a tela menos ou mais curva. Como? Basta apertar um botão para deixar o aparelho como quiser. Além de controlar as dimensões da curva, a pessoa pode também aumentar ou diminuir a sensação de profundidade da imagem.

A nova televisão lançada pela Samsung tem resolução 4 K, proporção de imagem 21:9, tela curva flexível e 105 polegadas. Quer saber o preço desta obra prima? O valor ainda não foi divulgado pela marca, mas, certamente, será (muito) alto. Para ter uma base de comparação, uma outra televisão da marca que tem a tela do mesmo tamanho e 4K de resolução custa US$ 120.000,00. A diferença é que a tela não é flexível. Se um modelo mais simples já tem este preço, quanto você acha que custará esse novo aparelho da Samsung que foi apresentado no IFA 2014?

Gostou de conhecer a nova televisão?  

Por Babi

Samsung TV 4K de 105 polegadas

Samsung TV 4K de 105 polegadas

Fotos: Divulgação


Já imaginou você sentado no sofá assistindo aos seus filmes, jogos de futebol ou novelas com uma TV de alta resolução e tela flexível? Esse é o sonho de consumo de milhares de brasileiros e se você está entre eles então já pode festejar, pois o televisor é da Samsung. Essa última versão é gigante e a televisão possui resolução 4K.

Além disso, a empresa anunciou a linha Total Curved Solutions, que oferece 17 tipos de TVs côncavas, com tecnologias diferentes, como FHD, UHD e LED, além dos mais variados tamanhos. O televisor dispõe de display e 11 milhões de pixels, o que garante uma resolução máxima de 5120×2160, cinco vezes maior a uma TV Full HD. Outra novidade são os alto falantes embutidos de 160 W, bem como tecnologia Peak Illuminator da Samsung, que identifica diferenças de brilho e contraste e as regula automaticamente.

A televisão Bendable UHD TV pode ser posicionada da forma que o usuário melhor preferir. Cabe lembrar que o modelo terá vários canais, os quais serão oferecidos por produtoras de conteúdo europeus e ultradefinição.

Quanto ao preço do televisor, temos um modelo atual similar que está à venda no mercado por US$ 120 mil, o que equivale a R$ 268 mil aqui no Brasil. Entretanto, a versão flexível só será lançada na Europa no próximo ano e o preço não foi divulgado.

Porém, se você deseja assistir aos seus programas de TV favoritos comece desde já a juntar suas economias e ir se preparando, pois em breve a TV estará à venda aqui e certamente fará o maior sucesso na sua casa. Sem contar que teremos os jogos olímpicos e a Copa do Mundo nos próximos anos e poder assistir a tudo numa televisão dessas que muito se parece com um cinema em casa é algo incrível e espetacular. Essa é a Samsung inovando mais uma vez no mercado tecnológico!

Por Luciana Viturino

TV da Samsung

TV da Samsung

TV da Samsung

Fotos: Divulgação


E o mercado de TVs continua cada vez mais aquecido no Brasil, sendo que as empresas estão investindo pesado em novos modelos, na tentativa de conseguirem chamar a atenção do consumidor na hora da compra.

E a LG saiu na frente ao anunciar seu modelo com resolução Ultra HD que é o primeiro do mercado, contando com tecnologia OLED e display curvilíneo.

A nova TV da LG foi um dos principais destaques na CES e agora estará presente na IFA 2014 onde será possível conferir de perto todos os diferenciais deste modelo que já é considerado o mais avançado do mercado de TVs atualmente. Após ser apresentada na IFA 2014, a TV com tela curva da LG chega ao mercado para que os interessados possam então, levar a sua para casa e contar com a mais avançada tecnologia.

O preço ainda não foi divulgado, mas na Coreia do Sul a nova TV da LG custará em torno de R$ 28 mil, enquanto que nos Estados Unidos o preço deverá ficar na média dos R$ 16 mil.

A resolução deste novo modelo de TV da LG terá 3840 x 2160, contando com 33 milhões de sub-pixels para garantir a melhor qualidade de imagem.

E não é só a imagem que é de qualidade não, o som conta com tecnologia Ultra Surround Multicanais para garantir uma melhor experiência. E a tela curva vai garantir qualidade total nas cores, independente do ângulo de visão.

A TV com tela curva da LG estará disponível em 2 versões, sendo uma delas com 65" e a outra com 77". A Coreia do Sul será um dos primeiros países a ter o modelo à venda.

O mercado brasileiro está preocupado, pois a LG anunciou sua mais nova TV para a América do Norte e também a Europa, logo após o lançamento na Coreia do Sul, mas não disse nada a respeito do lançamento do modelo na América Latina, sendo assim, os brasileiros não têm nenhuma previsão para terem esta super TV à sua disposição, infelizmente.

Por Russel

LG TV com tela curva

LG TV com tela curva

Fotos: Divulgação


Para os aficionados por tecnologia no mundo, a LG anunciou no dia 25 de agosto de 2014 que irá comercializar as TVs Organic Light Emitting Diode – OLED com tecnologia 4K. Segundo a empresa, serão produzidos dois modelos: um de 77 polegadas e outro de 65 polegadas. Porém, o que se sabe é que os preços não foram oficialmente divulgados. 

Mas para aqueles que não conhecem a tecnologia OLED, trata-se de uma TV que proporciona as mais avançadas tecnologias de imagem e som para reproduzir na sua casa uma qualidade de cinema 3D. Ela proporciona ainda uma profunda saturação das cores. O objetivo da LG é trocar a tecnologia LCD, atualmente empregada na maioria das telas, pela OLED, pois esta oferece mais economia de energia e a possibilidade de usar displays flexíveis, outra tendência do mercado.

Os aparelhos menores entrarão em pré-venda na Coreia do Sul, com entregas programadas para setembro. Um dos próximos mercados a receberem a nova tecnologia serão a Europa e os Estados Unidos.

Ainda de acordo com especialistas, infelizmente os preços dessa nova TV não serão nada atrativos aos consumidores. Estima-se que o valor poderá chegar à casa dos US$ 12 mil (próximo dos R$ 27 mil). Ainda não há previsão da chegada e venda dessa nova tecnologia de TV no Brasil, mas o que se espera é que a LG disponibilize em breve a comercialização delas e esteja nas casas dos brasileiros, por ser o Brasil um mercado promissor de vendas. 

As TVs 4K que estão disponíveis no mercado são feitas de LCD e, por isso, são mais baratas. Um modelo sai em torno de R$ 7 mil. Atualmente o Brasil recebe apenas as TVs OLED curvadas com resolução Full-HD, as quais são encontradas nas lojas por cerca de R$ 14 mil.

Mais informações poderão ser obtidas pelo site www.lge.com/br/tvs-oled.

Por Valter Falinácio

TV OLED 4K da LG

TV OLED 4K da LG

TV OLED 4K da LG

Fotos: Divulgação


Conhecida pela excelente qualidade de seus produtos, a LG apresentou no último dia 22 de maio a sua mais recente linha de Smart TVs, a qual apresenta um destaque para as redes sociais, tendo como foco esse nicho tecnológico.

Ultimamente, encontramos no mercado a linha LG ultra HDTV 4K, a qual traz aparelhos com 55, 65 ou 84 polegadas. Além disso, em termos de design, os aparelhos possuem uma elegância única, sendo ultrafinos, com um pé de sustentação cromado que evita deslizes do aparelho. Por outro lado, conta com o controle smart magic que possibilita uma experiência diferente no manuseio do controle remoto, tendo funções inovadoras, permitindo controlar seu televisor por comando de voz e movimento.

Os televisores dessa linha são denominados Ultra HD, que de acordo com as comparações realizadas no site da empresa, demonstram ser superiores ao Full HD, tendo até 4 vezes mais resolução, trazendo imagens fantásticas para divertir toda a família.

Mas o que realmente significa uma TV 4K? Para isso, basta imaginar uma tela com 8,300,000 pixels, aliada a uma inovação tecnológica denominada Nano Full LED, onde há lâmpadas a mais para corrigir as imagens geradas na sua tela, dando uma experiência mais perfeita ao usuário.

Cabe também destacar que a funcionalidade 3D está presente no aparelho, tendo características de imagem com maior brilho e nitidez, trazendo mais realidade às imagens.

A linha de televisores vem equipada com uma câmera frontal que se integra ao Skype. Que por sinal já vem instalado junto com o pacote de apps do televisor, dando ao usuário a possibilidade de conversar com pessoas por meio da sua televisão.

Quanto às facilidades de conexão, o aparelho traz amplas possibilidades, tendo entrada HDMI, USB, LAN e opção Wi-Fi.

Por fim, salienta-se que ao escolher um aparelho LG, o consumidor contará com a vasta opção de apps disponibilizados pela empresa, tais como Netflix e Facebook.

Para mais informações, pode-se consultar o site da LG www.lge.com/br/ultra-hd.

Por Thiago José Fernandes

LG ultra HDTV 4K

Foto: Divulgação


Época de Copa do Mundo é sinônimo de TV nova, e baseado nessa afirmação, os lojistas estão confiantes no aumento considerável do volume de vendas de TVs nessa Copa.

Mas você que está interessado em adquirir uma TV nova, sabe onde comprar uma para assistir a Copa do Mundo no Brasil gastando menos?

A melhor dica para quem quer se dar bem na hora de comprar uma TV nova é pesquisar, garimpar mesmo, peregrinando de loja em loja, em busca das melhores ofertas. Devido à concorrência, muitos lojistas cobrem ofertas dos concorrentes, por isso a importância do orçamento por escrito para apresentar ao vendedor da loja que oferece o produto que você deseja.

A grande novidade que está chamando a atenção dos consumidores é a promoção designada como “Emoção em Dobro”, elaborada por uma grande loja brasileira, a promoção consiste na compra de um modelo de TV específico, você poderá ganhar outra TV ao final da Copa do Mundo, pagando apenas R$ 1, isso mesmo, só que a promoção só será válida caso a nossa seleção seja campeã.

O bacana é que a infinidade de televisores está cada vez maior, de todos os gostos, tamanhos e tecnologias e também para todos os bolsos. Os preços variam de no mínimo R$ 800 podendo chegar a até R$ 40 mil.

Os tamanhos das telas também impressionam, existe um modelo de 84 polegadas, cuja venda somente poderá ser feita por encomenda. E pensando na sensação que o futebol proporciona, já existe a função futebol, cujo realce e som, faz com que o telespectador se sinta dentro do estádio, aproximando-o cada vez mais da realidade de uma partida de futebol.

O importante é pesquisar, seja na internet ou comparecendo às lojas e principalmente ter paciência, o que é muito difícil para quem deseja adquirir uma TV nova, somente assim será possível adquirir uma TV nova, gastando menos e de alta tecnologia.

Por Rodrigo da Silva Monteiro

TV Copa do Mundo

Foto: Divulgação


O sistema operacional Android foi uma das maiores apostas do Google desde que a companhia resolveu se expandir para o mercado móvel. Com isso, as possibilidades de atingir outros mercados aumentaram significativamente, transformando a gigante das buscas na internet em um referencial nos assuntos relacionados à tecnologia.

Após o relativo sucesso do Chromecast, um dispositivo parecido com um pendrive que pode ser plugado em qualquer TV moderna via HDMI e transmitir vídeos e conteúdo online diretamente na tela, o Google resolveu investir pesado e disponibilizar umaTV com seu próprio sistema operacional Android. Com isso, a companhia pretende se estabelecer de vez no mercado das smart TV’s, que têm crescido significativamente nos últimos anos. Com a novidade, a TV deve ficar bastante parecida com um smartphone e será possível acessar a Google Play para baixar e instalar diversos jogos e apps voltados exclusivamente para o sistema.

Essa é a segunda tentativa do Google com algo desse tipo. Em tempos anteriores, a companhia já havia tentado obter sucesso com a Google TV, mas o projeto foi engavetado. Agora, a novidade deve ser reapresentada durante a I/O, uma conferência exclusiva do Google para apresentar as suas novidades.

De acordo com o site GigaOm, que teve acesso à informações de fontes ligadas ao Google, a interface da AndroidTV foi completamente remodelada para garantir uma interface de usuário mais simplificada. Além disso, todo o conteúdo deve ser organizado em cartões que irão separar o conteúdo de acordo com a preferência do usuário. Além de poder assistir às séries e conteúdos publicados online com relativa facilidade, a AndroidTV também terá suporte total aos jogos disponíveis na PlayStore para o sistema operacional. Com isso, o Google pretende atrair uma boa parcela da população que deseja ter jogos casuais na TV, mas sem ter que pagar caro por um console.

A gigante das buscas realmente parece estar interessada nesse mercado, já que o Chromecast tem tido uma boa aceitação do público justamente por ser um dispositivo útil e barato. Agora resta apenas aguardar mais informações oficiais da companhia na I/O 2014. 

Por Ebenezer Carvalho

AndroidTV

Foto: Divulgação


Que tal assistir aos jogos da Copa do Mundo em uma televisão de 55 polegadas e com tecnologia inédita? A Sony lançou um novo modelo de TV de 55 polegadas Full HD, conhecida como W955. Ela contempla um sistema que é inédito no país: a tecnologia X-tended Dynamic Range, que tem a função de melhorar a imagem e fornecer mais detalhes durante as transmissões. Assim, os jogos da Copa vão poder se visualizados com mais emoção e nitidez pelos amantes esportivos.

A nova tecnologia presente na televisão proporciona um aumento de duas vezes do brilho, se for comparado com uma televisão tradicional. Desta forma, a pessoa vai conseguir ter acesso a uma imagem mais realista e muito mais nítida. Além disso, essa nova televisão da Sony também tem o processador X- Reallyti Pro, que diminui os ruídos e propicia um amento no ganho da qualidade.

O modelo W955 também conta com uma tecnologia denominada Triluminus, que reproduz cores com mais precisão do que uma televisão comum. Gostou de conhecer todos estes recursos? Então, vai adorar essa novidade da TV da Sony também: ela tem Motionflow XR 480 Hz, que tem a capacidade de reproduzir um quadro oito vezes mais que uma TV tradicional. Assim, a imagem fica mais nítida e com menos rastros.

Para curtir os jogos da Copa, o usuário vai ter acesso a um recurso exclusivo: Modo Futebol. Ele permite cortar a narração durante os jogos, por exemplo. Além disso, devido à presença desta funcionalidade a pessoa vai ter sempre disponível os melhores momentos dos programas de futebol, reportagens, entrevistas, entre outros.

O design da Televisão da Sony também chama a atenção, que é em modelo Wedge, gerando uma economia de espaço de até 20% de uma televisão normal da mesma tela. O aparelho ainda tem recursos de conectividade. A expectativa é que o preço médio da televisão seja em torno de R$ 8.999,00

Por Babi

Sony W955

Foto: Divulgação


Depois de vermos o Android ser embarcado em inúmeras plataformas, podemos presenciar num futuro muito próximo do que imaginamos o sistema de código livre do Google em outro seguimento. Rumores apontam que teremos um Android TV do próprio Google.

O site The Verge trouxe a informação e pelo que se percebe, o Android ainda não foi tirado de pauta para as TVS em um futuro tão próximo quanto pensávamos. A ideia é colocar o Android em uma espécie de Apple TV, fazendo assim o sistema do robozinho verde entrar em mais uma área, gerando receita e conteúdos para a Big G.

Ainda segundo a publicação, veremos um sistema um pouco diferente. Voltado exclusivamente para consumo de entretenimento e não para o que conhecemos atualmente, o Android vem para conquistar terreno em um lugar onde não temos grandes concorrências. Já vimos alguns “Androids PCS” que são relativamente baratos e que oferecem estes sistemas às TVS por meio de um cabo HDMI dando ao usuário total liberdade de rodar seus apps, jogos e muitos outros. Estes pequenos computadores já são usados para central de entretenimento, não só lá fora, mas aqui no Brasil também.

Já que teremos uma nova variante do Android, o Google estaria interessado em usar os comandos de voz, assim como no sistema para vestíveis. Sim, a empresa anunciou uma versão para relógios inteligentes com gadgets previstos para próximo ano. Como nos relógios, os comandos de voz podem ser usados com abundância, fazendo o sistema responder ao que você quer.

Pelas imagens divulgadas, vários aplicativos terão sua versão para as TVS. Youtube, Hulu e o Netlix são alguns dos exemplos de que esse futuro próximo está cada vez mais perto. Resta agora saber qual vai ser o futuro dos ChromeCasts, que foram anunciados pelo próprio Google como um dispositivo para TV.

Resta saber até onde o Google quer chegar com o Android ou se ainda demorará para vermos este futuro.

Android TV

Foto: Divulgação


O Campus Party representa sonho de consumo da grande parte do público que aprecia descansar em campings. Ao ponto de que quase oito mil pessoas sofreram privações dentro da barraca, no evento, como no caso do extenso calor, por exemplo. Quem teve a chance de descansar no quarto VIP, na Arena Anhembi, deu glória aos céus, em consequência da comodidade presente no clima desértico do verão paulistano.

No ano de 2014 o quarto VIP ficou acima das expectativas, conforme a opinião de parte dos campistas que opinam em fóruns de notícia sobre esse assunto específico. Videogame, wireless, home-theater, TV 3D, ar condicionado e cama de casal eram apenas algumas das vantagens que existia no local. De certa forma, esse tipo de mordomia esteve reservado às poucas pessoas que conseguiram vencer as árduas tarefas diárias do evento.

Por exemplo, Edvan Silva, com idade de 27 anos, conquistou a mordomia ao levar em conta que ficou por tempo além do que dois dias acampando na porta e por consequência teve o mérito de ser o primeiro a entrar no evento. Além disso, para garantir a liderança da fila, o rapaz também teve que fazer longa viagem, de Brasília até São Paulo, dirigindo o seu carro.

Amanda Brancos, estudante universitária de arquitetura, também conquistou a vantagem de usufruir o quarto VIP, depois de vencer disputa no jogo ROCK BAND. Ela foi a melhor tocadora de guitarra. Não se pode ignorar o fato de que a garota veio de Vitória da Conquista, na Bahia, apenas para participar do evento. No primeiro dia usou a sua barraca para guardar os pertences. A jovem trouxe uma mochila e um colchão.

A mordomia começou no momento em que ela entrou no quarto, visto que recebeu kit completo de higiene e um chuveiro com água quente de causar inveja aos outros campistas.

Not?cias.


O avanço tecnológico nesta atual era é algo bastante significativo e presente na vida de todos. Ao longo das últimas décadas foi possível, e ainda é, presenciar todo o tipo de avanço tecnológico, sejam em relação à medicina, aparelhos de uso diário como celulares, smartphone e etc. Tais avanços possibilitam uma melhor comodidade de muitas pessoas que sempre querem estar atualizadas e com aquele aparelho de última geração no seu bolso ou em sua casa.

Como o assunto são os avanços tecnológicos então não podemos deixar de citar o avanço em relação aos televisores que passaram desde os modelos antigos que possuíam um design bastante limitado até os modelos atuais, com espessura extremamente fina e tecnologia 3D, por exemplo.

Para aqueles que buscam por uma TV que interaja consigo então a dica é realmente ir em busca de um aparelho com reprodução em 3D, que é um grande sucesso no mercado brasileiro e também dispõem de grande qualidade.

Para quem possui um modelo de TV Smart da LG, saiba que você também pode contar com a tecnologia 3D à sua disposição, pois nesses modelos da LG é possível fazer a conversão de 2D para 3D de uma forma rápida e simples.

Como citado acima fazer a conversão de 2D para 3D não e algo difícil através de um modelo Smart da LG, por isso, saiba que é possível realizar o procedimento em nada menos que quatro ou cinco passos. O primeiro passo é justamente apertar o botão “3D” de controle de sua TV; em seguida a imagem será convertida de forma automática para 3D e será mostrado um menu na parte inferior da tela; após isso você deve colocar o seu óculos 3D; agora em caso de sua TV dispõe de Dual Play e você também dispor de óculos que reproduz esta tecnologia, você poderá optar por utilizá-la na horizontal ou vertical.

Vale ressaltar que esta opção também é válida para ser usada em apps de streaming de vídeo, DVDs, Blurays ou videogames. Em relação ao Dual Play é importante saber que ele oferece ao usuário a possibilidade de reproduzir o conteúdo em um óculos e um segundo conteúdo em um outro óculos.

Por Bruno Henrique

Converter TV LG Smart 2D para 3D

Foto: Divulgação


O Brasil é o país do futebol e para quem não perde nenhum clássico vai adorar a novidade da Samsung: a TV UN40F5500, que conta com o modo futebol e mostra replays e amplifica a torcida. O aparelho se destaca nas tecnologias e conectividades, e conta com funções específicas, principalmente, para quem acompanha todos os jogos de futebol.

Esta televisão da Samsung possui conectividade com diversos tipos de mídias e o menu pode ser configurado em muitos idiomas, sendo bem fácil e simples de mexer. Além disso, por meio do aparelho é possível acessar às redes sociais ou conversas através do Skype. A TV é muito interativa e a pessoa pode acessar fotos, vídeos e outros tipos de recursos.

A função futebol, que é o diferencial deste aparelho, permite que o usuário viva as emoções dos grandes clássicos: ele pode aumentar o sim da torcida e devido à função replay é possível gravar os jogos, para ver os principais detalhes depois.

A imagem é bastante nítida, com cores vivas e vibrantes. A TV UN40F5500 possui o recurso denominado Wide Color Enhacer (Plus) Film Mode e Suporte brilho natural, que produz um contraste fabuloso e muito brilho. Além disso, por meio do processador Dual-Core as tarefas e recursos da televisão da Samsung tornam-se rápidos e velozes, ou seja, o usuário pode realizar mais de uma atividade sem travar o aparelho.

Porém, a televisão apresenta algumas desvantagens como, por exemplo, nenhuma porta HDMI tem ARC, o acabamento não é top de linha, os altos falantes não são muito potentes e o preço da televisão é elevado.

O aparelho da Samsung conta com um design inovador e diferenciado, com traços modernos. A TV possui oito botões que estão situados na parte traseira com um bom espaçamento entre eles e o controle remoto é anatômico para qualquer tipo de mão. Assim, a Samsung inova no mercado ao apresentar um aparelho diferenciado e, sobretudo para quem é fã de futebol.

Por Babi

Samsung TV UN40F5500

Foto: Divulgação


A televisão 3D, que foi uma febre ao ser lançada, divulgada constantemente na mídia, sendo considerada uma televisão voltada com a tecnologia para o futuro acabou decepcionando muita gente. Mesmo com seus preços abusivos no começo, que iam de R$ 7.000 até R$ 10.000, começou a ter sua queda de preço logo no começo dos doze primeiros meses após seu lançamento.

Isso ocorreu devido as dificuldades para a venda. Logo a televisão custava média de R$ 3.000, mas, ainda assim, isso não estava motivando as pessoas a comprarem, apesar da divulgação de alguns programas apenas em 3D em algumas TVs a Cabo. Isso ocorreu porquê as pessoas que adquiriram as mesmas se arrependeram de ter o feito e, consequentemente, avisam as pessoas conhecidas da péssima escolha na hora de comprar. Nada melhor para divulgar um produto, seja de uma forma positiva ou negativa, quanto o tal famoso boca-a-boca.

Mas, por que esse sucesso tão negativo perante a compra da tal tv? Porquê, ainda não há uma grande gama de programas oferecidos em 3D e, mesmo assim, as pessoas preferem assistir as coisas do modo tradicional, na simplicidade. Ou seja, o mercado não estava preparado para o mesmo.

Talvez, daqui há alguns anos, quando não houver uma excasses de programas desse jeito e com as pessoas mais dispostas a assistir jornais, programas de culinárias, novelas e outras coisas em 3D, ocorra um sucesso maior do que houve, se a ideia não ficar engavetada, claro. Até porquê, novas ideias, com novas tecnologias para a televisão, já estão surgindo desde o segundo semestre do ano passado, principalmente com a Copa do Mundo batendo na porta no Brasil.

Tem-se, por exemplo, fábricas que voltaram seu mercado justamente pra isso, achar novas formas para transmitir os jogos com a melhor capacidade possível, mas, claro, com os preços lá em cima. Por tanto, acredito eu que nada melhor do que manter-se com a televisão antiga, possivelmente de LCD ou Full HD, durante esse período, esperando uma possível queda dos preços.

Por Mariana Caetano

Foto: divulgação


Não é novidade que a TV 3D não está em seus melhores dias. Após o grande lançamento e um preço abusivo, as vendas caíram gradativamente juntamente com o preço. As televisões que custavam entre R$ 7.000 e R$ 10.000 podem ser encontradas atualmente no mercado por R$ 3.000.

Essa falta de sucesso se deu devido a alguns fatores, como a pouca procura para comprá-las, dentre outras coisas.

Hoje em dia, já temos uma tecnologia superior a essa, chamada de 4K, que são televisões que prometem transmitir em uma resolução 4 vezes melhor do que as conhecidas Full HD e essa ideia surgiu basicamente com a Sony, que visava o mercado brasileiro e a Copa para isso, porém, o preço dessa televisão não é nada barato, a de 55 polegadas sairá por mais ou menos R$ 19.000. Há a promessa de ter transmissão simultânea, ao vivo dos jogos, já que, a Sony irá instalar uma sequência de 360 câmeras nos 12 estádios para obter esse resultado sem decepcionar o consumidor e o fã em futebol.

O projeto da TV, que foi inicialmente iniciado no segundo semestre de 2013, já está disponível no Brasil e também está começando a ser produzido por outras empresas como a LG e a Samsung, que trazem outras inovações como telas curvas e flexíveis (telas em que você aperta um botão, as extremidades se envergam e “voilá", a TV que antes era de plasma fica curva), que foi apresentado recentemente como protótipo e com a ideia de ser idealizado.  

As televisões estão disponíveis para compras online em sites como o das Americanas (www.americanas.com.br ); Fnac (www.fnac.com.br ); Saraiva (www.livrariasaraiva.com.br); entre outros. Entretanto, elas não saem por menos de R$ 10.000.

Atenção: até o momento, só estão disponíveis no mercado brasileiro as televisões produzidas pela Sony.

Por Mariana Caetano

TV 4K da Sony

Foto: Divulgação


A Vizio está lançando uma TV com ultra definição (UHD ou Ultra HD), mas com preço "popular", que será seu grande diferencial no mercado de televisores.

A TV 4K da marca deve custar a partir de US$ 999, o que corresponde a cerca de R$ 2,5 mil. Esse valor vale para o modelo de 50 polegadas, que será o modelo mais barato.

A nova TV da Vizio faz parte da série P de TVs UHD, que terá também modelos com monitor de 70 polegadas, custando US$ 2.599, cerca de R$ 6,5 mil.

A diferença entre o modelo da Vizio e as demais marcas que oferecem TVs com imagem em ultra definição é muito grande, pois no Brasil há modelos que chegam a custar R$ 100 mil.

A novidade foi lançada durante a CES 2014, que mostrou também lançamentos de smartphones, tablets e outros equipamentos tecnológicos.

Quem esteve na feira pode conferir de perto a TV 4K da Vizio. No mercado de TVs desde 2002, a empresa também oferece acessórios relacionados como home theater e tem se destacado pela qualidade de seus produtos.

Ao colocar os novos televisores com valores mais acessíveis, a empresa tem como objetivo aumentar sua quantidade de vendas e também estimular os outros fabricantes a baixarem seus preços, o que pode ser muito válido para os consumidores.

Com a popularização das TV UHD, as emissoras terão que oferecer conteúdo nesse formato, algo que precisa começar a acontecer no Brasil, onde muitos canais ainda não estão oferecendo nem o sinal HD.

Quem tem uma TV como essa poderá usar a qualidade da imagem com serviços de streaming como o Netflix, que já tem opções de imagens nessa qualidade. Os canais a cabo logo estarão entrando nesse sistema para não perder assinantes, sendo essa a grande aposta para 2014.

A Vizio estará iniciando a venda das TVs 4K em breve em diversos sites de comércio eletrônico, como a Amazon e outros.

Por Roberta Lopes


Um dos produtos que a LG estava preparando para ser divulgado apenas na Feira de Eletrônicos de Consumo (Consumer Electronics Show – CES 2014), que ocorre em Las Vegas (Nevada, EUA), entre os dias 7 e 10 de janeiro, teve imagem de sua interface divulgada na internet através do Twitter. O produto diz respeito às primeiras Smart TVs da LG equipadas com o sistema webOS (Web Operating System – Sistema Operacional na Web), da Palm, porém a empresa LG não confirmou que tal imagem seja realmente verídica.

O perfil que antecipou a divulgação do produto foi o @evleaks, popular por adiantar produtos relacionados à tecnologia e considerado especializado em vazamentos de gadgets. Na imagem é possível identificar que já no lançamento a TV trará aplicativos de redes sociais como Facebook, Skype, Youtube e Twitter.

Supostamente, a TV seria detentora de especificações técnicas como 1,5 GB de memória RAM e processador Dual Core com clock de 2,2 GHz, tais características proporcionam que o sistema esteja completamente livre de travamentos.

O sistema webOS diz respeito a uma imitação em forma de sistema operacional ou então em forma de interface gráfica ou área de trabalho. Este sistema pertencia a Palm, que no ano de 2010 foi vendida para a HP e em 2011 acabou por ser fechada, acarretando consequentemente na descontinuação desse sistema móvel. Em fevereiro de 2012, parte do webOS foi vendido para a LG.

Oficialmente, no 2º dia deste ano, a LG informou que durante a CES 2014 apresentará uma das maiores TVs com tela curva do mundo – com 105 polegadas e resolução 4k. Informações referentes a valores e data precisa de lançamento não foram divulgadas. Acredita-se que o valor do produto seja divulgado durante a CES. A apresentação nasce da junção de dois gigantes setores de tecnologia: a LG Display e a LG Electronics.

Por Rafaela Fusieger

Nova LG Smart TV

Foto: Divulgação/Evleaks


Após o anúncio da LG sobre o lançamento do celular tela curva, um novo lançamento da fabricante divulgado no final do mês passado está sendo muito cogitado no mundo da tecnologia e nas redes sociais: a TV de tela curva de 55 polegadas, que promete dar maior emoção aos filmes e seriados com design único e totalmente inovador.

O produto ainda tem alto custo, por isso não se espera que a popularização seja imediata. As promessas sobre as cores mais vibrantes e maior economia para o consumidor estão sendo um dos assuntos principais, já que a tecnologia OLED está prestes a dominar o futuro dos eletrônicos a um curto prazo. Essa tecnologia é composta por elementos químicos e orgânicos que emitem luz ao entrar em contato com a eletricidade. Essa reação faz com que a energia seja economizada e que as imagens ganhem um contraste muito maior, favorecendo a qualidade do novo equipamento. Mesmo que ainda sejam os "primeiros experimentos" dessa nova tecnologia, as expectativas estão repletas de otimismo para um futuro próximo. Essa tela, que pesa aproximadamente 17 quilos e tem os alto-falantes totalmente acoplados no design fino e feito à base de acrílico, custa atualmente R$ 40 mil. Os consumidores terão a verdadeira sensação de estar curtindo o cinema no conforto da sua casa.

A tecnologia também é estendida em 3D com acesso à internet usando a plataforma Smart TV que pode funcionar como o Netflix, por exemplo.

A novidade foi apresentada no Consumer Electronic Show –  CES – já no início do ano e a sua resolução  é em Full HD (1080p). A espessura total soma apenas 4  milímetros no total e a imagem não corre o risco de ficar distorcida e o ângulo de visão é de 180 graus. Segundo a fabricante, este é o resultado de cinco anos de intensa pesquisa.   

Por Luciana Ávila

LG TV tela curva

Foto: Divulgação


As TVs com resolução 4K estão em alta no mercado e ainda tem um custo bem alto para o consumidor final, mas para tentar popularizar este tipo de aparelho, a Seiki resolveu dar um grande passo em relação as concorrentes. A companhia recentemente anunciou sua nova TV com tela de 50 polegadas e resolução de 3.840 x 2.160 pixels.

A tela do televisor possui tempo de resposta de 6,5 ms e conta com uma porta VGA e mais três portas HDMI.

No mercado norte-americano o preço do aparelho deverá sair por aproximadamente US$ 1.300, o equivalente a R$ 2.600 sem as taxas e impostos. O valor ainda é um pouco alto para a grande maioria dos consumidores, mas o custo é muito mais baixo se comparado aos aparelhos das outras marcas, que apresentam preços muito acima de US$ 3 mil.

É importante lembrar que ainda que a TV da Seiki apresente um valor muito mais atraente ao consumidor, ainda não é um bom momento para adquirir um televisor deste tipo, uma vez que a resolução 4K é algo novo e ainda não existe quase nenhum conteúdo disponível para esse formato.

Por Felipe Santos Bonfim


Uma notícia publicada no final de março falava sobre supostas informações de uma nova televisão da Apple. Batizada de iTV, o aparelho que há anos vem sendo especulado e aguardo, pode estar mais perto de ser lançado.

De acordo com o site DigiTimes, a TV poderá chegar ao mercado até o final do primeiro semestre de 2014 e contará com resolução 4K.

Segundo a apuração feita pelo site, a iTV da Apple terá resolução Ultra HD de 3840 x 2160 pixels, e só não será revelada este ano ao público porque a companhia estaria tendo dificuldades em fechar alguns contratos dentro do prazo com uma fabricante de painéis de alta definição.

A publicação do DigiTimes informa que as atuais parcerias das Apple terão que focar todas as suas habilidades de produzir telas de alta definição nos próximos lançamentos da Maçã. Isso leva a crer que a LG, a partir do segundo semestre, também poderá ser escolhida para poder produzir as telas Ultra HD da iTV.

De acordo com algumas informações de fontes ligadas ao assunto, é mais provável que o lançamento da TV aconteça, realmente, apenas no ano que vem, mas não se pode descartar que ela seja apresentada ainda no final deste ano.

Por Felipe Santos Bonfim


As televisões com tecnologia 4K (Ultra HD) estão chegando aos poucos no mercado e desta vez a novidade é da Sharp que lançou a ICC Purios (LC-60HQ10).

Este aparelho possui uma tela com 60 polegadas em Ultra definição e possui também o recurso "Integrated Cognitive Creation" (criação cognitiva integrada) que realiza a conversão de sinais elétricos em sinais óticos possibilitando novas possibilidades em imagens como texturas e luminosidade.

Além disso, a ICC Purios possui uma incrível resolução de 3840 x 2160 pixels sendo a primeira televisão com esta capacidade e que possui ainda a certificação THX.

Para quem gostou da novidade, a ICC Purios da Sharp irá iniciar as suas vendas em 20 de fevereiro de 2013 por valores de aproximadamente US$31.376,00 que equivalem a cerca de 66 mil reais.

Fonte: Engadget

Por Ana Camila Neves Morais


Conforme o site Yahoo! News, a Sony está prestes a lançar uma nova TV que virá para surpreender o mercado mundial. De acordo com uma fonte confiável do site, a fabricante japonesa lançará esse novo aparelho para integrar a linha XBR.

As informações divulgadas por si só já impressionam. A nova TV da Sony possui 80 polegadas de tela e a fantástica resolução de 4k, que é o mesmo padrão que vem surgindo nas telas dos cinemas e que proporciona a melhor qualidade de imagem já vista até hoje. Tudo indica que a TV será de LED e vem para ser o futuro das Smart TVs, tendo em vista que sua resolução é quatro vezes maior que os aparelhos com resolução de Full HD, e por isso também é chamada de Quad-Full HD.

O lançamento da TV gigante está previsto para acontecer no Natal deste ano, sendo que ela irá custar algo em torno de US$ 30 mil, que equivale ao valor de R$ 60 mil, sem contar os impostos. De acordo com os boatos atuais, dificilmente a superTV custará menos do que esse valor.

Por Guilherme Marcon


A Tencent and TCL Multimedia vem mostrando toda a versatilidade do sistema operacional do Google, com câmeras, tablets, celulares TVs e netbooks. Recentemente, a companhia revelou a Ice Screen, sua TV com 26 polegadas que também conta com sistema operacional Android.

A tela da Ice Screen possui resolução de 1.366×768 pixels e permite que os usuários naveguem pela internet e tenham acesso aos mais variados tipos de conteúdos, como jogos, vídeos e músicas. Além disso, o televisor traz processador Cortex A9 dual-core com 1 GHz, GPU Mali 400, memória RAM de 4 GB e entrada para cartão de memória de até 32 GB. Com a ajuda de um suporte de apoio para segurar o televisor, o usuário pode ajustar a tela na posição que desejar, vertical ou horizontalmente.

A Ice Screen pode ser controlada por meio do controle remoto ou até mesmo por qualquer dispositivo que possua o Android como sistema operacional, sendo a versão 2.2 em diante. O aparelho ainda conta conexão Wi-Fi, portas USB, uma entrada HDMI e uma para headphones.

Na china a Ice Screen será vendida por aproximadamente US$ 315 e seu lançamento está programado para o dia 3 de setembro deste ano.

Por Guilherme Marcon


Quanto mais as tecnologias e os aparelhos evoluem, maior é a necessidade de se integrar as “diversas telas” de um local. É baseado nisso que alguns cientistas da Universidade de Nanyang, em Singapura, estão desenvolvendo o projeto chamado “Social Cloud TV”, que significa “TV Social em Nuvem” em português.

A equipe é liderada pelo professor Wen Yonggang e desenvolveu uma plataforma que permite total mobilidade para se assistir programas de televisão. Isso, porque os aparelhos, como TVs e tablets, podem compartilhar entre si o que estão transmitindo em suas telas. Com isso, o vídeo que o usuário estiver assistindo na sua TV poderá continuar a ser visto em seu tablet a qualquer momento, e vice-versa. Além disso, com o Social Cloud TV é possível transferir o bate-papo com os amigos e os conteúdos do Google+, Facebook, Twitter e outras redes sociais.

Apesar de anunciar o novo projeto, não foram revelados os detalhes de como é feita a transição de imagem entre os dispositivos, principalmente por ainda não terem sido liberadas as patentes da ferramenta.

A Social Cloud TV só funciona em aparelhos que possuem sistema operacional Android, porém a intenção é que também seja desenvolvida para os dispositivos da Apple muito em breve. A previsão é que essa nova plataforma chegue às residências dos consumidores até 2014.

Por Guilherme Marcon


A BBC, emissora inglesa voltada para a reprodução de conteúdo jornalístico, estará no Brasil este mês. A rede estatal é uma das mais conhecidas e tradicionais televisões e virá para São Paulo, no dia 14 de julho, para mediar um debate sobre as novas tecnologias usadas para meio de comunicação.

O evento é voltado para profissionais da música e visa discutir as inovações da televisão na era digital. Os representantes da estatal estarão no auditório do Catavento, que fica no museu de ciência da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, às 15h.

O nome da palestra é “A BBC e a Ciência na TV em 2020″ e será conduzida pela presidente da organização, Jana Bennett. Um telão transmitirá fragmentos da programação da emissora para exemplificar, assim, como as novas tecnologias podem ser usadas no objetivo de despertar o interesse no público para assuntos mais "áridos", como ciência, inovação, tecnologia e sustentabilidade.

A BBC ficou consagrada mundialmente por ser uma televisão pública de grande audiência, voltada para a promoção da informação e conhecimento para a população inglesa. No Reino Unido, foi uma das primeiras a fazer uso da tecnologia Full HD e 3D.

Para se inscrever, solicite a participação pelo e-mail: cursos@cataventocultural.org.br.

Serão distribuídos certificados de participação aos ouvintes.

Por Tadeu Goulart

Fonte: Portal Comunique-se


Para quem acredita que quanto maior a TV melhor ela será, com certeza o novo televisor da Sharp será uma boa escolha. A empresa acaba de revelar sua nova LED TV, integrante da linha AQUOS, que impressiona com sua tela de 90 polegadas.

Devido ao tamanho de sua tela, o aparelho tem cerca de 1,22 metros de altura por 2,03 metros de largura, com profundidade de 12,7 cm, o que é bem pouco para uma TV deste tamanho. Mas não é só o tamanho da tela que se destaca, a AQUOS conta com resolução de 1080 pixels Full HD e uma enorme variedade de aplicativos instalados, como por exemplo, Netflix, CinemaNow e YouTube. Além disso, a TV ainda possui conexão Wi-Fi e alguns serviços exclusivos da Sharp.

O pacote de benefícios ainda traz dois óculos 3D e um sistema de melhoria dos movimentos próprio da empresa, chamado de AquoMotion 240. Para finalizar, a Sharp acredita que o consumo baixo de energia exigido pelo aparelho é um grande diferencial, porque mesmo que a TV tenha 90 polegadas, ela gasta menos do que duas lâmpadas comuns de 75 watts.

Quem se interessou pelo aparelho terá um investimento alto, pois a AQUOS chega ao mercado norte-americano pelo preço de US$ 10.999,99, mais ou menos R$ 22.525.

Por Guilherme Marcon


Você está pensando em adquirir uma nova TV de alta definição, mas não sabe ao certo como escolher? Provavelmente, depois de visitar algumas lojas, você irá se deparar com dois ou três modelos que lhe agradam e, nessa hora, é importante que saiba comprá-los.

Naturalmente o design, a marca e o preço são fatores importantes na sua decisão, porém, existem vários testes que você poderá fazer para ajudar, dependendo de loja para loja.

Em primeiro lugar, sugerimos que opte por comprar seu aparelho em uma loja que permita que você veja as TVs funcionando. Em seguida, procure testar os seguintes itens:

Fonte de sinal: Verifique se a TV está conectada a uma fonte de alta qualidade, usando um cabo HDMI;

Configuração: Certifique-se de que ela está configurada na resolução de 1080p (FullHD);

Modo: Quando estão em exposição, a maioria das TVs está configurada para operar em modo Demo, Showroom ou Store, o que aumenta o brilho da tela, assim como a saturação das cores. Por isso você deve alterar para modo Doméstico ou Filme e aí sim checar a qualidade da imagem;

Luz e Reflexos: Não esqueça que sua sala não será provavelmente tão iluminada quanto a loja, no entanto, procure se certificar que a tela não reflete luz em excesso;

Ângulo de Visão: Verifique se a imagem tem qualidade suficiente em todos os ângulos de visão que você irá utilizar quando ela estiver instalada em sua sala.


No dia 02 de abril, que marcou um ano após o encerramento da sua produção de TVs, a Philips anunciou que terminou de fazer a transferência da sua tecnologia e infraestrutura para a empresa TPV Technology, de Hong Kong. Com isso, foi criada a TP Vision, que se trata de uma empresa joint venture, para garantir a presença da Philips no mercado sem que haja custos operacionais.

A ideia é que seja estruturada uma empresa que se torne uma das três maiores fabricantes de TVs do mundo, de acordo com o CEO da nova empresa, Maarten de Vries.

Para a criação da joint venture, a Philips fez um investimento de cerca de US$ 363 milhões, crendo que essa criação será extremamente rentável, tendo em vista a rentabilidade desenvolvida com a transferência da produção de monitores para a própria TPV Technology.

Com essa mudança, a Philips ficará responsável pela produção de apenas 30% das televisões, enquanto que a TP Vision terá “em mãos” os 70% restantes.

O anúncio foi feito após a Philips começar a perder sua fatia de mercado no campo de TVs para concorrentes asiáticos, pois estes desenvolveram aparelhos com recursos mais evoluídos e com preço final inferior. A gradativa queda de vendas foi intensificada juntamente com o fato de a LG e a Samsung terem ultrapassado a posição de mercado da Philips na última década.

E como já era de se esperar, todos os 3 mil funcionários da produção de TVs da Philips foram transferidos para a nova TP Vision.

Por Guilherme Marcon


A Apple, cada vez mais ampliando seu leque de mercadorias, recentemente lançou a nova versão da Apple TV, anunciada pelo CEO Tim Cook.

O preço continua os mesmos US$ 90 e, ao contrário do que todos os boatos disseram, não passou a ser uma TV completa com marca Apple, continuando como uma pequena caixa preta. O que não deixa de ser uma boa “sacada” com um produto diferenciado no mercado.

A Apple TV dá suporte para filmes em HD (via iTunes), reproduções no YouTube, Netflix e Vimeo, além de disponibilizar o MLB.tv e WSJ Live. É possível alugar ou comprar filmes, alguns já em 1080p, quase que ao mesmo tempo em que são lançados nas locadoras, o que traz muita vantagem para quem não quer sair de casa e quer fazer aquele “cinema espontâneo” de última hora.

Para utilizar a Apple TV é necessário conectá-la a uma TV widescreen HD com até 1080p para aproveitar 100% da capacidade da “caixinha” – mas também pode ser utilizada no iPhone, iPad ou iPod Touch. Ela não serve só para vídeos e filmes, pois é possível, também, ter acesso a fotos (também no Flickr), a músicas e a programas de TV.

No Brasil, via Apple Store, a Apple TV custa R$ 399 e já pode ser comprada. Confira mais informações aqui.

Por Guilherme Marcon


A cada dia surgem novidades relacionadas a televisões, imagens e multimídia para sua casa.

Se você pretende comprar a mais moderna TV em breve, saiba que dentro de um ano ela será completamente ultrapassada. Novas tecnologias estão surgindo todos os dias, e é importante conhecer mais sobre o que elas estão querendo oferecer.

No próximo ano os conceitos de televisões 2K, 4K e 8K estarão no seu cotidiano e é importante conhecer as diferenças:

– A televisão 2K diz respeito à resolução de 2.048 pixels. Esta tecnologia começou a fazer parte das primeiras gerações de telas IMAX. A resolução é um pouco maior do que está presente nas televisões HDTV de hoje em dia.

– Já a televisão 4K terá uma resolução que representa 4x mais do que a que está disponível nas TVs FULL HD de hoje em dia. Esta resolução foi usada nas salas de cinema nos anos de 2006 e 2007.

– Por fim, a televisão 8K já está sendo chamada de UHDTV (Ultra High Definition Television), com uma resolução 16x maior do que a tela FULL HD.


A Samsung vem revolucionando o mercado tecnológico em todos os seguimentos. Dos mais simples celulares até as mais modernas geladeiras, o que não falta é inovação e garantia de qualidade.

O grande destaque da vez é a Samsung Smart TV que une várias tecnologias em um único aparelho.

Além de ser uma Televisão 3D Full HD ela é Smart, ou seja, é possível se conectar nas redes sociais e fazer buscas na web sem deixar de assistir ao seu programa preferido.

Com o Web Browser você não precisa mais ligar o computador para fazer pesquisas sobre filmes ou programas que passam na TV, já que ele permite uma navegação rápida pela internet. Outro aplicativo interessante é o Social TV, pois com ele você pode compartilhar a sensação de ter um equipamento como esse nas Redes Sociais.

E como não pode faltar em nenhum aparelho que leva o nome da marca, o design é incrível e único. A moldura One Design é ultrafina e mede apenas 5mm, isso significa mais profundidade e realismo no conteúdo que está sendo transmitido, além de elegância e sofisticação.

Por Jéssica Severo


De olho no nicho de mercado voltado para televisores com acesso à internet, a Sony tem reforçado continuamente sua linha de Internet TV, com modelos como a HX925, uma TV LED disponível nos tamanhos 46, 55 e 65 polegadas, projetada com a tecnologia Intelligent Peak LED, um sistema ideal para a exibição de imagens Full HD (1920×1080 pixels) de transmissões digitais, com nível de detalhamento superior.

Este equipamento conta ainda com recursos como o MotionFlow Pro 960Hz que promove imagens mais suaves mesmo para cenas de grande movimentação, e o Bravia Internet Video, uma seleção de mais de trinta portais parceiros da Sony que oferecem conteúdos exclusivos.

A HX925 dispõe ainda de X-Reality (processador especial que garante cores mais próximas das reais), DLNA (transmissão de fotos, vídeo e música entre um dispositivo móvel ou celular e a TV, por meio de conexão wireless) e sensor de presença (tecnologia que detecta a presença de pessoas no ambiente e liga ou desliga a TV automaticamente, para poupar energia elétrica).

Um grande diferencial desse televisor é que a tela não tem moldura e apresenta uma inclinação de 6º do topo da tela à sua base. A Sony decidiu adotar esse artifício após concluir que ocorre uma sensível redução da fadiga e uma menor incidência de reflexos luminosos.

Mais informações no site www.sony.com.br.

Por Luiz Moreira


Chega às lojas a linha de televisores Viera 2011 lançada pela Panasonic do Brasil.

O modelo TC-L32X30B de 32 polegadas marca a primeira televisão de LED da família Viera, e segundo o gerente da linha da Panasonic do Brasil, Takahiro Fujii, essa novidade prova que a fabricante está comprometida em transformar o televisor em “um centro de entretenimento doméstico”.

A nova televisão conta com resolução em alta definição, além da função Easy IPTV, que possibilita o usuário usufruir de informação da web, navegar pelas redes sociais e escutar 45 mil rádios de vários países através do sistema ShoutCast. Além disso, a TV possui a tecnologia DLNA, que permite acessar os arquivos do computador através do televisor, mas para isso é preciso que seja instalado no aparelho um dispositivo wireless.

Quem quiser pode inserir um pen drive, através da entrada USB, ou então um cartão de memória SD para visualizar vídeos, fotos ou músicas no televisor.

A Panasonic também investiu na tecnologia IPS, que oferece à nova TV qualidade superior de imagem, mesmo quando o usuário está em ângulos de visão diferentes.

O modelo TC-L32X30B está sendo vendido por R$ 1.899.

Para saber mais detalhes, acesse o site da Panasonic.

Por Andrea Gomes


Uma das líderes mundiais no segmento de eletroeletrônicos, a LG Electronics divulga novidades para o ramo de televisores. A tendência, nos dias atuais, são aparelhos cada vez mais finos, maiores em polegadas e com resoluções extremamente nítidas, transformando o ato de ver TV basicamente num evento propriamente dito.

O novo modelo é o Infinita LEX8, que tem por base a tecnologia Nano Full LED. Algumas melhorias foram emplacadas nesse modelo, como é o caso da TruMotion 480 Hz – capaz de processar 480 quadros por segundo – tecnologia focada em eliminar completamente rastros comuns das cenas de movimento.

As proporções da LEX8 são realmente interessantes. Com 0,88 centímetro de espessura e 1,25 centímetro de moldura, o modelo apresenta design moderno e recursos de ponta, tais como a função NetCast, que visa integrar televisão e ambiente online da rede mundial de computadores. É possível alugar um vídeo diretamente pela TV, assinar pacotes de filmes e acessar notícias dos mais conhecidos portais brasileiros.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: LG


Ter televisão e internet interligadas em um só aparelho é um sonho. E esse sonho não está longe da realidade, pois se trata das TVs inteligentes. As Smart TVs unem um televisor tradicional com internet, e viabiliza o acesso a qualquer tipo de aplicação e serviço disponível na internet.

A primeira TV inteligente do mercado foi a Google TV, mas com o avanço da tecnologia os modelos se modernizaram e apresentam maiores opções de escolha. Incluindo controle remoto, com teclado QWERTY, é possível controlar o conteúdo da TV através do telefone celular.

O lançamento da TV inteligente chegará por aqui no primeiro trimestre de 2011, mas já estão a vendas nos Estados Unidos e em outros países. Uma dica para quem se interessa pelo aparelho é a disponibilidade da rede banda larga, pois para se ter um bom funcionamento do produto, é necessário ter no mínimo banda larga de três mbs.

Juliana Alves


Às vezes um simples pedido de registro de patente pode causar um burburinho além da conta na internet. Foi assim com a notícia de que a Apple patenteou uma nova tecnologia 3D sem uso de óculos para ser usada, provavelmente, nas telas de seus dispositivos.

Sem entrar em detalhes muito técnicos, o que dá para dizer é que Apple pretende criar uma tela ondulada capaz de exibir imagens através do sistema de autoestereoscopia. Esse sistema funcionaria através de uma tela reflexiva capaz de enviar uma imagem diferente para cada olho.

Como essa tecnologia, só é viável em telas pequenas, eu me arriscaria a dizer que Apple poderia estar pensando em fabricar algum tipo de aparelho móvel 3D. Talvez um iPhone 3D ou um Macbook Air 3D ou, quem sabe, uma AppleTV 3D. Claro que isso é apenas especulação. Para saber quais são os reias planos da gigante de Cupertino para essa patente, teremos que pagar para ver.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: PC World


A promessa de TVs 3D que dispensam o uso de óculos é, com o perdão da redundância, mera promessa. Mas novidades nesse setor começam a surgir. Protótipos de alguns gigantes da indústria estão em desenvolvimento. Espera-se que daqui há alguns anos, isso vire uma realidade.

E uma nova empresa acaba de divulgar o desenvolvimento de uma TV 3D que não precisa de óculos, a Eizo. O modelo em questão é o DuraVision FDF2301-3D, um aparelho Full HD com 23 polegadas. Isso é um grande avanço em relação ao tamanho, já que até agora a tecnologia 3D sem óculos só é viável em dispositivos pequenos, com telas de no máximo 9 polegadas.

Até o momento, porém, não há informações sobre quando o aparelho chegará às lojas, ou quanto ele custará.

Por Maximiliano da Rosa


A Toshiba lançou no Japão diversos modelos de televisores. E como sempre acontece os novos aparelhos vem com diversas tecnologias que visam melhorar a qualidade da imagem e do áudio. Como a que ajusta a luminosidade da tela de acordo com o ambiente, por exemplo.

E no meio disso tudo, algo se destacou: a família de televisores LED Power TV. Disponíveis em 32 ou 24 polegadas, os aparelhos dessa linha foram apresentados como os primeiros do mundo com uma bateria recarregável. Com isso é possível assistir TV por cerca de 2 horas seguidas mesmo sem eletricidade.

Embora não esteja claro qual seja a intenção da empresa ao apresentar a Power TV, uma coisa é certa: se ela vir para o Brasil, nunca mais vamos perder um jogo de futebol por causa de um apagão. Por enquanto não foram divulgados os preços da linha, nem foi informado quando ela chega a outros países.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Engadget





CONTINUE NAVEGANDO: